Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Ética e Política na Filosofia Antiga dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Filosofia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 121

    UNICENTRO 2015

    Sobre a Ética do período homérico, considere as afirmativas a seguir.   I. A não separação entre ética e estética era a característica do pensamento grego primitivo. II. Nesse período não havia um pensamento ético sistematizado, sendo o exemplo dos grandes homens o guia para a ação. III. No período homérico, a compaixão era o elemento que guiava as ações humanas. IV. Era uma ética fundamentalmente racional.   Assinale a alternativa correta.

  2. 122

    UNICENTRO 2016

    Leia o texto a seguir. Aristóteles substitui o idealismo de Platão pelo empirismo. A teoria ética aristotélica busca seu ideal não em uma ideia universal e inatingível do bem, do belo e verdadeiro, mas numa concepção de felicidade, alcançada pela ação, reflexão e experiência, consubstanciada no conceito de justiça. (FREITAG, B. Itinerários de Antígona. A questão da moralidade. 4.ed. Campinas: Papirus, 2005. p.30.)   Com base no texto e nos conhecimentos sobre o conceito de justiça em Aristóteles, assinale a alternativa correta.

  3. 123

    UEL 2011

    Leia o texto a seguir. Que seja portanto ele a considerar-se a si mesmo, que quando empreende uma viagem se arma e procura ir bem acompanhado; que quando vai dormir fecha suas portas; que mesmo quando está em casa tranca seus cofres; e isso mesmo sabendo que existem leis e funcionários públicos armados, prontos a vingar qualquer injúria que lhe possa ser feita. (HOBBES. Leviatã. Trad. J. P. Monteiro e M. B. N. da Silva. São Paulo: Abril Cultural, 1974. p. 80.) O texto de Hobbes diverge de uma ideia central da filosofia política de Aristóteles. Assinale a alternativa que identifica essa ideia aristotelica.

  4. 124

    UEL 2007

    “E justiça é aquilo em virtude do qual se diz que o homem justo pratica, por escolha própria, o que é justo, e que distribui, seja entre si mesmo e um outro, seja entre dois outros, não de maneira a dar mais do que convém a si mesmo e menos ao seu próximo (e inversamente no relativo ao que não convém), mas de maneira a dar o que é igual de acordo com a proporção; e da mesma forma quando se trata de distribuir entre duas outras pessoas”. Fonte: ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. Tradução de Leonel Vallandro e Gerd Bornheim da versão inglesa de W. D. Ross. São Paulo: Nova Cultural, 1987, p. 89.   De acordo com o texto e os conhecimentos sobre a justiça em Aristóteles, é correto afirmar:

  5. 125

    UNICENTRO 2014

    Com base nos conhecimentos sobre Aristóteles, relacione as ciências, na coluna de cima, com o seu significado, na coluna de baixo.   (I) Ciências Teoréticas. (II) Ciências Práticas. (III) Ciências Poiéticas.   (A) Visam o conhecimento que sirva como um guia de conduta dos seres humanos na pólis. (B) Visam o conhecimento no sentido de este ser utilizado para produzir algo útil ou belo. (C) Dizem respeito às ciências da natureza, portanto visam o conhecimento por si próprio.   Assinale a alternativa que contém a associação correta.

  6. 126

    UEL 2007

    “Desde suas origens entre os filósofos da antiga Grécia, a Ética é um tipo de saber normativo, isto é, um saber que pretende orientar as ações dos seres humanos”. Fonte: CORTINA, A.; MARTÍNEZ, E. Ética. Tradução de Silvana Cobucci Leite. São Paulo: Edições Loyola, 2000, p. 9.     Com base no texto e na compreensão da ética aristotélica, é correto afirmar que a ética:

  7. 127

    UFSJ 2006

    "Se a função do homem é uma atividade da alma que segue ou que implica um princípio racional e se dizemos que 'um tal-e-tal' e 'um bom tal-e-tal' têm uma função que é a mesma em espécie ..., se realmente assim é [ ]......" (ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. Livro I. São Paulo: Abril Cultural, 1979, p. 56. (Coleção Pensadores)). Assinale a alternativa que completa essa idéia de Aristóteles.

  8. 128

    UPE 2011

    Sobre a natureza social do homem, analise os itens abaixo:   I. A sociabilidade assumiu, em nosso século, grandes proporções de tal forma que ela pode legitimamente ser considerada um fenômeno particularmente central em nosso tempo. II. A capacidade do indivíduo de agir e até de pensar com certa independência em relação a seu meio social, ou em oposição a este, pode ser reduzida pelo contexto social. Isso significa que o nosso ideal de liberdade e de sociedade livre não pode ser simplesmente definido em termos de independência. III. A sociedade humana é tradicionalmente atravessada e impregnada por um coeficiente de poder; ou seja, os sujeitos individuais, as pessoas, não se justapõem uns ao lado dos outros, em condições de igualdade, mas se colocam hierarquicamente uns sobre os outros, uns dominando os outros. Esse coeficiente que marca as nossas relações políticas envolve os indivíduos na esfera do poder. IV. Sociabilidade e politicidade são tidas tradicionalmente como duas dimensões fundamentais do homem. Já Aristóteles dizia: “O homem é, por natureza, um animal político e, então, também sociável”.   Está CORRETO o que se afirma em

  9. 129

    UEMA 2013

    Parte da ética acredita na existência de um conjunto de valores válidos para todos os homens. Esse princípio se refere

  10. 130

    UPE 2016

    Sobre o homem, a cidadania e a política, atente ao texto a seguir:   O homem verdadeiramente político também goza a reputação de haver estudado a virtude acima de todas as coisas, pois que ele deseja fazer os seus concidadãos serem bons e obedientes às leis. Mas a virtude que devemos estudar é, fora de qualquer dúvida, a virtude humana, porque humano era o bem, e humana, a felicidade que buscávamos. Aristóteles. Ética a Nicômaco. Porto Alegre: abril, 1973, p. 263. (Adaptado)   Aristóteles, no seu tratado sobre a Ética e a Política, estabelece alguns pontos significativos para a compreensão do comportamento do ser humano e da sociedade. Com relação a esse assunto, analise os itens a seguir:   I. A justiça política estabelece a ordem e harmonia; é ordenadora do bem incomum a todos os cidadãos. II. A dimensão política prescinde da formação cidadã. III. A política e a virtude ética visam formar o humano para a justiça e gerir o bem comum a todos os cidadãos. IV. É condição básica para a cidadania serem os preceitos da política apartados dos preceitos da virtude.   Está(ão) CORRETO(S) apenas

  11. 131

    UNICENTRO 2011

    Na concepção política de Platão, é correto afirmar que a

  12. 132

    UNICENTRO 2010

    De acordo com muitos interpretes, Sócrates (470-399 a.C.) é considerado o primeiro filósofo da ética. Qual das alternativas abaixo NÃO caracteriza corretamente seu pensamento.

  13. 133

    UENP 2010

    Sobre as escolas éticas do período helenístico, da antiguidade clássica da Filosofia Grega, associe a primeira com a segunda coluna e assinale a alternativa correta. COLUNA I I.epicurismo II. estoicismo III. ceticismo IV. ecletismo COLUNA II A - É uma moral hedonista. O fim supremo da vida é o prazer sensível; o critério único de moralidade é o sentimento. Os prazeres estéticos e intelectuais são como os mais altos prazeres.  B - Visa sempre um fim último ético-ascético, sem qualquer metafísica, mesmo negativa. C - Se nada é verdadeiro, tudo vale unicamente. D - A paixão é sempre substancialmente má, pois é movimento irracional, morbo e vício da alma.

  14. 134

    UEL 2004

    “Uma vez que constituição significa o mesmo que governo, e o governo é o poder supremo em uma cidade, e o mando pode estar nas mãos de uma única pessoa, ou de poucas pessoas, ou da maioria, nos casos em que esta única pessoa, ou as poucas pessoas, ou a maioria, governam tendo em vista o bem comum, estas constituições devem ser for- çosamente as corretas; ao contrário, constituem desvios os casos em que o governo é exercido com vistas ao próprio interesse da única pessoa, ou das poucas pessoas, ou da maioria, pois ou se deve dizer que os cidadãos não participam do governo da cidade, ou é necessário que eles realmente participem.” (ARISTÓTELES. Política. Trad. de Mário da Gama Kury. 3.ed. Brasília: Editora UNB, 1997. p. 91.)   Com base no texto e nos conhecimentos sobre as formas de governo em Aristóteles, analise as afirmativas a seguir.   I. A democracia é uma forma de governo reta, ou seja, um governo que prioriza o exercício do poder em benefício do interesse comum. II. A democracia faz parte das formas degeneradas de governo, entre as quais destacam-se a tirania e a oligarquia. III. A democracia é uma forma de governo que desconsidera o bem de todos; antes, porém, visa a favorecer indevidamente os interesses dos mais pobres, reduzindo-se, desse modo, a uma acepção demagógica. IV. A democracia é a forma de governo mais conveniente para as cidades gregas, justamente porque realiza o bem do Estado, que é o bem comum.   Estão corretas apenas as afirmativas:

  15. 135

    UFSJ 2006

    "Se, pois, para as coisas que fazemos existe um fim que desejamos por ele mesmo e tudo o mais é desejado no interesse desse fim; e se é verdade que nem toda coisa desejamos com vista em outra (...), evidentemente tal fim será o bem, ou antes, o sumo bem". (ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. Livro I. São Paulo: Abril Cultural, 1979, p. 49. (Coleção Pensadores)). No trecho acima, Aristóteles se refere à política como arte mestra e como um bem porque a política

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos