Termos Associados ao Verbo - Transitividade e Intransitividade

Prof.ª Priscila timer 06:07

Nesta primeira videoaula de termos associados ao verbo você irá estudar a transitividade e a intransitividade. Aprenderá que esses dois termos são designados pela gramática para que você entenda as relações entre o verbo e os demais termos que giram ao seu redor na frase. Entenderá o que é complemento verbal e os diferentes tipos de verbos transitivos e intransitivos. Esta aula online é apresentada de forma bastante didática para ajudar você a entender melhor este tema.

Na aula de hoje nós vamos aprender os conceitos de transitividade e intransitividade. Estes dois termos são designados pela gramática para nós entendermos as relações entre o verbo e os demais termos que giram ao seu redor na frase. Antes de começar esse estudo da transitividade e intransitividade é importante a gente compreender o que é complemento verbal. Complemento verbal é um termo ou expressão ligado ao verbo para completar o seu sentido. Então vamos lá. Um verbo é transitivo quando ele precisa de um complemento. Para saber se o verbo precisa ou não de um complemento, uma dica é nos colocarmos uma interrogação no final da frase e ver se ela vai ter um sentido completo ou não. Então, por exemplo, na frase "pássaros voam.", se eu colocar uma interrogação "pássaros voam?", é uma frase com sentido completo. Eu posso responder sim ou não pra ela. O mesmo caso com “fantasmas existem.", "fantasmas existem?". Eu também consigo responder sim ou não pra ela. Agora nesse caso: "os cães feriram.". Se eu faço uma pergunta: "os cães feriram?", a frase não fica com o sentido completo. Dá para perceber que está faltando alguma informação. Se colocar "os cães feriram o adestrador.", agora sim a frase tem um sentido completo proporcionado por "o adestrador." Esse termo aqui é o complemento verbal da frase que complementou o sentido do verbo "feriram" que estava perdido na frase de cima. Os verbos transitivos eles são divididos em direto, indireto e direto e indireto ao mesmo tempo. Um verbo é transitivo direto quando ele transita diretamente para o complemento sem precisar de uma preposição. Então por exemplo: "o lenhador derrubou a árvore.", "o lenhador" é o sujeito, "derrubou a árvore" aqui o verbo ele transitou diretamente para o complemento "árvore". Ele não precisou de nenhuma preposição, então ele é um verbo transitivo direto. Esse complemento do verbo transitivo direto, que nesse caso é "a árvore" é chamado de objeto direto. Já os verbos transitivos indiretos eles transitam indiretamente para o complemento, ou seja, eles precisam da ajuda de uma preposição para dar sentido à frase. Então aqui: "eu concordei com tudo.", "eu" é o sujeito da frase, "concordei" é o meu verbo e eu precisei da preposição "com" para me ligar ao complemento "tudo" para dar sentido não faria sentido eu escrever "eu concordei tudo." Então esse complemento com a necessidade de preposição é chamado de objeto indireto, que se liga diretamente ao verbo transitivo indireto. O verbo também pode ser transitivo direto e indireto ao mesmo tempo, ou seja, ele vai possuir uma parte da frase que vai precisar de uma preposição e outra a parte da frase que não vai precisar. Então por exemplo: "eu escrevi uma carta ao prefeito" quando eu falo "eu escrevi uma carta" o verbo ele transita diretamente aqui para o complemento "carta" sem precisar de preposição, mas já nessa segunda parte da frase, "ao prefeito" eu precisei da preposição "ao" para dar um sentido completo.Quando o complemento precisa de preposição numa parte na outra não, ele é chamado de objeto direto e indireto ao mesmo tempo. Já os verbos intransitivos eles possuem sentido completo, ou seja, eles não precisam de um complemento para ter sentido dentro da frase. Por exemplo: "a borboleta morreu" o verbo "morrer" já finalizou a frase comum sentido, não precisou de nenhum termo posterior a ele. Afinal quem morre, morre. É um sentido já redondo. Agora, como no exemplo do lenhador que derrubou a árvore, quem derruba, derrubar algo ou alguém. Então no caso do verbo "derrubar", que é um verbo transitivo ele precisaria de um complemento para ter um sentido na frase. Então recapitulando, os verbos transitivos são aqueles que precisam de um complemento na frase. Os transitivos são divididos em: transitivo direto, que não precisam do auxílio de preposição para ter um sentido; transitivo indireto, que precisam do auxílio da preposição para ter um sentido ligado ao complemento e transitivo direto e indireto ao mesmo tempo, em que uma parte da frase vai precisar de uma preposição e a outra parte da frase não, vai diretamente se ligar o complemento. E os verbos intransitivos que não precisam de complemento algum pra ter sentido na frase.

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login