0.5x 1x 1.5x 2x
História

Guerra Fria - ONU

Prof. Dimas timer 07:33

Nesta videoaula você irá estudar a criação da Organização das Nações Unidas, a ONU. Verá que ela foi fundada em 1945, com sede em Nova Iorque. Entre seus principais objetivos estão arbitrar conflitos, manter a paz e contribuir para o crescimento econômico e social. Aprenderá também qual a estrutura dessa importante organização, composta por uma assembleia geral, secretariado e corte internacional. Por fim, entenderá como funciona seu Conselho de Segurança.

Olá, vamos falar agora de uma nova era, de uma era marcada pela tensão, pela apreensão, por ameaças, tanto da superpotência capitalista dos Estados Unidos quanto da superpotência socialista, a União Soviética. Um período em que a humanidade esteve, algumas vezes, à beira de uma hecatombe nuclear. É a Guerra Fria. Começa justamente com o término da Segunda Guerra Mundial com as duas bombas atômicas lançadas sobre Hiroshima em 6 de agosto 1945 e Nagasaki em 9 de agosto 1945, e vai até o colapso da União Soviética em 1991. Ora, mas antes de falarmos deste conflito político militar indireto entre essas duas grandes superpotências e também deste conflito ideológico entre o capitalismo e o socialismo, vamos falar de um organismo supranacional criado pelas nações para manter a paz no mundo, para evitar que um novo conflito de grandes proporções como a Segunda Guerra Mundial, que deixou um saldo de aproximadamente 60 milhões de mortos, não se repita. Trata-se da ONU, a Organização das Nações Unidas. Fundada em 1945 na Conferência de São Francisco nos Estados Unidos, a ONU, com sede em Nova Iorque, tem como objetivos arbitrar conflitos, então em casos de guerras civis ou então de guerras localizadas em uma determinada região entre países vizinhos, o papel da ONU é arbitrar esse conflito. Além disso, a ONU também deve zelar pela paz no planeta e promover o desenvolvimento econômico e social das nações, principalmente auxiliando as nações mais pobres. A ONU é estruturada da seguinte forma: ela tem a assembleia geral, assembleia geral em que praticamente todos os países do mundo têm lugar. Temos o secretariado, que cuida dos assuntos burocráticos, da organização, por exemplo, das assembleias. Temos a Corte Internacional de Justiça, que vai dentre outras coisas, julgar crimes contra a humanidade, crimes de guerra, por exemplo. E temos um órgão teoricamente mais importante ou, pelo menos, teoricamente o mais poderoso, que é o Conselho de Segurança. Conselho de Segurança que é formado por quinze países-membros e desses quinze países-membros, nós temos dez que tem cadeira rotativa, a cada dois anos ocorrem mudanças, há uma troca, e temos cinco países-membros que são permanentes, tem cadeira cativa no Conselho de Segurança e têm poder de veto. Estados Unidos, Inglaterra, França, Rússia (à época, União Soviética) e China. Ora, o que significa isso? Que qualquer decisão, por exemplo, sobre intervenção ou não no conflito, numa guerra civil, terá que ter, no caso, a unanimidade. Se uma das nações vetar essa intervenção militar, ela não poderá acontecer. Mas, infelizmente, nem sempre esta cláusula é respeitada. Nós tivemos alguns momentos da história em que, por exemplo, os Estados Unidos na 'Guerra do Iraque'. Algumas ações do Conselho de Segurança foram contra, vetaram. É o caso da China, é o caso da Rússia, mas os americanos não se importaram e decidiram invadir o Iraque assim mesmo, alegando que o país tivesse armas, que o país tinha armas de destruição em massa, alegando que era necessário derrubar o ditador Saddam Hussein, quando na verdade hoje se sabe que os iraquianos estavam longe de ter algum tipo de arma de destruição em massa. Ora, a ONU também é composta pelas chamadas agências especializadas, que vão promover o desenvolvimento econômico, social, e cultural, ou pelo menos têm este objetivo. É o caso da FAO, responsável pelos assuntos de agricultura, pelo combate à fome no mundo. Nós temos a Organização Mundial da Saúde, a OMS, dentre outras das suas funções está, por exemplo, o combate a epidemias, evitar que essas epidemias se transformem em pandemias. É o caso, por exemplo, hoje, do ebola. Temos a Organização Internacional do Trabalho, que tem dentre suas funções, combater o trabalho escravo e combater, por exemplo, o trabalho infantil. Temos a Organização Mundial do Comércio, que vai também tentar estabelecer alguma ordem nas relações entre as nações, evitar que determinadas medidas econômicas de países venham a prejudicar o comércio internacional, tentar coibir algumas medidas, digamos, de caráter protecionista. Temos também a UNESCO. A UNESCO que terá como papel, preservar ou ajudar na preservação do patrimônio histórico da humanidade, patrimônio que pode ser material ou imaterial. Temos a UNICEF, cuja a especialidade é a criança, tratar dos assuntos referentes às crianças no mundo todo. E o Fundo Monetário Internacional, o FMI, que tem como papel oferecer ajuda financeira a nações em desenvolvimento ou nações pobres, mas essa instituição nos últimos anos vem sendo muito criticada porque ao emprestar dinheiro aos países pobres, muitas vezes obriga esses países a seguirem as suas determinações, a sua chamada 'cartilha' e nem sempre essas determinações são apropriadas, são... digamos... benéficas para as nações. Ok? É isso aí!

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login