Exercícios de Romantismo

Voltar para Romantismo

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Romantismo dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Arte com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. UFSC
    O quadro acima é do pintor francês Eugène Delacroix (1798 – 1863) e é intitulado “A Liberdade guiando o povo”, datado de 1830. Este quadro tornou-se uma das representações mais famosas da Revolução Francesa, pois:
  2. 2. UERJ 2013
    O romance Iracema, de José de Alencar, publicado em 1865, influenciou artistas, como José Maria de Medeiros, que nele encontraram inspiração para representar imagens do Brasil e do povo brasileiro no período imperial (1822-1889). Na construção da identidade nacional durante o Império do Brasil, identifica-se a valorização dos seguintes aspectos:
  3. 3. UFU 2006
    No final do século XVIII e durante o século XIX, a cultura europeia sofreu importantes transformações, sobretudo no campo da pintura e da literatura. A respeito deste contexto, podemos afirmar que I - O Romantismo, marcado pela emoção, pelo sentimento e pela individualidade, criticava as regras acadêmicas e propunha a liberdade de expressão e a espontaneidade, nele se destacando o poeta inglês Lord Byron e o romancista e poeta francês Victor Hugo. II - O Realismo pretendia realizar uma volta ao classicismo e ao barroco, retratando a imponência das fábricas, a riqueza das cidades e o progresso da civilização, por meio do avanço tecnológico, nele se destacando os pintores Pablo Picasso e Eugene Delacroix. III - Os seguidores do Impressionismo defendiam uma reprodução da realidade conforme as impressões recolhidas pelos sentidos, enfatizando o uso da luz e das cores, nele se destacando os pintores Monet e Renoir. IV- O Naturalismo, cujos maiores representantes foram Charles Dickens e Dostoievski, promovia a identidade nacional e a valorização da cultura burguesa, em contraposição ao multiculturalismo pregado pelos realistas. Assinale a alternativa correta.
  4. 4. UFSM 2008
    A tela de Doré, ao representar o desespero de Andrômeda (princesa da mitologia grega que enfurece Poseidon), expressa o arrebatamento sentimental que constitui a sensibilidade romântica do século XIX. Sobre isso, pode-se afirmar:
  5. 5. Stoodi
    O Romantismo, como movimento cultural do século XIX, merece destaque pelas críticas que já fazia à forte presença do racionalismo na sociedade ocidental da época e pela sua ampla e rica produção intelectual e artística. Sobre o Romantismo, podemos afirmar que foi um movimento:
  6. 6. UPE 2016
    Embora tenha vivido numa época em que o Romantismo era quem ditava as regras na literatura mundial, Honoré de Balzac (1799-1850) foi o escritor que lançou as bases para o Realismo, movimento que encontrou o seu apogeu com a publicação da obra de Flaubert. MARTINS, Rafael Chaves. Eugênia Grandet: a triste história de uma mulher inaugural. Revista Historiador nº 04. Ano 04. Dezembro de 2011. (Adaptado) No contexto apresentado, a obra de Balzac teve como principal característica histórica
  7. 7. Stoodi
    Quanto às características do Romantismo, analise os itens abaixo e escolha o incorreto 
  8. 8. UFPE 2003
    (adaptado) Alguns movimentos intelectuais, inovações técnicas e científicas bem como obras artísticas literárias e políticas são considerados representativos do século XIX. A este respeito, analise as proposições a seguir. (     ) O Romantismo foi um movimento literário e artístico desenvolvido pela aristocracia e outros conservadores, em oposição aos burgueses que passaram a dominar a nova sociedade. (     ) Gauss inventou o telégrafo elétrico; Braille criou um alfabeto para os deficientes visuais; e Daguerre desenvolveu trabalhos que possibilitaram o aparecimento da fotografia. (     ) Na literatura, alguns autores se colocaram contra as condições sub-humanas de trabalho, criando uma oposição ao Romantismo: Víctor Hugo ("Os Miseráveis"), Stendhal ("O Vermelho e o Negro") e Balzac ("A Comédia Humana"). (     ) Na pintura, são nomes de expressão para o século XIX, Claude Monet e Renoir. Na escultura, Auguste Rodin e Camile Claudel. (     ) No Brasil, nomes como o de Joaquim Nabuco, abolicionista e monarquista, Machado de Assis, escritor, e Carlos Gomes, compositor, revelam para o mundo a expressão da cultura do Brasil.
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login