Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Exercícios de Segundo Reinado

Voltar para Segundo Reinado

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Segundo Reinado dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 31. UFMG 1999
    Considerando-se a questão do acesso à terra no período imperial, pode-se inferir que a Lei de Terras de 1850 obrigava à
  2. 32. UFMG 1998
    Leia a frase. “Precisamos de braços (...) no intuito de aumentar a concorrência de trabalhadores e, mediante a lei da oferta e procura, diminuir o salário.”  (Fala de um deputado paulista, Anais da Câmara, 1888.) A frase acima pode se referir
  3. 33. UFMG 2009
    O Reinado de D. Pedro II foi marcado por ações que demonstravam o interesse da Monarquia em estimular o crescimento intelectual da nação. Considerando-se essa informação e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que, entre as principais ações nesse sentido, se destaca:
  4. 34. UECE 1996
    Assinale a opção que indica corretamente as principais correntes de pensamento que modelaram o movimento republicano no Brasil:
  5. 35. FEI
    "Na historiografia referente ao binômio abolicionismo-imigrantismo, a noção que assume o Oeste paulista é de importância capital. A designação de Oeste, quando se trata dessa etapa histórica da cafeicultura, tem como referência notória o Vale do Paraíba." (Beiguelman, Paula, A CRISE DO ESCRAVISMO E A GRANDE IMIGRAÇÃO).   O texto acima refere-se a:
  6. 36. FATEC
    "Majoritariamente desprovidos de posses, [os imigrantes europeus] situavam-se, por um lado, como substitutos dos escravos nas fazendas e como empregados nas novas áreas pós-escravistas, atendendo assim às demandas dos fazendeiros. Por outro lado, como europeus e católicos, não destoavam do bloco cultural e demográfico formado pela classe dominante imperial, confortando as perspectivas culturalistas da corrente civilizatória presente no aparelho do estado." (Luis F. de Alencastro e Maria L. Renaux, História da Vida Privada no Brasil vol. 2.)   O texto acima faz referência a duas correntes divergentes quanto ao rumo imigratório, em meados do século XIX, e ao futuro do destino brasileiro. Por trás dessas correntes, se encontram os interesses de
  7. 37. FATEC
    Leia as afirmações abaixo sobre o café brasileiro.    I. Entre os fatores que colaboraram para o fracasso do Sistema de Parceria , durante o Segundo Reinado, está a introdução de máquinas modernas e especializadas no cultivo do café, que fez com que grande parte dos trabalhadores fossem dispensados. II. O sistema de parceria expandiu-se rapidamente para o Oeste Paulista;nesse sistema cada família recebia um certo número de pés de café para cuidar, colher, semear, além de um lote de terra para cultivar, dividindo-se, ao final, a renda do café. III. Na organização da produção cafeeira utilizou-se, desde o início, a mão-de-obra livre do imigrante europeu. Destas afirmações está (ão) correta (s) apenas
  8. 38. PUC-MG
    No Brasil do século XIX, destaca-se uma política imigrantista, que visava atrair estrangeiros para povoar e colonizar os vazios demográficos permitindo a posse do território e a produção de riquezas. Sobre a política de imigração, assinale a afirmativa  CORRETA:  
  9. 39. PUC-SP
    A enorme visibilidade do poder era sem dúvida em parte devida à própria Monarquia com suas pompas, seus rituais, com o carisma da figura real. Mas era também fruto da centralização política do Estado. Havia quase unanimidade de opinião sobre o poder do Estado como sendo excessivo e opressor ou, pelo menos, inibidor da iniciativa pessoal, da liberdade individual. Mas (...) este poder era em boa parte ilusório. A burocracia do Estado era macrocefálica: tinha cabeça grande mas braços muito curtos. Agigantava-se na Corte mas não alcançava as municipalidades e mal atingia as províncias. (...) Daí a observação de que, apesar de suas limitações no que se referia à formulação e implementação de políticas, o governo passava a imagem do todo-poderoso, era visto como responsável por todo o bem e todo o mal do Império. (Carvalho, J. Murilo de. Teatro de Sombras. Rio de Janeiro, IUPERJ/ Vértice, 1988) O fragmento acima se refere ao Segundo Império brasileiro, controlado por D. Pedro II e ocorrido entre 1840 e 1889. Do ponto de vista político, o Segundo Império pode ser representado como:
  10. 40. UFES 2009
    Com a abolição da escravidão e com o desenvolvimento das plantações de café, o governo brasileiro incentivou a imigração estrangeira para o Brasil. A respeito das correntes migratórias, relacionadas a esse processo histórico de transição do trabalho escravo para o trabalho livre, é CORRETO afirmar que:
  11. 41. UFES 2009
    Como se sabe, a escravidão foi a primeira forma generalizada de relação de trabalho no campo brasileiro, e junto com ela também se desenvolveu o trabalho familiar camponês. Com o advento da expansão cafeeira, houve a passagem do trabalho escravo para o colonato e houve também, com a colonização oficial, a ocupação de parte das terras do Sul do país por trabalhadores camponeses. O avanço da industrialização e o crescimento urbano, por sua vez, criaram possibilidades históricas para o estabelecimento do trabalho assalariado (capitalista, portanto) no campo. OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. Agricultura brasileira. In: ROSS, Jurandyr Luciano Sanches (Org.).Geografia do Brasil. São Paulo: EDUSP/FDE, 1995. cap. 8, p. 495.   Sobre as medidas de caráter econômico e jurídico adotadas a partir da introdução do trabalho livre na cafeicultura brasileira, julgue como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações:   I. Houve incentivo a um novo surto imigratório, sobretudo para o oeste paulista. II. Houve transformação da terra em meio de produção, resultante do trabalho humano. III. Foi promulgada a lei que introduzia a compra da terra como forma de acesso a ela.   A seqüência CORRETA de respostas, de cima para baixo, é
  12. 42. PUC-RJ 2010
    Sobre a vinda de imigrantes ao Brasil, ocorrida durante a segunda metade do século XIX, estão corretas as afirmações abaixo, À EXCEÇÃO DE:
  13. 43. UFJF 2011
    O texto, abaixo, apresenta uma manifestação cultural de origem africana, que se tornou uma forma de resistência contra a escravidão. O berimbau, que servia para dar ritmo ao jogo, também servia para anunciar a chegada de um feitor, ou seja, a hora de transformar a luta em dança. O jogo (...) é acompanhado por instrumentos musicais, comandados pela figura máxima do berimbau, o qual dá o tom e comanda o ritmo para a execução das cantigas: cantos corridos ou ladainhas. Disponível em: Acesso em: 11 fev. 2011. Adaptado.  Essa manifestação cultural é
  14. 44. UEFS 2015
    Eleições, no Império, eram um acontecimento muito especial. Nesses dias sempre solenes, marcados por muita liturgia cívica, o mais modesto cidadão vestia sua melhor roupa, ou a menos surrada, e exibia até sapatos, peças do vestuário tão valorizadas entre aqueles que pouco tinham. Em contraste com essa maioria de gente nada refinada no trajar, destacava-se uma minoria sempre vestida com pompa e circunstância. Vestimentas de gala de autoridades civis, militares e eclesiásticas, roupas importadas — tudo do bom e do melhor compunha a indumentária de quem era mais que um cidadão qualquer e queria exibir em público essa sua privilegiada condição. Esse desfile de contrastes mostrava o que as eleições representavam: um momento de afirmação de hierarquias e distinções sociais. A estratificação ficava ainda mais visível nos direitos dos cidadãos brasileiros definidos na Constituição. (CAVANI, 2007, p. 56-57).   As diferentes hierarquias sociais referidas no texto se reproduziam no sistema eleitoral do Brasil Monárquico,
  15. 45. Espcex (Aman) 2016
    Pedro I abdicou do trono, em 1831, em favor de seu filho Pedro de Alcântara, iniciando-se no Brasil o Período Regencial. A partir de 1840 e durante todo o período imperial, a vida política do País passou a ser dominada pelos
  16. 46. UEL 2013
    No contexto histórico das transformações ocorridas no século XIX, que envolveram questões da identidade nacional e da política, no Brasil, após a abdicação de D. Pedro I, ocorreu uma grave crise institucional. As tentativas de superação por meio das Regências provocaram uma série de revoltas como a Sabinada (BA), a Balaiada (MA) e a Cabanagem (PA). A superação da crise, que coincidiu com o fim do período regencial, deveu-se à
  17. 47. UNIPAM 2013
    Joaquim Nabuco foi diplomata, político, jornalista, orador, poeta e memorialista. Em sua obra clássica O Abolicionismo, afirma: “Para nós a raça negra é um elemento de considerável importância nacional, estreitamente ligada por infinitas relações orgânicas à nossa constituição, parte integrante do povo brasileiro. Por outro lado, a emancipação não significa tão somente o termo da injustiça de que o escravo é mártir, mas também a eliminação simultânea dos dois tipos contrários, e no fundo os mesmos: o escravo e o senhor.” (NABUCO, Joaquim. O Abolicionismo. Recife: Massangana, 1988).   No que concerne à condição do negro na sociedade brasileira, é CORRETO afirmar:
  18. 48. UFTM 2012
    No Brasil, os anos que se seguiram à Independência foram marcados por crises políticas e revoltas em várias províncias. A situação ganhou novos rumos com o Golpe da Maioridade, que pode ser caracterizado como 
  19. 49. FCMS-JF 2015
    O Segundo Reinado no Brasil perdurou de 1840 a 1889, sob a condução de Dom Pedro II. Entre as características deste período, são verdadeiras as seguintes afirmações:
  20. 50. UNICENTRO 2010
    No século XIX a mão-de-obra escrava já não correspondia às demandas do mundo capitalista, por isso foi abolido nas colônias européias. Assinale a alternativa correta.
  21. 51. UNICENTRO 2013
    Leia, a seguir, um trecho de uma Carta Pastoral Coletiva, escrita em 1890: "Infelizmente, porém, é um fato: o Brasil não é mais uma potência católica! Que fazer nesse caso concreto, nesse novo regime, nesse novo modus vivendi que nos é imposto pela força das circunstâncias, no período perturbado e incerto que estamos atravessando?".   Considerando o documento histórico, assinale a alternativa correta.
  22. 52. UNIOESTE 2007
    A Guerra do Paraguai foi a mais longa, sanguinária e destrutiva das guerras que assolaram a América do Sul no século XIX. Iniciada em 1865, prolongou-se por cinco anos, terminando em 1870. Segundo Dionísio Cerqueira, um ex-combatente brasileiro: “Perdemos 100 mil dos nossos melhores irmãos, heróis ignorados; e quase consumamos o extermínio de um povo valoroso que soube defender heroicamente o solo sagrado de sua pátria.” (CERQUEIRA, D. Apud NADAI & NEVES, História do Brasil – 2º grau, São Paulo: Saraiva, 1995, p. 229). Sobre essa guerra, é correto afirmar:
  23. 53. PUC-CAMPINAS 2015
    “São Paulo, 13 de junho de 1929 Manu, três horas duma noite que além de ser noite de sábado, está de neblina formidável. Noite de sábado já é uma das coisas mais humanas de São Paulo, todos os húngaros, tchecos, búlgaros, sírios, austríacos, nordestinos saem passear (...)” (Carta de Mário de Andrade a Manuel Bandeira. In: MORAES, Marco Antonio (org). Correspondência. Mário de Andrade & Manuel Bandeira. São Paulo: EDUSP, 2001. p. 427)     A imigração de estrangeiros que se concentraram, sobretudo, nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, ocorreu de forma intensa no período
  24. 54. UNICENTRO 2009
    As raças superiores têm um direito perante as raças inferiores. Há para elas um direito porque há um dever para elas. As raças superiores têm o dever de civilizar as inferiores [...] Vós podeis negar, qualquer um pode negar que há mais justiça, mais ordem material e moral, mais equidade, mais virtudes sociais na África do Norte desde que a França a conquistou [28 de julho de 1885]? (MESGRAVIS, 2010, p. 38) As ideias contidas no texto tiveram grande repercussão, no Brasil,  
  25. 55. ENEM PPL 2013
    A cessação do tráfico lançou sobre a escravidão uma sentença definitiva. Mais cedo ou mais tarde estaria extinta, tanto mais quanto os índices de natalidade entre os escravos eram extremamente baixos e os de mortalidade, elevados. Era necessário melhorar as condições de vida da escravaria existente e, ao mesmo tempo, pensar numa outra solução para o problema da mão de obra. COSTA, E. V. Da Monarquia à República: momentos decisivos. São Paulo: Unesp, 2010. Em 1850, a Lei Eusébio de Queirós determinou a extinção do tráfico transatlântico de cativos e colocou em evidência o problema da falta de mão de obra para a lavoura. Para os cafeicultores paulistas, a medida que representou uma solução efetiva desse problema foi o (a)
  26. 56. UFG 2009
    A partir de 1850, houve um decréscimo significativo na importação de escravos no Brasil. Essa situação está relacionada
  27. 57. PUC-RS 2012
    A escravidão foi um dos grandes empecilhos para o desenvolvimento dos direitos civis no Brasil, pois negava a condição de humanidade para as pessoas consideradas escravas. Em 1888, finalmente, a escravidão foi abolida no país. É correto afirmar que a abolição da escravidão está associada
  28. 58. UFJF 2009
    Na segunda metade do século XIX e na primeira do século XX, a população brasileira tornou-se ainda mais diversificada do que antes. Além de brancos, índios, negros e mestiços, os imigrantes de diversas nacionalidades – especialmente alemães, italianos e japoneses - tornaram mais complexa a tarefa de construção da nação. Sobre esses fluxos migratórios e sua inserção na sociedade brasileira, é CORRETO afirmar que:
  29. 59. UNIMONTES 2014
    O documento papal que deu origem à Questão Religiosa no Brasil, de certa forma enfraquecendo a monarquia brasileira, na segunda metade do século XIX, foi:
  30. 60. UP 2015
    Em 1889 foi instalado no Brasil o regime republicano. A República no Brasil foi, em grande medida, obra da ação de alguns grupos sociais, com destaque para  
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login