Exercícios de Amazônia e Região Norte

Voltar para Amazônia e Região Norte

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Amazônia e Região Norte dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Geografia com esses e mais de 12000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. UNESP 2007
    As considerações a seguir dizem respeito à cidade localizada no mapa. I. Seu polo industrial e fruto de um Decreto-lei da época do regime militar, portanto, imposto a sociedade brasileira. II. Suas empresas realizam operações básicas de montagem incorporando, gradativamente, componentes de fabricação nacional. III. A produção industrial é altamente subsidiada. IV. O regime tributário estabelece concorrência desleal com os produtores de outras regiões do país. Assinale a alternativa correta.
  2. 2. ENEM 2013
    Nos últimos decênios, o território conhece grandes mudanças em função de acréscimos técnicos que renovam a sua materialidade, como resultado e condição, ao mesmo tempo, dos processos econômicos e sociais em curso. SANTOS, M.; SILVEIRA; M. L. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2004 (adaptado). A partir da última década, verifica-se a ocorrência no Brasil de alterações significativas no território, ocasionando impactos sociais, culturais e econômicos sobre comunidades locais, e com maior intensidade, na Amazônia Legal, com a
  3. 3. ENEM 2013
    Nos últimos decênios, o território conhece grandes mudanças em função de acréscimos técnicos que renovam a sua materialidade, como resultado e condição, ao mesmo tempo, dos processos econômicos e sociais em curso. SANTOS, M.; SILVEIRA; M. L. 0 Brasil: território e sociedade do seculo XXI. Rio de Janeiro: Record, 2004 (adaptado). A partir da última decada, verifica-se a ocorrência no Brasil de alterações significativas no território, ocasionando impactos sociais, culturais e econômicos sobre comunidades locais, e com maior intensidade, na Amazônia Legal, com a
  4. 4. UNESP 2013
    Leia. O fenômeno dos "rios voadores" "Rios voadores" são cursos de água atmosféricas, invisíveis, que passam por cima de nossas cabeças transportando umidade e vapor de agua da bacia Amazônica para outras regiões do Brasil. A floresta Amazônica funciona como uma bomba d'água. Ela "puxa" para dentro do continente umidade evaporada do oceano Atlântico que, ao seguir terra adentro, cai como chuva sobre a floresta. Pela ação da evapotranspiração da floresta, as árvores e o solo devolvem a água da chuva para a atmosfera na forma de vapor de água, que volta a cair novamente como chuva mais adiante. O Projeto Rios Voadores busca entender mais sobre a evapotranspiração da floresta Amazônica e a importante contribuição da umidade gerada por ela no regime de chuvas do Brasil. A partir da leitura do texto e da observação do mapa, é correto afirmar que, no Brasil,
  5. 5. ENEM 2017
    Comparando os dados das hidrelétricas, uma características territorial positiva de Belo Monte é o(a)
  6. 6. UNIFESP 2003
    O SIVAM foi introduzido na Amazônia para
  7. 7. UFSM 2003
    Fonte (figura 1) Amazônia: desenvolvimento, integração e ecologia. Fonte (figura 2) Magnoli, D. e Araújo, R. Projeto de ensino de geografia: natureza, tecnologias e sociedades - geografia geral. São Paulo: Moderna, 2001. p.236. Com base na figura e nos conhecimentos a respeito do ecossistema da Floresta Amazônica, podem-se afirmar I - Pouco menos da metade das chuvas é captada peIo rio Amazonas e chega ao oceano, pouco mais da metade das chuvas retorna à atmosfera pela evapotranspiração. II - A floresta depende do clima, mas o clima independe da floresta. III - A evapotranspiração da floresta consome quase metade da energia solar incidente. IV - A abundância de chuvas lixivia os solos e a exuberância da floresta disfarça a esterilidade dos solos. Estão corretas
  8. 8. UFPR 2013
    Os estados amazônicos perseguem estratégias diversas para consolidar o povoamento e alcançar o desenvolvimento sustentável. Todos têm o ecoturismo como atividade básica, mas suas outras estratégias variam consideravelmente em função de seus contextos históricos, culturais e politicos, da sua localização geográfica e dos nÍveis em que foram afetados pelo recente processo de ocupação. (BECKER, B. K. Por que não perderemos a soberania sobre a Amazônia? In: AL- BUQUEROUE, E. S. (org). Que país é esse? Pensando o Brasil contemporâneo. São Paulo: Globo, 2005, p. 275.) Com base no texto e nos conhecimentos de geografia, assinale a alternativa correta.
