0.5x 1x 1.5x 2x
Biologia

Citoplasma - Visão Geral

Prof. Davis Posso timer 05:38

O caldo gelatinoso de dentro das células é de fundamental importância para a fluidez dinâmica de compostos, de forma a circundar todas as organelas celulares para que estas realizem suas funções específicas de forma eficiente. Você entende melhor sobre o citoplasma e seus componentes (como citoesqueleto e orgânulos) assistindo essa aula.

E aí, beleza? Preparado para mais uma aula de biologia? Legal, hein? Hoje a gente vai dar continuidade à nossa citologia e a nossa conversa hoje é sobre o citoplasma. Tudo bem? Legal. O citoplasma, tendo uma visão bem geral, ele corresponde a toda a parte gelatinosa, toda a parte viscosa, que preenche o conteúdo interno da célula. Porém, é importante você saber justamente a diferença do citoplasma ou melhor, a diferença de como analisar o citoplasma, situar o citoplasma em uma célula procarióticas em uma célula eucariótica. Observe só, uma célula procariótica, ou seja, uma célula de seres procariontes, ela não tem núcleo, não tem núcleo individualizado pela carioteca. Sendo assim, o citoplasma ele é toda a região que preenche o interior da célula. Então imagine que a célula tem lá os seus limites, membrana plasmática, a parede celular, e todo o conteúdo interno vai ser preenchido por essa massa gelatinosa que caracteriza o citoplasma. Neste citoplasma a gente vai ter diversas estruturas ou diversos componentes mergulhados nesse citoplasma, como é o caso do DNA na forma de nucleoide, como é o caso dos ribossomos, etc. Tudo bem? Então esse é o citoplasma de uma célula procarionte. Já no citoplasma de um eucarionte, o que a gente vai encontrar, bem, em termos de localização, se você pudesse apontar para o citoplasma onde você iria, o citoplasma ele vai ficar entre a membrana plasmática, que está envolvendo a célula e o núcleo. O núcleo que fica individualizado pela carioteca. Tudo bem? Então toda essa região gelatinosa entre a membrana e a carioteca, o núcleo, corresponde ao citoplasma. Já o citoplasma dos eucariontes, que eu fiz questão aqui de destacar para você, ele é dotado, ele contém uma série de componentes que são importantes para a gente. Primeiro o hialoplasma ou citossol ou citosol (com um 's' só como você está vendo), que nada mais é do que uma porção rica em água, minerais, ou seja, substâncias, íons, sais minerais dissolvidos em água e uma série de substâncias orgânicas, simples como aminoácidos, monossacarídeos, nucleotídeos e substâncias mais complexas, como é o caso das proteínas, como é o caso dos ácidos nucleicos. Tem RNA sim, circulando pelo citoplasma, né? Muito bem. Esse hialoplasma nós costumamos fazer a divisão dele em dois tipos: o hialoplasma sol e o hialoplasma gel. O hialoplasma sol é o hialoplasma mais rico em água, ele é mais diluído. Ele normalmente é encontrado na parte mais interna da célula para facilitar o fluxo de substâncias, pois inclusive chamamos esse fluxo de substâncias pelo hialoplasma de ciclose. Tudo bem? Ciclose é o nome do termo. Tranquilo? Já o hialoplasma chamado de gel, é aquele hialoplasma mais consistente, que inclusive ajuda a célula a manter a sua forma e também evitar a entrada de partículas maiores ou um fluxo maior de substâncias próximas à membrana plasmática. O hialoplasma gel é caracterizado por ter uma menor concentração de água e ter uma maior concentração de substâncias orgânicas como proteínas. Beleza? Ótimo. O citoesqueleto, ele representa uma série de proteínas filamentosas, proteínas essas como a queratina, que tem como função justamente qual, dá uma sustentação ao esqueleto interno pra célula. A mudança da forma da célula depende dessas proteínas do citoesqueleto. Vamos encontrar também os chamados orgânulos, tá? Não vou usar ainda o nome organela, apesar de ser considerado um sinônimo, porque eu estou chamando de orgânicos essas pequenas estruturas que têm uma função específica. Eu gosto mais de usar o nome organela quando eu tô me referindo a esses orgânulos dotados de membrana própria, que a gente vai discutir em breve, tá? Então os orgânulos são estruturas com funções específicas. É aqui que entra os ribossomos, é aqui que entra os centríolos, retícula endoplasmático, complexo golgiense, lisossomos, mitocôndrias, cloroplastos... Tudo o que vai vir à frente nas próximas horas. Legal. E eu também vou encontrar as chamadas inclusões citoplasmáticas, que são gotículas de lipídios por exemplo, ou pequenos agregados, pequenos grãos de substâncias como proteínas, carboidratos. Então são pequenas inclusões que ficam espalhados no citoplasma com pequenos materiais de reserva. Só isso. "Como assim, Davis?" Essa nossa visão geral de citoplasma serviu para que você tivesse uma imagem na sua cabeça do citoplasma, os seus compartimentos, para facilitar as próximas aulas. Tenho certeza que ajudei você. Agora é sua vez de mandar vê aí. Estuda em casa, se prepara bem pros seus desafios. Forte abraço e até a próxima.

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.