Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de México dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Geografia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 1

    G1 - CFTCE 2006

    Sobre a fronteira entre México e Estados Unidos, é correto citar a (o):

  2. 2

    PUCRS 2006

    Para responder à questão, considere o mapa e as afirmativas I. O mapa evidencia uma região fronteiriça entre dois países pertencentes ao NAFTA. II. As setas indicam os principais eixos de entrada de imigrantes mexicanos para os Estados Unidos da América do Norte. III. No México, nas áreas próximas à fronteira com os Estados Unidos da América do Norte, estão concentradas as indústrias 'maquiadoras', responsáveis por significativa parcela de exportações mexicanas. IV. Os estados norte-americanos assinalados pelos números 1 e 2, receptores de imigrantes ilegais mexicanos, são o Texas e a Califórnia, respectivamente. Pela análise do mapa e das afirmativas, conclui-se que somente estão corretas

  3. 3

    UFPR 2010

    A fronteira do México com os Estados Unidos tem protagonizado distintos processos de natureza social, econômica e espacial. Sobre essa realidade, considere as seguintes afirmativas: 1. Observa-se um intenso processo migratório ilegal do México com destino aos Estados Unidos, desencadeando ações radicais por parte do governo americano, como a construção de um muro para marcar a fronteira e dificultar o ingresso de migrantes clandestinos nos EUA. 2. Há uma importante relação industrial entre os dois países, sobretudo por meio da ação das maquiladoras, indústrias americanas instaladas do lado mexicano que se aproveitam de isenções tarifárias, importam componentes dos Estados Unidos, executam a montagem dos produtos utilizando-se do baixo custo da mão de obra mexicana e exportam os produtos acabados para os EUA, com preços normalmente abaixo daqueles praticados pelas indústrias que produzem em território americano. 3. Os problemas existentes entre ambos os países podem ser atribuídos a separação física estabelecida por essa fronteira: o México compõe a América Central e os Estados Unidos a América do Norte. 4. A importância da fronteira entre EUA e México em relação a migração e ao processo de localização das maquiladoras se justifica pelo fato de as maiores cidades mexicanas estarem localizadas na região de fronteira, inclusive a capital, Cidade do México. 5. As remessas de dólares que os imigrantes fazem para suas famílias no país de origem contribuem com expressiva parcela da economia mexicana. Assinale a alternativa correta.

  4. 4

    FGV 2002

    A poluição do ar é célebre, na capital do México, devido as condições geográficas e climáticas do vale onde está localizada e ao tamanho da população, às indústrias e à frota de veículos, disse o professor do MIT, Mario Molina, Prêmio Nobel de Química em 1995. (Adaptado de http://www.uoI.com.br/ambientegIobaI/site/reportagens/uItnot/uIt865u6l .shl ) Dentre as condições geográficas e climáticas citadas, responsáveis pelo aumento da concentração dos poluentes na Cidade do México, pode-se destacar

  5. 5

    UFMS 2006

    O México, apesar de ser um país agrícola, destaca-se no crescimento industrial. Em especial, no setor petroquímico, ligado a exploração de petróleo extraído do Golfo do México. Assinale a alternativa que aponta corretamente suas características físicas ou socioeconômicas.

  6. 6

    IFSP 2011

    TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Um dia chuvoso em Tijuana Em janeiro de 2005, Juana Tapia perdeu suas duas filhas para uma enchente repentina que atingiu Tijuana, uma cidade mexicana localizada na fronteira com os EUA. Os Tapia são catadores de papel na cidade. Tempestades de inverno são temidas em Tijuana porque grande parte dos habitantes mora em casas precárias erguidas nas encostas de morros erodidos. A cidade sustenta-se como plataforma manufatureira das gigantes maquiladoras, que estão localizadas em parques industriais modernos e bem planejados, indistinguíveis de seus equivalentes ao norte da fronteira, com amplas ruas pavimentadas e um bom sistema de drenagem pluvial. Os bairros operários de Tijuana, por outro lado, terão de esperar décadas por uma urbanização decente. Embora paguem impostos municipais irrisórios, as maquiladoras consomem a maior parte do orçamento da cidade. Em outras palavras, a classe trabalhadora de Tijuana subsidia as opulentas empresas no México. A verdadeira história do 'desastre global' tem pouco a ver com falhas geológicas ou tempestades cataclísmicas. Ele se refere as condições sociais em que os pobres hoje residem. Há cerca de 1 bilhão de favelados no mundo, um número que duplicara até 2020. E a crise habitacional global, não as placas tectônicas ou o El Niño, que determina a sentença de morte dos miseráveis. (DAVIS, Mike. Apologia dos bárbaros. São Paulo: Boitempo, 2008, pp. 209-11. Adaptado) Assinale a alternativa que sintetiza de forma valida e adequada as opiniões do texto de Mike Davis.

  7. 7

    UFF 2003

    No dia 1º de janeiro de 1994, data que marcou o início da vigência do Acordo Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), cerca de 3 mil integrantes de Exército Zapatista de Libertação Nacional assumiram o controle das principais cidades adjacentes à Floresta de Lancadon - San Cristobol de Las Casas, Altamirano, Ocosingo e Las Margaritas - situadas no estado mexicano de Chiapas, na região sul do país. (Adaptado de CASTELLS, M. 'O Poder da Identidade', Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999. v. 2, p. 07) O texto acima refere-se a um importante movimento social de oposição a globalização em curso no mundo contemporâneo - o movimento Zapatista. A emergência desse movimento étnico-nacional deve-se, dentre outros fatores:

  8. 8

    MACKENZIE 1997

    A área assinalada no mapa a seguir corresponde:

  9. 9

    IFSP 2011

    TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Um dia chuvoso em Tijuana Em janeiro de 2005, Juana Tapia perdeu suas duas filhas para uma enchente repentina que atingiu Tijuana, uma cidade mexicana localizada na fronteira com os EUA. Os Tapia são catadores de papel na cidade. Tempestades de inverno são temidas em Tijuana porque grande parte dos habitantes mora em casas precárias erguidas nas encostas de morros erodidos. A cidade sustenta-se como plataforma manufatureira das gigantes maquiladoras, que estão localizadas em parques industriais modernos e bem planejados, indistinguíveis de seus equivalentes ao norte da fronteira, com amplas ruas pavimentadas e um bom sistema de drenagem pluvial. Os bairros operários de Tijuana, por outro lado, terão de esperar décadas por uma urbanização decente. Embora paguem impostos municipais irrisórios, as maquiladoras consomem a maior parte do orçamento da cidade. Em outras palavras, a classe trabalhadora de Tijuana subsidia as opulentas empresas no México. A verdadeira história do "desastre global" tem pouco a ver com falhas geológicas ou tempestades cataclísmicas. Ele se refere as condições sociais em que os pobres hoje residem. Há cerca de 1 bilhão de favelados no mundo, um número que duplicara até 2020. E a crise habitacional global, não as placas tectônicas ou o El Niño, que determina a sentença de morte dos miseráveis. (DAVIS, Mike. Apologia dos bárbaros. São Paulo: Boitempo, 2008, pp. 209-11. Adaptado)  A respeito das chamadas plataformas industriais maquiladoras foram feitas as afirmativas a seguir. Verifique a sua validade. I. São zonas industriais situadas principalmente no norte do México, formadas principalmente por fábricas, comércios e serviços de capital nacional mexicano. II. As maquiladoras importam máquinas e matérias-primas livres de impostos e fabricam peças ou produtos com baixos custos os quais serão exportados para as indústrias norte-americanas, sob a bandeira do NAFTA. III. As fábricas dessa zona especial pagam salários elevados, o que tem gerado um grande desenvolvimento social em Tijuana, atraindo migrações de todo o México e até mesmo dos EUA. São afirmativas válidas

  10. 10

    UCS 2014

    O México é o segundo país mais populoso da América Latina. Por influência da colonização hispânica, é a maior nação de língua espanhola do mundo. Analise a veracidade (V) ou a falsidade (F) das proposições abaixo sobre o México. (  ) Apresenta economia diversificada, amplas reservas minerais e parque industrial moderno. (  ) Apresenta fábricas de montagem final, que utilizam peças e equipamentos vindos dos Estados Unidos e exportam o produto pronto. (  ) E grande produtor de petróleo, com reservas localizadas no Lago Maracaibo. Assinale a alternativa que completa correta e respectivamente os parênteses, de cima para baixo.

  11. 11

    CESGRANRIO 1998

    Ao longo do século XX, diversos movimentos sociais eclodiram na América Latina. Dentre eles, destacamos a Revolução Mexicana, iniciada em 1911, que se caracterizou, em suas origens, como um movimento:

  12. 12

    UNIMONTES 2009

    São elementos presentes no cotidiano mexicano, nas últimas décadas do século XIX e na primeira década do século XX, que podem ser considerados estopim da Revolução Mexicana (1910–1920):

  13. 13

    UTFPR 2009

    Após mais de sete décadas controlando o governo federal mexicano, o Partido Revolucionário Institucional (PRI) foi derrotado pela oposição em 2000, com a eleição de Vicente Fox, pelo Partido da Ação Nacional (PAN). Uma das promessas de Fox era resolver a questão agrária, principalmente em Chiapas, um dos Estados mais pobres do México e dominado por movimentos revolucionários promovidos pelo(a):

  14. 14

    UFU 2002

    Leia o texto abaixo. Entre os anos 50 e 80 do século XX, uma das formas de expressão das lutas sociais na América Latina foi o movimento revolucionário que lutava pela transformação da sociedade, inspirado em ideais socialistas, como foi o caso de Cuba, Chile, Nicarágua, El Salvador, entre outros. A partir do início dos anos 90, com os processos de redemocratização da região, com a desagregação do socialismo no Leste europeu e com o desmantelamento da maioria dos movimentos guerrilheiros, muitos movimentos sociais assumiram outras configurações, trazendo para primeiro plano novas estratégias de lutas e atualizando as reivindicações. A respeito deste assunto, assinale a alternativa correta.

  15. 15

    UFU 1999

    A respeito da Revolução Mexicana (1910-1917), é correto afirmar que I- a intensa participação camponesa forçou a Revolução Mexicana, iniciada como um movimento de oposição política moderada, a se voltar para a problemática social. II- a industrialização do México, sob o governo de Porfírio Díaz, criou uma classe operária numerosa e combativa, que se tornou o principal grupo revolucionário. III- a concentração da propriedade rural, a miséria das massas camponesas expropriadas e a insatisfação da burguesia industrial e dos grupos médios foram fundamentais para o início do movimento revolucionário em 1910. IV- a influência das ideias trotskistas provocou a aliança dos camponeses, liderados por Pancho Villa e Emiliano Zapata, com os operários liderados por Carranza, imprimindo à Revolução Mexicana uma orientação socialista. Assinale a opção que contém a(s) afirmativa(s) correta(s).

  16. 16

    FUVEST 2006

    Na América Latina, no século XX, aconteceram duas grandes revoluções: a Mexicana de 1910 e a Cubana de 1959. Em ambas, os

  17. 17

    FUVEST 2016

    Somos produto de 500 anos de luta: primeiro, contra a escravidão, na Guerra de Independência contra a Espanha, encabeçada pelos insurgentes; depois, para evitar sermos absorvidos pelo expansionismo norteamericano; em seguida, para promulgar nossa Constituição e expulsar o Império Francês de nosso solo; depois, a ditadura porfirista nos negou a aplicação justa das leis de Reforma e o povo se rebelou criando seus próprios líderes; assim surgiram Villa e Zapata, homens pobres como nós, a quem se negou a preparação mais elementar, para assim utilizarnos como bucha de canhão e saquear as riquezas de nossa pátria, sem importar que estejamos morrendo de fome e enfermidades curáveis, sem importar que não tenhamos nada, absolutamente nada, nem um teto digno, nem terra, nem trabalho, nem saúde, nem alimentação, nem educação, sem ter direito a eleger livre e democraticamente nossas autoridades, sem independência dos estrangeiros, sem paz nem justiça para nós e nossos filhos. “Primeira declaração da Selva Lacandona” (janeiro de 1994), in Massimo di Felice e Cristoval Muñoz (orgs.). A revolução invencível. Subcomandante Marcos e Exército Zapatista de Libertação Nacional. Cartas e comunicados. São Paulo: Boitempo, 1998. Adaptado.   O documento, divulgado no início de 1994 pelo Exército Zapatista de Libertação Nacional, refere-se, entre outros processos históricos, à

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos