Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Citogenética

Voltar para Citogenética

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Citogenética dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Biologia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 61. UFRGS 2018
    A sequência abaixo corresponde a um trecho de DNA específico que sofreu uma mutação gênica por substituição de um nucleotídeo na 5ª posição. Sobre a mutação que ocorreu na sequência de DNA acima, é correto afirmar que
  2. 62. UNESP 2015
    Fátima tem uma má formação de útero, o que a impede de ter uma gestação normal. Em razão disso, procurou por uma clínica de reprodução assistida, na qual foi submetida a tratamento hormonal para estimular a ovulação. Vários óvulos foram colhidos e fertilizados in vitro com os espermatozoides de seu marido. Dois zigotos se formaram e foram implantados, cada um deles, no útero de duas mulheres diferentes (“barrigas de aluguel”). Terminadas as gestações, duas meninas nasceram no mesmo dia. Com relação ao parentesco biológico e ao compartilhamento de material genético entre elas, é correto afirmar que as meninas são
  3. 63. UNICHRISTUS 2018
    O idiograma a seguir refere-se a uma síndrome cuja alteração apresenta  
  4. 64. FMP 2016
    [...] nas células produtoras de melanina, a radiação ultravioleta do sol forma os chamados dímeros (compostos químicos de duas unidades) de pirimidina. Os dímeros podem alterar o funcionamento do DNA no momento da multiplicação celular. Por sorte, existe um controle de qualidade rigoroso, que desfaz parte dos dímeros. Disponível em: . Acesso em: abr. 2015. Adaptado. Os dímeros formados nos melanócitos em consequência da radiação UV são compostos por:  
  5. 65. ENEM PPL 2013
    O estudo do comportamento dos neurônios ao longo de nossa vida pode aumentar a possibilidade de cura do autismo, uma doença genética. A ilustração do experimento mostra a criação de neurônios normais a partir de células da pele de pacientes com autismo: Analisando-se o experimento, a diferenciação de células-tronco em neurônios ocorre estimulada pela
  6. 66. FGV 2015
    As células numeradas de 1 a 4 da figura representam gametas masculinos resultantes de uma divisão meiótica anômala em que não ocorreu disjunção dos cromossomos homólogos vermelhos na anáfase I. As células numeradas de 5 a 8 da figura representam gametas masculinos resultantes de outra divisão meiótica anômala em que não ocorreu a disjunção das cromátides vermelhas na anáfase II. Os cromossomos azuis representam o processo sem anomalias em todos os demais pares de cromossomos humanos. É correto afirmar que os gametas indicados pelos números 
  7. 67. UERJ 2014
    Leia o texto a seguir para responder à(s) seguinte(s) questão(ões): As bases nitrogenadas, quando oxidadas, podem causar emparelhamento errôneo durante a replicação do DNA. Por exemplo, uma guanina oxidada (G*) pode passar a se emparelhar, durante a divisão celular, com timina (T) e não com citosina (C). Esse erro gera células mutadas, com uma adenina (A) onde deveria haver uma guanina (G) normal. Considere uma célula bacteriana com quatro guaninas oxidadas em um trecho do gene que codifica determinada proteína, conforme mostra a sequência: G*CG* - CCC - TG*T - ACG* - ATA Ao final de certo tempo, essa célula, ao dividir-se, dá origem a uma população de bactérias mutantes. O número máximo de aminoácidos diferentes que poderão ser substituídos na proteína sintetizada por essas bactérias, a partir da sequência de DNA apresentada, é igual a:
  8. 68. FUVEST 2018
    A surdez é geneticamente heterogênea: pode ser causada por mutações em diferentes genes, localizados nos autossomos ou no cromossomo X ou, ainda, por mutações em genes mitocondriais. Os heredogramas representam quatro famílias, em que ocorrem pessoas com surdez (  e  ): A(s) família(s) em que o padrão de herança permite afastar a possibilidade de que a surdez tenha herança mitocondrial é(são) apenas
  9. 69. UFRGS 2015
    Uma mulher com cariótipo 47 , XXX  tem cariótipo anormal. Essa anomalia
  10. 70. UFMG 2004
    A identificação do fator que origina indivíduos com síndrome de Down tornou-se possível pela utilização da técnica de
  11. 71. UTFPR 2009
    “...O que viu foram os traços inconfundíveis, os olhos repuxados como que numa risada, a prega epicântica entre as pálpebras, o nariz achatado. Um caso clássico, lembrou-se de um professor dizendo, anos antes, ao examinar uma criança similar. Mongolóide. Sabe o que significa isso? ...” O trecho acima extraído do livro: “O guardião de memórias” de Kin Edwards, editora Sextante (2007), faz referência ao mongolismo ou síndrome de Down. Esta síndrome ocorre com uma frequência de cerca de 0,15% de todos os nascimentos. A causa mais provável do aparecimento desta síndrome está relacionada a uma mutação
  12. 72. FASEH 2014
    Charles Darwin, ao propor sua teoria da evolução pela seleção natural, descreveu mecanismos básicos pelos quais a população poderia se alterar e gerar novas espécies. Parte desses mecanismos são até hoje aceitos, pela comunidade científica; outros foram rejeitados ou reformulados. Essas novas propostas de como o processo evolutivo se dá geraram a atual teoria evolutiva.   Assinale a afirmativa que denomina a atual teoria científica.
