Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Evolução

Voltar para Evolução

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Evolução dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Biologia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 31. UNICAMP 2018
    O mapa a seguir mostra duas áreas oceânicas, A e B. Um estudo mostrou que na localidade A são encontradas sete (7) espécies de camarões-pistola. Na localidade B são encontradas outras sete (7) espécies, sendo que cada espécie do local A tem uma espécie-irmã correspondente no local B (espécies-irmãs são espécies originadas de um mesmo ancestral comum recente). É correto afirmar que
  2. 32. UERR 2016
    Assinale a alternativa CORRETA. O primeiro grande biólogo, Aristóteles, acreditava que se podiam encaixar todos os seres vivos em uma hierarquia, mas novas ideias evolucionistas foram surgindo. Sabendo-se disso, quem foi o primeiro cientista a produzir uma teoria sistemática da Evolução?
  3. 33. ENEM 2016
    Apesar da grande diversidade biológica, a hipótese de que a vida na Terra tenha tido uma única origem comum é aceita pela comunidade científica. Uma evidência que apoia essa hipótese é a observação de processos biológicos comuns a todos os seres vivos atualmente existentes. Um exemplo de tal processo é o(a)
  4. 34. UERJ 2016
    A população de uma espécie de roedores, com pelagem de diferentes colorações, foi observada em dois momentos: antes e depois da ocorrência de uma profunda transformação no meio em que vivem. As curvas abaixo representam esses dois momentos. A alteração ocorrida na frequência do fenótipo da população de roedores, após a mudança do meio, é um exemplo de seleção denominada:
  5. 35. PUC-MG 2015
    O termo coevolução é usado para descrever casos onde duas ou mais espécies afetam a evolução umas das outras reciprocamente. O termo foi utilizado pela primeira vez por Ehrlich e Raven (1964) na descrição sobre influências que plantas e insetos herbívoros têm sobre a evolução um do outro. Ricklefs (1996) a define como respostas evolutivas recíprocas entre as populações. A coevolução pode, EXCETO:
  6. 36. UEG 2016
    A figura a seguir apresenta a árvore filogenética indicando que o hipopótamo é o parente evolutivo mais próximo da baleia. Entretanto, outros animais como crocodilos e rãs, que possuem ancestrais diferentes dos hipopótamos e demais apresentados na árvore, possuem a característica comum de que, quando estão com seus corpos submersos na água, mantêm os olhos e as narinas alinhados, rentes à superfície da água. A semelhança indicada no texto resulta de 
  7. 37. PUC-MG 2015
    A Filogenia é o estudo da relação evolutiva entre grupos de organismos (como espécies e populações), baseada em dados moleculares, morfológicos e fisiológicos. A Ontogenia define a formação e desenvolvimento do indivíduo desde sua concepção até a morte. A figura compara aspectos filogenéticos embrionários de grupos de vertebrados e mostra estágios do desenvolvimento ontogenético de cada grupo. Com base nas informações acima e em seus conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que:  
  8. 38. UDESC 2015
    Em 1942, Ernst Mayr (1904 – 2005), biólogo alemão e um dos maiores evolucionistas de nossa época, propôs a seguinte definição: “um grupo de populações cujos indivíduos são capazes de se cruzar e produzir descendentes férteis, em condições naturais, estando reprodutivamente isolados de indivíduos de outras espécies”. A definição proposta por Mayr se refere ao conceito de:  
  9. 39. ALBERT EINSTEIN 2016
    A tira de quadrinhos abaixo mostra, de maneira espirituosa, o aumento de acuidade auditiva em uma das duas figuras que ali aparecem. Em seguida, há uma descrição de passos hipotéticos, enumerados de 1 a 3, que tentam explicar a evolução do comprimento das orelhas em coelhos. 1. Em algum ponto no passado, os coelhos possuíam orelhas relativamente curtas. Como a sua sobrevivência dependia fortemente da sua capacidade de ouvir um predador que se aproximava, eles distendiam suas orelhas continuamente a fim de ouvir com o máximo de eficiência.   2. A contínua distensão das orelhas afetou as células reprodutivas, com o resultado de que os coelhos vieram gradualmente a ter orelhas mais longas. Esses coelhos, por sua vez, distenderam suas orelhas e passaram o aumento para seus descendentes.   3. Eventualmente, um ponto foi atingido no qual o comprimento da orelha era suficiente para possibilitar aos coelhos sobreviverem sem distensão ulterior. Nesse ponto, o comprimento das orelhas estabilizou-se.   Buffaloe, N. D.Diversidade de plantas e animais.São Paulo. Edgar Blücher, p. 20.   A descrição em questão está em DESACORDO com
  10. 40. UERJ 2014
    Os indivíduos de uma determinada espécie de peixe, bem adaptada a seu ambiente, podem ser classificados, quanto ao tamanho, em três grupos: pequenos, médios e grandes. O grupo mais numeroso corresponde ao que apresenta fenótipo médio. Considere a introdução de um predador desses peixes no ambiente. Ao longo do tempo, os indivíduos do grupo médio passam a ser os menos numerosos, pois os peixes de tamanho menor conseguem defender-se do predador escondendo-se nas tocas, enquanto os de maior tamanho, mais fortes, não são atacados pela espécie predadora. As alterações descritas exemplificam o tipo de seleção denominado:
  11. 41. UFAM 2016
    Charles Darwin, naturalista inglês nascido há 207 anos, é um paradoxo moderno. Não pela consistência e abrangência de sua teoria da evolução, feito sem precedentes para a Ciência, mas pelo fato de ainda hoje haver imensa resistência a suas ideias. Como se elas, nas mentes mais relutantes e ingênuas, representasse uma ameaça para a posição do Homem perante a  natureza. Assinale a alternativa que contém uma ideia realmente expressa por Darwin em suas obras:
  12. 42. UEPA 2016
    A história evolutiva das baleias a partir de um ancestral terrestre está bem documentada por uma sequência de registros em que se percebe progressiva adaptação ao ambiente aquático. O exame desses registros revela, por exemplo, que as aberturas nasais migraram para o topo da cabeça, o que permite que as baleias respirem sem precisar sair totalmente da água. Com base nessa evidência evolutiva, é possível supor que populações de mamíferos terrestres que viviam no litoral e se alimentavam de peixes, tornaram-se gradativamente adaptados à vida aquática, graças a uma série de mutações positivamente selecionadas. Adaptado de Biologia Hoje, Sérgio Linhares e Fernando Gewandsznajder, 2011. Sobre o assunto em destaque no Texto, analise as afirmativas abaixo. I. O apêndice vermiforme em humanos é um exemplo de órgão vestigial. II. A Embriologia comparada mostra as diferenças de padrão do desenvolvimento do embrião em seu estágio inicial. III. Os fósseis são os indícios da presença de organismos que viveram em tempos remotos na Terra, que se formaram pelo processo de fossilização. IV. As evidências moleculares, em que as modificações nos ácidos nucleicos foram fundamentais no processo da evolução, permitiram a grande diversidade de seres vivos. V. A analogia estuda a comparação das estruturas corporais ou órgão que desempenham funções diferenciadas em certas espécies e são de mesma origem embrionária. A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:
  13. 43. ALBERT EINSTEIN 2018
    O nome cacto é atribuído a plantas da família Cactaceae. Os cactos são conhecidos, dentre outras características, pela presença de inúmeros espinhos caulinares e capacidade de armazenar água. No entanto, algumas espécies de plantas que apresentam esse mesmo aspecto vegetal pertencem à família Euphorbiaceae, ou seja, têm maior parentesco evolutivo com plantas tais como a mandioca e a seringueira. A figura a seguir mostra a semelhança entre essas plantas. Considerando essas informações, é CORRETO afirmar que as plantas da figura representam um caso evolutivo de
  14. 44. UNESP 2014
    A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham entre si um ancestral comum mais recente que aquele que compartilham com outros grupos de aves. Essas três espécies ocupam hábitats semelhantes, contudo apresentam área de distribuição bastante distinta. A ema ocorre no sul da América do Sul, o avestruz é africano e o emu ocorre na Austrália. Segundo a explicação mais plausível da biologia moderna, a distribuição geográfica dessas aves é consequência da
  15. 45. Stoodi 2018
    Na manhã de 01 de novembro de 2015 foi ao ar, no canal Animal Planet, o programa “A lenda do tubarão gigante” que tratou do tubarão megalodonte (Carcharodon megalodon), uma espécie de tubarão com 15 a 20 metros de comprimento, peso que pode chegar a 50 toneladas, e considerada extinta. Este gigante viveu nos oceanos entre 20 e 16 milhões de anos atrás. Apesar de não ter sido registrada nenhuma imagem nítida do animal, que é considerado um tubarão submarino por nadar em profundidades acima de 1900 metros, os pesquisadores chegaram à conclusão de que se tratava realmente do megalodonte. A possibilidade do megalodonte ainda existir nos dias atuais remete ao conceito de táxon lazarus, o nome dado ao fenômeno paleontológico onde certas espécies animais pou vegetais já consideradas extintas reaparecem. Sobre o assunto abordado e seus conhecimentos sobre evolução, assinale a alternativa correta:
  16. 46. UFSC 2017
    (Adaptada) Foto da reprodução exposta no Museu de História Natural de Chicago do mais famoso fóssil do gênero Australopithecus, batizado de Lucy por seu descobridor, o paleontólogo Raymond Dart. Segundo artigo publicado na revista científica Nature (2016, v. 537), um grupo de cientistas descobriu a possível causa de sua morte: múltiplas fraturas decorrentes da queda de uma árvore. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2016. Com base nos conhecimentos sobre a evolução humana, é correto afirmar que:
  17. 47. PUC-RS 2015
    Responda à questão com base na figura e nas informações a seguir. Uma revolução no pensamento científico ocorreu quando Charles Darwin explicou a origem das espécies de seres vivos. O desenho acima, com tal explicação, está em uma de suas cadernetas de anotações. Graças a esses estudos, afirma-se: I. Todas as espécies encontradas no planeta têm um ancestral comum. II. Uma espécie pode desaparecer se houver fra­casso reprodutivo nas populações. III. Mutações genéticas podem originar uma nova espécie se transmitidas à descendência. IV. Mudanças morfológicas adquiridas em resposta a variações ambientais são passadas à geração seguinte. Estão corretas apenas as afirmativas
  18. 48. UFRGS 2018
    Algumas características facilitaram a saída das florestas e a ocupação de campos e savanas aos ancestrais da espécie humana. Considere as afirmações sobre essas características. I. A postura ereta liberou as mãos para executar outras funções não relacionadas ao deslocamento. II. A gradativa redução do volume do crânio facilitou o deslocamento mais rápido em ambientes abertos. III. A arcada dentária com a disposição dos dentes em U, com caninos reduzidos, favoreceu a exploração de maior variedade de alimentos. Quais estão corretas?
  19. 49. ENEM 2012
    Charles R. Darwin (1809-1882) apresentou, em 1859, no livro A origem das espécies, suas ideias a respeito dos mecanismos de evolução pelo processo da seleção natural. Ao elaborar a Teoria da Evolução, Darwin não conseguiu obter algumas respostas aos seus questionamentos. O que esse autor não conseguiu demonstrar em sua teoria?  
  20. 50. UNESP 2012
    Se me mostrarem um único ser vivo que não tenha ancestral, minha teoria poderá ser enterrada. (Charles Darwin) Sobre essa frase, afirmou-se que: I. Contrapõe-se ao criacionismo religioso. II. Contrapõe-se ao essencialismo de Platão, segundo o qual todas as espécies têm uma essência fixa e eterna. III. Sugere uma possibilidade que, se comprovada, poderia refutar a hipótese evolutiva darwiniana. IV. Propõe que as espécies atuais evoluíram a partir da modificação de espécies ancestrais, não aparentadas entre si. V. Nega a existência de espécies extintas, que não deixaram descendentes. É correto o que se afirma em
  21. 51. UNESP 2017
    Na figura estão representados exemplares de peixes, de aves e de mamíferos. As semelhanças de formato dos corpos e dos membros locomotores nos animais representados decorrem
  22. 52. FATEC 2016
    A história evolutiva dos seres vivos está diretamente relacionada às transformações que ocorrem no ambiente no qual eles se encontram. Na figura, estão representadas as modificações que teriam ocorrido ao longo de um período de tempo  a  em um conjunto de continentes hipotéticos, representados em preto e que estão ligados ao surgimento das espécies A, B, C, D e E a partir de espécies ancestrais W, X, Y e Z. As áreas que cada uma das espécies ocupa em cada um dos períodos estão indicadas pelas letras que as representam. O período de tempo  corresponde à época mais recente. No período de  a  houve uma divisão do continente inicial, originando dois novos continentes. Cada um desses dois continentes sofreu, entre  e  uma nova divisão, dando origem a quatro novos continentes. Entre  e  ocorreu um soerguimento de cadeias montanhosas em um dos continentes e, finalmente, entre  e  ocorreu uma junção de dois continentes, de modo que, em  são encontrados apenas três continentes Com base nas informações dadas, assinale a alternativa que contém o cladograma que representa corretamente o relacionamento evolutivo de A, B, C, D e E.
  23. 53. UERJ 2015
    Com a implantação de atividades agropecuárias, populações muito reduzidas de uma mesma espécie podem ficar isoladas umas das outras em fragmentos florestais separados. Caso permaneçam em isolamento, tais populações podem tender à extinção. Na fotografia, observa-se um corredor florestal, construído para interligar ambientes expostos a esse tipo de impacto ecológico. Sem a construção de corredores florestais, essas populações isoladas estariam sujeitas ao processo de extinção cuja causa é denominada:
  24. 54. UPE 2015
    Leia o texto a seguir: O gene chamado Taqpep regula os padrões de cor no corpo de felinos e se manifesta – com (guepardo real - tt ) ou sem mutação (guepardo pintado - TT ) – quando o animal ainda está no útero. Posteriormente, o gene Edn3 controla a cor do pelo e induz à produção de pigmento escuro (manchas, pintas e listras) nas áreas preestabelecidas pelo Taqpep, importante para camuflagem no ambiente, podendo favorecer ou desfavorecer a adaptação dessa espécie. Em uma população de 100 guepardos, os genótipos estão distribuídos da seguinte forma: 36 são TT, 16 são tt e 48 são heterozigotos Tt. Disponível em: https://revistapesquisa.fapesp.br/2012/09/20/muta%C3%A7%C3%A3o-gera-padr%C3%A3o-em-espiral-no-pelo-de-gatos-e-guepardos/ 1/2. Adaptado. Em relação a essas informações, é CORRETO afirmar que  
  25. 55. ALBERT EINSTEIN 2017
    O orangotango, o chimpanzé e a espécie humana apresentam grande semelhança bioquímica. Após análise de substâncias e processos que ocorrem nas células, qual das situações abaixo permite apontar essa semelhança entre as três espécies?
  26. 56. UFAM 2016
    Sobre a evolução, é CORRETO afirmar que:
  27. 57. UTFPR 2017
    Uma determinada espécie de animais, comumente criada pelo homem, apresenta várias raças distintas. O surgimento dessas diferentes raças se deve a:
  28. 58. UFG 2014
    TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Risco de diabetes tipo 2 associado a gene dos Neandertais Uma variante do gene SLC16A11 aumenta o risco de diabetes entre os latino-americanos. As análises indicaram que a versão de maior risco dessa variante foi herdada dos Neandertais. As pessoas que apresentam a variação SLC16A11 em um dos alelos, são 25% mais propensas a desenvolver o diabetes, já aquelas que herdaram de ambos os pais, essa probabilidade sobe para 50%. Disponível em: . Acesso em: 26 mar. 2014. (Adaptado). Analise o cladograma, que representa uma parte da evolução humana, apresentado a seguir. Nesse cladograma, o elemento que indica a espécie citada no texto que transmitiu a variante do gene SLC16A11 para o Homo sapiens e a característica evolutiva compartilhada por ambos são, respectivamente,
  29. 59. UEMG 2010
    Em 2009, comemorou-se o 150º aniversário da publicação do livro “Origem das espécies”, de Charles Robert Darwin. Este livro trouxe uma teoria que revolucionou o modo de pensar dos seres humanos, a respeito das espécies biológicas. Considerando o pensamento de Darwin sobre esse assunto, só está CORRETO afirmar que
  30. 60. UFAM 2016
    Analise as alternativas sobre a evolução humana e assinale a CORRETA:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login