Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Era Vargas dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 31. ENEM PPL 2014
    As relações do Estado brasileiro com o movimento operário e sindical, bem como as políticas públicas voltadas para as questões sociais durante o primeiro governo da Era Vargas (1930-1945), são temas amplamente estudados pela academia brasileira em seus vários aspectos. São também os temas mais lembrados pela sociedade quando se pensa no legado varguista. D’ ARAÚJO, M. C. Estado, classe trabalhadora e políticas sociais. In: FERREIRA, J.; DELGADO, L. A. (Org). O tempo do nacional-estatismo: do início ao apogeu do Estado Novo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.   Durante o governo de Getúlio Vargas, foram desenvolvidas ações de cunho social, dentre as quais se destaca a
  2. 32. UNESP
    Depois de muitos movimentos operários; lutas e reivindicações trabalhistas, os sindicatos foram legalizados:
  3. 33. ENEM PPL 2015
    Em 1943, Getúlio Vargas criou o Departamento de Propaganda e Difusão Cultural junto ao Ministério da Justiça, esvaziando o Ministério da Educação não só da propaganda, mas também do rádio e do cinema. A decisão tinha como objetivo colocar os meios de comunicação de massa a serviço direto do Poder Executivo, iniciativa que tinha inspiração direta no recém-criado Ministério da Propaganda alemão. CAPELATO, M. H. Propaganda política e controle dos meios de comunicação. Rio de Janeiro: FGV, 1999.     No contexto citado, a transferência de funções entre ministérios teve como finalidade o(a)
  4. 34. UNCISAL 2011
    Entre 1937 e 1945, o presidente Getúlio Vargas governou o Brasil de forma ditatorial, no chamado Estado Novo. Nesse período,
  5. 35. UNIOESTE 2007
    Sobre o período da História do Brasil conhecido como Estado Novo (1937-1945), é correto afirmar:
  6. 36. UNICENTRO 2013
    Leia o seguinte excerto:   “No Brasil, a tortura foi praticada desde o período de colonização. Indígenas e negros foram as suas primeiras vítimas nas mãos dos colonizadores. Em seguida, governos monárquicos e republicanos a adotaram como repressão a qualquer tipo de rebeldia, libertária ou não. No século XX, foi muito utilizada nos períodos do Estado Novo (1937-1945) e da Ditadura Militar (1964-1985)” (História Ensino Médio – SEED-PR, 2006, p. 270).   Sobre o assunto, assinale a alternativa correta  
  7. 37. UNIR 2010
    Em 1937, o Governo Vargas implantou o Estado Novo. Sobre esse período, é correto afirmar:
  8. 38. UFSC 2014
    Sobre o período entre 1930 e 1945 no Brasil, é CORRETO afirmar que:
  9. 39. UPE 2010
    Viver a democracia era o desejo de muitos grupos políticos existentes no Brasil dos anos 1930. No entanto, o governo de Getúlio Vargas seguia outros caminhos, enfrentando as oposições.   Com a Constituição de 1937, Getúlio Vargas
  10. 40. UNB 2013
    No Brasil, o Estado Novo, implantado por Getúlio Vargas em 1937, não passou de um arremedo do regime fascista italiano, adaptado à mentalidade coronelística dos setores dominantes. Antiliberal e antidemocrático, o governo manteve os partidos políticos afastados do centro das decisões políticas. Os sindicatos e as organizações de trabalhadores ficaram atrelados ao Estado, cujo condutor-chefe era o próprio Getúlio Vargas, o “pai dos pobres”. Ele chegou ao poder nesse contexto de afirmação e conflitos de Estados-nação com ideologias nacionalistas radicais, sobretudo Estados-nação de origem recente, como a Itália e a Alemanha, unificados somente na segunda metade do século XIX. Em tal contexto, redefiniam-se o próprio capitalismo e as democracias liberais, e o “socialismo real” se enraizava na União Soviética. O desfecho tornara-se inevitável: como a opção varguista, estribada no regime ditatorial, voltara-se para as potências do Eixo, as oposições liberal-democratas e de esquerda uniram-se e, em 1945, puseram fim ao Estado Novo. Adriana Lopez e Carlos Guilherme Mota. História do Brasil: uma interpretação. São Paulo: Senac, 2008, p. 651.     Com relação aos conceitos que o texto apresentado suscita, assinale a opção correta.
  11. 41. UNIOESTE 2011
    Em 1943, durante o governo de Getúlio Vargas, foi criada a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho. Nela, estava reunida toda a legislação social e trabalhista do país. Em relação a este tema é correto afirmar que
  12. 42. UNIPAM 2014
    Estudar as constituições brasileiras faz com que se tome consciência dos principais conteúdos da nossa história. Assim, pela análise das constituições, pode-se perceber todo o processo de evolução pelo qual o Brasil passou. (RODRIGUES, P. A. R. Constituições Brasileiras. Disponível em: . Acesso em 15 set. 2013).   Caracterize as constituições, associando a 2ª coluna com a 1ª.   (1) Constituição de 1824 (2) Constituição de 1891 (3) Constituição de 1934 (4) Constituição de 1937 (5) Constituição de 1946 (6) Constituição de 1967 (7) Constituição de 1988   ( ) Fundamentou a separação entre os Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e Moderador e estabeleceu as funções deles. ( ) Tornou-se a primeira a constitucionalizar os direitos sociais, estabelecendo um Título referente à ordem econômica e social, e manteve a proibição de voto a mendigos e a analfabetos. ( ) Estabeleceu o mandato presidencial de cinco anos, e o vice-presidente da República passou a ser eleito separadamente. ( ) Concentrou poderes na União e privilegiou o Poder Executivo em detrimento dos outros poderes; baseou toda a estrutura de Poder na Segurança Nacional. ( ) Foi a primeira a fazer a separação entre a Igreja e o Estado, não sendo mais assegurado à religião católica o status de religião oficial. ( ) Criou o mandado de injunção e o mandado de segurança coletivo; estabeleceu o voto facultativo a jovens de 16 a 18 anos, a analfabetos e a maiores de 70 anos. ( ) Reduziu a esfera dos direitos individuais, desconstitucionalizando o mandado de segurança e a ação popular; por meio dela, os Prefeitos Municipais passaram a ser nomeados pelo Governador de Estado.   A sequência CORRETA é
  13. 43. UNIPAM 2014
    Subindo ao poder em outubro de 1930, Getúlio Vargas nele permaneceu por quinze anos, sucessivamente como chefe de um governo provisório, como presidente eleito pelo voto indireto e como ditador. Deposto em 1945, voltaria à presidência pelo voto popular em 1950, não chegando a completar o mandado por suicidar-se em 1954. (FAUSTO, B. História do Brasil. 9. ed. São Paulo: Edusp, 2001, p. 331).   Sobre a Era Vargas, é CORRETO afirmar:
  14. 44. FEI
    O Estado Novo, período que se seguiu ao golpe de Getúlio Vargas (10/11/1937 até 29/10/1945) caracterizou-se
  15. 45. PUC-RJ 2012
    Analise as afirmativas abaixo referentes ao Estado Novo (1937-1945) no Brasil. I   -  O Estado Novo contou com forte apoio das oligarquias estaduais, da Igreja católica e de setores da esquerda defensores de um estado autoritário, que tomavam o stalinismo soviético como exemplo. II   -  O novo modelo de Estado, inaugurado em 1937, foi uma quebra na normalidade constitucional brasileira e se legitimou através de uma nova constituição que tinha um explícito conteúdo autoritário. III  -  O Estado Novo foi um período marcado pelo autoritarismo, com intensa propaganda política estatal, controle de informação, proibição de organizações políticas e forte repressão policial. IV  -  O Estado Novo se caracterizou por um esfriamento das relações diplomáticas entre Brasil e Estados Unidos e por um alinhamento progressivo com os países fascistas da Europa. São afirmativas corretas:
  16. 46. UFMG 1997
    Leia o texto abaixo. "O Estado Novo recolheu os triunfos da década de 30, ao expor com todo o esplendor esta extraordinária transformação do direito de organização e ação coletivos em meio de identidade entre poder, lei e sociedade, de modo que a força prometida por uma sociedade crescentemente mobilizada em seu desejo de mudança foi substituída pela onipotência e eficácia das instituições governamentais e da repressão, ambas sustentadas pela mais brilhante invenção do período: o espetáculo da identidade entre Estado e povo, entre o Chefe do Estado e 'seu' povo." (PAOLI, M. C. A Era do Estado. Folha de São Paulo. 31 dez.1988. Folhetim. p. G-6.) Todas as alternativas abaixo apresentam estratégias adotadas no Estado Novo que confirmam as ideias contidas nesse texto, EXCETO:
  17. 47. FATEC
    O Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), criado em 1939 por Getúlio Vargas,
  18. 48. UNAMA 2012
    Em 1939, o Governo Varguista criou o Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP), cuja função era
  19. 49. UFMG 2008
    Leia estas duas letras de samba, comparando-as: “................................. Eu passo gingando Provoco e desafio Eu tenho orgulho De ser tão vadio. Sei que eles falam Deste meu proceder Eu vejo quem trabalha Andar no miserê. ..................................” Lenço no pescoço (1933), de Wilson Batista   “Quem trabalha é que tem razão Eu digo e não tenho medo de errar O bonde São Januário Leva mais um operário: Sou eu que vou trabalhar. Antigamente eu não tinha juízo Mas resolvi garantir meu futuro Vejam vocês: Sou feliz, vivo muito bem A boemia não dá camisa a ninguém É, digo bem.” O bonde São Januário (1940), de Wilson Batista e Ataulfo Alves.   A partir dessa leitura comparativa e considerando-se o período em que foram escritas, bem como outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que, nas duas letras, torna-se evidente:
  20. 50. FUVEST
    Na história da República brasileira, a expressão "Estado Novo" identifica:
  21. 51. UNAMA 2007
    O ano de 2006, no Brasil, foi marcado pelo discurso de exercício da cidadania, conclamando homens e mulheres a exercer o direito de votar. No entanto, o direito de votar das mulheres, nas mesmas condições dos homens, ocorreu em nosso país somente:
  22. 52. UNIMONTES 2013
    Sobre o governo Vargas, no início da II Grande Guerra, é CORRETO declarar que, 
  23. 53. UFAM 2010
    “Este é tempo de partido, tempo de homens partidos. Em vão percorremos volumes, viajamos e nos colorimos. A hora pressentida esmigalha-se em pó na rua. Os homens pedem carne. Fogo. Sapatos. As leis não bastam. Os lírios não nascem da lei. Meu nome é tumulto, e escreve-se na pedra”. Em “Nosso tempo”, poema publicado em 1945, Carlos Drummond de Andrade revela o estado de ânimo da parcela mais consciente da sociedade brasileira, recém-saída do regime político, que iniciara em 1937, conhecido sob o nome de Estado Novo e comandado pelo presidente Getúlio Vargas. Sobre o regime estadonovista, é correto afirmar que:
  24. 54. UFPR 2016
    Segundo a historiadora Regina da Luz Moreira, “o retorno dos contingentes da FEB precipitou (...) a queda de Vargas em 1945” (CPDOC. Disponível em: ).   Assinale a alternativa que justifica a declaração acima, relacionando a atuação do Brasil, por meio da Força Expedicionária Brasileira (FEB), na Segunda Guerra Mundial com o primeiro governo de Getúlio Vargas (1930-1945).
  25. 55. ENEM PPL 2013
    Discurso de posse de Getúlio Vargas como chefe do governo provisório, pronunciado em 03 de novembro de 1930. O trabalho de recomposição que nos espera não admite medidas contemporizadoras. Implica o reajustamento social e econômico de todos os rumos até aqui seguidos. Comecemos por desmontar a máquina do favoritismo parasitário, com toda sua descendência espúria. FILHO, I. A. Brasil, 500 anos em documento. Rio de Janeiro: Mauad, 1999 (adaptado).   Em seu discurso de posse, como forma de legitimar o regime político implantado em 1930, Getúlio Vargas estabelece uma crítica ao 
  26. 56. UNIMONTES 2010
    Entrar na Segunda Guerra Mundial contra os países do Eixo foi uma ação do Governo Getúlio Vargas que pode ser entendida como contraditória, uma vez que
  27. 57. CEFET-MG 2005
    “É notável que, cinqüenta anos após o desaparecimento de Getúlio Vargas, continuamos herdeiros da agenda que ele inaugurou, e em torno do qual se mobilizou grande parte da alma e da energia da nação”. LESSA, Carlos. Folha de São Paulo. São Paulo, ago. 2004. A característica central do legado deixado por Vargas foi
  28. 58. UNB 2013
    No Brasil, o Estado Novo, implantado por Getúlio Vargas em 1937, não passou de um arremedo do regime fascista italiano, adaptado à mentalidade coronelística dos setores dominantes. Antiliberal e antidemocrático, o governo manteve os partidos políticos afastados do centro das decisões políticas. Os sindicatos e as organizações de trabalhadores ficaram atrelados ao Estado, cujo condutor-chefe era o próprio Getúlio Vargas, o “pai dos pobres”. Ele chegou ao poder nesse contexto de afirmação e conflitos de Estados-nação com ideologias nacionalistas radicais, sobretudo Estados-nação de origem recente, como a Itália e a Alemanha, unificados somente na segunda metade do século XIX. Em tal contexto, redefiniam-se o próprio capitalismo e as democracias liberais, e o “socialismo real” se enraizava na União Soviética. O desfecho tornara-se inevitável: como a opção varguista, estribada no regime ditatorial, voltara-se para as potências do Eixo, as oposições liberal-democratas e de esquerda uniram-se e, em 1945, puseram fim ao Estado Novo. Adriana Lopez e Carlos Guilherme Mota. História do Brasil: uma interpretação. São Paulo: Senac, 2008, p. 651.     Com relação ao desfecho do Estado Novo e aos argumentos apontados no texto, assinale a opção correta.
  29. 59. UNIMONTES 2013
    Marque C (Correta) ou I (Incorreta), em cada uma das afirmativas, acerca do primeiro governo Vargas (1930-1945). ( ) Um dos aspectos que caracterizaram o governo Vargas, especialmente após 1937, foi a liberdade de ação concedida aos sindicatos em todo o país. ( ) O aparato repressivo montado durante os anos do governo de Vargas e intensificado a partir de 1937 funcionou como importante ponto de apoio ao regime. ( ) Um dos setores da economia nacional, responsáveis por vultosos investimentos estatais durante o Estado Novo, foi a indústria de base, vista pelos militares como estratégica. ( ) A mitificação da figura de Vargas foi possível, entre outras coisas, graças a um elaborado programa de propaganda veiculado pelo Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP). A sequência CORRETA é:
  30. 60. UNIR 2011
    O Queremismo surgiu no cenário político brasileiro da transição democrática em 1945, como um movimento de protesto, reflexo do embate entre dois projetos políticos diferentes que se enfrentavam naquele momento. Sobre esse movimento, pode-se afirmar que consistiu
Gerar PDF da Página