  13. 73. UFF 2006
    “Em algumas populações da América do Sul, praticamente todos os cromossomos Y são da Europa e todo DNA mitocondrial é de grupos locais (Carvajal-Carmona et al., American Journal of Human Genetics 67: 1062-66, 2000. Citado em A História da Humanidade, Olson S., Ed. Campus)”. Analise a frase acima e assinale a alternativa que indica a origem do cromossomo Y e do DNA das mitocôndrias nas células humanas.  
  14. 74. UNIOESTE 2011
    O material genético deve desempenhar as funções genotípica, fenotípica e evolutiva. Sobre o material genético e as funções desempenhadas, é incorreto afirmar que
  15. 75. OBB 2014
    “Mal de Chagas: a misteriosa doença de Darwin? Colunista discute hipótese de que o naturalista inglês teria contraído essa moléstia na América do Sul. Bem-vindos a 2009! Duas vertentes principais dominarão o cenário comemorativo das ciências biomédicas este ano: por um lado o bicentenário do nascimento de Charles Darwin (1809-1882) e os 150 anos de publicação da Origem das espécies e, por outro, os 100 anos da descrição por Carlos Chagas da doença que hoje leva o seu nome.” Sergio Danilo Pena. Professor Titular do Departamento de Bioquímica e Imunologia da Universidade Federal de Minas Gerais. (Fonte: http://cienciahoje.uol.com.br)   A teoria da seleção natural de Darwin pode ser utilizada para explicar a maior incidência de indivíduos com anemia falciforme no continente africano. Na África, indivíduos com esta mutação são mais comuns pois ela:
  16. 76. ENEM - 3 APLICACAO 2014
    Um novo tipo de replicador surgiu recentemente neste  planeta. Ainda está em sua infância num caldo primordial, mas já está evoluindo a uma velocidade que deixa o gene para trás. O novo caldo é a cultura humana. Precisamos de um nome para o novo replicador, que passe a ideia de uma unidade de transmissão cultural, ou unidade de imitação. Exemplos de memes são melodias, ideias,  "slogans", roupas da moda, modos de fazer potes ou de construir arcos. Os memes propagam-se de cérebro a cérebro por meio de imitação. Se um cientista ouve ou lê uma ideia boa, ele a transmite a seus colegas e alunos. Se a ideia "pegar", pode-se dizer que ela se propaga por si própria. DAWKINS, R. O gene egoísta. São Paulo: Companhia  das Letras,  1976 (adaptado).   Nesses termos, o paralelo entre a evolução biológica e a  evolução cultural somente será válido se
  17. 77. OBB 2014
    Existem casos em que indivíduos com cariótipo normal (2n=46 cromossomos) manifestam síndromes como a de Down e Patau.   Isso pode ocorrer devido ao seguinte tipo de mutação:
  18. 78. UFJF 2014
    Cientistas conseguiram, pela primeira vez, “silenciar” a molécula de DNA excedente, que caracteriza a Síndrome de Down. Num experimento com amostras de células, os pesquisadores inativaram uma das três cópias do cromossomo 21, que caracteriza a anomalia, tornando as células tratadas similares às de pessoas típicas, com apenas duas cópias.   Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2013/07/1312642-tecnica-experimental-corrige-sindrome-de-down-em-celula.shtml. Acesso em: 10 ago. 2014.   Além da trissomia do cromossomo 21, a Síndrome de Down também pode ocorrer por:  
  19. 79. MACKENZIE 2006
    A teoria moderna da evolução, ou teoria sintética da evolução, incorpora os seguintes conceitos à teoria original proposta por Darwin:
  20. 80. UFMG 2007
    Nos mamíferos, a presença do cromossoma Y determina o fenótipo masculino. O gene SRY, presente nesse cromossoma, induz à diferenciação dos testículos. Considerando-se essas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que  
  21. 81. UEL 2010
    POMBAS, como é duro desconviver com pombas! Proliferaram tanto que chegaram a nos ilhar, cercando a casa de cocô por todos os lados. Usei então o velho truque de estourar bombas de noitinha, amarradas na ponta duma vara de pesca para estourar lá entre os galhos das árvores, e deu certo. A pombaiada diminuiu. Mas há alguns dias uma pomba fez ninho num galho quase ao nosso alcance no terraço. Pensei em derrubar o ninho. Aí vimos os filhotes a pegar comida do bico da mãe, que se mantém firme no ninho mesmo quando chegamos bem perto. Depois vimos um filhote cair, porque ninho de pomba é um exemplo de coisa malfeita, sem bordas, os bichinhos crescem e caem antes de saber voar. Mal caiu, um cachorro abocanhou lá embaixo. Um a menos, mas sempre é triste ver uma mãe perder o filho, mesmo que seja pomba. Pombas! (Adaptado de: PELLEGRINI, D. Jornal de Londrina. 04 maio 2009) Para que ninhos melhor elaborados evoluíssem em uma determinada espécie de pombo tradicionalmente cons-trutora de ninhos mal feitos, quais eventos devem ocorrer? I. Mutações ao acaso produzissem indivíduos com diferentes habilidades em desenvolver ninhos mais ela-borados ou ninhos menos elaborados. II. As diferentes habilidades em desenvolver os vários tipos de ninhos fossem geneticamente herdadas. III. A cada geração, os indivíduos menos habilidosos na produção dos seus ninhos pudessem se transformar em indivíduos mais habilidosos. IV. Indivíduos hábeis na construção de ninhos mais elaborados passassem, em média, uma maior quantidade de seus genes ao longo das gerações. Assinale a alternativa correta.
  22. 82. UENP 2015
    A distrofia muscular de Duchenne (DMD) é uma doença hereditária, recessiva, ligada ao cromossomo X, e que está associada, na maior parte dos casos, à perda de função da proteína distrofina. A doença é progressiva, com manifestações clínicas de fraqueza muscular que começam logo na primeira infância e que acabam por levar a óbito pacientes ainda jovens, por comprometimento cardíaco e respiratório. A incidência da DMD entre meninos se mantém em torno de 1 a cada 3.500 nascidos vivos. A DMD é causada por uma série de mutações no gene que codifica para a distrofina, uma proteína essencial para a estabilidade das membranas das células musculares. Tais mutações podem levar à perda de função da proteína, à produção de proteína truncada ou à produção de formas menos efetivas da proteína. O gene da distrofina é, até o momento, o maior gene conhecido do genoma humano, produzindo um RNAm de 14kb que consiste de 79 exons e longos introns. São conhecidas atualmente oito formas alternativas tecidoespecíficas da distrofina. Não há cura nem tão pouco um tratamento efetivo para a doença. A partir dessas informações é CORRETA a conclusão de que: 
  23. 83. UNIMONTES 2017
    Pelo fato de possuir dois cromossomos X, a mulher apresenta o dobro de genes do cromossomo X do homem. A princípio, isso poderia produzir um excesso de alguns genes. No entanto, acredita-se que um dos dois cromossomos X seja inativado aleatoriamente no início da vida do feto, em todas as células da mulher – exceto nos óvulos contidos nos ovários. A inativação do X explica as afirmativas abaixo, EXCETO
  24. 84. UEMA 2010
    A anemia falciforme é uma doença hereditária que se caracteriza pela substituição de aminoácidos na estrutura primária da hemoglobina humana. Nesse caso, os aminoácidos envolvidos na troca são:
  25. 85. UNIMONTES 2015
    Anomalias congênitas podem ser estruturais, funcionais, metabólicas comportamentais e hereditárias. Os fatores genéticos correspondem às causas mais importantes desse tipo de anomalia. Alguns tipos de drogas podem induzir o aparecimento de anormalidades cromossômicas estruturais. Analise as alternativas abaixo e assinale a que REPRESENTA uma característica de uma deleção. 
  26. 86. FGV-SP 2005
    O médico confirmou que se tratava de gêmeos monozigóticos, contudo um deles era menino e o outro menina. A análise cromossômica dos gêmeos indicou que o menino era normal, porém a menina era portadora da síndrome de Turner.   Tal fato deve-se à perda de
  27. 87. OBB 2016
    A mutação que dá origem à indivíduos portadores da anomalia conhecida por siclemia é do tipo:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login