Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Descolonização Afro-Asiática dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 1

    ENEM 2015

    Voz do sangue Palpitam-me os sons do batuque e os ritmos melancólicos do blue. Ó negro esfarrapado do Harlem ó dançarino de Chicago ó negro servidor do South Ó negro da África negros de todo o mundo Eu junto ao vosso magnifico canto a minha pobre voz os meus humildes ritmos. Eu vos acompanho pelas emaranhadas Áfricas do nosso Rumo. Eu vos sinto negros de todo o mundo eu vivo a nossa história meus irmãos. Disponível em: www.agostinhoneto.org. Acesso em: 30 jun. 2015. Nesse poema, o líder angolano Agostinho Neto, na década de 40, evoca o pan-africanismo com o objetivo de

  2. 2

    FUVEST 2014

    Entre os fatores que permitem associar o contexto histórico de Portugal, na década de 1970, as independências de suas colônias na África, encontram-se

  3. 3

    ENEM 2012

    O cartum, publicado em 1932, ironiza as consequências sociais das constantes prisões de Mahatma Gandhi peIas autoridades britânicas, na India, demonstrando

  4. 4

    UFSM 2011

    "A primeira coisa, portanto, é dizer-vos a vós mesmos: Não aceitarei mais o papel de escravo. Não obedecerei às ordens como tais, mas desobedecerei quando estiverem em conflito com a minha consciência. O assim chamado patrão poderá surrar-vos e tentar forçar-vos a servi-Io. Direis: Não, não vos servirei por vosso dinheiro ou sob ameaça. Isso poderá implicar sofrimentos. Vossa prontidão em sofrer acenderá a tocha da liberdade que não pode jamais ser apagada." (Mahatma Gandhi) In: MOTA, Myriam; BRAICK, Patrícia. História das cavernas ao Terceiro Milênio. São Paulo: Moderna, 2005. p.'I 19. "Acenderá a tocha da liberdade que não pode jamais ser apagada" são palavras de Mahatma Gandhi (1869-1948) que, no contexto da Guerra Fria, inspiraram movimentos como

  5. 5

    ESPM 2005

    O mapa mostra a região do Sudeste Asiático e apresenta:

  6. 6

    UFPEL 2007

    Em 1887 o Vietnã passou a ser, oficialmente, uma colônia, situada na Peninsula da lndochina e era fornecedora de arroz, borracha e madeira para o mercado europeu, nos moldes do modelo imperialista implantado pelas grandes nações capitalistas. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi fundada a Liga para a lndependência do Vietnã (Vietminh), de orientação socialista e liderada por Ho Chi Minh. Depoimento do advogado portugués Jorge Santos, In: RODRIGUES, Urbano Tavares (org.). 'A Guerra do Vietname'. Lisboa: Estampa, 1968. A colonização referida foi efetivada no século XIX, pelo seguinte país:

  7. 7

    UEL 2005

    Analise a figura a seguir. Esta foto de Huynh Ut, chamada de The Terror of War (O Terror da Guerra), ganhou o Prêmio Pulitzer em 1973 e tornou-se uma das célebres imagens do século XX, ao mostrar a menina Kim Phuc fugindo durante um ataque americano na Guerra do Vietnã. Com base na fotografia e nos conhecimentos sobre o tema, considere as afirmativas a seguir. I. A Guerra do Vietnã foi a primeira a ter cobertura televisiva em tempo real, transmitida diretamente das frentes de batalha. II. A imprensa contribuiu para a revolta da opinião pública americana, ao divulgar imagens da guerra e oferecer espaço aos movimentos pacifistas. III. The Terror of War documenta a dor e o desespero dos sul-vietnamitas após o uso, pelos americanos, de armas químicas como o napalm. IV. A superioridade tecnológica norte-americana e o apoio dos camponeses, enriquecidos sob o domínio colonial francês, foram decisivos para a vitória dos EUA na Guerra. Estão corretas apenas as afirmativas:

  8. 8

    UEPB 2013

    Foi a partir de 1945, com o fim da 2a Guerra Mundial, que o processo de descolonização na Ásia e na África ganhou força. Até o início da década de 70 do século XX, cerca de 40 países reafirmaram suas independências, se opondo a dominação efetivada pelas potências capitalistas do mundo ocidental. Assinale a alternativa que possui três fatores que influenciaram na descolonização afro-asiática.

  9. 9

    FUVEST 2015

    Examine a seguinte imagem, que foi inspirada pela situação da Índia de 1946. A leitura correta da imagem permite concluir que eIa constitui uma crítica

  10. 10

    UFSM 2000

    Analise as afirmações a respeito da descolonização da África e da Ásia e indique se são verdadeiras (V) ou falsas (F). (   ) A descolonização da Ásia e da África só ocorreu após o término da Segunda Guerra Mundial; o declínio dos países europeus depois da guerra e o avanço do nacionalismo estimularam os movimentos de libertação. (   ) No processo de independência da Índia, o destaque coube ao líder Mahatma Gandhi. responsavel pela unidade política da ex-colónia inglesa. (   ) A independência da Argélia se consolidou em 1954, quando se formou a Frente de Libertação Nacional (FLN), que usava a tática de guerrilha contra os franceses. (   ) No processo de descolonização da África, a primeira colônia inglesa a conquistar a independência foi Costa do Ouro, que passou a se chamar Gana, em 1957. A sequência correta é

  11. 11

    UECE 2015

    Os movimentos nacionalistas da Argélia nasceram no final da Primeira Guerra Mundial e apresentaram diversas soluções. Divididos entre extremistas defensores de um país muçulmano: aqueles a favor da total colaboração com os franceses e aqueles que aprovavam a ajuda da França desde que fossem reconhecidos plenos direitos políticos para os muçulmanos. Após anos de conflitos,   

  12. 12

    UEG 2019

    Leia a frase a seguir.  “Olho por olho e o mundo acabará cego”  A frase icônica é coerente com os conceitos éticos do

  13. 13

    UNESP 2020

    Dois fatores que contribuíram para os processos de emancipação política na África e na Ásia no pós-Segunda Guerra Mundial foram:   

  14. 14

    ESPM 2018

    Naqueles anos, vozes diferentes sobre o mundo afro-luso-brasileiro chegavam ao Brasil, provenientes das colônias portuguesas na África, nas críticas de intelectuais e militantes africanos como Mário Pinto de Andrade e de Amílcar Cabral. Com efeito, em 1961 iniciavam-se as guerrilhas nas colônias portuguesas na África contra o regime salazarista. (Adriana Lopez e Carlos Guilherme Mota. História do Brasil: uma interpretação) As guerrilhas nas colônias portuguesas na África, citadas no texto, culminaram, em meados da década de 1971, nas independências de: 

  15. 15

    Espcex (Aman) 2016

    Acreditando que somente através da renúncia aos desejos e às necessidades mundiais ele iria ao encontro da verdade espiritual, limitou suas posses ao essencial. Dentre os seus poucos pertences pessoais, conservava um exemplar do Bhagavad Gita, texto sagrado para os hindus. Violência e excessos eram igualmente repugnantes para ele. (Adaptado de A Sombra dos Ditadores. São Paulo, Abril Livros, 1992. p. 113. Coleção Time-Life, In COTRIM, 2007)   O texto acima descreve parte do temperamento de

  16. 16

    UNAMA 2015

    “Após o final da Segunda Guerra Mundial, diversas revoltas ocorreram na Ásia e na África contra a dominação ocidental. Essa reação dos povos até então subjugados pelas potências capitalistas ocidentais, é conhecida pela expressão descolonização afro-asiática. Entre 1945 e 1960, cerca de 40 novas nações confirmaram suas respectivas independências”. (FARIA, Ricardo de Moura et al. História. Belo Horizonte.MG.E.L3,1993,p.372)     Dentre os fatores que contribuíram para esse processo de descolonização temos 

  17. 17

    UFES 2000

    Mahatma Gandhi, por meio da desobediência civil, organizou os cidadãos para que não obedecessem a leis que considerassem ofensivas ou agressivas. Seus seguidores repudiavam a violência e a injustiça e, por isso, desobedeciam pacificamente às leis que humilhavam e discriminavam raça, religião, cultura, sexo, etc. Gandhi utilizou essa forma de contestação à autoridade estabelecida, mantendo uma agitação popular constante, com o objetivo de

  18. 18

    UNESP 2016

    Entre os eventos políticos e culturais que marcaram a década de 1960, podem-se citar:

  19. 19

    UNICAMP 2015

    O relato a seguir é parte da biografia de um homem que passou sua infância no atual Mali.   Em novembro de 1918, a África, como a metrópole, festejou o fim da Grande Guerra Mundial e a vitória da França e seus aliados (…). Estávamos orgulhosos do papel desempenhado pelos soldados africanos na frente de batalha. (…) Os sobreviventes que voltaram em 1918- 1919 foram a causa de um novo fenômeno social que influiu na evolução da mentalidade nativa. Estou falando do fim do mito do homem branco como ser invencível e sem defeitos.   Considerando o relato acima, é correto afirmar que

  20. 20

    UFMG 1997

    "As diferentes formas de imperialismo e de colonização se sobrepõem e se interpenetram. O mesmo ocorre com os chamados fenômenos de descolonização e de independência dos povos que se libertaram. Em sua maioria, eles se emanciparam entre 1945 e 1965...'.  (FERRO, Marc. História das Colonizações: das conquistas às independências - séculos XIII a XX. São Paulo, Companhia das Letras,1996. p.38.) Todas as alternativas apresentam exemplos do processo de descolonização ocorridos no período a que se refere o autor, EXCETO:

  21. 21

    UFU 2002

    Em 1976, o Vietnã do Norte e o do Sul foram reunificados na República Socialista do Vietnã. Concluía-se então, a luta iniciada contra a ocupação colonial da região por franceses e japoneses e, a partir da década de 60, contra a intervenção dos Estados Unidos. A respeito deste assunto, assinale a alternativa correta.

  22. 22

    UFU 1999

    Após a Segunda Guerra Mundial, na Ásia e na África, a luta contra a dominação imperialista se intensificou e "[...] a descolonização passou a ser vista como expressão do ódio e da humilhação pacientemente acumulados, do desejo de recuperar a dignidade..." CANÊDO, Letícia B., A Descolonização da Ásia e da África. São Paulo, Ed. Atual, 1994, p.7 Sobre o processo de descolonização na Índia, podemos afirmar que

  23. 23

    UNESP 2010

    No início dos anos 1990, o presidente Frederik de Klerk declarou oficialmente o fim do apartheid na África do Sul. Esta política racista

  24. 24

    UECE 2010

    Vários fatores contribuíram para o processo de descolonização afro-asiática que culminou, de fato, na quebra dos elos coloniais há muito tempo presentes no continente africano e no continente asiático. Assinale a alternativa que melhor sinaliza os principais fatores desse processo.

  25. 25

    UNCISAL 2010

    Situado no continente africano, sua história se fundiu à europeia na época das grandes navegações, quando o temido “Cabo das Tormentas” foi vencido pelas caravelas portuguesas. Séculos depois, foi colonizado por britânicos e holandeses e sua população enfrentou 46 anos de um sistema legalizado de discriminação racial que manteve o domínio da minoria branca na política, economia e sociedade. Em 1994, ocorreram no país as primeiras eleições multirraciais. O país em questão é

  26. 26

    UECE 2015

    Há muito tempo o continente africano tem sido palco de conflitos violentos. Em Angola, o confronto envolveu organizações armadas que disputavam o poder desde a independência daquele país. Na República Democrática do Congo, as disputas envolveram o Estado e grupos armados; na Serra Leoa, a guerra civil durou de 1991 a 2002. Intermediários interessados na guerra, em alguns casos, a estimulam fornecendo armas e soldados; em outros casos, apoiam governos ou a guerrilha de oposição. Os produtos disputados pelo Estado e por grupos armados nesses três países Africanos são 

  27. 27

    UFSM 2002

    ATA DA INDEPENDÊNCIA DA ÍNDIA 18 de julho de 1947 1. A partir do dia 15 de agosto de 1947, dois Domínios independentes serão estabelecidos na Índia, conhecidos sob os respectivos nomes de Índia e de Paquistão. No presente ato, os ditos domínios serão chamados "novos domínios" e o mencionado quinze de agosto será chamado "dia designado". [...] (CARVALHO, Delgado de. "História Documental Moderna e Contemporânea". Rio de Janeiro: Record Cultural, 1976. p. 323.)   Observa-se, através do texto, que a Índia foi dividida. Essa divisão ocorreu, principalmente, por motivos

  28. 28

    UFES 2009

    “Morre um homem por minuto em Ruanda. Um homem morre por minuto numa nação do continente onde o Homo Sapiens surgiu há um milhão de anos [...] Para o ano 2000 só faltam seis, mas a Humanidade não ingressará no terceiro milênio, enquanto a África for o túmulo da paz.” (NUNES, Augusto. O Globo. 6 ago. 1994.)     A persistente situação de instabilidade no Continente Africano é resultado de diversos fatores históricos. Um desses fatores é:

  29. 29

    UPE 2011

    Populações inteiras são, às vezes, expulsas de seus territórios. Esses povos são privados de seus direitos de cidadania e passam a viver em condições extremamente precárias. Exemplifica esse fato a guerra entre as etnias hutu e refugiados.   Essa desterritorialização aconteceu 

  30. 30

    UNICENTRO 2008

    A divisão do continente africano entre as grandes potências ocidentais, no século XIX, gerou conseqüências na organização espacial desse continente, o que pode ser comprovado pela

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos