Sabe aquela vaga na universidade dos sonhos? Ela pode ser sua!

Matricule-se agora
Vagas abertas para o Extensivo 2022
Pessoa com tinta no rosto e com a palavra 'aprovadx' na testa sorrindo

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Orações Coordenadas dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Gramática com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 31

    UFAC 2011

    Para responder à questão, leia os fragmentos a seguir, retirados da reportagem Cientistas criam árvore artificial contra aquecimento global, publicada no site da BBC.   Um grupo de cientistas da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, anunciou ter criado árvores artificiais que podem ajudar no combate ao aquecimento global, já que absorvem CO2 da atmosfera quase mil vezes mais rapidamente do que árvores de verdade. Disponível em: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/07/090708arvoressinteticasebc.shtml.   A oração “que podem ajudar no combate ao aquecimento global” deve ser classificada como:

  2. 32

    UFAM 2009

    Assinale a oração em que ocorrem orações coordenadas e subordinadas:

  3. 33

    FGV-SP 2011

    Em Defesa dos Adjetivos Muitas vezes nos mandam cortar nossos adjetivos. O bom estilo, conforme dizem, sobrevive perfeitamente sem eles; bastariam o resistente arco dos substantivos e a flecha dinâmica e onipresente dos verbos. Substantivos e verbos bastam apenas a soldados e líderes de países totalitários. Pois o adjetivo é o imprescindível avalista da individualidade de pessoas e coisas. Vejo uma pilha de melões na bancada de uma quitanda. Para um adversário dos adjetivos, não há dificuldade: “Melões estão empilhados na bancada da quitan da.” Todavia um dos melões é pálido; outro é verde, imaturo, cheio de arrogância juvenil; outro ainda tem faces encovadas e está perdido num silêncio profundo e fúnebre, como se não suportasse a saudade dos campos da Provença. Não há dois melões iguais. Uns são ovais, outros são bojudos. Duros ou macios. Têm cheiro do campo, do pôr do sol, ou estão secos, resignados, exauridos pela viagem, pela chuva, pelo contato das mãos de estranhos, pelos céus cinzentos de um subúrbio parisiense. Vida longa ao adjetivo! Pequeno ou grande, esquecido ou corrente. Precisamos de você, esbelto e maleável adjetivo que repousa delicadamente sobre coisas e pessoas e cuida para que elas não percam o gosto revigorante da individualidade. Cidades e ruas sombrias se banham de um sol pálido e cruel. Nuvens cor de asa de pombo, nuvens negras, nuvens enormes e cheias de fúria, o que seria de vocês sem a retaguarda dos voláteis adjetivos? A. Zagajewski, http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-52. Adaptado.   Considere as seguintes afirmações sobre o texto: I. Com as expressões “flecha dinâmica” e “voláteis adjetivos”, referindo-se, respectivamente, a “verbos” e “nuvens”, o autor obtém efeito expressivo com base na reiteração semântica. II. A possibilidade do contraditório, como parte da argumentação, não foi considerada pelo autor. III. Na afirmação de que o adjetivo pode ser “esquecido ou corrente” , está pressuposta a variação histórica da língua. IV. A estrutura sintática do texto inclui tanto frases nominais e períodos simples quanto orações coordenadas e subordinadas. Pode-se inferir apenas o que se afirma em

  4. 34

    UNAMA 2007

    “O ditador caiu duma cadeira, os árabes deixaram de vender petróleo, o morto é o melhor amigo do vivo, as coisas nunca são o que parecem, quando vires um centauro acredita nos teus olhos, se uma rã escarnecer de ti atravessa o rio. Tudo são objectos. Quase.” (José Saramago, Objecto Quase)   Na construção desse parágrafo, Saramago valeu-se de diferentes recursos de linguagem cujo resultado evidencia seu singular estilo como prosador.   Avalie as seguintes afirmações sobre o uso desses recursos para assinalar a alternativa que aponta os que foram empregados pelo escritor:   I. O primeiro período é constituído por orações predominantemente justapostas, como um mosaico. II. Cada oração desse primeiro período contém uma declaração que contradiz a expectativa racional do leitor. III. Essa inversão de expectativa se torna coerente graças às duas últimas frases do parágrafo.    São corretas:

  5. 35

    UNEMAT 2006

    Sopa picante de morango Misture os morangos com o açúcar e a pimenta. Reserve por 1 hora. Passe ao copo do liquidificador. Junte sucos de tomate, sal e creme de leite. Bata bem. Reserve. Esfregue o alho nas fatias de pão ciabalta. Pincele azeite. Toste no forno. Retire. Reserve. Ferva a sopa por 5 min (em dias quentes, pode-se servi-la fria). Sirva sopa, com 1 pingo de creme de leite, e fatias de ciabalta. Revista Caras nº35   Com base na análise do texto, assinale a alternativa INCORRETA.

  6. 36

    UFAM 2009

    Assinale a opção em que o período é composto por coordenação e subordinação:

  7. 37

    FGV 2014

    VIAGEM INTERIOR DE KEROUAC Adaptações literárias representam um risco enorme e Walter Salles sabe bem disso. Seu longa de estreia, "A Grande Arte" (1992), não escapou do fiasco apesar de roteirizado pela mesmo Rubem Fonseca, que escreveu o livro. Na década seguinte, Salles foi ainda mais ousado, dessa vez com melhor resultado, ao adaptar para o sertão nordestino a prosa de lsmail Kadaré, cujo primoroso romance "Abril Despedaçado" se passava nas montanhas da Albânia. Em 2004, ele trabalhou com o roteirista porto­riquenho Jase Rivera em "Diários de Motocicleta': baseado nas notas de viagem de Che Guevara e nas memórias de Alberto Granado.  A experiência bem-sucedida fez com que a parceria com Rivera fosse reeditada em mais um road movie, só que as semelhanças entre "Diários" e "Na Estrada': dois filmes sobre jovens amigos aventureiros, são menores do que parecem. Enquanto em um, suas vidas são mudadas para sempre pela paisagem humana da America Latina, no outro, as estradas norte-americanas servem apenas como rota de fuga e deslocamento, jamais como elemento transformador. É justamente este um dos aspectos que mais pode desagradar aos cultuadores da obra de Kerouac: ao condensar o livro, o roteiro deixou de lado boa parte dos momentos em que se bota a pé na estrada.  Marcelo Janot, O Globo, 13/7 /2012. Adaptado.    Considere as afirmações sobre os seguintes trechos do texto: I. "Seu longa de estreia": encontra-se, em um dos vocábulos desse trecho, um exemplo de derivação imprópria, que é um dos processos de formação de palavras.  II. "só que as semelhanças entre 'Diários' e 'Na Estrada"': a expressão sublinhada tem valor adversativo.  III. "um dos aspectos que mais pode desagradar": o verbo "poder" dessa frase deveria estar no plural, de acordo com a norma culta.   Está correto apenas o que se afirma em

  8. 38

    UNIR 2010

    Por onde anda Emília?   Dona Benta e Tia Anastácia faleceram, Rabicó virou presunto há muito tempo, Pedrinho e Narizinho tornaram-se adultos e sumiram. Mas Emília continua viva. Idosa agora – mesmo bonecas envelhecem –, ela continua a mesma contestadora de sempre. Continua em busca da Casa das chaves, aquela em que penetrou buscando desligar a Chave da Guerra (mas enganou-se: desligou a Chave do Tamanho, e tornou-se a precursora – bem melhor que a sequela – do filme Querida, encolhi as crianças). As chaves que Emília agora quer desligar são as chaves da Pobreza, do Desemprego, da Fome. Mas será difícil. Se não conseguiu isso há 50 anos, não conseguirá agora, que sua energia é muito menor.   Emília sonha. Com que sonha? Com o Sítio do Picapau Amarelo. E sonha que o sítio está sendo invadido pelos sem-terra, que ali tentam se instalar. Querem plantar, no que era o território da fantasia, milho e feijão. Emília hesita; seu lado anarquista quer aderir aos invasores, seu lado conservador acha isso uma barbaridade. Procura uma resposta, mas não acha; o único que poderia aconselhá-la, o amável escritor chamado Monteiro Lobato, morreu há muito tempo. SCLIAR, Moacyr. In MESQUITA, R.M. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo: Saraiva, 2007.   Sobre usos de recursos linguísticos e textuais, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. ( ) A relação intertextual com o filme Querida, encolhi as crianças mostra o mesmo engano tanto na obra A Chave do Tamanho quanto no filme. ( ) O período "Se não conseguiu isso há 50 anos, não conseguirá agora, que sua energia é muito menor." é constituído de três orações, uma principal, uma subordinada e uma coordenada. ( ) As várias frases curtas que iniciam o segundo parágrafo imprimem tom oral, ênfase informacional e ritmo aligeirado. ( ) O primeiro período do texto traz as ideias de cada oração em igualdade de posição sintática e semântica pelo uso do processo de coordenação.   Assinale a sequência correta.

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos