Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Conflitos na África

Voltar para Conflitos na África

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Conflitos na África dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Geografia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. ENEM 2016
      Disponível em: www.imageforum diffusion.alp.com. Acesso em: 6 jan. 2016. O regime do Apartheid adotado de 1948 a 1994 na Africa do Sul fundamentava-se em ações estatais de segregacionismo racial. Na imagem, fuzileiros navais fazem valer a "lei do passe" que regulamentava o(a)
  2. 2. G1 - CFTMG 2012
    O país nasce a partir de um acordo de paz firmado em 2005, após 12 anos de uma guerra civil que deixou 1,5 milhão de mortos. Apesar de possuir grandes reservas de petróleo, eIe surge como um dos Estados mais pobres do mundo. Sua independência está sendo celebrada sem que as fronteiras entre o sul e o norte já estejam completamente definidas. Fonte: NASSIF Luis, Online. Texto adaptado. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2011. (Adaptado) Nesse contexto, as informações referem-se à criação da(o)
  3. 3. FUVEST 2015
    O grupo Boko Haram, autor do sequestro, em abril de 2014, de mais de duzentas estudantes, que, posteriormente, segundo os líderes do grupo, seriam vendidas, nasceu de uma seita que atraiu seguidores com um discurso crítico em relação ao regime local. Pregando um islã radical e rigoroso, Mohammed Yusuf, um dos fundadores, acusava os valores ocidentais, instaurados pelos colonizadores britânicos, de serem a fonte de todos os males sofridos pelo país. Boko Haram significa "a educação ocidental é pecaminosa'"em haussa, uma das linguas faladas no país. www.cartacapitaI.com.br. Acessado em 13/05/2014. Adaptado. O texto se refere
  4. 4. UFMG 2004
    Leia estas manchetes e notas de jornal sobre a África, uma amostra obtida em apenas dois dias consecutivos: "Governo de Obasanjo (Nigéria) enfrenta dilema ao permitir uso da sharia." "Folha de S. Paulo", São Paulo, 15 jun. 2003. Caderno Mundo, p. A 24. " "O governo enviou reforços à região oeste, onde, em fevereiro, surgiu um novo grupo rebelde, o Movimento pela Libertação do Sudão." "Folha de S. Paulo", São Paulo, 15 jun. 2003. Caderno Mundo, p. A 22. "As tensões entre negros e árabes [Mauritânia] aumentaram após a prisão de opositores muçulmanos. O pais, muçulmano, tem relações com Israel." "Folha de S. Paulo", São Paulo,15 jun. 2003. Caderno Mundo, p. A 22. "Garoto de 13 anos de milícia pró-govemo carrega arma para combate em Monróvia (Capital); o presidente Charles Taylor e rebeldes ainda não chegaram a acordo de cessar-fogo." "Folha de S. Paulo", São Paulo, 16 jun. 2003. Caderno Mundo, p. A 14. A partir da leitura dessas manchetes e notas jornalísticas, é INCORRETO admitir que
  5. 5. ESPM 2012
    Observe o texto e o mapa abaixo: Sudão do sul, independente e vulnerável No sábado 9, o mundo ganhou um novo país: o Sudão do Sul. A nação, maior que a Bahia, nasce carregando o título do Estado mais pobre do mundo, onde três dos estimados nove milhões de habitantes precisam de ajuda humanitária para se alimentar e 90% vivem com até 50 centavos de dólar por dia (cerca de 0,80 centavos de reais). (Carta Capital disponível em http://www.cartacapitaI.com.br/internacionaI/sudao-do-sul- independente-e-vuIneraveI. Acesso: 30/09/11) Em relação a geografia do novo país, está correto afirmar:
  6. 6. UNESP 2011
    Soweto viu a Copa do Mundo. Em um Mundial questionado por seu impacto social apenas limitado e por excluir grande parte da população africana dos benefícios, os 4 milhões de moradores da cidade nas proximidades de Johannesburgo só souberam um dia antes que a seleção brasileira faria seu único treino aberto em Soweto. (O Estado de S.PauIo, 04.06.2010. Adaptado.) Considere as afirmações seguintes. I. Soweto está localizado na região metropolitana de Johanesburgo e foi a maior township da Africa do Sul. II. As townships nasceram durante o período do apartheid, devido à separação espacial entre negros e brancos. III. Dentre os Prêmios Nobel da Paz, estão Nelson Mandela e o Arcebispo Desmond Tutu, que viveram em Soweto. IV. Berço da luta contra o apartheid, durante o regime racista, Soweto conseguiu resolver seus problemas sociais, integrando-se totalmente ao restante da capital. Estão corretas apenas as afirmações
  7. 7. UERN 2012
    "Nascido da divisão do Sudão após décadas de guerra civil, o Sudão do Sul é desde a 0h local (18h desta sexta-feira de Brasília) o mais novo país do mundo, o 54° da Africa e o 193o membro da Organização das Nações Unidas (ONU). A criação do país já é comemorada na madrugada deste sábado na capital Juba. 'Somos livres! Adeus ao norte, bem-vinda a felicidade!', gritava Mary Okach, uma cidadã da nova nação". (http://vejaabril.com.br/ noticia/ internacional/ no-sa badona soe-o- 54o-pais- da-africa-o-sudao-do-sul) A guerra civil que levou a divisão do Sudão era
  8. 8. PUC-RJ 2010
    A partir de uma nova Constituição, promulgada em 1997, a África do Sul vem passando por profundas mudanças. O país viveu décadas sob o regime do Apartheid, o qual pode ser revelado no mapa a seguir pela presença dos bantustões destinados, segundo essa ideologia, a conceder um país a cada etnia. A representação cartográfica apresentada indica que os mapas são:
  9. 9. FGV 2002
    A riqueza mineral africana tem sido. ao longo de sua história recente, muito mais um fardo do que um fator de desenvolvimento para os povos e países desse continente. Como exemplo desta contradição, pode-se destacar
  10. 10. UERN 2015
    Em 2008, mais de 300 mil pessoas foram obrigadas a deixar suas casas em Darfur, no Sudão. A região composta por dois estados passa por uma crise humanitária em meio a guerra civil, que está relacionada ao seguinte fator:
  11. 11. UERJ 2010
    Quinze anos depois do genocídio que vitimou mais de 800 mil pessoas, visitar Ruanda ainda é uma espécie de jogo de adivinhação - a cada rosto que passa tenta-se descobrir quem foi vítima e quem foi algoz na tragédia de 1994. O governo do país recorre à união do povo. O censo e as carteiras de identidade étnicas não existem mais, todos agora são apenas considerados ruandeses. O esforço do presidente Paul Kagame em evitar um novo conflito é tão grande que chamar alguém de 'tutsi' ou 'hutu' de maneira ofensiva é crime, com pena que pode chegar a 14 anos. Marta REIS A presença do trauma do genocídio é o principal problema social de Ruanda, maior inclusive que a pobreza. Tratar esse trauma coletivo devia ser prioridade número um, e não transformá-Io num tabu. A política do governo é a do esquecimento por Iei, por obrigação. Errada é a vitimização do genocídio, pois existe uma história de conflitos anterior e posterior ao massacre. Marcio GAGLIATO A polêmica sobre os efeitos do genocídio de Ruanda, ocorrido em 1994, aponta para contradições dos processos de constituição de Estados nacionais na Africa contemporânea. Com base na análise dos textos, a resolução dessas contradições estaria relacionada à adoção das seguintes medidas:
  12. 12. ENEM 2012
    A singularidade da questão da terra na África Colonial é a expropriação por parte do colonizador e as desigualdades raciais no acesso à terra. Após a independência, as populações de colonos brancos tenderam a diminuir, apesar de a proporção de terra em posse da minoria branca não ter diminuído proporcionalmente. MOYO, S. A terra africana e as questões agrárias: o caso das lutas pela terra no Zimbábue. In: FERNANDES, B. M.; MARQUES, M. I. M.; SUZUKI, J. C. (Org.). Geografia agrária: teoria e poder. São Paulo: Expressão Popular, 2007. Com base no texto, uma característica socioespacial e um consequente desdobramento que marcou o processo de ocupação do espaço rural na África subsaariana foram:
  13. 13. UFU 2015
    A partir de 1948, o Partido Nacional, no poder na África do Sul, entregou-se à tarefa de transformar a separação em bases raciais – já existente na sociedade sul-africana – num complexo sistema legal e no fundamento real do Estado. Essencialmente preocupado em frear e impedir a vinda dos negros para as cidades, o governo branco iniciou a montagem do apartheid (apart-heid, ―"desenvolvimento separado"). LOPES, Marta Maria. O apartheid. São Paulo: Atual, 1990, p. 41. (Adaptado).   O apartheid, cujo desmantelamento contou com a histórica liderança de Nelson Mandela, estava originalmente relacionado
  14. 14. UNCISAL 2010
    Situado no continente africano, sua história se fundiu à europeia na época das grandes navegações, quando o temido “Cabo das Tormentas” foi vencido pelas caravelas portuguesas. Séculos depois, foi colonizado por britânicos e holandeses e sua população enfrentou 46 anos de um sistema legalizado de discriminação racial que manteve o domínio da minoria branca na política, economia e sociedade. Em 1994, ocorreram no país as primeiras eleições multirraciais. O país em questão é
  15. 15. UNIR 2011
    No ano de 2010, a África do Sul organizou a Copa do Mundo de Futebol, oportunidade para o país demonstrar ao mundo que o processo de superação do Apartheid encontra-se bastante avançado. Sobre o regime de segregação racial que marcou a sociedade sul-africana entre os anos de 1948 e 1994, assinale a afirmativa correta.
  16. 16. UNICENTRO 2009
    Os conhecimentos sobre os conflitos que têm ocorrido na Ásia e na África, na contemporaneidade, permitem afirmar:
  17. 17. FATEC 2009
    Leia o texto a seguir e complete as lacunas com as palavras da alternativa correta. Os conflitos étnicos e sociais na África Em geral, as culturas negro-africanas tiveram como base histórica as comunidades tribais e a religiões tradicionais ....(I).... . A situação atual da África é marcada pela crise econômica, a miséria, a doença e os conflitos armados generalizados, que estão fortemente ligados à longa história de dominação ocidental, principalmente na fase do ....(II)...., que fixou fronteiras arbitrárias no continente, colocando povos inimigos num mesmo território nacional ou um mesmo povo dividido em dois ou mais países. Após as independências nacionais, geralmente as elites africanas que assumiram o poder adotaram como língua oficial o idioma da antiga metrópole e os velhos métodos autoritários de governo e exploração econômica. Isso tudo acirra as ditaduras, os ódios interétnicos e as guerrilhas de extermínio, tais como as ocorridas entre os Hutus e os ....(III).... em Ruanda. Por outro lado, tais culturas entram em choque com a crescente expansão da religião ....(IV)...., que conquista novos fiéis no Centro e até no Sul do continente, gerando um caldeirão com novas diferenças culturais e talvez futuros novos conflitos.   As lacunas são corretamente preenchidas com
  18. 18. UFU 2011
    Conflitos recentes (2010) no Sudão e na Nigéria, que deixaram milhares de mortos e desabrigados, expuseram ao mundo uma herança da partilha colonial africana, a imposição de fronteiras pelas metrópoles, que acabou por gerar uma série de disputas por controle territorial.   Assinale a alternativa que apresenta as causas dos conflitos mencionados.
  19. 19. UPE 2011
    Populações inteiras são, às vezes, expulsas de seus territórios. Esses povos são privados de seus direitos de cidadania e passam a viver em condições extremamente precárias. Exemplifica esse fato a guerra entre as etnias hutu e refugiados.   Essa desterritorialização aconteceu 
  20. 20. UFT 2014
    "Permanecerá para sempre como uma mancha que não será apagada da história da humanidade o mero fato de que o crime do Apartheid ocorreu. Sem dúvida, as gerações futuras perguntarão: 'Que erro se cometeu para que esse sistema pudesse vigorar depois de ter sido aprovada a Declaração Universal dos Direitos Humanos? Permanecerá para sempre como uma acusação e um desafio a todos os homens e mulheres o fato de que demoramos tanto tempo para bater o pé e dizer 'já basta'". Fonte: MANDELA, Nelson. Discurso ante o Comitê Especial das Nações Unidas contra o Apartheid, 22 de junho de 1990.   Nelson Mandela foi o principal líder negro que lutou contra a política do Apartheid na África do Sul. Um dos principais fatores que determinaram a extinção daquele regime foi a
  21. 21. UFU 2014
    Genocídio que deixou 800 mil mortos em Ruanda completa 20 anos   Ruanda inicia nesta segunda-feira (7 de abril) as cerimônias em memória do 20º aniversário do genocídio de 1994, que, em apenas cem dias, deixou 800 mil mortos. Disponível em: Acesso em: abril de 2014.   O texto acima expõe o que foi considerado o maior genocídio do planeta desde a II Guerra Mundial.   Esse genocídio esteve relacionado a um conflito
  22. 22. UNESP 2010
    No início dos anos 1990, o presidente Frederik de Klerk declarou oficialmente o fim do apartheid na África do Sul. Esta política racista
  23. 23. UNEMAT 2010
    “[...] Este governo, que começou seu mandato em maio deste ano, identificou cinco principais prioridades para os próximos cinco anos. Elas incluem: criação de trabalho decente, assegurando que toda criança tenha acesso à educação de alto nível, garantindo a todos os sul-africanos acesso a cuidados de saúde de qualidade e a preços acessíveis, o desenvolvimento de nossas áreas rurais, garantindo a segurança alimentar e acelerando a reforma agrária; e, combate ao crime e à corrupção.” (Trecho do pronunciamento do Presidente da África do Sul, Jacob Zuma, no dia 08/05/2009 em São Paulo - Brasil. www.africadosul.org.br acessado em 12/05/2010).   Considerando o texto acima e a experiência do Apartheid (segregação entre brancos e negros), vivida pela sociedade sul-africana entre os anos de 1948 e 1990, pode-se concluir.
  24. 24. UNIMONTES 2009
    Conflitos armados nos últimos 15 anos custaram à África US$300 bilhões – o equivalente a toda a ajuda recebida pelo continente no mesmo período –, afirma um relatório divulgado por organizações não governamentais. Disponível em: http://www.saferworld.org.uk.   Sobre os conflitos na África, assinale a alternativa INCORRETA.
  25. 25. UNIR 2011
    Sobre o continente africano, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.   ( ) Grande parte dos países da África possui economia essencialmente agrícola, sendo dependente das importações de petróleo e de produtos industrializados. ( ) Na África Subsaariana, a pobreza tem sido agravada devido à ocorrência de graves conflitos originados pela disputa das riquezas naturais e por tensões étnicas. ( ) Angola, Camarões, Chade e Nigéria são países com potencial mineral inexplorado e apresentam baixos índices de crescimento econômico. ( ) O norte da África tem países bem estruturados e urbanizados, como o Quênia e, em contraponto, existem Somália e Etiópia, nações mergulhadas em problemas gerados pelos elevados subsídios à agricultura.   Assinale a sequência correta.  
  26. 26. UFOP 2010
    Sobre a África do Sul, país sede da Copa do Mundo de 2010, assinale a afirmativa INCORRETA:
  27. 27. UNCISAL 2014
    Com o término da Guerra Fria e o fim do controle das superpotências, observa-se inúmeras e substanciais mudanças na geopolítica internacional que levaram a ocorrência de novos e variados conflitos ao redor do mundo. Os conflitos da época da Guerra Fria eram motivados por fatores políticos e ideológicos. As atuais guerras civis ou outros tipos de conflitos são movidos por pressão demográfica, disputa de territórios e recursos naturais, questões étnicas e culturais, religião, ideologia e injustiças sociais.     Com relação aos conflitos ocorridos na África subsaariana, verifica-se que são motivados por questões 
  28. 28. UEG 2004
    A África, o mais pobre dos continentes, explorado na colonização européia, sofre atualmente com a fome, as doenças e o alto índice de mortalidade, entre outros problemas. A respeito desse continente, considere as seguintes proposições:   I. A convivência pacifica entre grupos de etnias diferentes, como os tutsis e os hutus em Ruanda, em Burundi e na República Democrática do Congo, coloca esses países entre os poucos com desenvolvimento econômico no continente. II. Em alguns países, após a independência, subiram ao poder representantes da maioria da população africana, o que gerou estabilidade política e amenizou os conflitos armados. III. A fragilidade das políticas agrícolas e industriais aliada à alta dívida externa, às lutas armadas e as epidemias são, entre outros fatores, os principais obstáculos ao desenvolvimento do continente. IV. A maioria da população africana sobrevive graças à ajuda internacional. Essa ajuda diminui a cada ano, fato que eleva o índice de mortalidade da população. V. A exploração das reservas de petróleo, carvão, cobre e diamante, além de outros minérios, em vez de gerar riqueza para a maioria da população africana, alimenta a guerra civil em alguns países, financiando a compra de armamentos.   Assinale a alternativa CORRETA:
  29. 29. UFRGS 2014
    Considere as afirmações abaixo, sobre o regime do apartheid , vigente na África do Sul entre 1948 e 1994.  I - Foi estabelecido em 1948, pelo Partido Nacional, vinculado aos brancos descendentes de holandeses, e teve por característica principal a rígida segregação racial entre brancos e negros. II - Teve como principal força de oposição o Congresso Nacional Africano (CNA), liderado por Nelson Mandela, considerado culpado de traição pelo regime em 1963 e, por isso, preso até 1991.  III - Ocupou e transformou Angola em um protetorado, durante a guerra civil naquele país.    Quais estão corretas?
  30. 30. UNICENTRO 2011
    Com base nos conhecimentos sobre os conflitos na África Subsaariana, é correto afirmar que a associação adequada entre o país e a causa direta do conflito em curso, respectivamente, está expressa na alternativa
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login