Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Geosfera

Voltar para Geosfera

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Geosfera dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Geografia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 241. UNEMAT 2006
    Atualmente as notícias mais ouvidas em todo mundo são: “O mundo sofre com o tempo louco”. “Salve-se quem puder.” “Vem aí mais um ciclone, um furacão, um terremoto.” Embora muitas das catástrofes que estão ocorrendo nos países independam da ação humana, sabe-se que boa parte da responsabilidade da falta de humor da natureza cabe aos seus mais inteligentes e antigos inquilinos. Tem-se como exemplo, o último terremoto que ocorreu no Paquistão e matou aproximadamente 40.000 pessoas, destruiu casas, redes elétricas, pontes, ruas, entre outros.   A respeito de terremotos é CORRETO afirmar que:
  2. 242. PUC-MG 2012
    Dentre os temas políticos mais polêmicos dos últimos anos encontra-se a reforma do Código Florestal brasileiro. As mudanças propostas sobre o antigo código alteram algumas das leis que regem a utilização do solo e a definição das áreas de proteção permanente dentre outras. A reforma desse código remete à forma de uso do solo e do papel social que ele deve cumprir perante a sociedade brasileira.   Sobre o uso do solo no Brasil e suas repercussões socioespaciais, é INCORRETO afirmar:
  3. 243. UNICAMP 2012
    Ao considerar a influência da infiltração da água no solo e o escoamento superficial em topos e encostas, é correto afirmar que
  4. 244. UFES 2009
    A erosão é constituída pelo desgaste, transporte e deposição dos materiais que compõem o solo. Ela pode ser acelerada ou reduzida pela ação humana. É exemplo de ação humana que reduz o processo erosivo
  5. 245. UFLA 2012
    A sociedade humana depende do uso dos recursos naturais, os quais possuem diversas aplicações. Relacione a Coluna II de acordo com a Coluna I: Coluna I ( 1 ) Manganês ( 2 ) Nióbio ( 3 ) Bauxita ( 4 ) Quartzo ( 5 ) Cassiterita   Coluna II ( ) Desse minério, extrai-se o alumínio, importante na fabricação de carros, esquadrias de janelas, embalagens, etc. ( ) Minério utilizado na composição de ligas metálicas de grande resistência e leves, empregado nas indústrias de aeronáutica, naval, espacial e automobilística. ( ) Minério utilizado, nas siderúrgicas para a produção de aço, compondo ligas com o ferro. ( ) Desse minério extrai-se o estanho, utilizado na composição de ligas metálicas como o chumbo. ( ) Minério estratégico nas indústrias de informática e de eletrônica.   Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA.
  6. 246. FUVEST 2008
    A questão energética contemporânea, especialmente no que se refere ao uso de combustíveis fósseis, pode ser olhada sob uma perspectiva mais ampla. A vida na Terra tem alguns bilhões de anos. Nossa espécie, que surgiu há cerca de 150 mil anos, produz ferramentas há cerca de 40 mil anos, usa carvão mineral há cerca de 300 anos e petróleo há cerca de 100 anos. Esses recursos energéticos, devidos à longa deposição de organismos, encontram-se em diversas regiões, algumas delas hoje desérticas. O consumo combinado atual desses combustíveis, sobretudo na indústria e nos transportes, equivale a uma queima da ordem de 100 milhões de barris de petróleo por dia, fato que preocupa pelo aumento, na atmosfera, de gases responsáveis pelo efeito estufa.   Da leitura desse texto, pode-se inferir que
  7. 247. FATEC 2010
    Os minerais, extraídos da crosta terrestre e transformados industrialmente em metais, pedras e outros componentes, estão entre as principais matérias-primas utilizadas economicamente pela sociedade.   Assinale a alternativa que contenha, correta e respectivamente: um metal, o minério do qual pode ser extraído e a forma de sua utilização pela indústria.  
  8. 248. MACKENZIE 2014
    China acumula reservas de terras-raras e gera temores   A China está acumulando reservas estratégicas de metais de terras-raras, uma iniciativa que pode dar ao governo chinês um maior poder de influenciar os preços e ofertas mundiais de um setor que ele já domina [...]. A China não é a única a procurar estocar terras-raras. Os governos japonês e sul-coreano afirmam que acumularam algumas reservas, e analistas americanos também reivindicaram uma iniciativa similar. Mas o país parece estar à frente dos outros países [...]. Em seus poucos comentários sobre reservas estratégicas de terras-raras, autoridades chinesas citaram a necessidade de proteger os recursos naturais, reduzir a poluição e poupar energia, os mesmos fatores que usou para explicar as cotas de exportação. The Wall Street Journal, de Xangai 7 fev. 2011.   O acúmulo estratégico de “terras-raras” é um tema que vem dinamizando as discussões geopolíticas mundiais.   A respeito do tema “terras-raras”, é correto afirmar que:
  9. 249. UFPR 2016
    A geomorfologia é o campo do conhecimento técnico e científico que estuda as formas do relevo e os processos pretéritos e presentes envolvidos. Em regiões sob a influência de clima tropical e subtropical, o relevo, em grande parte, está sendo moldado pela ação das chuvas, que promove o intemperismo nas rochas e o transporte e deposição dos sedimentos. Apesar de esses processos participarem da dinâmica natural, eles podem ser influenciados pela ação humana. A alteração no seu equilíbrio pode trazer graves consequências à sociedade.   Sobre os processos geomorfológicos que têm sido intensificados pela influência humana, considere as seguintes afirmativas:   1. O processo de assoreamento tem ocorrido com grande frequência nas áreas mais elevadas do relevo, onde as declividades são mais íngremes, trazendo prejuízos por afetar os chamados topos de morros.   2. Os escorregamentos e as corridas de detritos e lama, que são deflagrados por grande volume de chuvas e ocorrem, predominantemente, em regiões serranas e nas encostas com maiores inclinações, estão entre os processos geomorfológicos que trazem maiores danos à sociedade.   3. A erosão pluvial em vertentes, que traz grandes prejuízos econômicos e ambientais, está condicionada, além de às características do relevo, também aos tipos de solo, à dinâmica das chuvas, à cobertura da vegetação e ao tipo de uso antrópico.   Assinale a alternativa correta.
  10. 250. PUC-SP 2015
    Nosso planeta é marcado por grande diversidade geográfica e as diferenças permanecem sendo produzidas. Considerando as forças dessa dinâmica, os processos naturais e a ação humana, podemos dizer que
  11. 251. CEFET-RJ 2012
    De acordo com dados do Departamento Nacional de Produção Mineral, o Brasil é hoje o segundo maior produtor mundial de ferro, atrás apenas da China. A região do (a)___________________, é considerada uma das maiores jazidas de ferro do mundo e uma grande área produtora deste recurso no Brasil.   Marque a opção que preenche corretamente o espaço acima.
  12. 252. UEG 2010
    A crosta terrestre é formada por três tipos de estruturas geológicas, caracterizadas pelos tipos predominantes de rochas, pelo processo de formação e pela idade geológica. Essas estruturas são os maciços cristalinos, as bacias sedimentares e os dobramentos modernos. Sobre esse assunto, é CORRETO afirmar:
  13. 253. UEFS 2015
    Os conhecimentos sobre as inter-relações clima x solo x relevo x vegetação e os fatores bióticos e abióticos da paisagem permitem afirmar:
  14. 254. UFPR 2015
    As formas ou conjuntos de formas de relevo participam da composição das paisagens em diferentes escalas. Relevos de grandes dimensões, ao serem observados em um curto espaço de tempo, mostram aparência estática e imutável; entretanto, estão sendo permanentemente trabalhados por processos erosivos ou deposicionais, desencadeados pelas condições climáticas existentes. Esses processos, originados pelas forças exógenas, promovendo, ao longo de grandes períodos de tempo, a degradação (erosão) das áreas topograficamente elevadas e a agradação (deposição) nas áreas topograficamente baixas, conduzem a uma tendência de nivelamento da superfície terrestre. Isso só se completará caso não haja interferência das forças endógenas, que podem promover soerguimentos ou rebaixamentos terrestres. Há que se considerar, ainda, a ação conjunta das duas forças e as implicações altimétricas geradas por ocorrências de variações do nível do mar. Adaptado de MARQUES, J.S. Ciência Geomorfológica. In: GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S. B. (Orgs.) Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. Rio de Janeiro: Bertrand,1994, p. 23-45.   Tendo como referência o texto acima e os conhecimentos de geomorfologia, a ciência que estuda as formas do relevo, identifique as seguintes afirmativas como verdadeiras (V) ou falsas (F):   ( ) O relevo é o resultado da atuação das chamadas forças endógenas e exógenas. Os processos endógenos estão associados à dinâmica das Placas Tectônicas e os exógenos relacionados à atuação climática. ( ) Durante a era Cenozoica, as formas de relevo, em grande escala, permaneceram estáveis em consequência do equilíbrio entre forças exógenas e endógenas. ( ) Os deslizamentos de terra, fluxos de lama e detritos, que ocorrem em grandes maciços rochosos, como é o caso da Serra do Mar, apesar de resultarem muitas vezes em catástrofes e danos à população, podem ser processos naturais de degradação, que participam da evolução das formas do relevo. ( ) Os processos de agradação ocorrem predominantemente no Brasil em relevo de planícies.   Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
