Sabe aquela vaga na universidade dos sonhos? Ela pode ser sua!

Matricule-se agora
Vagas abertas para o Extensivo 2022
Pessoa com tinta no rosto e com a palavra 'aprovadx' na testa sorrindo

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Barroco no Brasil dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Arte com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 1

    UFRN 1999

    Ao comentar a arte brasileira, Benedito L. de Toledo faz a seguinte descrição: E se olharmos para o teto, veremos o próprio céu retratado em pintura ilusionística no forro, que foi rompido para mostrar o Paraíso com a Virgem, os anjos e os santos. A talha usará colunas torcidas recobertas de vinhas e povoada de querubins, aves, frutos, cada elemento procurando vibrar e tomar todo o espaço possível. As colunas tortas serão as grandes eleitas porque sua estrutura helicoidal é o próprio movimento sem fim. À noite, os interiores das igrejas revelam novas surpresas. A iluminação à vela produz uma luz vacilante que faz vibrar o ouro da talha, dramatiza as pessoas e as imagens. Sente-se que se está num espaço consagrado pelo perfume do incenso vindo do altar-mor, onde é mais intenso o brilho do ouro na luz incerta das velas.                 [adaptação] TOLEDO, Benedito Lima de. Apud FERREIRA, Olavo Leonel, HISTÓRIA DO BRASIL. São Paulo: Ática, 1995. p.166. O autor da descrição se refere ao caráter essencial do estilo:

  2. 2

    G1 1996

    Nos centro urbanos do Brasil colonial, a arquitetura e as artes caracterizaram-se pelo estilo:

  3. 3

    UFRN 2001

    As igrejas e os conventos, no Brasil colonial, foram construídos seguindo o estilo barroco da arte europeia da época. Na arquitetura colonial, o movimento barroco se constituiu em

  4. 4

    UFG 2013

    O Barroco foi um estilo artístico predominante na Europa entre os séculos XVII e XVIII, alcançando a América Portuguesa. Esse estilo é representativo do trânsito cultural entre os continentes, pois

  5. 5

    PUC-RS 2003

    Responder à questão com base nas afirmativas abaixo, sobre o barroco brasileiro no Período Colonial. I. O Barroco resultou do movimento da Contra-Reforma, na Europa, e viabilizou-se com a expansão das atividades mineradoras. II. Na Bahia, o Barroco caracterizou-se pela arquitetura opulenta e luxuosa de grandes igrejas, reflexo da rigidez aristocrática da sociedade açucareira. III. O Barroco Mineiro manifestou-se em igrejas de menor porte, ricamente adornadas com materiais importados da Europa e projetos assinados por arquitetos portugueses de renome. IV. Na região de São Paulo, o Barroco mesclou influências portuguesas e espanholas em templos menos requintados, reflexo de uma sociedade mais rústica. Pela análise das alternativas, conclui-se que somente estão corretas

  6. 6

    UNESP 1999

    A partir do século XII, em algumas regiões europeias, nas cidades em crescimento, comerciantes, artesãos e bispos aliaram-se para a construção de catedrais com grandes pórticos, vitrais e rosáceas, produzindo uma "poética da luz", abóbadas e torres elevadas que dominavam os demais edifícios urbanos. O estilo da arte da época é denominado

  7. 7

    UEL 2008

    Sobre o Barroco, no Nordeste do Brasil, é correto afirmar: I. Em comparação com o Barroco Mineiro, apresenta maior originalidade e sofisticação, especialmente em Pernambuco, devido ao enriquecimento gerado pelo comércio e produção açucareira. II. Os interiores de suas igrejas apresentam rica decoração de talha e azulejaria e tetos com pinturas ilusionistas de alta qualidade. III. Na pintura, destaca-se o trabalho de Manuel da Costa Ataíde, o Mestre Ataíde, em especial pelo teto da Igreja de São Pedro dos Clérigos, em Recife. IV. A arquitetura de suas igrejas se destaca pelas fachadas, que apresentam elegantes ornamentações em pedra entalhada, material típico da região. Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas.

  8. 8

    FGV 2019

    Próximo a Salvador (BA), no município de Aratuípe, a pequena cidade de Maragogipinho possui uma característica única: cerca de 80% de seus habitantes sobrevivem trabalhando com cerâmica. Esse é o caso de Rosalvo Santana, o qual se destaca como um santeiro de grande mestria e como um representante vivo do "espírito barroco" baiano.   Com base no texto e na imagem, assinale a afirmativa que indica corretamente uma característica "barroca" da cerâmica de Rosalvo Santana.

  9. 9

    FGV 2019

    Relacione os elementos de ornamentação presentes no barroco brasileiro às suas respectivas definições. 1. Talha 2. Dossel 3. Voluta 4. Concha ( ) Trabalho ornamental, em alto ou baixo-relevo, feito na madeira, podendo designar, por extensão, o conjunto desse tipo de obra em uma igreja, região ou autor. ( ) Ornato enrolado em forma de espiral, talhado em madeira ou esculpido em pedra, usado na decoração das igrejas. ( ) Armação saliente, trabalhada em madeira, com bordas franjadas, que se coloca como enfeite, encimando um altar ou retábulo. ( ) Elemento ornamental de portadas, arcos-cruzeiros, retábulos, painéis de pinturas, de igrejas, geralmente composto de forma assimétrica. Assinale a opção que mostra a relação correta, segundo a ordem apresentada.    

  10. 10

    UNICENTRO 2012

    A alternativa que não é uma expressão artística brasileira é a indicada em

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos