Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Fundamentos da Cinemática dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Física com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 241

    UFAL 2010

    Uma partícula viaja em linha reta com uma velocidade constante de 30m/min. Após 15 minutos, uma segunda partícula parte do mesmo ponto, também com velocidade constante.   Se as duas partículas se encontram duas horas depois, qual foi a velocidade da segunda partícula?

  2. 242

    MACKENZIE 2015

    Vários corpos idênticos são abandonados de uma altura de 7,20 m em relação ao solo, em intervalos de tempos iguais. Quando o primeiro corpo atingir o solo, o quinto corpo inicia seu movimento de queda livre. Desprezando a resistência do ar e adotando a aceleração da gravidade g = 10,0 m/s2, a velocidade do segundo corpo nessas condições é

  3. 243

    UERJ 2016

    O número de bactérias em uma cultura cresce de modo análogo ao deslocamento de uma partícula em movimento uniformemente acelerado com velocidade inicial nula. Assim, pode-se afirmar que a taxa de crescimento de bactérias comporta-se da mesma maneira que a velocidade de uma partícula. Admita um experimento no qual foi medido o crescimento do número de bactérias em um meio adequado de cultura, durante um determinado período de tempo. Ao fim das primeiras quatro horas do experimento, o número de bactérias era igual a 8 × 105. Após a primeira hora, a taxa de crescimento dessa amostra, em número de bactérias por hora, foi igual a: 

  4. 244

    ENEM PPL 2014

    O sonar é um equipamento eletrônico que permite a localização de objetos e a medida de distâncias no fundo do mar, pela emissão de sinais sônicos e ultrassônicos e a recepção dos respectivos ecos. O fenômeno do eco corresponde à reflexão de uma onda sonora por um objeto, a qual volta ao receptor pouco tempo depois de o som ser emitido. No caso do ser humano, o ouvido é capaz de distinguir sons separados por, no mínimo, 0,1 segundo.   Considerando uma condição em que a velocidade do som no ar é 340m/s qual é a distância mínima a que uma pessoa deve estar de um anteparo refletor para que se possa distinguir o eco do som emitido?

  5. 245

    UNEMAT 2008

    Um ônibus escolar deve partir de uma determinada cidade conduzindo estudantes para uma universidade localizada em outra cidade, no período noturno. Considere que o ônibus deverá chegar à universidade às 19 horas, e a distância entre essas cidades é de 120 km, com previsão de parada de 10 minutos num determinado local situado a 70 km antes da cidade de destino. Se o ônibus desenvolver uma velocidade escalar média de 100km/h, qual deve ser o horário de partida desse ônibus?

  6. 246

    CEFET-MG 2008

    Um automóvel desloca-se em uma avenida plana e reta, com velocidade constante. Ao se aproximar de um semáforo, o motorista aciona os freios, produzindo um movimento uniformemente variado, parando em 3,0 segundos. Seja d1 a distância percorrida no primeiro segundo, após o início da freada, e d3 a distância percorrida no último segundo. A razão entre d1 e d3 é

  7. 247

    UNIPAM 2014

    Um pequeno objeto foi arremessado, em queda livre, do alto de um edifício de altura H, com velocidade v0. O objeto sobe até uma altura h e cai livremente até atingir o solo, com velocidade 5v0. Admitindo-se que o módulo da aceleração da gravidade local vale g, o tempo total gasto pelo objeto, desde o início de arremesso até atingir o solo, foi de

  8. 248

    ENEM PPL 2013

    Em uma experiência didática, cinco esferas de metal foram presas em um barbante, de forma que a distância entre esferas consecutivas aumentava em progressão aritmética. O barbante foi suspenso e a primeira esfera ficou em contato com o chão. Olhando o barbante de baixo para cima, as distâncias entre as esferas ficavam cada vez maiores. Quando o barbante foi solto, o som das colisões entre duas esferas consecutivas e o solo foi gerado em intervalos de tempo exatamente iguais.   A razão de os intervalos de tempo citados serem iguais é que a

  9. 249

    UFAM 2010

    Em 01.07.2009, o Rio Negro atingiu a maior cota (29,77 m) desde setembro de 1902 quando as cotas médias diárias começaram a ser medidas em Manaus. Se no período de cheia, um barco recreio, desenvolvendo toda a potência de seu motor, subir determinado trecho do Rio Negro a 10 km/h e descer o mesmo trecho a 20 km/h ambas as velocidades medidas em relação às margens, podemos afirmar que a velocidade (em km/h) do Rio Negro (em relação às margens) neste trecho vale:

  10. 250

    CEFET-MG 2012

    Uma pessoa de massa igual a 60 kg está de pé sobre uma balança dentro de um elevador. Se, em todo o percurso, essa balança registra o valor de 72 kg, então, é correto afirmar que o elevador

  11. 251

    ITA 2009

    Um barco leva 10 horas para subir e 4 horas para descer um mesmo trecho do rio Amazonas, mantendo constante o módulo de sua velocidade em relação  à  água.  Quanto tempo o barco leva para descer esse trecho com os motores desligados?

  12. 252

    UPE 2016

    Um balão dirigível sobe verticalmente, com velocidade constante de 90,0 km/h em relação ao solo, e, a uma altura de 80,0 m do chão, um de seus passageiros arremessa um objeto com velocidade vertical e para cima de 18,0 km/h, em relação ao piso do cesto do balão. Em quantos segundos, o objeto retorna para a mão do passageiro?

  13. 253

    PUC-MG 2009

    Quando em queda livre, uma pedra pesada e uma pedra leve têm a mesma aceleração porque:

  14. 254

    UPE 2011

    Um carro trafega numa via, com velocidade constante v. O coeficiente de atrito entre o pneu do carro e a via é µ, e a aceleração da gravidade é g. A partir do instante em que o motor do carro é desligado,   I. o carro para instantaneamente. II. a aceleração do carro é sempre zero. III. a distância que o carro percorre até parar é diretamente proporcional a v. IV. a distância que o carro percorre até parar é inversamente proporcional a µ.   Está(ão) CORRETA(S)

  15. 255

    UNEMAT 2007

    Um pequeno objeto é lançado verticalmente para cima, realizando na descida um movimento de queda livre na mesma vertical. Desprezando-se a resistência do ar, e supondo-se positiva a velocidade do objeto na subida, pode-se inferir que sua aceleração será

  16. 256

    ITA 2016

    No sistema de sinalização de trânsito urbano chamado de “onda verde”, há semáforos com dispositivos eletrônicos que indicam a velocidade a ser mantida pelo motorista para alcançar o próximo sinal ainda aberto. Considere que de início o painel indique uma velocidade de 45 km/h. Alguns segundos depois ela passa para 50 km/h e, finalmente, para 60 km/h. Sabendo que a indicação de 50 km/h no painel demora 8,0 s antes de mudar para 60 km/h, então a distância entre os semáforos é de

  17. 257

    UFAC 2011

    Na subida do elevador panorâmico de um shopping, Maria segura sua sacola de compras. Em certo instante (t0), de forma distraída, deixa suas compras cair e faz uma análise do acontecido, uma vez que é aluna do 1º período do curso de Física. No mesmo momento, Ana, aluna do último ano do mesmo curso, observa o que aconteceu do lado de fora e também decide analisar a situação. Sabendo que a aceleração do elevador é a e sua velocidade no instante t0 é v0. , elas chegaram às seguintes deduções:   (I) Ana – “A sacola subiu primeiramente até certa altura e, depois, desceu até atingir o chão do elevador, tendo este último uma altura maior do que no instante em que deixaram-na cair”. (II) Ana – “Pensando melhor, a sacola caiu exatamente da mesma forma como foi observada por uma pessoa dentro do elevador”. (III) Maria – “A aceleração da sacola foi a aceleração da gravidade”. (IV) Ana – “No instante t0, a sacola estava subindo com velocidade v0”. (V) Ana – “Pensando bem, a sacola ficou flutuando por alguns instantes, antes de cair no chão do elevador”.   Em relação às conclusões das alunas, pode-se dizer que: 

  18. 258

    UEL 1995

    Um corpo é abandonado, de grande altura, no ar e cai, como uma gota de chuva, por exemplo. Levando em conta a resistência do ar, suposta proporcional à velocidade do corpo, considere as afirmações seguintes: I- Inicialmente, a aceleração do corpo é g, aceleração local da gravidade. II- O movimento não é uniformemente variado, pois a aceleração do corpo vai se reduzindo até se anular. III- A velocidade, após certo tempo de queda, deve permanecer constante. Dentre elas,

  19. 259

    ITA 2009

    Considere uma bola de basquete de 600 g a 5 m de altura e, logo acima dela, uma de tênis de 60 g. A seguir, num dado instante, ambas as bolas são deixadas cair. Supondo choques perfeitamente elásticos e ausência de eventuais resistências, e considerando g  = 10 m/s² , assinale o valor que mais se aproxima da altura máxima alcançada pela bola de tênis em sua ascenção após o choque.

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos