Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Evolução

Voltar para Evolução

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Evolução dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Biologia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 211. UEL 2010
    POMBAS, como é duro desconviver com pombas! Proliferaram tanto que chegaram a nos ilhar, cercando a casa de cocô por todos os lados. Usei então o velho truque de estourar bombas de noitinha, amarradas na ponta duma vara de pesca para estourar lá entre os galhos das árvores, e deu certo. A pombaiada diminuiu. Mas há alguns dias uma pomba fez ninho num galho quase ao nosso alcance no terraço. Pensei em derrubar o ninho. Aí vimos os filhotes a pegar comida do bico da mãe, que se mantém firme no ninho mesmo quando chegamos bem perto. Depois vimos um filhote cair, porque ninho de pomba é um exemplo de coisa malfeita, sem bordas, os bichinhos crescem e caem antes de saber voar. Mal caiu, um cachorro abocanhou lá embaixo. Um a menos, mas sempre é triste ver uma mãe perder o filho, mesmo que seja pomba. Pombas! (Adaptado de: PELLEGRINI, D. Jornal de Londrina. 04 maio 2009) Para que ninhos melhor elaborados evoluíssem em uma determinada espécie de pombo tradicionalmente cons-trutora de ninhos mal feitos, quais eventos devem ocorrer? I. Mutações ao acaso produzissem indivíduos com diferentes habilidades em desenvolver ninhos mais ela-borados ou ninhos menos elaborados. II. As diferentes habilidades em desenvolver os vários tipos de ninhos fossem geneticamente herdadas. III. A cada geração, os indivíduos menos habilidosos na produção dos seus ninhos pudessem se transformar em indivíduos mais habilidosos. IV. Indivíduos hábeis na construção de ninhos mais elaborados passassem, em média, uma maior quantidade de seus genes ao longo das gerações. Assinale a alternativa correta.
  2. 212. UESC 2011
    No final da década de 1960, Motoo Kimura demonstrou matematicamente que era possível haver evolução por deriva genética na ausência de seleção natural, mesmo em grandes populações e por longas escalas de tempo. A seleção é uma força determinista que leva ao aumento da frequência de alelos favoráveis e à extinção de alelos deletérios. Mas quando os alelos são neutros, não há forças deterministas atuando e os alelos estão livres para flutuar em frequência ao longo do tempo. Essa teoria neutralista da evolução, em vez de ser percebida como um avanço espetacular, foi tomada como uma ameaça ao status quoe uma afronta ao darwinismo tradicional. [...] Dialeticamente, pode-se dizer que do conflito entre o neutralismo e o selecionismo emergiu uma nova teoria sintética da evolução, mais abrangente, mais robusta e com maior poder de explicação. (PENA, 2007. p. 18-19).   Com base nas informações presentes no texto e nas novas abordagens utilizadas para uma melhor compreensão dos mecanismos que envolvem a evolução  biológica, é correto afirmar:
  3. 213. UFMG 2010
    Desenvolvida, há 150 anos, por Charles Darwin e Alfred Wallace, a ideia da seleção natural pode ser sustentada por observações científicas atuais.   Assinale a alternativa que contém uma informação que NÃO é sustentada pela Teoria Evolutiva por Seleção Natural.
  4. 214. UFRGS 2016
    Considere as seguintes informações sobre as espécies e os processos de especiação.   I - As espécies, de acordo com o conceito biológico, são constituídas por grupos de populações naturais que se intercruzam de maneira real ou potencial e que estão reprodutivamente isolados de outros grupos.   II - As aneuploidias podem dar origem a novas espécies vegetais, sem a necessidade de isolamento geográfico.   III- Uma radiação adaptativa tem grandes chances de ocorrer em ambientes onde exista uma série de recursos subutilizados.   Quais estão corretas?
  5. 215. MACKENZIE 2010
    Durante a evolução, a colonização do ambiente terrestre exigiu várias adaptações. Dentre elas,
  6. 216. UFRGS 2016
    Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. A diversidade genética constitui a matéria-prima dos processos evolutivos.   A ........ e a ........ atuam a favor da manutenção da diversidade genética nas populações.
  7. 217. UNICENTRO 2012
    As espécies mudam com o decorrer do tempo. Hoje existem milhões de espécies de organismos vivos sobre a Terra, incluindo bactérias, fungos, plantas e animais. Todas elas procedem de um antepassado comum, conforme uma grande quantidade de provas biológicas reunidas por estudos científicos. Porém não é a mesma variedade de organismos vista há milhões de anos, quando havia espécies muito diferentes das atuais e outras que foram extintas. A teoria da evolução trata das evidências da origem dos seres vivos e das mudanças lentas e graduais que sofreram desde seu aparecimento até os dias atuais. (A evolução dos seres vivos. Disponível em: . Acesso em: 25 jul 2011).   Com base nos conhecimentos sobre o assunto, é correto afirmar:
  8. 218. UNEMAT 2006
    “Os fundamentos da Teoria Sintética da Evolução (ou neodarwinismo) incluem as principais idéias de Darwin, complementadas pelos conhecimentos relativos à Genética Clássica e às Mutações” (Favaretto e Mercadante, 1999, p.169). De acordo com as afirmações dos autores, assinale a alternativa CORRETA.
  9. 219. UEMA 2010
    A anemia falciforme é uma doença hereditária que se caracteriza pela substituição de aminoácidos na estrutura primária da hemoglobina humana. Nesse caso, os aminoácidos envolvidos na troca são:
  10. 220. UPE 2016
    As células, menores unidades estruturais e funcionais de um ser vivo, foram descobertas pelo cientista inglês Robert Hooke em 1665 e são consideradas a base do estudo da Biologia. Nesse sentido, teorias foram formuladas para explicar a origem e a evolução das células eucarióticas e procarióticas. Entre estas, destaca-se a teoria endossimbiótica, cuja hipótese sugere que as mitocôndrias e os cloroplastos são descendentes de organismos procariontes autotróficos, que foram fagocitados por outras células e passaram a viver em simbiose. Com base nessa teoria, sobre os cloroplastos e as mitocôndrias, analise os itens a seguir:   I - São organelas que nas células das plantas e dos procariotos mantiveram o mesmo mecanismo de síntese proteica, provavelmente porque foram originadas a partir de organismos procariotos. II - Assemelham-se a bactérias em tamanho e função, além da semelhança genética e bioquímica, o que sugere que possam ter ancestrais eucarióticos. III - Possuem material genético próprio sob a forma de DNA ou RNA, sendo capazes de fazer sua replicação, independentemente da replicação nuclear. IV - Possuem macromoléculas, que se associaram ao seu próprio sistema de membranas internas, originando os precursores das células primitivas. V - Apresentam ribossomos próprios, semelhantes aos ribossomos procarióticos e, portanto, diferentes daqueles encontrados em uma célula eucariótica.   Estão CORRETOS apenas
  11. 221. PUC-RJ 2015
    As forças evolutivas são processos que levam à alteração das frequências gênicas nas populações. Qual das opções abaixo NÃO constitui uma força evolutiva?
  12. 222. UFRGS 2011
    Entre as adaptações da presa contra a predação, está o mimetismo. No mimetismo batesiano, uma espécie comestível mimetiza uma espécie não comestível, ou nociva.   Considere as seguintes afirmações, referentes à estabilidade desse tipo de mimetismo.   I. O predador que captura um indivíduo de uma espécie não comestível ou nociva evita qualquer presa de aparência semelhante. II. O mímico evolui em direção à aparência de uma espécie não comestível mais depressa do que a espécie não comestível acumula diferenças em relação ao mímico. III. O mímico deve ser de uma espécie menos comum que a espécie não comestível.   Quais estão corretas?
  13. 223. UEMA 2010
    Considerando a classificação atual dos seres vivos, a apomorfia típica das plantas é (são)
  14. 224. UNCISAL 2016
    A Paleontologia é a ciência que “contribui para o entendimento da origem e evolução da vida no planeta”. Em Alagoas, já foram coletados diversos fósseis de megafauna do Pleistoceno: preguiças gigantes, tigres-dente-de-sabre, paleolhama, mastodontes são alguns exemplos.   SILVA, JORJE LUIZ LOPES. A paleontologia. In: Teixeira, L; Pozzi, H.A.; Silva, J.L. Patrimônio arqueológico e paleontológico de Alagoas. Maceió: Iphan-AL, 2012 (adaptado).   A descoberta de fósseis de megafauna em Alagoas indica que
  15. 225. UNICENTRO 2014
    Considere os eventos evolutivos a seguir. I. Origem dos mamíferos. II. Origem das angiospermas. III. Extinção dos trilobitas. IV. Origem dos crustáceos. V. Origem dos insetos. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a ordem temporal em que esses eventos ocorreram.
  16. 226. OBB 2016
    A mutação que dá origem à indivíduos portadores da anomalia conhecida por siclemia é do tipo:
  17. 227. PUC-RS 2013
    Observando o processo de alimentação de um humano, nota-se que a mastigação, característica única dos mamíferos, é um fator de grande importância, que só evoluiu graças _________, estrutura bucal exclusiva dessa classe de animais.
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login