  9. 9. ENEM 2017
    O ganhador do Prêmio Nobel, Philip Fearnside, já alertava em estudos de 2004 que, como consequência do desmatamento em grande escala, menos água da Amazônia seria transportada pelos ventos para o Sudeste durante a temporada de chuvas, o que reduziria a água das chuvas de verão nos reservatórios de São Paulo. SERVA, L. Para ganhador do Prêmio Nobel, cheias no Norte e seca no Sudeste estão conectadas. Disponível em: www1.folha.uol.com.br. Acesso em: 10 nov. 2014.   O fator apresentado no texto para o agravamento da seca no Sudeste está identificado no(a)
  10. 10. FATEC 2005
    Nos últimos anos, as taxas de crescimento urbano da Amazônia foram bastante elevadas. Segundo o censo 2000 (IBGE), 70% da população da região vive em núcleos urbanos. Entre as causas que melhor justificam esse crescimento, é correto citar:
  11. 11. ENEM 2011
    A Floresta Amazônica, com toda a sua imensidão, não vai estar aí para sempre. Foi preciso alcançar toda essa taxa de desmatamento de quase 20 mil quilômetros quadrados ao ano, na última década do século XX, para que uma pequena parcela de brasileiros se desse conta de que o maior patrimônio natural do pais está sendo torrado. AB'SABER, A. Amazônia: do discurso à práxis. São Paulo: EdUSP, 1996. Um processo econômico que tem contribuído na atualidade para acelerar o problema ambiental descrito é:
  12. 12. ENEM 2012
    A moderna “conquista da Amazônia” inverteu o eixo geográfico da colonização da região. Desde a época colonial até meados do século XIX, as correntes principais de população movimentaram-se no sentido Leste-Oeste, estabelecendo uma ocupação linear articulada. Nas últimas décadas, os fluxos migratórios passaram a se verificar no sentido Sul-Norte, conectando o Centro-Sul à Amazônia. OLIC, N. B. Ocupação da Amazônia, uma epopeia inacabada. Jornal Mundo, ano 16, n. 4, ago. 2008 (adaptado). O primeiro eixo geográfico de ocupação das terras amazônicas demonstra um padrão relacionado à criação de
  13. 13. UFSM 2006
    O período do governo militar no Brasil marcou o início da incorporação da Amazônia ao projeto nacional de desenvolvimento. A figura refere-se a um anúncio da SUDAM, publicado na "Revista Veja" de dezembro de 1970. Qual das afirmações a seguir melhor expressa as consequências do projeto político contido no anúncio?
  14. 14. ENEM 2014
    A preservação da sustentabilidade do recurso natural exposto pressupõe:
  15. 15. ENEM 2014
    A convecção na Região Amazônica é um importante mecanismo da atmosfera tropical e sua variação, em termos de intensidade e posição, tem um papel importante na determinação do tempo e do clima dessa região. A nebulosidade e o regime de precipitação determinam o clima amazônico. FISCH, G.; MARENGO, J. A.; NOBRE, C. A. Uma revisão geral sobre o clima da Amazônia. Acta Amazônica, v. 28, n. 2, 1998 (adaptado). O mecanismo climático regional descrito está associado à característica do espaço físico de:
  16. 16. UERJ 2014
    Volks na Amazônia Em 1973, Wolfgang Sauer foi chamado para conversar com os executivos alemães da Volkswagen na sede alemã da empresa. Voltou como o chefe da maior fábrica de automóveis em funcionamento do hemisfério sul, instalada em São Paulo. No mesmo ano, quando foi a Brasília conversar com o ministro do interior, Rangel Reis, este lhe disse que o governo federal queria mudar a diretriz da ocupação da Amazônia. Desde o inicio da construção da Transamazônica, três anos antes, a ênfase era na colonização. Essa diretriz, de objetivos sociais, não atendia mais à prioridade definida pelo terceiro governo militar desde o golpe de Estado de 1964: tornar a Amazônia uma fonte de divisas para o país. Adaptado de br.noticias.yahoo, 26/02/2013. O texto da reportagem faz referência a duas fases distintas da política territorial na Amazônia durante o regime militar. Dois exemplos dessa política de ocupação, para o período 1964/1973 e para o período 1973/1985, respectivamente, foram as implantações de:
  17. 17. ENEM 2009
    Os Yanomami constituem uma sociedade indígena do norte da Amazônia e formam um amplo conjunto linguístico e cultural. Para os Yanomami, urihi, a “terrafloresta”, não é um mero cenário inerte, objeto de exploração econômica, e sim uma entidade viva, animada por uma dinâmica de trocas entre os diversos seres que a povoam. A floresta possui um sopro vital, wixia, que é muito longo. Se não a desmatarmos, ela não morrerá. Ela não se decompõe, isto é, não se desfaz. É graças ao seu sopro úmido que as plantas crescem. A floresta não está morta pois, se fosse assim, as florestas não teriam folhas. Tampouco se veria água. Segundo os Yanomami, se os brancos os fizerem desaparecer para desmatá-la e morar no seu lugar, ficarão pobres e acabarão tendo fome e sede. ALBERT, B. Yanomami, o espírito da floresta. Almanaque Brasil Socioambiental. São Paulo: ISA, 2007 (adaptado). De acordo com o texto, os Yanomami acreditam que
  18. 18. ENEM 2008
    O gráfico a seguir mostra a área desmatada da Amazônia, em km2, a cada ano, no período de 1988 a 2008. As informações do gráfico indicam que
  19. 19. FGV 2015
    A maior e mais completa torre de observação da América do Sul começou a ser construída em agosto no seio da floresta amazônica. Intitulada “Torre Alta de Observação da Amazônia”, a torre mede 325 metros e será usada para monitorar as interações entre a atmosfera e a floresta. A obra, que é realizada pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) em parceria com o Instituto Max Planck de Química, da Alemanha, será equipada com instrumentos científicos de alta tecnologia. http://amazonasfm.com.br/noticias/torre-mais-alta-da-america-latinae-construida-na-amazonia/#sthash.kZnyjgy1.dpuf Sobre esse projeto, é correto afirmar:
  20. 20. G1 - IFSP 2013
    Leia o texto que é parte de uma declaração dada, em abril de 2012, pelo índio Raoni, cacique e pajé kaiapó. Ninguém aqui quer essa obra, porque vai ser ruim pra nós. Vai ser ruim pro branco que mora por aqui também. Vai ser muito ruim porque a nossa vida tá ligada ao rio, tá ligada à floresta, tá ligada ao peixe e à caça. Tá ligada à terra, que é nossa... (www.controversia.com.br/index.php?act=textos&id=12229. Acesso em: 30.09.2012. Adaptado) O depoimento de Raoni está relacionado
  21. 21. UERJ 2013
    O assassinato do líder seringueiro Chico Mendes, em 1988, deu expressão internacional à pequena cidade de Xapuri, no Acre, e voltou o olhar do mundo para milhares de cidadãos que fazem da extração do látex seu sustento e do Vale Amazônico sua morada. O que poucos sabem é que esse foi apenas mais um capítulo da saga da borracha. Durante a Segunda Guerra Mundial, um exército de retirantes foi mobilizado com pulso firme, propaganda forte e promessas delirantes para deslocar-se rumo à Amazônia e cumprir uma agenda do Estado Novo. Ao fim do conflito, em 1945, os migrantes que sobreviveram às durezas da selva foram esquecidos no Eldorado. Passadas décadas, os soldados da borracha hoje lutam para receber pensão equivalente à dos ex-pracinhas. Adaptado de revistaepoca.globo.com, 18/04/2011. A extração de recursos naturais da Floresta Amazônica, como o látex, ainda hoje se insere em um contexto de problemas sociais, relacionados principalmente ao seguinte fator:
  22. 22. UEPB 2014
    Analise as proposições que tratam de aspectos inerentes à Região Norte e identifique a resposta correta. I. A organização do espaço geográfico da Amazônia no século XX reflete uma história de violência, conflitos e lutas pela terra. A economia cresceu à custa de constante degradação ambiental, já que os responsáveis por esse avanço (a pecuária extensiva, a agricultura comercial da soja e as ações ilegais de madeireiros) são notórios na região. II. A região possui amplas áreas de solo férteis, onde o desenvolvimento agrícola é possível sem uso da biotecnologia. Possui uma moderna rede de rodovias que permite o escoamento da produção de forma amplamente satisfatória. III. As comunidades locais, principalmente agricultores ribeirinhos e povos indígenas, são favoráveis construção da Usina de Belo Horizonte, devido ao potencial de geração de empregos e do crescimento econômico que vai beneficiar toda a população. IV. A ocupação territorial contemporânea da Amazônia não corrigiu a exclusão social materializada nas periferias urbanas e nos desastres sociais e ambientais. Estão corretas: 
  23. 23. UEPB 2012
    A construção da usina hidrelétrica de Belo Monte no Rio Xingu, no Pará, tem sido motivo de opiniões conflitantes. O Governo defende que o projeto é viável e que vai trazer grandes benefícios para o desenvolvimento da região. As organizações sociais e ambientalistas afirmam que o dado mais célebre do projeto são os 512 km2 de floresta que serão inundados por suas barragens e a convicção de que o projeto tem graves problemas e lacunas na sua formação, daí afirmarem que o projeto não é viável do ponto de vista social e ambiental.   Analise as proposições sobre a temática apresentada e identifique a alternativa INCORRETA. 
  24. 24. UFG 2012
    Analise a figura a seguir e leia os textos que a acompanham. “O governo federal e o setor privado inauguraram um novo ciclo de desenvolvimento e ocupação da Amazônia Legal, onde vivem 24,4 milhões de pessoas e que representa só 8% do PIB brasileiro”. FOLHA DE S. PAULO, São Paulo, 16 out. 2011, p. B1. […] “Assim, ao invés de reproduzir, como nas antigas áreas de incorporação agrícola, estruturas produtivas preexistentes, a expansão recente da fronteira agropecuária na Amazônia constitui, antes de mais nada, uma fronteira tecnológica na qual a inovação científica é o elemento central de explicação do novo perfil produtivo do agrorregional”. Disponível em: . Acesso em: 8 mar. 2011. Considerando-se a figura e os textos apresentados e a grande diversidade natural, social, econômica, tecnológica e cultural da Amazônia Legal, evidencia-se uma região em crescente processo de diferenciação. Esse processo contraria a imagem difundida pelo mundo de um espaço homogêneo, caracterizado pela presença de uma cobertura vegetal, que a identifica tanto interna quanto externamente. Desse modo, o novo modelo de desenvolvimento e de ocupação da Amazônia Legal, atualmente, baseia-se
  25. 25. UFRGS 2010
    TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: O sistema de alerta baseado em satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) detectou 498 km2 de desmatamentos na Amazônia Legal por corte raso ou degradação progressiva, em agosto de 2009. Desse total, 301 km2 foram registrados no Pará. A cada quinzena, os dados são enviados ao IBAMA, responsável pela fiscalização das áreas. O sistema indica tanto áreas de corte raso – quando os satélites detectam a completa retirada da floresta nativa – quanto áreas classificadas como degradação progressiva, que revelam o processo de desmatamento na região. Adaptado de: www.inpe.br. O texto faz referência a uma região em que predomina o clima
  26. 26. UECE 2016
    Considerando as tipologias macroclimáticas do Brasil, é correto afirmar que o clima que predomina na porção norte do Brasil, compreendendo os estados do Amazonas, Pará, Acre, Rondônia, Amapá, e parte do Mato Grosso e Tocantins, e que é controlado pelos sistemas atmosféricos massa equatorial continental e atlântica, e pela zona de convergência intertropical é o clima
  27. 27. UFC 2009
    A organização do espaço geográfico da Amazônia no século XX reflete uma história de violência, conflitos e lutas. Sobre os processos que se desenvolveram nesse período na Região, é correto afirmar que:
  28. 28. UEG 2015
    A atividade de mineração no Brasil acabou por contribuir para a instalação de um sistema de infraestrutura na área de transporte e geração de energia. Nesse sentido, para a instalação de um grande projeto de extração de minério de ferro pela Vale do Rio Doce no estado do Pará no início da década de 1980, foi necessária a construção da
  29. 29. IBMEC-RJ 2013
    A legislação ambiental brasileira tem sido insuficiente para bloquear a devastação da Floresta Amazônica, que ocupa 49,3% do território nacional. Na década de 1980, foram devastados, cerca de, 3,5% da superfície total. Hoje, mais de 12% da área original da floresta já foram destruídos, devido, principalmente, a políticas governamentais inadequadas com a expansão da fronteira de ocupação em direção à Amazônia. Entre as razões que justificam o chamado “arco do desmatamento” na Amazônia Oriental, pode-se, corretamente, identificar: I. A presença de culturas em larga escala na região, como a cana-de-açúcar e o café, que são intensas no arco do desmatamento, e promovem mais impactos sociais do que ambientais. No Pará, o governo estadual incentiva esses plantios comerciais (ao longo da Belém-Brasília e Santarém). II. A concentração dos polos madeireiros. A exploração da madeira ocorre principalmente nas florestas de terra firme, situadas ao Norte do arco do desmatamento. Cabe ressaltar que, em virtude da existência do mogno (madeira de grande valor comercial), essa exploração se alarga no Oeste do Pará e Norte de Mato Grosso. III. As atividades agropecuárias concentradas em um arco ao sul da Bacia Amazônica, que se estende do nordeste e sul do Pará, e passa pelo norte do Mato Grosso até Rondônia. A pecuária extensiva na região promove a derrubada de extensas áreas de floresta. De acordo com exposto acima, assinale a opção correta.
  30. 30. PUC-RJ 2007
    A região indicada a seguir engloba vários estados brasileiros (e parte de um deles) e foi definida, pelo governo federal em 1953, com o intuito de planejar melhor o desenvolvimento socioespacial dessa parcela do território nacional. Esse recorte regional é conhecido como:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login