Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

UFTM 2011

A partir de 2004, os encontros e as declarações sucessivas dos 12 chefes de Estado resultaram, inicialmente, na criação da Comunidade Sul-Americana por meio da Declaração de Cuzco, no Peru. Em 2007, durante a primeira Reunião de Energia Sul-Americana na Ilha de Margarida (Venezuela), foi alterado o seu nome, o qual foi oficializado em 2008, na reunião em Brasília, quando o Tratado Constitutivo da organização foi assinado. Esse bloco tem a ambição de afirmar a autonomia da região diante dos EUA, de desenvolver uma integração de infraestrutura energética, de transporte e de telecomunicações, de construir uma identidade e uma cidadania sul-americana. Fundamenta-se no Conselho dos Chefes de Estado, com uma presidência rotativa. A principal crítica a esse bloco é a possibilidade de instaurar uma concorrência ou mesmo ruptura nos processos de integração regional.

O texto e o mapa referem-se ao bloco

Escolha uma das alternativas.