Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Atmosfera

Voltar para Atmosfera

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Atmosfera dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Geografia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. ENEM 2017
    O impacto apresentado nesse ambiente tem sido intensificado pela
  2. 2. UEPB 2011
    Observe os pluviogramas abaixo. Neles os índices pluviométricos estão representados pelas colunas, enquanto que a variação de temperatura é representada pela linha. Com base na Ieitura dos gráflcos. identifique as respectivas descricões feitas dos mesmos. (   ) Clima semiárido com chuvas de verão e outono. Apresenta baixo índice pluviométrico e baixa amplitude térmica com temperaturas elevadas durante todo o ano. (   ) Clima subtropical, com chuvas bem distribuídas durante todo o ano e alta amplitude térmica, com verões quentes e invernos frios. (   ) Clima equatorial, com chuvas abundantes e temperaturas elevadas durante todo o ano, não apresenta estação seca. (   ) Clima tropical litorâneo sob a influência dos alísios, com chuvas abundantes no inverno, estação na qual as temperaturas elevadas declinam. A alternativa que apresenta a sequência correta é
  3. 3. ENEM 2015
    Figura 1. Diagrama das regiões de intemperismo para as condições brasileiras (adaptado de Peltier, 1950). Figura 2. Mapa das regiões de intemperismo do Brasil, baseado no diagrama da Figura 1. FONTES, M. P. F. Intemperismo de rochas e minerais. In: KER, J. C. et al. (Org.). Pedologia: fundamentos. Viçosa (MG): SBCS, 2012 (adaptado). De acordo com as figuras, a intensidade de intemperismo de grau muito fraco é característica de qual tipo climático?
  4. 4. ENEM 2017
    Os produtores de Nova Europa (SP) estão insatisfeitos com a proibição da queima e do corte manual de cana, que começou no sábado (01/03/2014) em todo o estado de São Paulo. Para eles, a produção se torna inviável, já que uma máquina chega a custar R$ 800 mil e o preço do corte dobraria. Além disso, a mecanização cortou milhares de postos de trabalho. Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuárias e Agroindustrial (SBERA).Comproibição da queima, produtores dizem que corte da cana fica inviável. Disponível em: http://sbera.org.br. Acesso em: 25 mar. 2014.   A proibição imposta aos produtores de cana tem como objetivo
  5. 5. FGV 2014
    Analise o mapa que representa uma anomalia climática Com base nos conhecimentos sobre a dinâmica climática mundial, pode-se concIuir que se trata
  6. 6. ENEM 2012
    A interface clima/sociedade pode ser considerada em termos de ajustamento à extensão e aos modos como as sociedades funcionam em uma relação harmônica com seu clima. O homem e suas sociedades são vulneráveis às variações climáticas. A vulnerabilidade é a medida pela qual uma sociedade é suscetível de sofrer por causas climáticas. AYOADE, J. O. Introdução a climatologia para os trópicos. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010 (adaptado). Considerando o tipo de relação entre ser humano e condição climática apresentado no texto, uma sociedade torna-se mais vulnerável quando
  7. 7. ENEM 2017
    Umidade relativa do ar, por região do país, para o dia 28/08/2014 Regiões Umidade relativa (intervalo médio) Norte 60-70% Nordeste 90-100% Centro-Oeste 55-65% Sudeste 65-75% Sul 90-100% No dia em que foram colhidos os dados meteorológicos apresentados, qual fator climático foi determinante para explicar os índices de umidade relativa do ar nas regiões Nordeste e Sul?
  8. 8. UEPB 2014
    Os cIimogramas abaixo representam dois tipos climáticos que atuam em regiões do país. O clima representado na figura l recebe influência da massa de ar continental equatorial e caracteriza-se por altas temperaturas e chuvas abundantes o ano todo. Já o clima representado na figura 2 recebe influência da massa tropical atlântica e caracteriza-se por altas temperaturas, chuvas escassas e mal distribuídas. Os climogramas correspondem, respectivamente, aos climas:
  9. 9. MACKENZIE 2000
    A classificação climática de Koppen utiliza símbolos alfabéticos para caracterizar os climas. Observando-se o mapa da Austrália, pode-se afirmar que as letras A, B e C usadas nessa classificação significam, respectivamente, climas:
  10. 10. UFSM 2002
    Numere a 2a coluna (influências) de acordo com a 1a (fatores do clima). 1. Latitude 2. Altitude 3. Maritimidade 4. Corrente marinha quente e fria 5. Relevo (   ) facilita ou dificulta a penetração das massas de ar para o interior dos continentes. (   ) origina clima quente e úmido ou mais frio e seco ao longo dos litorais, em diferentes latitudes. (   ) condiciona o comportamento das temperaturas médias, fazendo-as decrescerem a medida que aumenta a distância do Equador. (   ) determina redução da temperatura devido à diminuição da densidade e umidade do ar, o que prejudica a absorção do calor irradiado pela superfície. A sequência correta é
  11. 11. ENEM 2017
    O ganhador do Prêmio Nobel, Philip Fearnside, já alertava em estudos de 2004 que, como consequência do desmatamento em grande escala, menos água da Amazônia seria transportada pelos ventos para o Sudeste durante a temporada de chuvas, o que reduziria a água das chuvas de verão nos reservatórios de São Paulo. SERVA, L. Para ganhador do Prêmio Nobel, cheias no Norte e seca no Sudeste estão conectadas. Disponível em: www1.folha.uol.com.br. Acesso em: 10 nov. 2014.   O fator apresentado no texto para o agravamento da seca no Sudeste está identificado no(a)
  12. 12. ENEM 2017
    As temperaturas médias mensais e as taxas de pluviosidade expressas no climograma apresentam o clima típico da seguinte cidade:  
  13. 13. ENEM 2017
    Nas imagens constam informações sobre a formação de brisas em áreas litorâneas. Esse processo é resultado de
  14. 14. UFRGS 2010
    Observe o mapa de climas do Brasil e os três climogramas que seguem. Assinale a correspondência correta entre as localidades A, B e C assinaladas no mapa e os cIImogramas I, II e III.
  15. 15. ENEM 2016
    O processo ambiental ao qual a charge faz referência tende a se agravar em função do(a)
  16. 16. MACKENZIE 2011
    Foi da junção de duas palavras gregas, Atmós (vapor) e Sphaíra (esfera), que surgiu o nome dado a estrutura de gás que envolve um satélite ou planeta: a Atmosfera. Em tempos de aquecimento global, passou a ser mais estudada, mais valorizada no meio acadêmico, pois é nela que diversos fenômenos relacionados aos distúrbios climáticos atuais ocorrem. No nosso planeta, ela é formada por diversas camadas e, em sua porção mais densa, chega a até 800 quilômetros de altitude a partir do nível do mar. É tida como irrisória, se considerarmos o tamanho do globo terrestre, que mede aproximadamente 12,8 mil quilômetros de diâmetro. A respeito das camadas que compõem a atmosfera terrestre, considere as afirmações I, II, III e IV. I. A Troposfera é a camada mais baixa da atmosfera e, é nela, que os principais fenômenos meteorológicos ocorrem, tais como tempestades, chuvas, precipitações de neve ou granizo e formação de geadas. II. A camada de ozônio (O3) concentra-se na Termosfera. Formada a cerca de 400 milhões de anos, protege a Terra dos raios ultravioleta emitidos pelo Sol, nocivos à vida. Porém sabemos que, devido a emissão crescente de C02 pelas sociedades modernas, abriram-se buracos enormes nessa camada, permitindo a entrada de tais raios. III. A Mesosfera se estende da Estratosfera a até aproximadamente 80 quilômetros acima do nível do mar. É a faixa mais fria, porque nela não há nuvens nem gases capazes de absorver a energia do Sol. A temperatura varia de -5°C a -95°C. IV. O efeito estufa é um fenômeno natural que mantém o planeta aquecido nos limites de temperatura necessários para a manutenção da vida. Nos últimos dois séculos, vem aumentando, na camada atmosférica que recobre a Terra, a concentração de dióxido de carbono, do metano, do óxido nitroso e de outros gases. Esse aumento anormal provoca a aceleração do aquecimento global. Estão corretas
  17. 17. PUC-MG 1997
    Observe o quadro que se refere a tipos de climas brasileiros, segundo W. Koppen. Assinale a alternativa que preencha corretamente os espaços I, II e III, respectivamente:
  18. 18. ENEM 2014
    A convecção na Região Amazônica é um importante mecanismo da atmosfera tropical e sua variação, em termos de intensidade e posição, tem um papel importante na determinação do tempo e do clima dessa região. A nebulosidade e o regime de precipitação determinam o clima amazônico. FISCH, G.; MARENGO, J. A.; NOBRE, C. A. Uma revisão geral sobre o clima da Amazônia. Acta Amazônica, v. 28, n. 2, 1998 (adaptado). O mecanismo climático regional descrito está associado à característica do espaço físico de:
  19. 19. UFSM 2013
    Observe a figura: A partir dos climogramas, é correto afirmar que I. o clima da Cidade A pode ser descrito como Equatorial, com predomínio de chuvas convectivas. II. as principais variações climáticas entre os meses e as estações do ano na Cidade B estão ligadas à temperatura, enquanto, na Cidade A, estão ligadas as chuvas. III. a Cidade B está localizada em latitudes extratropicais, o que explica a regularidade das chuvas ao longo dos meses do ano. Está(ão) correta(s)
  20. 20. UFPR 2015
    Segundo o geógrafo Carlos Augusto de Figueiredo Monteiro, diferentes centros de ação atmosférica atuam sobre a América do Sul, sendo eles: Massa Tropical Atlântica, Massa Equatorial Continental, Massa Polar Atlântica, Massa Tropical Continental e Massa Equatorial do Atlântico Norte. Com base na atuação dessas massas de ar e em suas características, considere as seguintes afirmativas: I. A Massa Equatorial Continental é a única massa continental do planeta com características úmidas, devido à grande extensão da floresta amazônica e sua evapotranspiração. II. A Massa Polar Atlântica é a responsável pelas ondas de frio que atingem o Brasil devido ao abastecimento polar proveniente do Artico. III. A direção predominante dos ventos originados na Massa Tropical Atlântica sobre a fachada sul do Brasil é de oeste. IV. As massas Tropical Atlântica e Equatorial do Atlântico Norte são as formadoras, respectivamente, dos alísios de sudeste e nordeste que atuam sobre o Brasil. Assinale a alternativa correta.
  21. 21. UNESP 2013
    A ampliação do uso de combustíveis fósseis para geração de energia contribui para o aumento da concentração de SO3 que, ao reagir com H2O, presente na atmosfera, produz H2SO4. Esta solução é, também, responsável por danificar a cobertura vegetal próxima às fontes poluidoras, desequilibrar ecossistemas aquáticos e destruir monumentos históricos. Tal fenômeno climático é denominado
  22. 22. ENEM - 2A APLICACAO 2010
    A maior frequência na ocorrência do fenômeno atmosférico apresentado na figura relaciona-se a
  23. 23. UNIOESTE 2012
    Sabe-se que a ação antrópica desencadeia desequilíbrios ambientais diversos. Um dos problemas ambientais mais sentidos pela população mundial é a poluição atmosférica, que atinge de forma mais significativa a população das grandes cidades. Com relação ao clima urbano, assinale a alternativa correta.
  24. 24. FUVEST 2006
    Os climogramas I e II correspondem, respectivamente, às áreas assinaladas no mapa com as letras
  25. 25. UDESC 2015
    Analise as proposições sobre os fatores do clima. I. Quanto maior a latitude, menores são as médias térmicas anuais. II. Quanto maior a altitude, menor a temperatura. III. As massas de ar são enormes bolsões de ar, que se deslocam pela superfície da Terra por diferença de pressão. À medida que elas se deslocam, vão se descaracterizando pela influência de outras massas de ar com as quais trocam calor. IV. A maior ou menor proximidade de grandes quantidades de água exerce forte influência não só no comportamento da umidade relativa do ar, mas também no da temperatura. V. O relevo influi na temperatura e na umidade do ar, ao facilitar ou dificultar a circulação de massas de ar. Assinale a alternativa correta.
  26. 26. UFF 2010
    O fragmento da notícia e a letra da canção referem-se às mesmas áreas da região Nordeste, nas quais se verificou uma mudança brusca nas condições climáticas habituais, devido ao excesso de chuva numa região marcada pela sua falta. Último Pau-de-Arara A vida aqui só é ruim Quando não chove no chão Mas se chover dá de tudo Fartura tem de montão Tomara que chova logo Tomara, meu Deus, tomara Só deixo o meu Cariri No último pau-de-arara Só deixo o meu Cariri No último pau-de-arara (Venâncio/Corumbá/J. Guimarães) É possível identificar diversos fatores relacionados a essa mudança ambiental. Identifique o fator principal.
  27. 27. PUC-RS 2015
    Analise os climogramas abaixo, que representam os principais domínios climáticos brasileiros, e preencha os parênteses com a legenda correspondente. (   ) tropical (   ) subtropical (   ) equatorial (   ) tropical semiárido A numeração correta, de cima para baixo, é
  28. 28. UFPR 2013
    Considere as figuras a seguir: Com base nas figuras, assinale a alternativa correta.          
  29. 29. FUVEST 2013
    Observe os mapas. Os períodos do ano que oferecem as melhores condições para a produção de energia hidrelétrica no Sudeste e energia eólica no Nordeste são aqueles em que predominam, nessas regiões, respectivamente,
  30. 30. UEG 2015
    Observe a figura a seguir. Considerando-se a representação na figura, verifica-se que a pressão atmosférica é
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login