  15. 255. UECE 2016
    Os terremotos são fenômenos que demonstram nitidamente o caráter dinâmico da Terra. Considerando esses eventos, analise as afirmações abaixo.   I. Os abalos sísmicos que ocorrem no Brasil são de baixa intensidade e, na sua grande maioria, resultam das forças geológicas que atuam em toda a placa que contém o continente sul-americano. II. Os terremotos podem ocorrer na área de contato entre duas placas, assim como no interior das mesmas. III. Quando ocorre um abalo sísmico, são geradas ondas sísmicas capazes de se propagar em todas as direções.   Está correto o que se afirma em
  16. 256. UECE 2016
    O processo de transformação de uma rocha do tipo protólito, em estado sólido, através do aumento da temperatura e/ou pressão sem que seja atingido o ponto de fusão dessa rocha é denominado
  17. 257. UNEMAT 2009
    A Amazônia é uma área em evidência pela sua questão ecológica, ou pela riqueza de seus recursos minerais.   Com base nesse enunciado, analise os itens.   I. A Amazônia é banhada pela maior bacia hidrográfica da terra, a Bacia Amazônica. II. A Floresta Amazônica é o elemento natural que melhor caracteriza a Amazônia, ou seja, é uma vegetação sempre verde, densa, intricada, que reflete o clima quente e úmido (equatorial), rica em espécies vegetais e animais. III. Os solos amazônicos são de alta fertilidade devido à concentração de matéria orgânica e ao tempo de formação. IV. A Amazônia é uma região natural que ocupa parte do território de vários países, entre eles, Brasil, Suriname, Venezuela, Colômbia etc. V. A maioria das cidades da Amazônia localiza-se às margens dos rios, principais vias de transporte na região.   Assinale a alternativa correta.
  18. 258. FGV-RJ 2012
    Sobre a formação geológica do território brasileiro, pode-se inferir que:
  19. 259. UFT 2014
    “A formação dos solos é resultado da interação de muitos processos, tanto geomorfológicos como pedológicos. Esses processos retratam uma variabilidade temporal e espacial significativa, sendo dessa forma importante abordar os solos como um sistema dinâmico”. Fonte: VITEE, A. C.; GUERRA, A. J.T. (ORGs.). Reflexões sobre a geografia física no Brasil. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.   Geralmente os solos estão dispostos em camadas mais ou menos horizontais denominadas de horizontes do solo e são identificadas pelas letras O, A, B, C e R, com suas respectivas características. Todas as características abaixo estão relacionadas aos horizontes aos quais pertencem, com exceção do
  20. 260. ENEM PPL 2011
    As modificações naturais e artificiais na cobertura vegetal das bacias hidrográficas influenciam o seu comportamento hidrológico. A alteração da superfície da bacia tem impactos significativos sobre o escoamento. Esse impacto normalmente é caracterizado quanto ao efeito que provoca no comportamento das enchentes, nas vazões mínimas e na vazão média.   TUCCI, C.E.M.; CLARKE, R.T. Impacto das mudanças da cobertura vegetal no escoamento: erosão. Revista Brasileira de Recursos Hídricos. V. 2, n°. 1 jan./jun. 1997 (fragmento).   Ao analisar três rios com coberturas vegetais distintas ― agrícola, floresta regenerada e  floresta natural ― de uma mesma bacia hidrográfica, após uma mesma precipitação, conclui-se que a vegetação é fundamental no comportamento da vazão dos rios, uma vez que a
  21. 261. UEFS 2015
    Sobre o intemperismo, os solos e sua importância socioeconômica, é correto afirmar:
  22. 262. UECE 2016
    Os solos são o produto da desagregação das rochas pelos processos físicos, químicos e biológicos, sendo constituídos, do ponto de vista pedológico, por matéria mineral, ar, água, matéria orgânica e atividade biológica.   Os latossolos são solos
  23. 263. UECE 2016
    A zona onde se encontra a interface entre o manto e o núcleo, estando situada a aproximadamente 2900 km de profundidade na Terra, é conhecida como descontinuidade de
  24. 264. MACKENZIE 2009
    Amazônia não é o 'pulmão do mundo', aponta pesquisador, mas sua destruição poderia ter efeitos catastróficos no clima do planeta. Iberê Thenório, "Globo Amazônia".   Apesar de haver muitas evidências de que a Amazônia não exerce esse papel, é consenso entre os pesquisadores que as extensas áreas de floresta do Norte do Brasil têm grande influência no clima do planeta. Mesmo não sendo o tal pulmão, a Amazônia ainda se constitui em um órgão vital.   A respeito dos aspectos naturais da Região Amazônica, é INCORRETO afirmar que:
  25. 265. UFT 2014
    Considerando a estrutura e as formas do relevo da superfície da Terra, a litosfera corresponde a uma
  26. 266. UNEMAT 2010
    Segundo Ross (1995), o relevo brasileiro apresenta grande variedade morfológica, decorrente, principalmente, da ação de agentes externos, sobre os agentes internos.   Os agentes externos que mais participam da formação do relevo são:
  27. 267. UFES 2009
    A Floresta Amazônica representa uma comunidade clímax e, por isso, tem como características, EXCETO 
  28. 268. UECE 2016
    Analise as afirmações que versam sobre a geomorfologia fluvial e demais processos associados. Assinale com V as afirmações verdadeiras e com F, as falsas.   (  ) Os rios são poderosos agentes de transformação da paisagem em virtude da sua capacidade de erodir, transportar e depositar. (  ) Diversos rios que drenam litologias cristalinas podem ser classificados como rios antecedentes. (  ) As bacias de drenagem apresentam áreas muito pequenas que juntas compõem a bacia hidrográfica de um rio. (  ) Os processos aluviais podem compreender erosão, transporte e sedimentação, também em leques aluviais.   A sequência correta, de cima para baixo, é:
  29. 269. MACKENZIE 2013
    Leia o texto para responder a questão.   “O uso habitual e generalizado da bicicleta em uma cidade qualquer depende de alguns fatos essenciais. Num lugar prioritário entra a questão das características morfológicas do sítio urbano, onde a cidade estabeleceu sua estrutura de ruas, praças e tentáculos.   Cidades nascidas e crescidas em rasas planícies de restingas propiciam o uso mais amplo de bicicletas, engendrando um papel social que raramente tem sido registrado. Por sua vez, cidades implantadas em regiões acidentadas, desenvolvidas espacialmente em encostas de morros, morrotes e colinas, têm grandes limitações para o uso mais amplo de bicicletas. É o caso dos organismos urbanos estendidos por colunas onduladas possuidoras de rampas e ladeiras como alguns dos pontos tradicionais, que perderam a chance da utilização mais intensa dos biciclos. Ainda que pudessem ter ciclovias de uso parcial, limitadas a setores mais planos de seu sítio urbano, como planície e terraços fluviais. No caso, torna-se inoperante a pressão de pessoas simplórias e da mídia na defesa de um sistema urbano de ciclovias. Tendo-se de considerar sempre para as grandes cidades o problema da intensidade do emaranhado de veículos de toda sorte. Não é preciso dizer que estamos pensando no caso da Grande São Paulo. Nessa conjuntura, o uso da bicicleta em redes mais amplas é praticamente impossível.” Aziz Nacib Ab’Saber, retirado do sítio da Scientific American Brasil (http://www2.uol.com.br/sciam/artigos/o_papel_social_das_bicicletas.html)   I. A cidade de São Paulo apresenta um sítio urbano muito adequado para a construção de ciclovias. As recentes manifestações sociais e políticas em defesa do uso de bicicletas como meio de transporte e, não apenas como esporte ou lazer, têm, na Grande São Paulo, um grande potencial de êxito. II. Segundo Aziz Ab’Saber, o estudo das condições topográficas é essencial para o planejamento de ciclovias. O uso de bicicletas, a despeito de seus benefícios na saúde e no ambiente, pode ser inviável em cidades com terrenos muito acidentados. III. O texto resume preocupações básicas no planejamento das vias de circulação em grandes cidades. Além das condições topográficas, devem-se levar em conta também o desenho das vias e a intensidade dos fluxos de veículos. Desse modo, a grande São Paulo apresenta as melhores condições para a implantação de ciclovias como alternativa ao transporte por meio de veículos particulares.   De acordo com o texto e suas ideias principais, assinale a alternativa que apresente apenas afirmativas corretas.
  30. 270. FUVEST 2016
    Há dois lados na divisão internacional do trabalho [DIT]: um em que alguns países especializam-se em ganhar, e outro em que se especializaram em perder. Nossa comarca do mundo, que hoje chamamos de América Latina, foi precoce: especializou-se em perder desde os remotos tempos em que os europeus do Renascimento se abalançaram pelo mar e fincaram os dentes em sua garganta. Passaram os séculos, e a América Latina aperfeiçoou suas funções. Este já não é o reino das maravilhas, onde a realidade derrotava a fábula e a imaginação era humilhada pelos troféus das conquistas, as jazidas de ouro e as montanhas de prata. Mas a região continua trabalhando como um serviçal. Continua existindo a serviço de necessidades alheias, como fonte e reserva de petróleo e ferro, cobre e carne, frutas e café, matérias-primas e alimentos, destinados aos países ricos que ganham, consumindo-os, muito mais do que a América Latina ganha produzindo-os. Eduardo Galeano. As Veias Abertas da América Latina. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981. Adaptado.   Sobre a atual Divisão Internacional do Trabalho (DIT), no que diz respeito à mineração na América Latina, é correto afirmar:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login