Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Período Regencial dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 61

    FUVEST 1994

    "Sabinada", na Bahia; "Balaiada", no Maranhão; e "Farroupilha", no Rio Grande do Sul, foram algumas das lutas que ocorreram no Brasil em um período caracterizado:

  2. 62

    UNIMONTES 2012

    “Quanto mais examinamos o universo, mais nos sentimos levados a crer que o mal vem de uma certa divisão que não sabemos explicar, e que o retorno do bem depende de uma força contrária, que nos impele sem cessar a uma certa unidade” (Joseph de Maistre apud OLIVEIRA, Isabel Cristiane Gomes de. Em Defesa Da Ordem, Unidade e Centralização: o partido conservador imperial na primeira metade dos Oitocentos) Entre as razões que explicam a grande repercussão, no Brasil, da ideia presente no pensamento de Maistre, durante o Período Regencial, é INCORRETO afirmar que

  3. 63

    UFF 2009

    “Fui liberal; então a liberdade era nova no país, estava nas aspirações de todos, mas não nas leis, não nas ideias práticas; o poder era tudo: fui liberal. Hoje, porém, é diverso o aspecto da sociedade: os princípios democráticos tudo ganharam e muito comprometeram; a sociedade que então corria risco pelo poder, corre agora risco pela desordem e pela anarquia. Como então quis, quero hoje servi-la, quero salvá-la, e por isso sou regressista. Não sou trânsfuga, não abandono a causa que defendi, no dia do seu perigo, de sua fraqueza: deixo-a no dia em que tão seguro é o seu triunfo que até o excesso a compromete. [...] Os perigos da sociedade variam, o vento das tempestades nem sempre é o mesmo: como há de o político, cego e imutável, servir o seu país?" (Apud José Murilo de Carvalho. “Introdução”. In: Carvalho, J. M. (org). Bernardo Pereira de Vasconcelos)     O período compreendido entre 1831 e 1850, que engloba a Regência e os dez primeiros anos do governo pessoal do segundo imperador brasileiro, foi marcado por mudanças e permanências no país, firmando as bases do apogeu do Império. Pode-se afirmar sobre este processo que:   I - o  Ato Adicional, que alterou a Constituição de 1824, foi um acordo entre as principais forças políticas do país, com vantagem para os liberais moderados, expresso na criação das Assembléias Legislativas Provinciais, o que permitia certo grau de descentralização, e na supressão do Conselho de Estado, mantendo-se o poder Moderador e o Senado vitalício;   II - a consolidação do Império, ocorrida no período, representou a vitória dos chamados liberais exaltados, reunidos na Sociedade Federal ,  uma vez que ocuparam  rapidamente o governo e  impuseram a monarquia centralizada, contrariando os interesses de moderados e restauradores;   III - a consolidação política do Império significou a vitória dos grupos proprietários de diversas regiões, mas se  baseou principalmente na riqueza gerada pela expansão cafeeira, que permitiu superar a crise econômica;   IV - a vitória política dos liberais se expressa na promulgação da Lei Eusébio de Queirós, de 4 de setembro de 1850, a segunda a determinar a extinção do tráfico negreiro para o Brasil, pois o combate à continuidade da exploração do trabalho escravo foi o elemento que marcava a distinção entre liberais e conservadores.   Assinale a opção correta.  

  4. 64

    UNIR 2010

    Camaradas! Nós, que compomos a 1ª brigada do exército liberal, devemos ser os primeiros a proclamar, como proclamamos, a independência desta província, a qual fica desligada das demais do império, e forma um estado livre e independente, com o título de República rio-grandense, e cujo manifesto às nações civilizadas se fará competentemente. (Mensagem de um comandante das tropas republicanas gaúchas enviada em 11 de set. de 1836 aos seus soldados. Citado por SPALDING, Walter. A revolução Farroupilha. São Paulo: Cia. Ed. Nacional, 1943, pp.190-1.)   Sobre a Revolução Farroupilha, assinale a afirmativa correta.

  5. 65

    UNAMA 2011

    Domingos Antônio Raiol, o Barão de Guajará, foi o primeiro autor a escrever sobre a “Cabanagem”, e na sua obra a identifica como um (a)

  6. 66

    UFRGS 2014

    Durante a regência de Araújo Lima (1837- 1840), foram criadas algumas instituições político-culturais, com o objetivo de produzir uma história da nação, que conferisse aos brasileiros um sentimento de pertencimento e de nacionalidade, e assim de auxiliar na centralização e fortalecimento do Estado.   Uma dessas instituições foi

  7. 67

    UNIOESTE 2011

    Do ponto de vista político, a fase das regências pode ser dividida em dois momentos distintos: o primeiro compreendeu o período entre 1831 e 1836 e ficou conhecido pela expressão “avanço liberal”; o segundo, entre 1837 e 1840, ficou conhecido pela expressão “maré regressista” ou regresso conservador. MARQUES, Adhemar. História. Curitiba: Positivo, 2005, p. 190. A aprovação do Ato Adicional (1834) está entre as principais medidas do governo da Regência Trina Permanente (1831-1835). Entre as principais medidas do Ato Adicional, destacaram-se: I. Supressão do Conselho de Estado e do Poder Moderador a ele atribuído. II. As Assembleias Legislativas Provinciais foram substituídas pelos Conselhos Gerais, estabelecendo-se eleições indiretas para os presidentes das províncias. III. A cidade do Rio de Janeiro foi separada da província do Rio de janeiro, em função de seus status especial de capital do Império; IV. A Regência Trina Provisória foi substituída pela Regência Trina Permanente. V. Ele confirmou uma tendência descentralizadora, uma vez que as concessões que se faziam às províncias eram de fato significativas. Assinale a alternativa que enumera as afirmações corretas.

  8. 68

    ENEM 2010

    Após a abdicação de D. Pedro I, o Brasil atravessou um período marcado por inúmeras crises: as diversas forças políticas lutavam pelo poder e as reivindicações populares eram por melhores condições de vida e pelo direito de participação na vida política do país. Os conflitos representavam também o protesto contra a centralização do governo. Nesse período, ocorreu também a expansão da cultura cafeeira e o surgimento do poderoso grupo dos "barões do café", para o qual era fundamental a manutenção da escravidão e do tráfico negreiro.    O contexto do Período Regencial foi marcado

  9. 69

    UPF 2015

    Analise o fragmento a seguir.   “No Brasil, nos anos seguintes à Abdicação, em 7 de abril de 1831, os liberais federalistas promoveram movimentos políticos e armados no Ceará (1831-1832), em Pernambuco (1831-1835), em Minas Gerais (1833-1835), na Bahia (1837-1838), no Grão-Pará (1835-1840), no Maranhão (1838-1841) e no Mato Grosso (1834). Com a intervenção das camadas sociais subalternizadas livres e escravizadas, alguns desses movimentos ganharam forte conteúdo social, como a Balaiada (1838-1841), no Maranhão, e a Cabanagem (1835-1836), no Grão-Pará.”   (MAESTRI, Mário. Breve História do Rio Grande do Sul. Passo Fundo: Editora Universidade de Passo Fundo, 2010. Adaptado)     O Rio Grande do Sul se inseriu nesse contexto de revoltas quando eclodiu a chamada Revolução Farroupilha (1835-1845). Sobre essa guerra, considere as afirmações a seguir.   I. Constitui associação ingênua deduzir que o qualificativo “farroupilha” provém de “farrapo”, condição em que estariam as vestimentas dos soldados republicanos nos momentos finais do conflito. A denominação deveu-se ao fato de que, no Brasil, os liberais exaltados eram conhecidos como “farroupilhas”, isto é, como revolucionários, razão pela qual o movimento passou à história como Revolução Farroupilha.   II. O projeto de Constituição da República Rio-Grandense inspirava-se na Carta estadunidense, que assegurava os direitos aos cidadãos livres e desconhecia os dos trabalhadores escravizados.   III. O então barão de Caxias, prestigiado pela repressão da Balaiada, no Maranhão, assumiu a chefia da província e das tropas do Império. Nas cidades, Caxias distribuía carne à população e contratava o serviço das famílias pobres para costurar fardamentos para as tropas imperiais, em uma clara política de conquista da simpatia dos sul-rio-grandenses livres.   IV. Os farroupilhas propuseram a reorganização dos latifúndios por meio de projeto de reforma agrária, o qual consistia na distribuição de lotes para os escravos que haviam lutado em suas fileiras e para os imigrantes que os haviam apoiado. Em resumo, defendiam a justiça social. Essa postura é comemorada até hoje nos desfiles do Dia do Gaúcho, que ocorrem, anualmente, em 20 de setembro.     Está correto o que se afirma em: 

  10. 70

    UEA 2003

    Assinale a alternativa que situa corretamente o movimento cabano na crise da Regência. 

  11. 71

    UFAM 2006

    Com relação ao movimento da Cabanagem ocorrido no Amazonas é incorreto afirmar que: 

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos