Tenha acesso completo ao Stoodi

Plano de estudos, correção de redação, todas as aulas e muito mais!

Exercícios de Migrações

Voltar para Migrações

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Migrações dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Geografia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. UNESP 2014
    O número total de refugiados por causa da guerra civil na Síria chegou a 2 milhões, informa nesta terça-feira [03. 09.2013] o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur. De acordo com um informe da agência, não hã previsão de melhora na situação, que já dura dois anos e meio. Ainda de acordo com o Acnur, o número de refugiados representa um salto de quase 1,8 milhão em 12 meses. Há exato um ano, o número de sírios registrados como refugiados ou aguardando registro era de 230 mil. (http://g1 .globocom. Adaptado.) Considerando as diversas causas que determinam a natureza dos fluxos demográficos, o termo que melhor qualifica o tipo de migração retratado no texto é migração
  2. 2. ENEM PPL 2013
    Foi lento o processo de transferência da população para as cidades, pois durante séculos o Brasil foi um país agrário. Foi necessário mais de um século (século XVlll a século XlX) para que a urbanização brasileira atingisse a maturidade; e mais um século para que assumisse as características atuais. ENDLICH, A. M. Perspectivas sobre o urbano e o rural. In: SPOSITO, M. E. B.; WHITACKER, A. M. (Orgs.). Cidade e campo: relações e contradições entre o urbano e o rural. São Paulo: Expressão Popular, 2006 (adaptado). A dinâmica populacional descrita indica a ocorrência do seguinte processo:
  3. 3. ENEM 2016
    TEXTO I Mais de 50 mil refugiados entraram no território húngaro apenas no primeiro semestre de 2015. Budapeste lançou os "trabalhos preparatórios" para a construção de um muro de quatro metros de altura de 175 km ao longo de sua fronteira com a Sérvia, informou o ministro húngaro das Relações Exteriores. "Uma resposta comum da União Europeia a este desafio da imigração é muito demorada, e a Hungria não pode esperar. Temos que agir", justificou o ministro. Disponível em: www.portugues.rfi.fr Acesso em 19 Jun 2015 (adaptado) TEXTO II O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) critica as manifestações de Xenofobia adotadas pelo governo da Hungria. O país foi invadido por cartazes nos quais o chefe do executivo insta os imigrantes a respeitarem as leis e a não "roubarem" os empregos dos húngaros. Para o ACNUR, a medida é surpreendente, pois a xenofobia costuma ser instigada por pequenos grupos radicais e não pelo próprio governo do país. Disponível em: http://pt.euronews.com. Acesso em 19 jun.2015 (adaptado). O posicionamento governamental citado nos textos é criticado pelo ACNUR por ser considerado um caminho para o(a)
  4. 4. UFRGS 2014
    A manchete e a imagem abaixo retratam uma cena que se repete cotidianamente na BR 116, estrada que liga Porto Alegre/ RS a municípios da região metropolitana. Entre os inúmeros fatores que causam essa situação, pode-se destacar o fluxo de pessoas residentes em outros municípios que se deslocam, diariamente, para trabalhar ou estudar na capital. Esse movimento é denominado
  5. 5. UERJ 2014
    A restituição da passagem As famílias chegadas a Santos com passagens de 3ª classe, tendo pelo menos 3 pessoas de 12 a 45 anos, sendo agricultores e destinando-se à lavoura do estado de São Paulo, como colonos nas fazendas ou estabelecendo-se por conta própria em terras adquiridas ou arrendadas de particulares ou do governo, fora dos subúrbios da cidade, podem obter a restituição da quantia que tiverem pago por suas passagens. Adaptado de O immigrante, n° 1, Janeiro de 1908. A publicação da revista O immigrante fazia parte das ações do governo de São Paulo que tinham como objetivo estimular, no final do século XIX e início do XX, a ida de imigrantes para o estado. Para isso, ofereciam-se inclusive subsídios, como indica o texto. Essa diretriz paulista era parte integrante da política nacional da época que visava à garantia da:
  6. 6. ENEM 2014
    O jovem espanhol Daniel se sente perdido. Seu diploma de desenhista industrial e seu alto conhecimento de inglês devem ajudá-lo a tomar um rumo. Mas a taxa de desemprego, que supera 52% entre os que têm menos de 25 anos, o desnorteia. Ele está convencido de que seu futuro profissional não está na Espanha, como o de, pelo menos, 120 mil conterrâneos que emigraram nos últimos dois anos. O irmão dele, que é engenheiro-agrônomo, conseguiu emprego no Chile. Atualmente, Daniel participa de uma “oficina de procura de emprego” em países como Brasil, Alemanha e China. A oficina é oferecida por uma universidade espanhola. GUILAYN, P. Na Espanha, universidade ensina a emigrar. O Globo, 17 fev. 2013 (adaptado). A situação ilustra uma crise econômica que implica
  7. 7. UEPB 2014
    Nos meses de setembro e outubro, período em que ocorre o corte da cana na Mata pernambucana, trabalhadores rurais do Agreste da Paraíba chamados de 'corumbas' ou 'catingueiros' migram para trabalhar nas usinas da Zona canavieira do Estado de Pernambuco, onde permanecem precariamente instalados, até o fim da colheita, nos meses de março ou abril, quando caem as primeiras chuvas do Agreste e estes retornam para suas casas e seus roçados. Este tipo de migração ainda presente no estado da Paraíba é do tipo:
  8. 8. ENEM 2016
    A presença de uma corrente migratória por si só não explica a condição de vida dos imigrantes. Esta será somente a aparência de um fenômeno mais profundo, estruturado em relações socioeconômicas muitas vezes perversas. É o que podemos dizer dos indivíduos que são deslocados do campo para as cidades e obrigados a viver em condições de vida culturalmente diferentes das que vivenciaram em seu lugar de origem. SCARLATO, F. C. População e urbanização brasileira. In: ROSS, J. L. S. Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp, 2009.   O texto faz referência a um movimento migratório que reflete o(a)
  9. 9. ENEM 2013
    Disneylândia Multinacionais japonesas instalam empresas em Hong-Kong E produzem com matéria-prima brasileira Para competir no mercado americano [...] Pilhas americanas alimentam eletrodomésticos ingleses na Nova Guiné Gasolina árabe alimenta automóveis americanos na África do Sul [...] Crianças iraquianas fugidas da guerra Não obtêm visto no consulado americano do Egito Para entrarem na Disneylândia ANTUNES, A. Disponível em: www.radio.uol.com.br. Acesso em: 3 fev. 2013 (fragmento). Na canção, ressalta-se a coexistência, no contexto internacional atual, das seguintes situações:
  10. 10. UERJ 2015
    O haitiano Guerrier Garausses, de 31 anos, era motorista em seu país de origem. Como muitos conterrâneos, ele veio ao Brasil em busca de emprego. Saiu da capital haitiana, Porto Principe, até a capital da República Dominicana. Lá, foi de avião até o Panamá e seguiu para o Equador Dali foi para o Peru, até a cidade de Iñapari, que faz fronteira com Assis Brasil, no Acre. Adaptado de g1.gIobo.com, 17/04/2014. Debaixo de um sol inclemente, Juan Apaza formava fila no Parque Dom Pedro II, centro de São Paulo. Costureiro como quase todos os bolivianos na cidade, Juan esta há menos de um ano no país, dividindo uma casa apertada com outras dez pessoas. Com as rezas do xamã, incensos e um pouco de cerveja, acredita que sua casa própria se transformará em realidade. Adaptado de redebrasilatual.com.br, 26/01/2014. O Brasil, na última decada, tem atraído migrantes originários de países americanos, em especial haitianos e bolivianos. A vinda desses migrantes para o Brasil na atualidade pode ser justificada pelo seguinte motivo:
  11. 11. UEPB 2012
    "A MIGRAÇÃO SAZONAL DO AGRESTE do Estado da Paraíba para a plantation canavieira na Mata Seca do Estado de Pernambuco remonta pelo menos até princípios do século XX. Apesar desta longa tradição, tem ocorrido uma intensificação do uso de 'trabalhadores migrantes' localmente chamados corumbas desde a década de 80. [...] Durante a safra um número maior de trabalhadores é necessário. [...] para atender esta demanda [...]"  (Menezes Marilda Aparecida de. Experiência social e identidades: trabalhadores migrantes na plantation canavieira. p.49. História Oral, 3, 2000, p. 49-68. Disponível in: http://revista.historiaoraI.org.br/index.php?journaI=rho&Page=artiole&op=viewFiIe &pathll=22&path[]=1) A migração abordada pela autora é do tipo:
  12. 12. ENEM 2014
    O fluxo migratório representado está associado ao processo de:
  13. 13. ENEM 2017
    O fenômeno da mobilidade populacional vem, desde as últimas décadas do século XX, apresentando transformações significativas no seu comportamento, não só no Brasil como também em outras partes do mundo. Esses novos processos se materializam, entre outros aspectos, na dimensão interna, pelo redirecionamento dos fluxos migratórios para as cidades médias, em detrimento dos grandes centros urbanos; pelos deslocamentos de curta duração e a distâncias menores; pelos movimentos pendulares, que passam a assumir maior relevância nas estratégias de sobrevivência, não mais restritos aos grandes aglomerados urbanos. OLIVEIRA, L. A. P.; OLIVEIRA, A. T. R. Reflexões sobre os deslocamentos populacionais no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 2011 (adaptada). A redefinição dos fluxos migratórios internos no Brasil, no período apontado no texto, tem como causa a intensificação do processo de
  14. 14. FGV 2004
    Sobre a mobilidade espacial e social no Brasil está correta a seguinte afirmação:
  15. 15. ENEM 2013
    Embora haja dados comuns que dão unidade ao fenômeno da urbanização na África, na Ásia e na América Latina, os impactos são distintos em cada continente e mesmo dentro de cada país, ainda que as modernizações se deem com o mesmo conjunto de inovações. ELIAS, D. Fim do século e urbanização no Brasil. Revista Ciência Geográfica, ano IV, n. 11, set./dez. 1988. O texto aponta para a complexidade da urbanização nos diferentes contextos socioespaciais. Comparando a organização socioeconômica das regiões citadas, a unidade desse fenômeno é perceptível no aspecto
  16. 16. ENEM 2016
    Os moradores de Andalsnes, na Noruega, poderiam se dar ao luxo de morar perto do trabalho nos dias úteis e de se refugiar na calmaria do bosque aos fins de semana. E sem sair da mesma casa. Bastaria achar uma vaga para estacionar o imóvel antes de curtir o novo endereço. Disponível em: http://casavogue.globo.com. Acesso em 3 out 2015 (adaptado) Uma vez implementada, essa proposta afetaria a dinâmica do espaço urbano por reduzir a intensidade do seguinte processo:
  17. 17. ENEM 2016
    Dados recentes mostram que muitos são os países periféricos que dependem dos recursos enviados pelos imigrantes que estão nos países centrais. Grande parte dos países da América Latina, por exemplo, depende hoje das remessas de seus imigrantes. Para se ter uma ideia mais concreta, recentes dados divulgados pela ONU revelaram que somente os indianos recebem 10 bilhões de dólares de seus compatriotas no exterior. No México, segundo maior volume de divisas, esse valor chega a 9,9 bilhões de dólares e nas Filipinas, o terceiro, a 8,4 bilhões. HAESBAERT, R.; PORTO-GONÇALVES, C. W. A nova des-ordem mundial. São Paulo: Edunesp, 2006. Um aspecto do mundo globalizado que facilitou a ocorrência do processo descrito, na transição do século XX para o século XXI, foi o(a)
  18. 18. PUCCAMP 2004
    Analise a tabela a seguir. No período de 1950 a 60, pode-se afirmar que a urbanização dos países subdesenvolvidos e explicada, dentre outras razões, devido
  19. 19. UFRGS 2015
    Nos últimos tempos, o Brasil tem sido escolhido como destino de emigrantes africanos de diversos países. Segundo dados da Polícia Federal, viviam, em 2000, no Brasil, 1.054 africanos regularizados de 38 nacionalidades, mas o número saltou, em 12 anos, para 31.866 cidadãos Iegalizados, provenientes de 48 das 54 nações do continente. Considere as afirmações abaixo, sobre esse fluxo migratório crescente. I. A imagem de nação emergente no cenário internacional levou o Brasil a ser visto pelos africanos como um destino mais atraente, com maior oferta de empregos e possibilidade de melhoria de renda. II. Uma parcela dos imigrantes que recentemente chegou ao país apresenta formação educacional e profissional qualificada e é economicamente ativa. III. A recente epidemia do vírus ebola nos países da África ocidental gerou a saída de um número expressivo de africanos. Quais estão corretas?
  20. 20. UFTM 2011
    Levantamento feito pelo Ministério das Relações Exteriores mostra que 3 040 993 brasileiros, ou seja, 1,57% da população do Brasil, migraram para diferentes continentes. A partir da observação do mapa, pode-se afirmar que os continentes que abrigam o maior número de emigrantes brasileiros são
  21. 21. PUC-PR 2007
    Leia atentamente o texto a seguir: Todos os dias, milhares de jovens e adultos levantam-se antes do nascer do Sol, pegam o ônibus, mais outro ônibus e, cerca de uma hora depois, estão no município vizinho, uma metrópole. Lá está o seu lugar de trabalho ou de estudo, ou até de ambos, enfim, o lugar do seu longo dia. Pela noite, é hora de voltar. Um ônibus num terminal, outro ônibus e outro terminal e bem tarde, está em sua casa, em sua cidade, que é tipicamente uma cidade-dormitório. Noutro dia, o programa será o mesmo. Esse é o cotidiano de milhares de pessoas que vivem nas regiões metropolitanas do Brasil: cada dia um vai-e-vem. Essa forma de migração é denominada:
  22. 22. UERJ 2011
    A dinâmica interna de uma região metropolitana é extremamente complexa, dada a variedade das interações que se estabelecem entre os aglomerados que a compõem. Na tabela acima, evidencia-se o tipo de interação denominado de:
  23. 23. UFRGS 2008
    Em uma pesquisa realizada nos Campos de Cima da Serra, no planalto gaúcho, verificou-se que alguns produtores, na época do inverno, conduziam seus rebanhos para os vales em busca de pastagem e de abrigo contra o vento frio da estação, retornando na primavera para as áreas de campo aberto. Esse tipo de deslocamento humano que se movimenta em função de variações climáticas sazonais denomina-se
  24. 24. UECE 2015
    Observe a seguinte descrição: “Trata-se do fluxo populacional que acontece de forma efêmera nas grandes cidades devido à grande quantidade de trabalhadores que deixam suas residências, muitas vezes antes do horário normal, para chegar ao emprego e, no final do dia, retornam para casa; é um tipo de movimento populacional que aumenta com o crescimento das cidades, fazendo com que as camadas de trabalhadores mais pobres passem a residir em áreas mais afastadas”. O texto acima descreve um tipo de movimento populacional conhecido por migração
  25. 25. UFF 2007
    Os textos a seguir são relacionados ao processo migratório: POEMA DE CORDEL O povo que antigamente Era da zona rural Mudou-se prá capital Ou cidades diferentes; Agora é fato real Em nosso campo local Temos muito menos gente. Mas quem no campo ficou, Coisa de trinta por cento, Inda tira seu sustento Das coisas do interior; De carro ou de jumento, Abrigado ou no relento, A tarefa continuou. NOTÍCIA DO JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO (07 de fevereiro de 2006) A administração municipal paga para famílias de sem-teto deixarem a cidade de São Paulo. Além de dinheiro, a prefeitura cede aos desabrigados passagens de ônibus para seus municípios de origem. O poema de cordel e a notícia de jornal retratam uma realidade socioeconômica que se observa no território brasileiro. Quanto ao poema e à notícia, dois processos ligados a movimentos populacionais são identificados, respectivamente, em uma das opções a seguir. Assinale-a.
  26. 26. FUVEST 2016
    Observe os mapas. Dentre as seguintes alternativas, a única que apresenta a principal causa para o correspondente fluxo migratório é:
  27. 27. UERJ 2009
    Pé na estrada, de novo Assim, conversinha mole e a criançada que se multiplica. "Eu não vou para São Paulo", anuncia Ari Félix, 12. Mas o irmão dele foi. "Difícil ficar" é a frase mais repetida. Safras perdidas, falta de emprego, família crescendo. A soma faz os homens alternarem: seis meses lá, seis meses cá. Acostumada às despedidas, Vila São Sebastião sabe a rotina: abraços, apertos de mão e adeusinhos frenéticos que, no caso deles, sempre querem dizer "até logo". ARIADNE ARAÚJO. Adaptado de "O Povo" (Fortaleza), 24/07/2001 O movimento populacional descrito na reportagem é classificado especificamente como:
  28. 28. FGV 2014
    Pesquisa recente publicada pelo Instituto de Pesquisas Econômicas (IPEA) sobre as migrações internas no Brasil evidencia existir uma relação entre probabilidade de migração e níveis de escolaridade, conforme tabela abaixo. http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/livros/livros/livro_brasil_desenvolvimento2013_vol03.pdf Acesso em 20/03/2013 Com base na tabela, é correto afirmar:
  29. 29. FGV 2012
    “Em vez de fila de espera, tapete vermelho. Se depender da equipe formada pela Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE) para elaborar uma política nacional de imigração, é assim que o governo pretende tratar o profissional estrangeiro altamente qualificado que demonstrar interesse em trabalhar no Brasil. Por outro lado, a fila do visto será mantida para o imigrante sem qualificação, como boa parte dos haitianos que chegaram recentemente pela fronteira norte do país (Acre e Amazonas).” Disponível em: http://oglobo.globo.com/pais/brasil-quer-facilitar-vistos-para-profissionais-estrangeiros-3671799#ixzz1r746PKYs Em relação à política nacional de imigração mencionada pela reportagem, assinale a alternativa correta:
  30. 30. ENEM 2013
    Um fator no Brasil que explica a situação social demonstrada no gráfico está expresso em:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login