Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Guerra Fria

Voltar para Guerra Fria

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Guerra Fria dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. UPF 2014
    Observe a charge: A charge mostra Harry Trumann e Josef Stalin jogando futebol com uma bola que representa o Planeta Terra. Trata-se de uma representação da chamada Guerra Fria, que pode ser definida como:
  2. 2. UERN 2015
    A eclosão da guerra entre os blocos era improvável, mas a paz era impossivel, sintetizava o cientista político francês Raymond Aron. A paz era impossivel porque não havia maneira de conciliar os interesses em disputa. Um sistema só poderia sobreviver à custa da destruição total do outro. E a guerra era improvável porque os dois blocos tinham acumulado tamanho poder de destruição que, se acontecesse um conflito generalizado, seria, com certeza, o último. [...]  (José Arbex Júnior. Guerra Fria: o Estado terrorista. 2. ed. São Paulo: Moderna, 2005. p. 10. Coleção Polêmica.) De acordo com o contexto da Guerra Fria descrito anteriormente, analise as afirmativas. I. "Foi o oferecimento aos países da Europa ocidental de matérias-primas, produtos e capital. na forma de créditos e doações. Um verdadeiro programa de ajuda econômica e militar dos EUA aos países destruídos peIa Guerra." II. "A resposta do bloco socialista veio a partir da formação de uma aliança entre a URSS e alguns países da Europa Oriental." As afirmativas I e II se referem às estratégias distintas adotadas, respectivamente, pelos EUA e URSS durante a Guerra Fria. Trata-se de
  3. 3. Espcex (Aman) 2013
    Espesso e perigoso, o Muro de Berlim separou bairros, cortou cemitérios ao meio e fechou entradas de igrejas. Existiu por 28 anos, durante os quais se estima que 125 pessoas morreram ao tentar transpô-Io. Sobre o Muro de Berlim, é correto afirmar que
  4. 4. FGV-RJ 2010
    Em 20 dejulho de 1969, o mundo acompanhou maravilhado o desembarque dos astronautas da missão Apollo 11 em solo lunar. No dia seguinte, ojornal New York Times abordaria o evento de um ponto de vista exterior à humanidade, estampando poesia na primeira página: "Homens andam na Lua". Algumas linhas abaixo, o jornal trazia a celebre frase pronunciada por Neil Armstrong ao pisar em solo lunar "Um pequeno passo para um homem, um gigantesco salto para a humanidade". Considerando o contexto mundial na década de 1960 e a chegada do homem a Lua, podemos considerar I. A conquista da Lua e os consequentes avanços tecnológicos frutos dessa realização só podem ser compreendidos no contexto da Guerra Fria, período em que duas superpotências (EUA e URSS) lutavam pela hegemonia política e militar do mundo. II. Na verdade, a URSS não representou uma ameaça à hegemonia norte-americana durante a corrida espacial, uma vez que, nesse período, os soviéticos desenvolveram, em parceria com os EUA. as estações espaciais para pesquisa científica na órbita da Terra. III. Decididos a superar os soviéticos, os EUA criaram a NASA - Agência Espacial norte-americana - e cumpriram o desafio proposto pelo então presidente John F. Kennedy, de levar um astronauta até a Lua e trazê-Io de volta, em segurança. IV. Com o fim da Guerra Fria, os EUA e a URSS perderam interesse pela corrida espacial e passaram a priorizar a luta contra o terrorismo, principalmente após a invasão do Iraque e do Afeganistão e os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. V. A corrida espacial teve início com o lançamento do Sputnik - primeiro satélite artificial da Terra - pela URSS, que, anos depois, mandou para o espaço o cosmonauta Yuri Gagárin, pioneiro das missões tripuladas.
  5. 5. UFSM 2014
    Em 9 de novembro é derrubado o Muro de Berlim. O governo [da Alemanha Oriental] não tinha condições de mantê-lo, a menos que partisse para uma repressão sangrenta. [...] Em apenas 3 dias, pelo menos 2 milhões de alemães-orientais passaram para Berlim Ocidental. [...] Já no lado ocidental, os alemães-orientais formavam filas enormes diante das discotecas e de lojas pornôs [...]. Embora não tivessem dinheiro suficiente para comprar, as pessoas olhavam tudo como se fosse um grande parque de diversões. ARBEX JR., José. Revolução em 3 tempos: URSS, Alemanha, China. SP. Moderna, 1993. p. 54-56. A partir do texto, pode-se afirmar que a queda do Muro de Berlim, em 1989, Indica
  6. 6. UDESC 2011
    As décadas de 1950 e 1980 foram marcadas por uma polarização global entre duas formas de pensar e organizar o mundo, conhecida como Guerra Fria. Analise cada proposição sobre os acontecimentos e processos que contribuem para o entendimento desse período e assinale (V) para verdadeira ou (F) para falsa. (   ) A emergência da União da República Socialista Soviética - URSS, após a Segunda Guerra, como uma das grandes potências militares e políticas do mundo, alarmou os países capitalistas, sobretudo diante do avanço do comunismo na Europa. (   ) A Doutrina Truman foi o ponto de partida para a Guerra Fria; o Plano Marshall, que dela fez parte, foi proposto pelos Estados Unidos com a intenção de conter a expansão socialista, mantendo os países europeus sob influência norte-americana. (   ) O bloqueio de Berlim, em 1948, foi o primeiro grande conflito entre os dois blocos; mais tarde a construção de um muro separando as duas partes da cidade tornaria o Muro de Berlim o principal símbolo da Guerra Fria. (   ) A crise dos mísseis foi um dos momentos mais críticos da Guerra Fria. (   ) A Guerra Fria significou ações que iam da ameaça militar à coação política, econômica e ideológica. A hostilidade gerada por estas ações colocava no horizonte a possibilidade de uma guerra nuclear, gerando um clima de medo que se espraiou para todo o mundo, nesse período. Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.
  7. 7. PUC-PR 2009
    Durante a Guerra Fria, desenvolveu-se, nos Estados Unidos, uma ideologia conhecida como macartismo. Essa ideologia tinha como objetivo:
  8. 8. UEMG 2016
    Observe a imagem: Em 20 de Julho de 1969, Neil Armstrong e Edwin Aldrin pisaram em terreno lunar. O ato de estar na lua era simbólico, já que, além da magia dessa conquista, outras motivações existiam. O cenário histórico em questão corresponde a
  9. 9. UERJ 2016
    A Europa passou por grande número de reconfigurações territoriais, em virtude das disputas seculares entre os povos do continente. No mapa abaixo, elaborado em 2014, estão assinalados, para cada país europeu, o nome da última potência estrangeira a desocupar aquele espaço nacional e o ano em que isso ocorreu. A desocupação estrangeira na Europa Oriental, após a Segunda Guerra Mundial, está associada ao seguinte contexto geopolítico:
  10. 10. UFSM 2011
    Na Conferência de Potsdam, em julho de 1945, "Churchill compreendeu de imediato, [que] a situação mudou totalmente após o anúncio da explosão de Alamagordo [a explosão da primeira bomba atômica pelos EUA]. O Japão podia ser esmagado rapidamente, sem a ajuda de Moscou. Na Europa, qualquer tentativa de expansão dos exércitos soviéticos encontraria as novas armas americanas. Os termos do futuro equilibrio mundial se encontravam assim subitamente modificado". GAJA, R. Introdução a política externa da era nuclear. In: MAIOCCHIO. R. A Era Atômica. São Paulo: Atica. 1996. p.13. A respeito da nova realidade criada pela 'explosão dos mil sóis', considere as afirmativas a seguir. I. A bomba atômica. criada especialmente para atingir Hiroshima e Nagasaki, a fim de derrotar o Japão, foi uma conquista da ciência e da tecnologia que possibilitou as grandes potências a construção de uma era de paz entre as naçoes. II. 0 novo artefato bélico definiu os termos do embate político entre as grandes potências, eliminando a possibilidade de novas guerras, tanto aquelas realizadas por exércitos regulares quanto os combates de guerrilha. III. A bomba atómica tornou-se um dado novo nos acordos que vinham sendo feitos entre EUA e URSS, as duas potências que. desde o final da Segunda Guerra Mundial. haviam dividido o mundo em duas grandes áreas sob a sua influência. IV. A bomba atômica desencadeou novo estilo de confronto, tornando-se o artefato bélico principal para os países que almejam disputar o poder político e militar do planeta. Está(ão) correta(s)
  11. 11. ALBERT EINSTEIN 2016
    Mikhail Gorbachev realizou, na União Soviética da década de 1980, um conjunto de reformas, que se tornaram conhecidas como “perestroika” e “glasnost”. Elas visavam, entre outros fatores,
  12. 12. UERJ 2012
    O capitalismo do século XlX tropeçou de desastre em desastre nas bolsas de valores e nos investimentos empresariais irracionais. Após a Segunda Guerra Mundial, essa desordem foi de algum modo posta sob controle na maioria das economias avançadas: sindicatos fortes, garantias trabalhistas e empresas de grande escala combinaram-se e produziram uma era, de mais ou menos trinta anos, de relativa estabilidade. Adaptado de SENNEIT, Richard. A corrosão do caráter as consequências pessoais do trabalho no novo capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2010. A estabilidade mencionada no texto foi proporcionada pela condição socioeconômica e pelo modelo de organização do Estado identificados em:
  13. 13. PUC-RS 2014
    Considere as afirmativas abaixo sobre a chamada Guerra Fria entre os EUA e a URSS. I. A explosão das bombas atômicas sobre o Japão, antes da Conferência de Potsdam, revelou a superioridade bélica norte-americana, o que levou a URSS a adotar uma diplomacia mais agressiva, forçando e obtendo o controle dos estreitos de Bósforo e Dardanelos, na Conferência de Paris, em 1946. II. O chamado Plano Marshall levou os EUA a aplicarem cerca de 17 bilhões de dólares em países capitalistas europeus, tais como França, Grã-Bretanha, Itália, Holanda, Noruega, Portugal e Suíça, sendo que alguns países do bloco socialista, como a Polônia e a Hungria, igualmente aceitaram, de forma imediata, parte desse investimento, devido à extrema gravidade da crise econômica que enfrentavam. III. Ao final da Segunda Guerra, na região dos Balcãs, de significativa relevância estratégica, apenas a Grécia e a Turquia escapavam ao controle da URSS, em que pese o forte empenho dos Partidos Comunistas desses países na disputa interna pelo poder. Está/Estão correta(s) apenas a(s) atirmativa(s)
  14. 14. ENEM 2018
    Os soviéticos tinham chegado a Cuba muito cedo na década de 1960, esgueirando-se pela fresta aberta pela imediata hostilidade norte-americana em relação ao processo social revolucionário. Durante três décadas os soviéticos mantiveram sua presença em Cuba com bases e ajuda militar, mas, sobretudo, com todo o apoio econômico que, como saberíamos anos mais tarde, mantinha o país à tona, embora nos deixasse em dívida com os irmãos soviéticos – e depois com seus herdeiros russos – por cifras que chegavam a US$ 32 bilhões. Ou seja, o que era oferecido em nome da solidariedade socialista tinha um preço definido. PADURA, L. Cuba e os russos. Folha de São Paulo, 19 jul. 2014 (adaptado). O texto indica que durante a Guerra Fria as relações internas em um mesmo bloco foram marcadas pelo(a)
  15. 15. CEFET-MG 2005
    O esgotamento do capitalismo para solucionar os problemas econômicos-sociais, resultantes da Primeira Guerra Mundial e a ascensão do comunismo como fruto da Revolução Russa de 1917, ensejaram movimentos que se contrapunham a esses dois sistemas e se espalharam pela Europa. São movimentos com essas características, EXCETO
  16. 16. UFMS 2008
    Leia a letra da música abaixo, composta por Caetano Veloso e apresentada pelo próprio autor durante o III Festival Internacional da Canção, em 1968. É Proibido Proibir A mãe da virgem diz que não E o anúncio da televisão E estava escrito no portão E o maestro ergueu o dedo E além da porta Há o porteiro, sim... E eu digo não E eu digo não ao não Eu digo: É! É proibido proibir É proibido proibir É proibido proibir... Me dê um beijo meu amor Eles estão nos esperando Os automóveis ardem em chamas Derrubar as prateleiras As estantes, as estátuas As vidraças, louças Livros, sim... E eu digo sim E eu digo não ao não Eu digo: É! É Proibido proibir É proibido proibir É proibido proibir...  Sobre o processo histórico em que essa música se inseriu, assinale a alternativa correta.
  17. 17. UFMS 2008
    Desde a Idade Média, os sérvios consideram Kosovo seu centro político-espiritual mais importante, o coração de um império que jamais se concretizou. Em 1389, esses objetivos expansionistas foram seriamente afetados pelos turcos, que derrotaram os sérvios na chamada Batalha de Kosovo e ocuparam os Bálcãs até o final do século XIX. Desde então o Império Turco começou a desmoronar, até ser aniquilado na Primeira Guerra Mundial. Em 1920, como parte da repartição do que restou do Império Turco, Kosovo foi incorporado à Sérvia. Mas os albaneses também incluem Kosovo entre seus mitos nacionalistas, são kosovares alguns dos principais líderes do nacionalismo albanês, e a região foi foco das lutas que culminaram na independência da Albânia. Na Segunda Guerra Mundial, o exército albanês enfrentou os iugoslavos em Kosovo, mas foi derrotado. Belgrado reprimiu toda e qualquer resistência até o início da década de 1990, quando o então presidente iugoslavo, Slobodan Milosevic, dissolveu as instituições políticas criadas em 1974, que davam à região de Kosovo estatuto de Província Autônoma, retomando o discurso ultranacionalista da Grande Sérvia tendo Kosovo como seu centro histórico. Em fevereiro de 2008, Kosovo declarou sua independência da República da Sérvia, abrindo assim mais um capítulo na história do desmembramento da ex-Iugoslávia, iniciada em 1991. Apesar de a independência ter sido intensamente comemorada na capital, Prístina, os kosovares ainda terão de enfrentar inúmeros problemas quanto ao reconhecimento internacional de sua independência, muitos deles decorrentes do intrincado mosaico étnico e cultural, historicamente elaborado no sudeste europeu, bem como do complexo quadro de interesses geopolíticos internacionais na região dos Bálcãs e fora dela. Com base no texto e nos seus conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa correta a respeito da independência do Kosovo.
  18. 18. UP 2015
    Após a II Segunda Guerra Mundial, dois países emergiram como superpotências mundiais: os Estados Unidos da América (EUA) e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Essas potências se rivalizaram e disputaram, na segunda metade do século XX, a hegemonia global. Essa disputa nunca proporcionou um enfretamento direto entre o exército soviético e o exército estadunidense, motivo pelo qual essa tensão ficou conhecida como Guerra Fria. No entanto, em alguns momentos, a Guerra Fria quase se tornou um enfrentamento direto entre estadunidenses e soviéticos.    Um desses momentos foi  
  19. 19. UFJF 2014
    Em 2014 a queda do Muro de Berlim completa 25 anos. Foi um fato marcante e simbólico para a geopolítica mundial, largamente debatido nos meios acadêmicos e representado também pelas artes. Um dos filmes produzidos sobre o tema, em 2003 na Alemanha, é “Adeus Lênin”, dirigido por Wolfgang Becker. Ele conta a estória da mãe de Alex Kerner, uma alemã que entrou em estado de coma em 1989 e não acompanhou as transformações que seu país sofreu. No verão de 1990 ela recobra a consciência, mas não pode sofrer emoções fortes. Alex tenta esconder da mãe a extinção do Partido Socialista Único, fazendo parecer que a Berlim Oriental ainda existe. A ilusão funciona por um bom tempo, mas chega o momento em que a verdade não poderá mais ser ocultada.   Essa verdade está relacionada
  20. 20. Espcex (Aman) 2016
    No período compreendido entre o fim da Segunda Guerra Mundial e o início da década de 1980, a União Soviética se consolidou como uma superpotência, polarizando com os Estados Unidos da América a disputa pela hegemonia mundial. (AZEVEDO e SERIACOPI, 2013).   Dentro do bloco comunista a insatisfação aumentava cada vez mais, sobretudo nos países do Leste Europeu. Na Polônia , operários do estaleiro de Gdansk organizaram o sindicato Solidariedade, liderados por Lech Walesa.     Sobre o sindicato Solidariedade, no período assinalado, podemos afirmar que
  21. 21. Espcex (Aman) 2015
    Após cerca de 3 (três) anos de intensos combates e milhões de baixas, em julho de 1953, foi assinado o Armistício de Pan-munjom, que confirmou a divisão da Coreia.   Leia as afirmações abaixo.   I – O Armistício de Pan-munjom, selou a paz definitiva entre as duas Coreias e os Estados Unidos.   II – O conflito iniciou-se com um ataque surpresa de tropas da República Popular da Coreia, ao vizinho do sul, em junho de 1950.   III – O Armistício de Pan-munjom acirrou as diferenças ideológicas entre os Estados Unidos (capitalista) e a União Soviética (socialista), dando início à Guerra Fria.   IV – Durante o conflito, o Conselho de Segurança da ONU autorizou o envio de tropas internacionais para a região, sob o comando do general estadunidense Douglas MacArthur.   Estão corretas
  22. 22. PUC-CAMPINAS 2015
    Todos os romances de Graciliano Ramos são tentativas de destruição: tentativas de “acabar com a minha memória”, tentativas de dissolver as recordações pelos “estranhos hiatos” dum sonho angustiado. Surge o clichê de que Graciliano teria sido, na mocidade, um “sertanejo culto”: e sugere aos críticos a ideia de que o romancista está furioso contra o ambiente selvagem de seu passado. Mas não é assim. Não é o sertão o culpado: Vidas secas é o seu romance relativamente mais sereno, relativamente mais otimista. O culpado é − superficialmente visto numa primeira aproximação − a cidade. O herói de Graciliano Ramos é o sertanejo desenraizado, levado do mundo primitivo para o mundo do movimento. Em São Bernardo, o fazendeiro Paulo Honório consegue seu objetivo e, contudo, é uma vida malograda. Por quê? Porque seu criador quer mais que terra, casa, dinheiro, mulher. Quer realmente voltar aos avós. Voltar à imobilidade, à estabilidade do mundo primitivo. (Adaptado de: CARPEAUX, Otto Maria. Visão de Graciliano Ramos. Apresentação a Angústia. Rio de Janeiro: Martins, 1970, 12. ed., p. 14)     A valorização da tecnologia, do contínuo desenvolvimento do progresso, em oposição ao atraso, à imobilidade, fez parte da propaganda política das potências que encabeçaram a Guerra Fria.   Dentre as diversas formas de disputa e de afirmação da superioridade militar e tecnológica de cada uma das potências em questão, podemos citar,
  23. 23. UNAMA 2014
    Na corrida para conseguir mais aliados, os EUA tomaram consciência de seu poder e de sua responsabilidade de garantir a permanência e o funcionamento do capitalismo mundial. No início de 1947, os EUA suspenderam a desmobilização de suas tropas e começaram o rearmamento. Em 12 de março de 1947, o presidente Harry Truman discursou ante o Congresso Nacional, assumindo o compromisso de liderar o mundo capitalista, originando a Doutrina Truman.   Sobre a Doutrina Truman é correto afirmar que
  24. 24. UNAMA 2014
    Ao término da 2ª Guerra Mundial, uma nova potência toma lugar ao lado dos Estados Unidos, a União Soviética, que adota postulados socialistas. Este novo fato gera um conflito de amplas proporções, que se convencionou chamar “Guerra Fria”. A expressão “Guerra Fria” se fundamentava na seguinte premissa
  25. 25. UNAMA 2013
    A Guerra Fria foi marcada por vários episódios, dentre os quais, a guerra da Coreia. Sobre a Guerra da Coreia é correto afirmar que
  26. 26. UNAMA 2008
    Na noite de 22 de outubro de 1962, o Presidente Kennedy se dirigiu ao seu país e ao mundo inteiro em uma mensagem transmitida por rádio e televisão. Sua breve mensagem expressou que o governo norte-mericano estabelecia uma estreita vigilância sobre os movimentos militares soviéticos , em Cuba. Em conseqüência , os dirigentes soviéticos avisavam que a política de sua nação seria considerar qualquer ataque nuclear americano a Cuba como um ataque à URSS. Era a famosa crise dos mísseis , caracterizada pelo contexto maior do (da):
  27. 27. UNAMA 2010
    O ano de 1989 foi repleto de mudanças. Na Romênia, o ditador comunista foi preso, julgado, condenado e executado por genocídio, apropriação de bens públicos e danos à economia nacional. Na Tchecoslováquia, manifestações populares levaram à queda do regime comunista. Já na Alemanha Oriental, os protestos foram tão intensos que acabaram por destruir o antigo muro que separava a Alemanha comunista da capitalista. Todos estes episódios fizeram parte de um movimento maior definido pelo (a):
  28. 28. UNAMA 2010
    Em fevereiro de 2009, a rede de televisão BBC anunciava que dois satélites tinham colidido no espaço e a manchete era:   “Flashback da Guerra Fria: satélites da Rússia e dos EUA colidem no espaço”. www.culturaebarbarie.org/.../02/flashback-guerra-fria.html Acesso 06/05/2010   O que justifica esta manchete do flashback ou do retorno à Guerra Fria é que esta guerra foi uma disputa entre americanos e russos na qual estes países
  29. 29. UNAMA 2011
    “Gerações inteiras se criaram à sombra de batalhas nucleares globais que, acreditava-se firmemente, podiam estourar a qualquer momento e devastar a humanidade. Na verdade, mesmo os que não acreditavam que qualquer um dos lados pretendia atacar o outro, achavam difícil não ser pessimista [...] Não aconteceu mas por cerca de quarenta anos, pareceu uma possibilidade diária”. HOBSBAWM,Eric. Era dos extremos. São Paulo. Companhia das Letras, 1995, p.224)   Sobre a Guerra Fria, é correto afirmar que
  30. 30. UFV 2012
    O fenômeno da fragmentação e da unificação territorial, característico do processo de globalização, tem se manifestado em algumas regiões do planeta com mais intensidade.   Sobre o processo de fragmentação e unificação dos territórios nacionais, é CORRETO afirmar que
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login