Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Alta Idade Média - Feudalismo

Voltar para Alta Idade Média - Feudalismo

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Alta Idade Média - Feudalismo dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 61. UNIFENAS 2017
    Leia estes versos escritos no século XII. Os clérigos devem por todos orar. Os cavaleiros sem demora. Devem defender e honrar. E os camponeses sofrer. Cavaleiros e clero sem falha. Vivem de quem trabalha. No contexto das relaçōes sociais e de trabalho existentes na sociedade feudal, podemos apontar como obrigaçōes servis, exceto 
  2. 62. UNICENTRO 2013
    Os séculos XIV e XV são considerados pela historiografia como séculos de transição na história ocidental. A Europa viveu profundas crises, algumas provocadas e outras causadas pelas intempéries climáticas, pelas epidemias e pela fome. Assinale a alternativa que indica acontecimentos que ocasionaram as crises desse período.
  3. 63. UFES 2009
    A dissolução do Feudalismo foi impulsionada no final da Idade Média por uma sucessão de acontecimentos que geraram a chamada “Crise do Séc. XIV.” Sobre esses acontecimentos, é CORRETO afirmar que
  4. 64. UNIMONTES 2010
    Entre os elementos que, de modo geral, concorreram para o processo de transição entre a Idade Média e a Idade Moderna, no Ocidente, é INCORRETO elencar:
  5. 65. UNCISAL 2009
    Assinale a alternativa que caracteriza corretamente a sociedade feudal.
  6. 66. UNICENTRO 2012
    No processo de transição do feudalismo para o capitalismo, uma das instituições feudais mais atingidas foi
  7. 67. UPE 2011
    A Peste Negra assolou a Europa com uma longa e devastadora epidemia no século XIV. Campos e cidades foram arrasados; um terço da população europeia morreu sob o impacto da doença. Outros fatores também contribuíram para esse período de depressão, provocando uma grave crise no Sistema Feudal. No entanto, essa Crise foi responsável pelas transformações empreendidas entre os séculos XV e XVIII, período esse denominado de transição do Feudalismo para o Capitalismo. No que se refere a essas transformações, assinale a alternativa CORRETA.
  8. 68. UNEMAT 2007
    Historicamente, as sociedades são caracterizadas pela forma como os seres humanos se relacionam, seja do ponto de vista cultural, religioso ou econômico.   Com relação ao feudalismo e ao capitalismo, assinale a alternativa CORRETA.
  9. 69. FUVEST
    "Empunhando Durandal, a cortante, O rei tirou-a da bainha, enxugou-lhe a lâmina, Depois cingiu-a em seu sobrinho Rolando E então o papa a benzeu. O rei disse-lhe docemente, rindo: Cinjo-te com ela, desejando Que Deus te dê coragem e ousadia, Força, vigor e grande bravura E grande vitória sobre os infiéis." (La Chanson d'Aspremont)   O texto se refere ao ritual em que um
  10. 70. UTFPR 2016
    A produção feudal era agrícola, sendo a terra sua principal fonte de riqueza. O sistema comunitário de cultivo reduzia o interesse por inovações técnicas, por isso, qualquer nova forma de trabalhar a terra, exigia a aprovação de toda a aldeia. Além disso, todo aumento da produção correspondia a mais tributos a serem pagos ao senhor feudal, desestimulando a produção excedente pelos servos. Entre os muitos impostos que estes pagavam, um deles era a corveia que consistia em:
  11. 71. UEL 1995
    "O  modo de produção feudal, que se desenvolve e atinge seu apogeu na Alta Idade Média, é caracterizado essencialmente pela existência das relações servis de produção..."   Assinale a alternativa que se identifica com a fonte de poder e riqueza no modo de produção a que o texto se refere.
  12. 72. UEL 2008
    Aqui em baixo uns rezam, outros combatem e outros ainda trabalham. (DE LAON, Adalberão. Carmen ad Rodbertum Regem. In: DUBY, G. As tres ordens:o imaginário do feudalismo. Lisboa: Editora Estampa, 1982. p. 25.) Esse preceito, apresentado inicialmente pelo bispo Adalberão, no século XI, em parte reflete as funções/atividades mais características do período medieval, em parte tem função ideológica, pois esse ordenamento pretendia fortalecer a divisão e a hierarquia. Ainda sobre a sociedade medieval, é correto afirmar:
  13. 73. UFV 2010
    A partir dos conhecimentos sobre a transição do Feudalismo ao Capitalismo, assinale a alternativa que NÃO apresenta fator que impulsionou a crise do Feudalismo:
  14. 74. UNAERP 1996
    O feudalismo, como todos os outros modos de produção, não surgiu repentinamente. Ele foi o resultado:
  15. 75. UNICENTRO 2011
    A sociedade medieval europeia e a sociedade que se construiu na Idade Moderna têm como característica comum
  16. 76. PUC-RS 2016
    Analise as afirmativas sobre o período medieval. I. O ritual da investidura era uma cerimônia praticada no momento da elevação de um guerreiro a vassalo. II. No período Carolíngio, a difusão da vassalagem resultou na centralização da estrutura política em torno do rei. III. As banalidades eram obrigações feudais pagas pelos servos e relativas ao uso das instalações no domínio senhorial. A(s) afirmativa(s) correta(s) é/são
  17. 77. UFU 2015
    Tem-se muitas vezes a impressão de que o clero detém o monopólio da cultura na Idade Média. O ensino, o pensamento, as ciências, as artes seriam feitas por ele, para ele ou pelo menos sob sua inspiração e controle. Trata-se de uma imagem falsa e que exige profunda correção. A partir da revolução comercial e do desenvolvimento urbano, grupos sociais antigos ou novos descobrem outras preocupações, têm sede de outros conhecimentos práticos ou teóricos diferentes dos religiosos, criam instrumentos de saber e meios de expressão próprios. LE GOFF, Jacques. Mercadores e banqueiros na Idade Média. Lisboa: Gradiva, s.d, p. 77. (Adaptado).   A historiografia costuma associar as transformações econômicas ocorridas na crise do feudalismo na Europa Ocidental ao surgimento do mundo moderno. A citação do historiador medievalista Jacques Le Goff reforça essa ligação, uma vez que a revolução comercial
  18. 78. FATEC
    A dissolução do Feudalismo foi apressada, no final da Idade Média, por uma sucessão de acontecimentos que geraram a chamada crise do séc. XIV . Entre esses acontecimentos é correto citar:  
  19. 79. UEMA 2011
    Sobre as relações sociais na Idade Média (séculos V– XV), marque a alternativa correta.
  20. 80. UFRGS 2016
    Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, sobre a crise do século XIV na Europa, durante a Baixa Idade Média.   ( ) A principal causa da crise foi uma combinação entre a Guerra dos Trinta Anos, as revoltas continentais contra o absolutismo e a propagação da peste bubônica por todo o continente.   ( ) A Guerra dos Cem Anos entre França e Inglaterra foi o principal conflito militar associado à crise e teve por resultado a vitória francesa diante dos ingleses.   ( ) A crise enfraqueceu política e economicamente os senhores feudais, dando início a uma gradual transferência de poder para as monarquias europeias nos séculos seguintes.   ( ) A crise destruiu o absolutismo monárquico como sistema político e abriu caminho para a descentralização de poder, típica do período medieval tardio.   A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
  21. 81. UEG 2002
    Um sistema de organização econômica, social e política baseado nos vínculos de homem a homem, no qual uma classe de guerreiros especializados − os senhores − subordinados uns aos outros por uma hierarquia de vínculos de dependência, domina uma massa campesina que explora a terra e lhes fornece com que viver. LE GOFF, Jacques. Para um novo conceito de Idade Média. Lisboa: Estampa, 1980.   Sobre o feudalismo, assinale a alternativa INCORRETA:
  22. 82. PUC-SP 1998
    "Aos 7 dos idos de Abril, quinta-feira, foram prestadas as homenagens ao conde; o que foi cumprido segundo as formas determinadas para prestação de fé e de fidelidade, segundo a ordem seguinte. Em primeiro lugar, eles fizeram homenagem assim: o conde perguntou ao futuro vassalo se queria tornar-se seu homem sem reserva, e este respondeu: - 'quero-o ',- depois, com as mãos apertadas entre as do conde, aliaram-se por um beijo. Em segundo lugar, aquele que tinha feito homenagem empenhou a sua fé (...) e, em terceiro lugar, ele jurou isto sobre as relíquias dos santos. Em seguida, com a vara que tinha na mão, o conde deu-lhes investidura (a posse simbólica do feudo), a todos que acabavam de prestar-lhe homenagem, de prometer-lhe fidelidade e de prestar-lhe juramento. " Gilberto de Bruges, História da morte de Carlos o Bom, conde de Flandres, in FREITAS, Gustavo de. 900 TEXTOS E DOCUMENTOS DE HISTÓRIA, vol. 4521 I, Lisboa, Plátano. A sociedade feudal era estamental e fragmentada politicamente. O cerimonial transcrito acima, representativo do relacionamento estabelecido entre nobres, determinava as condições para a doação dos feudos, colocando até mesmo o rei dentro desse sistema de reciprocidade. O cerimonial descrito
  23. 83. UFV 2012
    Dentre as razões que levaram às transformações do sistema feudal durante a Baixa Idade Média, é INCORRETO incluir:
  24. 84. UNICENTRO 2014
    Leia o texto a seguir. Com a instalação de uma nova classe dominante, originada dos bárbaros ou, com mais frequência, da fusão entre populações romanas antigas e populações bárbaras estabelecidas no território do antigo Império Romano, aparece uma forma de poder cujas origens são germânicas e que se denomina a banalidade, o direito de banalidade. (LE GOFF, J. Por amor às cidades. Conversações com Jean Lebrun. Trad. de Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes. São Paulo: Fundação Editora da Unesp, 1988. p.16.) Sobre o direito de banalidade, assinale a alternativa correta.
  25. 85. UFJF 2016
    Os reinos germânicos tiveram entre si semelhanças e diferenças. Possuíram, em relação ao antigo Império Romano, caracteres comuns (elementos de permanência), bem como outros que os individualizaram (elementos de ruptura). Houve a convivência entre o germano e o romano. GUERRA MARTINS, M. Os povos bárbaros. São Paulo: Ática, 1997. p. 17.   A partir da leitura do trecho acima, sobre o contexto do período inicial da Idade Média (entre os séculos V e VII), entende-se que
  26. 86. UNIOESTE 2009
    A respeito do feudalismo, sistema de organização econômico, social e político em vigor na Europa Medieval, é correto afirmar que
  27. 87. UNICENTRO 2008
    Durante a Baixa Idade Média [do século XI ao século XV], as relações comerciais se davam entre o sudeste da Ásia, o norte da África e a Europa. O mercado estava limitado a essas regiões. A partir do século XV, com a circunavegação da África, a descoberta do caminho marítimo para as Índias por Vasco da Gama, a chegada de Colombo à América e a volta ao mundo por Fernão de Magalhães, expandiram-se as regiões produtoras e consumidoras, constituindo-se o mercado mundial. A descoberta de novos continentes, com o conseqüente surgimento de um mercado mundial, interligando Europa, África, Ásia e América, recebeu em História o nome de expansão marítima e comercial europeia. (CÁCERES, Florival. História do Brasil. São Paulo: Moderna, 1993.)   As relações comerciais durante a Baixa Idade Média, conforme referidas no texto, foram
  28. 88. UFLA 2012
    “São infinitas as maneiras de analisar o feudalismo, com definições as mais diversas.” Fonte: AQUINO, R. S. L. de. (org). História das sociedades: das comunidades primitivas às sociedades medievais. 10. ed. Rio de Janeiro: ao Livro Técnico, 1980. p. 387   São definições adequadas de feudalismo, EXCETO:
  29. 89. UEG 2003
    A crise do Feudalismo decorreu de uma série de transformações no mundo medieval. As relações entre os senhores feudais e a classe servil apresentaram uma forte tendência à radicalização, de forma que o esvaziamento do campo expressa com clareza essa mudança de rumo da sociedade feudal, especialmente no que se refere ao status quo dos proprietários. Sobre a crise do Feudalismo, julgue as proposições abaixo.   I. O abrandamento dos vínculos restritivos que limitavam o acesso às corporações artesanais pôs em movimento um processo bastante intenso de urbanização das massas camponesas. Além disso, a intensificação das exigências do senhor para restabelecer o nível das rendas provocou o agravamento das condições de trabalho dos camponeses, estimulando ainda mais o processo migratório. II. Para impedir a fuga da força de trabalho em direção às cidades, foram introduzidas medidas legais que impunham aos indivíduos sem rendimentos a prestação de um serviço junto a um senhor, aumentando o rigor das penas até então prescritas para os que se recusavam a obedecer às novas determinações da lei. III. A redução dos rendimentos da classe dominante feudal exprime a crise de um sistema de exploração agrícola e os limites de uma forma de produção baseada nas corveias. Nesses termos, a elite senhorial optou por racionalizar o sistema de produção, estabelecendo novas condições que possibilitavam aos servos uma significativa melhoria de vida. IV. A introdução de novas técnicas na produção feudal pelos senhorios aumentou a produtividade dos feudos, estancando o processo de expansão feudal para o Oriente, o que provocou o fortalecimento da elite feudal na baixa Idade Média.   Marque a alternativa CORRETA:
  30. 90. UNIOESTE 2012
    “Walafreus, colono e mordomo, .. e sua mulher, colona …, homens de S. Germain, têm filhos … Ele detém dois mansos livres … de terra arável, seis acres de vinha e quatro de prados. Deve por cada manso uma vaca num ano, um porco no seguinte, quatro dinheiros pelo direito de uzar o bosque, dois módios (40 litros) de vinho pelo direito de utilizar as pastagens, uma ovelha e um cordeiro … Deve corveias, carretos, trabalho manual, cortes de árvores, quando para isso receber ordens, três galinhas e quinze ovos ...” Poliptico da Abadiade St. Germain. In: FREITAS, Gustavo de. 900 textos e documentos de história. Lisboa: Plátano, 1975, v.1. p.145. O documento acima refere-se a relação entre senhores e servos na Europa medieval. Sobre as relações descritas acima, é correto afirmar que
Gerar PDF da Página