Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Herança e Sexo dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Biologia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 1

    UEL 2011

    Em algumas modalidades esportivas, as equipes devem ser formadas apenas por atletas do mesmo sexo. Sobre as características que determinam ou diferenciam o sexo, é correto afirmar

  2. 2

    UFSM 2014

    A flgura representa o heredograma de uma família em que ocorre o daltonismo. A pessoa identificada com uma seta se trata de

  3. 3

    UFG 2013

    Em uma colmeia, a abelha rainha fértil é originária de um embrião diploide que foi alimentado com geleia real; as operárias estéreis também são diploides. Os zangões são férteis e originários de ovócitos não fecundados depositados pela abelha rainha. Nessa sociedade, os machos descritos são

  4. 4

    UNITAU

    A hipertricose auricular (pelos na orelha) é transmitida apenas pelo homem e somente para os filhos do sexo masculino. Este fenômeno é chamado de:

  5. 5

    FATEC

    Na espécie humana, a determinação cromossômica do sexo é dada pelos cromossomos X e Y. O cromossomo Y apresenta genes holândricos, isto é, genes que não possuem homologia com o cromossomo X. As características condicionadas por tais genes são

  6. 6

    UNIRIO 2004

    Em eventos esportivos internacionais como os Jogos Pan-americanos ou as Olimpíadas, ocasionalmente, há suspeitas sobre o sexo de certas atletas, cujo desempenho ou mesmo a aparência sugerem fraude. Para esclarecer tais suspeitas utiliza-se

  7. 7

    UERJ 2013

    A hemofllia A, uma doença hereditária recessiva que afeta o cromos- soma sexual X, é caracterizada pela deficiência do fator VIII da coagulação. Considere a primeira geração de filhos do casamento de um homem hemofílico com uma mulher que não possui o gene da hemofilia. As chances de que sejam gerados, desse casamento, filhos hemofílicos e filhas portadoras dessa doença, correspondem, respectivamente, aos seguintes percentuais:

  8. 8

    UPF 2014

    O quadro abaixo trata dos tipos de herança de genes localizados em cromossomos sexuais. Associe corretamente os tipos de herança da primeira coluna com sua respectiva descrição e exemplo, na segunda coluna. A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  9. 9

    UERN 2013

    Os genes são os principais fatores determinantes do sexo, pois neles estão situados os cromossomos sexuais. Por esses cromossomos possuírem também genes para outras características, a transmissão delas guarda alguma relação com o sexo do indivíduo. Desse modo, o heredograma pode se referir a um tipo de herança relacionada ao sexo, denominada herança

  10. 10

    UEL 1997

    Acerca da relação entre os cromossomos de um menino e os de seus avós, fizeram-se as seguintes afirmações: I. Seu cromossomo Y é descendente do Y de seu avô paterno. II. Seu cromossomo X é descendente de um X de sua avó paterna. III. Entre seus autossomos, há descendentes de autossomos de seus avós. Dessas afirmações, está(ão) correta(s) APENAS

  11. 11

    ENEM 2014

    No heredograma, os símbolos preenchidos representam pessoas portadoras de um tipo raro de doença genética. Os homens são representados pelos quadrados e as mulheres, pelos círculos. Qual é o padrão de herança observado para essa doença?

  12. 12

    ENEM 2014

    No heredograma, os símbolos preenchidos representam pessoas portadoras de um tipo raro de doença genética. Os homens são representados pelos quadrados e as mulheres, pelos círculos. Qual é o padrão de herança observado para essa doença?

  13. 13

    ACAFE 2016

    Mudança de sexo em lagartos. Lagartos australianos que mudam de sexo em função do clima foram descritos em um estudo publicado em 01/07/2015 na revista Nature. As análises mostram que onze indivíduos nascidos de ovos incubados em temperaturas mais altas tinham um conjunto de cromossomos do sexo masculino, mas formaram indivíduos do sexo feminino. Estes indivíduos passaram facilmente de uma identidade de gênero controlada geneticamente a uma identidade controlada pela temperatura. Os pesquisadores também observaram que quando essas fêmeas de sexo invertido acasalam com os machos, o sexo de sua prole é inteiramente determinado pela temperatura de incubação dos ovos. Fonte: Biologia - Secretaria do Estado do Paraná, 02/07/2015. Disponível em: http://www.biologia.seed.pr.gov.br/modules/noticias Nesse sentido, analise as afirmações a seguir e marque V para as verdadeiras e F para as falsas. (     ) Pela análise do cariótipo podemos distinguir o sexo em numerosos seres vivos. Esse fato decorre da existência de um sistema genético de determinação do sexo, condicionado por cromossomos especiais, denominados cromossomos sexuais. (     ) No sistema de determinação do sexo ZW, o macho apresenta dois cromossomos sexuais iguais, ZZ (homogamético), enquanto a fêmea apresenta dois diferentes, um Z e outro W (heterogamética). Este sistema aparece em algumas espécies de peixes, de répteis e de aves. (     ) Na espécie humana alguns genes se situam no cromossomo X. A herança desse tipo é denominada herança ligada ao sexo. Quando a manifestação de uma característica ligada ao sexo deve-se a um gene recessivo, o menino herdará da mãe; quando dominante; o pai passará para todas as suas filhas. (     ) Na ordem Hymenoptera encontram-se espécies, como as abelhas, cuja determinação sexual não envolve cromossomos sexuais. Os óvulos fecundados produzem fêmeas diploides, portanto férteis, enquanto os óvulos não fecundados produzem, partenogeneticamente, machos haploides e fêmeas estéreis. (     ) A herança influenciada pelo sexo é determinada por genes localizados nos cromossomos autossomos cuja expressão é, de alguma forma, influenciada pelo sexo do portador. Como exemplo de fator que influencia na expressão desses genes, podemos citar os hormônios sexuais. A sequência correta, de cima para baixo, é

  14. 14

    UNICHRISTUS 2018

    “É importante o acompanhamento de cada etapa do crescimento infantil”, pontua Ana Lúcia Langer, pediatra e presidente da Aliança Distrofia Brasil. Quando há diferenças ou atrasos muito grandes na evolução, principalmente a presença de fraquezas musculares, pode ser algum sinal de distrofia. A forma mais comum é a distrofia muscular de Duchenne (DMD), uma doença rara, que precisa de atenção, pois a sua identificação de maneira precoce é fundamental. Disponível em: . Acesso em: 12 dez. 2017.   Essa doença é condicionada por um alelo mutante

  15. 15

    UFJF 2012

    Em relação aos Heredogramas 1, 2, 3 e 4 apresentados abaixo, é CORRETO afirmar que os padrões de herança são, respectivamente:

  16. 16

    PUC-RJ 2014

    Joana é daltônica e é do tipo sanguíneo A. Ela se casou com Pedro, que tem visão normal e é do tipo sanguíneo AB. Sabendo que a mãe de Joana tem visão normal e é do tipo sanguíneo O,a probabilidade de o casal ter uma menina de visão normal e do tipo sanguíneo A é de:

  17. 17

    UNIRIO 1999

    A figura anterior representa os diferentes tipos de cromossomos humanos. Os autossomos estão numerados de 1 a 22, e os cromossomos sexuais, designados por X e Y. Sendo assim, uma célula somática do corpo de uma mulher apresenta:

  18. 18

    UDESC 2015

    Analise a figura que representa um cariótipo humano. A representação refere-se ao cariótipo de um(a):

  19. 19

    FGV 2014

    Leia a notícia a seguir. "Uma equipe de investigadores da Escócia estudou três galináceos ginandromorfos, ou seja, com caracteristicas de ambos os sexos. A figura mostra um dos galinaceos estudados, batizado de Sam, cujo !ado esquerdo do corpo apresenta a penugem esbranquiçada e os músculos bem desenvolvidos, como observado em galos. Já no lado direito do corpo, as penas são castanhas e os músculos mais delgados, como é normal nas galinhas. No caso dos galináceos, a determinação sexual ocorre pelo sistema ZW." Admitindo-se que Sam apresente perfeita diferenciação cromossômica nas células dos lados direito e esquerdo do corpo, e uma gônada de cada lado, é correto afirmar que a gônada do lado

  20. 20

    FUVEST 2017

    Nos heredogramas apresentados nas alternativas, ocorrem pessoas que têm alterações na formação do esmalte dos dentes (e). Os heredogramas em que as alterações do esmalte dos dentes têm herança ligada ao cromossomo X dominante e recessiva, estão representados, respectivamente, em

  21. 21

    UNESP 2014

    A figura mostra o encontro de duas células, um espermatozoide e um ovócito humano, momentos antes da fecundação. Considerando as divisões celulares que deram origem a essas células, é correto afirmar que o sexo da criança que será gerada foi definido na

  22. 22

    UNESP 2017

    Uma professora de Biologia explicava a seus alunos que o daltonismo para a cor verde é determinado por um gene recessivo ligado ao sexo. Paulo e Luísa, um casal de gêmeos que estudava na mesma sala, disseram que eram daltônicos para a cor verde. A professora perguntou se outras pessoas da família também eram daltônicas e os gêmeos responderam que outras duas pessoas tinham o mesmo tipo de daltonismo. Para descobrir quais eram essas pessoas, a professora fez mais algumas perguntas aos gêmeos e descobriu que eles não tinham outros irmãos, que seus pais eram filhos únicos e que seus avós ainda eram vivos. As outras duas pessoas daltônicas da família eram

  23. 23

    ENEM 2017

    A distrofia muscular Duchenne (DMD) é uma doença causada por uma mutação em um gene localizado no cromossomo X. Pesquisadores estudaram uma família na qual gêmeas monozigóticas eram portadoras de um alelo mutante recessivo para esse gene (heterozigóticas). O interessante é que uma das gêmeas apresentavao fenótipo relacionado ao alelo mutante, isto é, DMD, enquanto sua irmã apresentava o fenótipo normal RICHARDS, C. S. et al.The American Journal of Human Genetics, n. 4, 1990 (adaptado). A diferença na manifestação da DMD entre as gêmeas pode ser explicada pela

  24. 24

    UFG 2012

    Em algumas espécies, os genes determinadores do sexo são afetados pelo ambiente. O gráfico a seguir mostra a porcentagem de nascimento de fêmeas de uma espécie de quelônio em resposta à variação térmica durante o período de incubação dos ovos. Considere que a faixa de temperatura representada no gráfico pode ser aproximada pela parábola de equação p=4T2 - 200T + 2500, em que p corresponde a porcentagem de nascimento de fêmeas e T à temperatura em oC. Suponha que, nesses animais, o gene SXD determine o aparecimento e o desenvolvimento do aparelho reprodutor feminino. Nessas condições, segundo o gráfico,

  25. 25

    FUVEST 2013

    A forma do lobo da orelha, solto ou preso, é determinada geneticamente por um par de alelos. O heredograma mostra que a característica lobo da orelha solto NÃO pode ter herança

  26. 26

    PUC-MG 1997

    O número de cromossomos de uma espécie é 2n=20. O sistema de determinação do sexo é do tipo ZW. O cariótipo que representa uma euploidia é:

  27. 27

    UPE 2014

    A determinação do sexo nos seres vivos está condicionada a diversos sistemas que envolvem processos e mecanismos distintos, importantes para a perpetuação e manutenção das espécies. Na maioria dos casos, é determinado por mecanismos genéticos, que caracterizam os sexos opostos. Em alguns grupos de organismos, um par de cromossomos sexuais e' diferenciado no cariótipo de indivíduos do sexo feminino e do sexo masculino; em outros, não há diferenças morfológicas entre os cromossomos, embora alguns deles contenham os genes que definem os sexos. Em relação aos sistemas de determinação do sexo, analise as afirmativas a seguir I. Na maioria das espécies, indivíduos sem cromossomo 'X' ou 'Z' não conseguem sobreviver por possuírem grande quantidade de genes envolvidos em diversas características, enquanto o cromossomo 'Y' ou 'W' não afeta a sobrevivência por apresentar pouquíssimos genes. II. Nas espécies dioicas, tais como a maioria dos vertebrados e das plantas com flores, a determinação do sexo por intermédio do sistema XY ocorre no momento da fecundação e depende da ação de genes específicos, que atuam no desenvolvimento do novo organismo, tornando-o macho ou fêmea. III. No sistema de determinação sexual XY, as fêmeas são capazes de originar apenas um tipo de gameta, com metade dos alossomos e um autossomo sempre X. Já o macho e heterogamético, produzindo gametas com autossomo X ou autossomo Y. IV. No sistema de determinação XO, as fêmeas são homogaméticas por possuírem cromossomos homólogos (XX), originando apenas um tipo de gameta, e os machos são heterogameticos por possuírem cromossomos homólogos (X0), originando dois tipos de gametas. V. No sistema de herança sexual ZW de algumas espécies de répteis e aves, a heterogamia e mostrada pelas fêmeas, por apresentar cromossomos sexuais (ZW), enquanto a homogamia é mostrada pelo macho (ZZ), assim é a fêmea que determina o sexo da prole. Estão CORRETAS, apenas,

  28. 28

    UFG 2003

    (Adaptado) Atualmente muitos casais têm-se interessado em escolher o sexo do futuro filho, como ocorre na China, onde os pais muitas vezes optam pelo nascimento de um único filho do sexo masculino. Essa escolha é importante para estes casais uma vez que a constatação de um feto do sexo feminino pode provocar a decisão de um aborto não-natural. Nesse sentido, analise as afirmativas adiante: (     ) A opção por indivíduos do sexo masculino pode ser justificada por sua menor suscetibilidade a doenças genéticas e por apresentarem melhor desempenho congnitivo quando adulto. (     ) O exame de urina da mãe é uma técnica usada na identificação do sexo do futuro bebê, porque detecta as células fetais que se desprendem durante o desenvolvimento embriológico. (     ) Na espécie humana o sexo da prole é determinado pelo pai, que apresenta os cromossomos sexuais X e Y no núcleo de suas células germinativas; após a meiose, estes são distribuídos entre os espermatozoides. (     ) A tentativa de aborto por meio da ingestão de poções vegetais ou de outras drogas abortivas pode não eliminar o feto, mas promover a má-formação do corpo do bebê e comprometer a saúde da mãe. (    ) A escolha do sexo dos bebês é um assunto que não levanta questões éticas, pois o casal parental tem o direito da escolha tanto de gênero quanto da opção sexual. Assinale a alternativa correta:

  29. 29

    UEPA 2016

    A hemofilia é um distúrbio hereditário de coagulação sanguínea que provoca comprometimentos dos músculos-esqueléticos como: limitações de movimentos articulares, alterações no modo de andar, contraturas e artrite hemofílica. Embora essas manifestações ofereçam risco à vida, as sequelas que permanecem constituem sério fator incapacitante para o hemofílico. A Fisioterapia é capaz de auxiliar o tratamento desses indivíduos, prevenindo as complicações da doença o que proporciona uma melhor qualidade de vida e funcionalidade aos hemofílicos. Uma das indicações da fisioterapia é a natação, que proporciona um excelente exercício aos hemofílicos e pode ser compartilhada por toda a família. Adaptado de: https://www.uva.br/sites/all/themes/uva/files/pdf/fi sioterapia_como_coadjuvante_tratamento_portador es_hemofilia.pdf acesso em 08/09/2015 Sobre o distúrbio hereditário tratado no Texto, analise as afirmativas abaixo: I. Está relacionado com genes localizados em cromossomos autossômicos que se manifestam tanto nos homens como nas mulheres. II. É determinado por genes que se localizam no cromossomo sexual X sendo considerado uma herança recessiva. III. Um homem afetado recebe o gene de sua mãe e o transmite a seus descendentes do sexo feminino. IV. A mulher portadora e o homem normal terão filhas fenotipicamente normais. V. Num casal hemofílico, os filhos do sexo masculino apresentam o distúrbio enquanto as filhas serão fenotipicamente normais portadoras. A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:

  30. 30

    UFPI 2003

    A cegueira da cor verde na espécie humana é uma característica recessiva ligada ao sexo. Em uma família, a filha possui visão normal, enquanto o filho não enxerga a cor verde. É correto afirmar que:

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos