Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Colonização Inglesa na América dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 1

    UNESP 2002

    Na Idade Moderna, o processo de colonização europeia das regiões do continente americano não foi uniforme. Pode-se distingui-Ias em áreas de

  2. 2

    FGV 2004

    A conquista colonial inglesa resultou no estabelecimento de três áreas corn características diversas na América do Norte. Com relação às chamadas "colônias do sul" é correto afirmar

  3. 3

    G1 - CFTCE 2005

    Sobre a colonização inglesa nas colônias da América do Norte, é correto afirmar que:

  4. 4

    UEL 2001

    Durante a colonização, subjugados os nativos, os europeus montaram estruturas de dominação e exploração nas Américas Hispânica, Portuguesa e Inglesa, que em muitos aspectos apresentavam diferenças entre si. Sobre o tema, é correto afirmar

  5. 5

    FUVEST 1993

    "O puritanismo era uma teoria politica quase tanto quanto uma doutrina religiosa. Por isso, mal tinham desembarcado naquela costa inóspita, (...) o primeiro cuidado dos imigrantes (puritanos) foi o de se organizar em sociedade". Esta passagem de A DEMOCRACIA NA AMÉRICA, de A. de Tocqueville, diz respeito a tentativa:

  6. 6

    MACKENZIE 1997

    São características das Colônias de Povoamento implantadas no Continente Americano a partir do século XVII:

  7. 7

    FATEC 2003

    A colonização inglesa começou tardiamente, por causa dos problemas políticos internos, mas vários fatores impulsionaram a ocupação da América do Norte, entre os quais

  8. 8

    UFPB 2006

    Observe, com atenção, o mapa que retrata o processo de colonização europeia da América do Norte. Em relação a esse processo, considere as afirmativas a seguir, identificando com V a(s) verdadeira(s) e com F, a(s) falsa(s). (   ) A fundação de Nova York por puritanos, em 1626, marcou o início da ocupação inglesa das treze colônias, no atual território dos EUA. (   ) A fundação de Plymouth, em 1620, marcou o início da colonização dos puritanos na Nova Inglaterra, território, atualmente, pertencente aos EUA. (   ) Os franceses se estabeleceram, a partir de 1608, no vale do Rio São Lourenço e na região dos grandes lagos, dando origem à atual Quebec, no Canadá. (   ) Os franceses ocuparam a bacia do Mississipi-Missouri, fundando a povoação portuária de Nova Orleans, centro da colonização da Louisiana, atualmente território do Canadá. (   ) Os espanhóis fundaram, no século XVI, a Flórida, atualmente território dos EUA, com o objetivo de melhor controlarem as rotas de navegação do Atlântico para o Golfo do México. A sequência correta é:

  9. 9

    PUC-RJ 2013

    A fundação da Virgínia e da Nova Inglaterra, no início do século XVII, fez a Inglaterra adentrar a disputa colonial no Novo Mundo. Nos vastos domínios dos impérios ibéricos nas Américas, foram produzidas sociedades muito diversas e complexas - por exemplo, as do V.FI. da Nova Espanha, as da região caribenha e as do V.FI. do Peru. Entretanto, também nas colônias britânicas, desde a sua formação, fortes diferenças acabaram forjando sociedades bem diversas. Essa diversidade foi expressão de vários fatores, entre eles estão: I. O fato de os propósitos das Companhias de Comércio de Londres e de Plymouth terem sido radicalmente distintos, tal como as populações que transportaram para a América. II. O predomínio dos interesses mercantis e escravistas nas colônias da Virgínia, ao sul, contrastando com as motivações de ordem mais religiosa e políticas dos puritanos que orientaram a ocupação das colônias ao norte. III. A dificuldade de a Igreja Anglicana fazer valer a sua autoridade e administração nas colônias do norte, berço da intolerância religiosa, Ioci de separatistas religiosos - dos congregacionistas, presbiterianos, batistas e anabatistas etc. IV. A decisão prévia do Rei James I de oferecer colônias particulares a donatários ou proprietários - como William Penn e Lord Baltimore - na região das Colônias do Meio. Assinale a alternativa CORRETA:

  10. 10

    UFMG 2007

    Observe o mapa, em que estão representados os intercâmbios comerciais das Colônias Inglesas da América do Norte: Considerando-se as informações desse mapa e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que

  11. 11

    Espcex (Aman) 2021

    Alguns historiadores distinguem dois modelos de colonização inglesa adotados na América do Norte. Qual conjunto de colônias inglesas assemelhava-se ao modelo de colonização português no Brasil – produção agrícola dedicada à exportação e realizada em grandes propriedades rurais? 

  12. 12

    CFTRJ 2017

    Durante o século XVII, uma série de lutas políticas e religiosas marcou a crise do absolutismo inglês. Uma parte dos ingleses era perseguida por suas ideias políticas e republicanas, outras, por questões religiosas. Muitos desses opositores colonizaram a costa atlântica da América do Norte. Sobre as características da colônia de povoamento é verdadeiro (V) ou falso (F) (     ) as colônias de povoamento se diferem das colônias de exploração pela presença maciça de escravos, fundamentais para o povoamento da colônia. (     ) Nas colônias de povoamento o sistema de produção era denominado de plantation. (     ) Nas colônias de povoamento a agricultura era familiar e de subsistência, baseada no trabalho livre e na pequena propriedade rural. (     ) Nas colônias de povoamento as temperaturas se assemelhavam às da Europa, mas por causa do solo fértil e a mão de obra escrava os colonos da América do Norte puderam produzir e exportar produtos tropicais.  

  13. 13

    Foi na América do Norte, no início do século XVII, que desembarcaram os primeiros colonos provenientes da Inglaterra para iniciarem a colonização britânica no novo continente.  Sobre o processo de formação das colônias inglesas na América do Norte e de como elas conseguiram se tornar independentes, assinale V para as verdadeiras e F para as falsas.  (     ) O “comércio triangular” foi uma das fontes de renda na Nova Inglaterra. Os mercadores compravam açúcar e melaço nas Antilhas e transformavam em rum. A bebida era levada para a África e trocada por escravos, que eram revendidos para as colônias do sul e para as Antilhas.  (     ) Em 1620, 41 colonos recém-chegados da Inglaterra, no navio Mayflower, assinaram um acordo pelo qual se comprometiam em estabelecer o autogoverno nas colônias. O “Pacto de Mayflower” manifestava o desejo de se ter liberdade. Na Independência das 13 colônias em 1776, o tal pacto foi lembrado como urna inspiração.  (     ) A independência das 13 colônias ocorreu por uma imposição vinda da Europa e não por questões demandadas por elas próprias. Tendo perdido a Guerra dos Sete Anos (1756-63), a Inglaterra foi obrigada a indenizar a França; como não dispunha de recursos, ofereceu suas colônias americanas, ao mesmo tempo em que incentivava que elas se tomassem independentes.  (     ) Enquanto as colônias do sul foram ocupadas por artesãos e agricultores pobres, além de aventureiros em busca de enriquecimento rápido; para as colônias do norte, ou Nova Inglaterra, vieram os puritanos e pessoas pobres que fugiam das perseguições religiosas e da miséria que sofriam na Inglaterra.  Assinale a alternativa correta:  

  14. 14

    UNICENTRO 2007

    Sobre a colonização do continente americano pelos ingleses, franceses, portugueses e espanhóis, é correto afirmar:

  15. 15

    UEMA 2009

    As oportunidades de obter terras eram imensas; as propriedades eram pequenas ou médias e havia uma imensidão de terras para serem conquistadas e colonizadas. Não necessitavam produzir para a metrópole. Aliás, esta não estava interessada nos lucros da exploração [...]. Para a metrópole, as colônias do norte e do centro não passavam de uma imensidão de terras para dar ocupação às grandes massas humanas indesejáveis na Europa. CÁCERES, Florival. História da América. 2ed. São Paulo: Moderna, 1992.   O texto faz referência à

  16. 16

    FGV-SP 1995

    "... estabeleceram-se ali pequenos proprietários que produziam, a princípio, para a sua subsistência e depois, pouco a pouco, para as plantações escravistas do sul do país e para a área das Antilhas. A produção não foi a típica da plantation , mas bastante diversificada - madeiras, cereais, manufaturados - e, o que é mais importante, os lucros tenderam a se concentrar na colônia..." O texto identifica a colonização:

  17. 17

    UNIFENAS 2017

    A Guerra dos Sete Anos (1756-1763) estabelecera uma maior presença militar nas colônias. A Coroa decidiu manter um exército regular na América, a um custo de 400 mil libras por ano. Para o sustento desse exército, os colonos passariam a ver aumentada sua carga de impostos. Situação desagradável para os colonos: pagar por um exército que, a rigor estava ali para policiá-los. (Leandro Karnal e outros, História dos Estados Unidos, Contexto, SP, 2017, p. 75) O conflito citado no texto, bem como seus desdobramentos, pode ser corretamente identificado com

  18. 18

    UNIMONTES 2012

    Sobre a colonização da América do Norte, é INCORRETO afirmar:

  19. 19

    UNIMONTES 2014

    Um ponto comum do processo de colonização das áreas portuguesa e espanhola, na América, assim como do sul das colônias inglesas americanas, foi:

  20. 20

    CEFET-RJ 2006

    “A Lei do Selo era encarada pelos colonos como uma lei particularmente tendente a eliminar a liberdade de imprensa e de agitação política. Desfechava um violento golpe sobre os advogados, em particular, e era onerosa para todos aqueles que desejassem fazer qualquer espécie de negócio, urbano ou rural. Para forçar o cumprimento à lei, foram previstas pesadas multas, penas e atraentes prêmios aos delatores.”  (APTHEKER, Heerbert. Apud FARIA, Ricardo de Moura; MARQUES, Adhemar; BERUTTI, Flávio. História & companhia. Belo Horizonte: Lê, 1998. v.3. p. 61)   A Lei do Selo fez parte de um grupo de medidas, adotadas pelos ingleses a partir de 1763, que rompeu com a política da chamada negligência salutar. As principais razões para a Inglaterra adotar uma nova política colonial para suas treze colônias da América do Norte foram

  21. 21

    FATEC 2002

    A Lei do Açúcar (1764), a Lei do Selo (1765) e a Lei Townshend (1767) representaram, quando implementadas, para

  22. 22

    CESGRANRIO 1991

    Durante o séc. XVII, grupos puritanos ingleses perseguidos por suas ideias políticas (antiabsolutistas) e por suas crenças religiosas (protestantes, calvinistas) abandonaram a Inglaterra, fixando-se na costa leste da América do Norte, onde fundaram as primeiras colônias.   A colonização inglesa nessa região foi facilitada:

  23. 23

    UFJF 2009

    Os choques constantes entre o rei e o parlamento, entre a religião oficial e as demais, entre os grupos populares e a burguesia, tornaram o século XVII um momento conturbado na história da Inglaterra e ajudam a explicar como se processou a colonização inglesa na costa atlântica da América do Norte. Acerca desse processo, assinale a alternativa INCORRETA.

  24. 24

    UEG 2005

    Seja qual for o termo utilizado para descrever o encontro de indígenas e europeus no continente americano no findar do século XV, é consenso que seu resultado foi, ao mesmo tempo, lucrativo para os europeus e desastroso para as populações indígenas. Sobre as conseqüências de tal encontro, analise as seguintes proposições:   I. A colonização da América do Norte foi empreendida por famílias inglesas em fuga da Inglaterra por causa das perseguições religiosas. Ao implementá-la, os colonos dizimaram grande parte da população nativa, considerada um empecilho para os seus interesses. II. A estrutura básica da economia colonial na América do Norte foi a pequena propriedade fundamentada no trabalho familiar, na policultura e em uma indústria rudimentar, principalmente na área têxtil. III. A partir da descoberta da América, pode-se notar o interesse da Igreja em cristianizar os nativos, preservando as culturas locais, ao mesmo tempo em que se introduzia pacificamente a nova religião. IV. Nas possessões portuguesas, houve pouco interesse na efetiva ocupação do território, devido à prioridade dada pelo reino lusitano ao comércio com as Índias e ao fato de não terem sido encontrados metais preciosos nos primeiros contatos.   Assinale a alternativa CORRETA:

  25. 25

    UEL 2005

    "É bem verdade que outros colonizadores europeus estavam também ocupando espaços, mas impressiona no caso da América inglesa, a velocidade assim como a variedade das formas de ocupação e de atividades econômicas. Impressiona também a convicção de um direito divino, assim como de uma missão especial desse povo na América. Essa crença na própria excepcionalidade resultava de uma tradição religiosa (puritana) que realçava a realização da virtude individual, assim como de uma tradição republicana que fundava as instituições políticas na ação e na vontade de homens livres." (MOURA, Gerson. "Estados Unidos e América Latina". São Paulo: Contexto, 1991. p. 11.)   Com base no texto e nos conhecimentos sobre a colonização das Américas anglo-saxônica, portuguesa e hispânica, é correto afirmar: 

  26. 26

    UFRGS 2014

    Leia o enunciado abaixo.   O comércio marítimo triangular deu uma contribuição enorme ao desenvolvimento industrial da Inglaterra. Seus lucros fertilizaram todo o sistema de produção do país. WILLIAMS, Eric. Capitalismo e escravidão. São Paulo: Cia. das Letras, 2012. p. 157.   Considere as seguintes afirmações sobre o comércio triangular.   I - O comércio triangular britânico consistia, principalmente, no envio de produtos manufaturados ingleses para a África; de escravos africanos para o Caribe; e de produtos coloniais, especialmente o açúcar, para a Inglaterra.   II - Os lucros obtidos pelo comércio triangular forneceram um dos principais fluxos de acumulação de capital que financiaram a Revolução Industrial inglesa.   III- A utilização de mão-de-obra livre nas plantations produtoras de açúcar garantia altos níveis de lucratividade para seus proprietários.     Quais estão corretas?

  27. 27

    FGV 1999

    Uma forma de arrecadação de imposto e de censura foi imposta pela metrópole inglesa aos colonos das Treze Colônias, em 1765, através da(s):

  28. 28

    UNIMONTES 2013

    Sobre a colonização inglesa na parte setentrional dos Estados Unidos da América, é INCORRETO afirmar:

  29. 29

    Espcex (Aman) 2012

    Durante a colonização inglesa na América, as colônias do norte tiveram uma flexibilização política ao monopólio, pois, durante algum tempo, permitiram o comércio entre as colônias e com as Antilhas francesas e espanholas, além de a metrópole não reprimir o contrabando. Tal fato sucedeu-se devido a estas colônias

  30. 30

    UNEMAT 2013

    Como resultado da Revolução Industrial, combinada com o domínio dos oceanos e a expansão comercial, a riqueza da Inglaterra dobrou entre 1712 e 1792. Em 1808, a Inglaterra estava começando a estender aos quatro cantos da Terra o maior império que a humanidade tinha conhecido até então. GOMES, Laurentino. 1808. 2.ed. Rio de Janeiro: Planeta Brasil, 2007 (Adaptado).   O fragmento possibilita a seguinte interpretação:

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos