Sabe aquela vaga na universidade dos sonhos? Ela pode ser sua!

Matricule-se agora
Vagas abertas para o Extensivo 2022
Pessoa com tinta no rosto e com a palavra 'aprovadx' na testa sorrindo

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Introdução e Arte na Pré-História dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Arte com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 121

    UEM 2013

    As histórias em quadrinhos (HQs) são um tipo de arte feita por artistas com talento muito especial, pois misturam texto e desenho de maneira única.Com relação às Histórias em Quadrinhos, assinale o que for correto.

  2. 122

    UEM 2014

    Observe as afirmações abaixo.   I - A Villa Rotonda, obra do arquiteto italiano Andrea Palladio, é um dos marcos iniciais da arte desse período. II -  De maneira geral, o termo “Barroco” significa absurdo ou grostesco, tendo, assim, inicialmente, uma conotação pejorativa. III -  O pintor francês Nicolas Poussin foi um dos representantes significativos da arte desse período. IV - Nos Países Baixos, muitos artistas abandonaram a prática da pintura por encomenda. Esses artistas, somente após o término de suas obras, saíam em busca de compradores para as mesmas. V - Os arquitetos italianos, nesse período, combatiam o uso de ornamentos e formas renascentistas, pois as consideravam ultrapassadas.    Sobre a arte do século XVII na Europa Ocidental, são corretas as afirmações: 

  3. 123

    UFES 2015

    Sobre a arte Romana, é INCORRETO afirmar:

  4. 124

    UPE 2015

    No Arcadismo brasileiro, encontram-se textos épicos, líricos e satíricos. Com base nessa afirmação, leia os textos a seguir: TEXTO 6 Pastores, que levais ao monte o gado, Vede lá como andais por essa serra; Que para dar contágio a toda a terra, Basta ver-se o meu rosto magoado: Eu ando (vós me vedes) tão pesado; E a pastora infiel, que me faz guerra, É a mesma, que em seu semblante encerra A causa de um martírio tão cansado. Se a quereis conhecer, vinde comigo, Vereis a formosura, que eu adoro; Mas não; tanto não sou vosso inimigo: Deixai, não a vejais; eu vo-lo imploro; Que se seguir quiserdes, o que eu sigo, Chorareis, ó pastores, o que eu choro. Cláudio Manuel da Costa TEXTO 7 [...] Enquanto pasta alegre o manso gado, minha bela Marília, nos sentemos à sombra deste cedro levantado. Um pouco meditemos na regular beleza, que em tudo quanto vive nos descobre a sábia Natureza. [...] Tomás Antônio Gonzaga   TEXTO 8  [...] Amigo Doroteu, não sou tão néscio, Que os avisos de Jove não conheça. Pois não me deu a veia de poeta, Nem me trouxe, por mares empolados, A Chile, para que, gostoso e mole, Descanse o corpo na franjada rede. Nasceu o sábio Homero entre os antigos, Para o nome cantar, do grego Aquiles; Para cantar, também, ao pio Enéias, Teve o povo romano o seu Vergílio: Assim, para escrever os grandes feitos Que o nosso Fanfarrão obrou em Chile, Entendo, Doroteu, que a Providência Lançou, na culta Espanha, o teu Critilo. [...] Tomás Antônio Gonzaga - Cartas Chilenas Sobre eles, analise os itens seguintes: I. Os três poemas são árcades e nada têm que possamos considerá-los pertencentes a outro estilo de época, uma vez que seus autores só produziram poemas líricos e com características totalmente arcádicas. Além disso, todos eles trazem referências à mitologia clássica mediante o uso de termos tais como “monte”, “Natureza” e “Jove”, respectivamente, nos textos 6, 7 e 8. II. Tomás Antônio Gonzaga e Cláudio Manuel da Costa são poetas árcades, embora o primeiro tenha se iniciado como barroco, daí os trechos dos dois poemas de sua autoria revelarem traços desse momento da Literatura. De outro modo, Cláudio Manuel da Costa, no poema de número seis, se apresenta pré-romântico, razão pela qual sua produção se encontra dividida em dois momentos literários. III. A referência a Critilo, autor textual do oitavo poema, sendo espanhol, é um dado falso que tem por finalidade ocultar a nacionalidade do autor mineiro e, ao mesmo tempo, corroborar a camuflagem da autoria, em decorrência do tom satírico e agressivo da epístola em versos. Contudo, o desejo de ocultação não foi alcançado, porque Tomás Antônio Gonzaga foi preso e deportado, por ter sido atribuída a ele a autoria das referidas Cartas. IV. O tema do amor se faz presente nos poemas 6 e 7. Ambos apresentam bucolismo, característica do Arcadismo, contudo existe algo que os diferencia: o pessimismo do eu poético no texto 6 e a reciprocidade do sentimento amoroso no 7.   V. O texto oito, apesar de satírico, nega, pelos aspectos temáticos e formais, qualquer característica do Arcadismo, pois o poeta se preocupa, de modo especial, com os acontecimentos históricos e se exime de preocupação estética, revelando desconhecimento da produção épica de poetas gregos e latinos. Está(ão) CORRETO(S), apenas, o(s) item(ns)

  5. 125

    PUC-RS 2016

    Leia o excerto abaixo, retirado da obra Macário, de Álvares de Azevedo. (O DESCONHECIDO) Eu sou o diabo. Boa-noite, Macário. (MACÁRIO) Boa-noite, Satã. (Deita-se. O desconhecido sai). O diabo! uma boa fortuna! Há dez anos que eu ando para encontrar esse patife! Desta vez agarrei-o pela cauda! A maior desgraça deste mundo é ser Fausto sem Mefistófeles. Olá, Satã! (SATÃ) Macário. (MACÁRIO) Quando partimos? (SATÃ) Tens sono? (MACÁRIO) Não. (SATÃ) Então já. (MACÁRIO) E o meu burro? (SATÃ) Irás na minha garupa.   Sobre o movimento literário em que se inscreve Álvares de Azevedo, é INCORRETO afirmar:

  6. 126

    UFU 2016

    Depreende-se, da leitura de O santo e a porca, que Ariano Suassuna, ao dialogar com a tradição, retomando a comédia Aululária, de Plauto, e O avarento, de Moliére, recriando-as a partir de aspectos regionais e universais, associa

  7. 127

    PUC-CAMPINAS 2015

    O ser senhor de engenho é título a que muitos aspiram, porque traz consigo o ser servido, obedecido e respeitado por muitos. E se for, qual deve ser, homem de cabedal e governo, bem se pode estimar no Brasil o ser senhor de engenho, quanto proporcionalmente se estimam os títulos entre os fidalgos do Reino (...)   Os escravos são as mãos e os pés do senhor de engenho, porque sem eles no Brasil não é possível fazer, conservar nem aumentar fazenda, nem ter engenho corrente. ANTONIL, André João. Cultura e opulência do Brasil por suas drogas e minas.     O texto de Antonil data de 1681,

  8. 128

    UNESPAR 2010

    Comenta Luiz Carlos Merten, em seu livro Cinema: entre a realidade e o artifício, que a Itália, derrotada na II Guerra Mundial, olhou para dentro de si e renovou sua arte e seu cinema em busca de um renascimento, com o neo-realismo. A Alemanha, por sua vez, derrotada na I Guerra Mundial, produziu o pessimista expressionismo, em que pontificaram filmes como “O Gabinete do Dr. Caligari” e o “Vampiro de Dusseldorf”. Com o advento do nazismo, muitos técnicos, fotógrafos e cenógrafos formados no expressionismo alemão, emigraram para os Estados Unidos e, lá, ajudaram a criar uma tendência, que alguns denominam gênero, e outros, um estilo.   Que tendência, gênero ou estilo é esse?

  9. 129

    UNESPAR 2010

    Outras ideias motivaram artistas das primeiras décadas do século XX a experimentar novos caminhos criativos. A modernização e a mecanização da produção industrial pós Segunda Guerra Mundial, além de propostas inovadoras de literatos e poetas, foram fatores que impulsionaram um dos mais inquietantes movimentos artísticos. Identifique o movimento, alguns aspectos característicos da sensibilidade e, entre os participantes, artistas de destaque.   Movimento   1) Expressionismo. 2) Capitalismo. 3) Futurismo. 4) Op-Art. 5) Surrealismo.   Aspectos característicos:   I) Valorização da velocidade das máquinas, crescente complexidade dos centros urbanos, sentimento de exaltação do futuro. II) Imaginação e expressão pessoal, sentimentos resultantes da experiência humana causada pelas Grandes Guerras. III) Influência de pesquisas artísticas sobre a percepção ótica, manifestação de alegria, intensa movimentação das cenas cotidianas e otimismo. IV) Emoção religiosa, conotações heróicas e dramáticas. V) Emoções contraditórias, entre exaltação e descrença do cotidiano.   Artistas:   i) Antoine Watteau, Jean-Baptiste Chardin e Paolo Veronese. ii) Chaim Soutine, George Rouault e Oskar Kokoschka. iii) Paul Gaughin, Henri Matisse e Paul Cézanne. iv) Carlo Carrà, Umberto Boccioni e Giacomo Balla. v) Salvador Dali, Marc Chagal e Joan Miró.   A alternativa que apresenta a sequência correta é:

  10. 130

    UNICANTO

    O Mosaico Bizantino é uma das técnicas mais peculiares de manifestação artística do Império Bizantino (séc. V a séc. XV). Tendo em vista os valores e as características estéticas desse período, as imagens em mosaico eram formadas pelos artistas 

  11. 131

    UFES 2012

    Os antigos romanos, apesar de possuírem uma religião politeísta e de dedicarem diversos templos a seus deuses, também se ocuparam em reverenciar e homenagear seus imperadores. Desse modo, muitas obras de arte eram feitas em honra do Império. Sobre a arte romana, é INCORRETO afirmar:

  12. 132

    UFES 2012

    Sobre a arquitetura na antiguidade romana, é CORRETO afirmar:

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos