Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de República das Oligarquias

Voltar para República das Oligarquias

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de República das Oligarquias dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. PUC-RS 2008
    Em 1894, no Brasil, a transferência do poder dos militares para os civis marcou o nascimento da República Oligárquica. As principais características políticas dessa República (1894-1930) são: - a política __________, com alternância de mineiros e paulistas no poder federal; - o voto __________, característico do poder dos oligarcas; - o grande poder exercido pelas oligarquias rurais, conhecido como __________.
  2. 2. FATEC 2012
    Entre as principais características do modelo político adotado no Brasil durante a República Velha (1889-1930), destacaram-se
  3. 3. ENEM 2011
    Completamente analfabeto, ou quase, sem assistência médica, não lendo jornais, nem revistas, nas quais se limita a ver figuras, o trabalhador rural, a não ser em casos esporádicos, tem o patrão na conta de benfeitor. No plano político, ele luta com o "coronel" e pelo "coronel". Aí estão os votos de cabresto, que resultam, em grande parte, da nossa organização econômica rural. LEAL, V. N. Coronelismo, enxada e voto. São Paulo: Alfa-Ômega, 1978 (adaptado). O coronelismo, fenômeno político da Primeira República (1889-1930), tinha como uma de suas principais características o controle do voto, o que limitava, portanto, o exercício da cidadania. Nesse período, esta pratica estava vinculada a uma estrutura social
  4. 4. UNICAMP 2011
    A denominação de república oligárquica é frequentemente atribuída aos primeiros 40 anos da República no Brasil. Coronelismo, oligarquia e politica dos governadores fazem parte do vocabulário politico necessário ao entendimento desse período. (Adaptado de Maria Efigênia Lage de Resende, “O processo político na Primeira República e o liberalismo oligárquico", em Jorge Ferreira e Lucilia de Almeida Neves Delgado (orgs.), O tempo do liberalismo excludente - da Proclamação da República a Revolução de 1930. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006, p. 91.) Relacionando os termos do enunciado, a chamada "república oligárquica" pode ser explicada da seguinte maneira:
  5. 5. PUC-RJ 2014
    "É de lá [dos estados] que se governa a República, por cima das multidões que tumultuam, agitadas, nas ruas da capital da União. A politica dos estados [...] é a politica nacional." SALES, Manoel Ferraz Campos. Da propaganda a presidência, 1908). A partir do diagnóstico acima, o presidente Campos Sales (1898-1902) criou a "Política dos Governadores", esquema político que deu ao país uma estabilidade de configuração oligárquica. Assinale a opção que resume o funcionamento daquela política.
  6. 6. ENEM 2010
    Para os amigos pão, para os inimigos pau; aos amigos se faz justiça, aos inimigos aplica-se a lei. LEAL, V. N. Coronelismo, enxada e voto. São Paulo: Alfa Omega. Esse discurso, típico do contexto histórico da República Velha e usado por chefes políticos, expressa uma realidade caracterizada
  7. 7. ENEM 2013
    Nos estados, entretanto, se instalavam as oligarquias, de cujo perigo já nos advertia Saint-Hilaire, e sob o disfarce do que se chamou "a politica dos governadores". Em círculos concêntricos esse sistema vem cumular no próprio poder central que é o sol do nosso sistema. PRADO, P. Retrato do Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio, 1972. A crítica presente no texto remete ao acordo que fundamentou o regime republicano brasileiro durante as três primeiras décadas do seculo XX e fortaleceu o(a) 
  8. 8. ENEM 2011
    Até que ponto, a partir de posturas e interesses diversos, as oligarquias paulista e mineira dominaram a cena politica nacional na Primeira República? A união de ambas foi um traço fundamental, mas que não conta toda a história do período. A união foi feita com a preponderância de uma ou de outra das duas frações. Com o tempo, surgiram as discussões e um grande desacerto final. FAUSTO, B. História do Brasil. São Paulo: EdUSP, 2004 (adaptado). A imagem de um bem-sucedido acordo café com leite entre São Paulo e Minas, um acordo de alternância de presidência entre os dois estados, não passa de uma idealização de um processo muito mais caótico e cheio de conflitos. Profundas divergências politicas colocavam-nos em confronto por causa de diferentes graus de envolvimento no comércio exterior. TOPIK, S. A presença do estado na economia política do Brasil de 1889 a 1930. Rio de Janeiro: Record, 1989 (adaptado). Para a caracterização do processo político durante a Primeira República, utiliza-se com frequência a expressão Política do Café com Leite. No entanto, os textos apresentam a seguinte ressalva a sua utilização:
  9. 9. UPF 2012
    A República Velha (1889-1930) no Brasil teve na chamada "Política dos Governadores" um dos seus elementos mais caracterizadores. O objetivo desta política era:
  10. 10. Espcex (Aman) 2015
    Durante o período conhecido por "República Velha", para assegurar a manutenção do controle das oligarquias sobre a vida política do país foi criada pelo(a)(s)
  11. 11. ENEM 2018
    Rodrigo havia sido indicado pela oposição para fiscal duma das mesas eleitorais. Pôs o revólver na cintura, uma caixa de balas no bolso e encaminhou-se para seu posto. A chamada dos eleitores começou às sete da manhã. Plantados junto da porta, os capangas do Trindade ofereciam cédulas com o nome dos candidatos oficiais a todos os eleitores que entravam. Estes, em sua  quase totalidade, tomavam docilmente dos papeluchos e depositavam-nos na urna, depois de assinar a autêntica. Os que se recusavam a isso tinham seus nomes acintosamente anotados. VERISSIMO, E. O tempo e o vento. São Paulo: Globo, 2003 (adaptado)   Erico Veríssimo tematiza em obra ficcional o seguinte aspecto característico da vida política durante a Primeira República:
  12. 12. UECE 2016
    O final dos anos 1920 e o início dos anos 1930 foram marcados por uma crise financeira generalizada, agravada pela quebra da bolsa de Nova York, que, no Brasil, afetou mais fortemente a
  13. 13. FCMS-JF 2011
    Concebendo a “cultura” no sentido de Gilberto Freyre - como expressão global da vida política e do espírito, social e individual, vital e humana, pode-se dizer que José Lins do Rego é a expressão literária da cultura da sua terra; é mais da terra que dos livros. É a consciência literária da casa-grande e da senzala, dos senhores de engenho e dos pretos, dos bacharéis e dos moleques, de todo um mundo agonizante. Foi ontem, isso? Ou é ainda hoje assim, ou vive apenas na sua memória incomparável? Otto Maria Carpeaux. O brasileiríssimo José Lins do Rego. Prefácio a “Fogo morto” A questão do mandonismo político local no Brasil se originou no período colonial e após a Proclamação da República tomou a forma do “coronelismo”, marcado por características como:
  14. 14. UNEMAT 2007
    O crescimento urbano, na passagem do século XIX para o XX no Brasil, atraiu para a nascente indústria grande número de trabalhadores.   Sobre os movimentos reivindicatórios dos operários neste período, assinale alternativa CORRETA.
  15. 15. ENEM CANCELADO 2009
    A figura do coronel era muito comum durante os anos iniciais da República, principalmente nas regiões do interior do Brasil. Normalmente, tratava-se de grandes fazendeiros que utilizavam seu poder para formar uma rede de clientes políticos e garantir resultados de eleições. Era usado o voto de cabresto, por meio do qual o coronel obrigava os eleitores de seu “curral eleitoral” a votarem nos candidatos apoiados por ele. Como o voto era aberto, os eleitores eram pressionados e fiscalizados por capangas, para que votassem de acordo com os interesses do coronel. Mas recorria-se também a outras estratégias, como compra de votos, eleitores-fantasma, troca de favores, fraudes na apuração dos escrutínios e violência. Disponível em: http://www.historiadobrasil.net/republica. Acesso em: 12 dez. 2008 (adaptado).   Com relação ao processo democrático do período registrado no texto, é possível afirmar que
  16. 16. UNEMAT 2011
    Durante a Primeira República no Brasil (1889 - 1930), as práticas políticas assentadas no denominado sistema coronelista estiveram muito presentes em relação às características do coronelismo.   Assinale a alternativa correta.
  17. 17. UFMS 2008
    Desde o final de 2007, uma série de casos de febre amarela levou a população, sem informações sobre a doença, a sair em busca de vacinas. Junto às notícias sobre algumas mortes ocorridas em razão da vacinação imprópria, a imprensa nacional traçou paralelos entre essa corrida aos postos de saúde e os acontecimentos ocorridos no Rio de Janeiro no início do século XX. Sobre o acontecimento que se relaciona com a corrida aos postos de saúde em 2007, assinale a alternativa correta.
  18. 18. UNICENTRO 2006
    “Ao longo da Primeira República os movimentos sociais de trabalhadores ganharam certo ímpeto, tanto no campo quanto nas cidades. No primeiro caso eles podem ser divididos em três grandes grupos: 1º - os que combinaram conteúdo religioso com carência social; 2º - os que combinaram conteúdo religioso com reivindicação social; 3º - os que expressaram reivindicações sociais sem conteúdo religioso”. (FAUSTO, Boris. História Concisa do Brasil. São Paulo: USP, 2001. p. 166.)   Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, assinale a alternativa que contempla, respectivamente, exemplos dos três grupos referidos pelo autor.
  19. 19. FAAP 1996
    Iniciado por holandeses e ingleses, o povoamento consolida-se com os portugueses. Em 1835, é palco do movimento popular da Cabanagem. A economia fica estagnada até o fim do século XIX. O crescimento é retomado com o ciclo da borracha e continua com a produção de madeira e castanha.   Os acontecimentos descritos aconteceram em qual estado brasileiro?
  20. 20. UNEMAT 2012
    No mês de fevereiro de 1922, o imponente Teatro Municipal de São Paulo foi palco de um evento, que mudaria o caminho futuro das artes no Brasil. Sob vaias e assobios generalizados, um grupo de jovens artistas e intelectuais divulgou suas novas ideias.   De que se tratava essas novas ideias? 
  21. 21. UERJ 2012
    Cheio de apreensões e receios despontou o dia de ontem, 14 de novembro de 1904. Muito cedo tiveram início os tumultos e depredações. Foi grande o tiroteio que se travou. Estavam formadas em toda a rua do Regente, estreita e cheia de casas velhas, grandes e fortes barricadas feitas de montões de pedras, sacos de areia, bondes virados, postes e pedaços de madeira arrancados às casas e às obras da avenida Passos. Jornal do Comércio, 15/11/1904  Adaptado de Nosso Século (1900-1910). São Paulo: Abril Cultural, 1980.     O progresso envaidecera a cidade vestida de novo, principalmente inundada de claridade, com jornais nervosos que a convenciam de ser a mais bela do mundo. Era a transição da cidade doente para a maravilhosa. PEDRO CALMON (historiador / 1902-1985) Adaptado de Nosso Século (1900-1910). São Paulo: Abril Cultural, 1980.     Os textos referem-se aos efeitos da gestão do prefeito Pereira Passos (1902-1906), momento em que a cidade do Rio de Janeiro passou por uma de suas mais importantes reformas urbanas. Uma intervenção de destaque foi a abertura da avenida Central, hoje avenida Rio Branco, provocando não só elogios, como também conflitos sociais.   A principal motivação para esses conflitos esteve relacionada à:
  22. 22. UNEMAT 2010
    Euclides da Cunha, ao editar em 1902 a obra Os Sertões, tratou de um movimento social de natureza religiosa denominado:
  23. 23. UEMG 2016
    “Do boulevard 28 de setembro, onde diariamente pegava o bonde que me levava à praça XV, indo dali a pé até a Esplanada do Castelo, para a Faculdade Nacional de Filosofia, onde estudava, demorava cerca de uma hora. Mas a distância cultural entre os dois mundos, o do samba boêmio e o daquele templo do alto saber, era menor do que se poderia supor. Graças (...) a poesia de Noel ...” VENTURA, 2012, p.124.     Noel Rosa, o Noel da Vila, nasceu em 1910 e faleceu em 1937, na cidade do Rio de Janeiro, em decorrência de vários problemas de saúde.   Nas primeiras décadas do século XX, a capital do Brasil, cidade em que nasceu Noel Rosa, vivenciou uma série de transformações na(s) qual(is) se destaca(m)
  24. 24. ENEM PPL 2010
    O mestre sala dos mares Há muito tempo nas águas da Guanabara O dragão do mar reapareceu Na figura de um bravo marinheiro A quem a história não esqueceu Conhecido como o almirante negro Tinha a dignidade de um mestre-sala E ao navegar pelo mar com seu bloco de fragatas Foi saudado no porto pelas mocinhas francesas Jovens polacas e por batalhões de mulatas Rubras cascatas jorravam nas costas dos negros pelas pontas das chibatas... BLANC, A.; BOSCO, J. O mestre sala dos mares. Disponível em: www.usinadeletras.com.br. Acesso em: 19 jan. 2009. Na história brasileira, a chamada Revolta da Chibata, liderada por João Cândido, e descrita na música, foi
  25. 25. UEMA 2008
    Há muito tempo, Nas águas da Guanabara, O dragão do mar reapareceu, Na figura de um bravo feiticeiro A quem a história não esqueceu [...] Salve, o navegante negro Que tem por monumento As pedras pisadas do cais. João Bosco & Aldir Blanc. O mestre-sala dos mares.   A que movimento ocorrido no início do século XX o trecho da música se refere?
  26. 26. FAMERP 2017
    “A questão social é um caso de polícia” — esta frase, atribuída a Washington Luís, presidente da República de 1926 até a sua deposição em 1930, é geralmente apontada como o sintoma de como as questões relativas ao trabalho (a “questão social”) eram descuidadas pelo Estado, durante o período da chamada República Velha (1889-1930). (Kazumi Munakata. A legislação trabalhista no Brasil, 1984.) A associação da frase de Washington Luís a um “sintoma” característico da Primeira República brasileira pode ser exemplificada pela
  27. 27. UNEMAT 2010
    O texto abaixo remete aos termos de um importante acordo político formulado no Brasil.   Leia-o.   “[...] reduzir ao máximo as disputas políticas no âmbito de cada Estado, prestigiando grupos mais fortes; chegar a um acordo básico entre a união e os Estados; pôr fim à hostilidade existente entre Executivo e Legislativo, domesticando a escolha de deputados. O governo central sustentaria assim os grupos dominantes nos Estados, enquanto estes, em troca, apoiariam a política do presidente da República”. (FAUSTO, Boris. História do Brasil. 1997, p. 259.)   Acerca do período da história republicana em que foi acordado o referido entendimento, assinale a alternativa correta.
  28. 28. UNIMONTES 2013
    O Coronelismo é um fenômeno político brasileiro típico da República Velha porque
  29. 29. UNICENTRO 2014
    No início do período republicano no Brasil, rebeliões sociais ocorreram no território nacional e enfrentaram a nova organização política e socioeconômica. Sobre essas rebeliões, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o personagem histórico correspondente ao movimento social que denomina o processo histórico.
  30. 30. UFES 2009
    O mandorismo local esteve presente na sociedade brasileira desde o período colonial. Esse movimento adquiriu a forma de “coronelismo” após a proclamação da República e vinculou-se à existência
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login