0.5x 1x 1.5x 2x
Sociologia

O Conhecimento e a Ciência - O Conhecimento Humano

Prof. Braian timer 08:49

Nesta videoaula você irá estudar o conhecimento humano. Verá uma comparação entre o homem e alguns animais para entender como o conhecimento humano é perceptível e como ele se desenvolve. Verá também que a sociologia irá estudar as diversas culturas e entender que o animal se preocupa com sua reprodução e defesa, age por instinto e o homem quer aprender e conhecer.

Olá, eu sou o professor Braian e a gente vai começar um curso de sociologia. A aula de hoje é sobre o conhecimento humano, a sociologia como uma área de conhecimento. A gente vai ver justamente do que se trata a sociologia enquanto um conhecimento humano. Para isso, nós vamos comparar o próprio homem com alguns animais. Por exemplo, os animais, eles vivem na natureza, nascem, crescem, se reproduzem num ambiente natural, eles são obrigados a se defender, vivem em grupos e enfim, toda a vida de um animal é baseada nos instintos. O animal vive de maneira instintiva, quer dizer que ele está completamente adaptado ao meio, senão completamente, quase totalmente. Ele nasce já pronto para o meio no qual ele vive. Por exemplo, vamos ver um urso polar. O urso polar ele tem pelos, uma camada grande de pelos no corpo, ele tem um couro muito grosso que isola também a temperatura do meio externo, ele tem uma camada por dentro de gordura que o mantém aquecido, ou seja, ele nasce já pronto para aquele meio. O exemplo extremo, extremo oposto, pegamos por exemplo um camelo. Um camelo no meio do deserto, ele também está adaptado, ele consegue sobreviver a uma temperatura mais alta e a uma falta de água também. Já está pronto para isso. E o homem? Como será que seria o homem nesse meio? Ele tem uma vida instintiva? Tem, nós temos alguns instintos, porém nós não estamos adaptados ao meio, nós não nascemos prontos para lidar com a diversidade do meio ambiente, nós somos obrigados a aprender a lidar com o meio, nós somos obrigados a conhecer um meio no qual vivemos para daí poder sobreviver nele, por exemplo, vamos ver um homem na neve. Jamais um ser humano na sua natureza conseguiria viver na neve, porém se ele conhecer o meio no qual ele está, ele pode aprender a lidar com esse meio. Ou então, um homem no meio do deserto é a mesma coisa, no deserto nós não conseguiríamos sobreviver a extrema temperatura e à seca, mas nós conseguimos aprender a lidar com essa situação e, conhecendo o meio, nós conseguimos sobreviver, tanto que uma das culturas mais antigas do mundo são do deserto, ou seja, a sociologia vai estudar essa diversidade dos seres humanos nos seus meios e como isso acontece, porque uma criança quando nasce, não aprende isso, não tem isso com ela ao nascer. Ao nascer, uma criança é crua, ela é totalmente vulnerável ao meio no qual ela está e para ela se tornar um adulto é preciso que ela aprenda a viver, aprenda as normas sociais, aprenda a conviver em grupo, o que é feito através da ajuda de nós próprios adultos, que vamos ensinando a criança a conhecer o meio, a aprender a lidar com o meio. Isso envolve uma linguagem para conhecer o meio.Para aprender a lidar com o meio é preciso uma linguagem que é transmitida de geração para geração. Por linguagem, entendo o sistema de símbolos, uma maneira de atribuir significado ao mundo no qual vivemos. Então os adultos vão ajudar as crianças a conhecer o mundo, a modificar o mundo e modificar o mundo significa trabalho. Trabalho como uma maneira de modificar o mundo, e com a linguagem, com o trabalho, as pessoas se relacionam, conseguem conviver melhor em relação, o que é justamente a política. Política como uma maneira de os seres humanos se relacionarem entre si. Então, quando a criança vai crescendo, ela vai aprendendo uma linguagem, aprendendo a trabalhar no mundo, aprendendo as relações políticas e é justamente isso que vai formar a cultura. É isso que determina as relações culturais e as diversas culturas. O ser humano vai aprender a lidar com o seu meio e isso vai formar a cultura. E a sociologia? O que vai fazer? Vai justamente estudar essas culturas, vai estudar a diversidade de culturas, vai procurar entender como surgiu uma cultura, como ela se transforma, como uma cultura se relaciona com a outra, vai procurar entender como ela se constitui, quais os valores existem nelas, porque que é desse jeito e não de outro. Vamos pegar um exemplo prático. No momento em que a criança nasce, cresce, se torna um adulto e, depois, chega o momento fatal. O que fazer? Cresceu, morreu e aí? Já se livrou desse corpo, foi dessa para uma melhor, bateu as botas, desencarnou, enfim, largou o corpo ali em qualquer canto e foi embora. Não é mais problema dele aquele corpo. Aquele corpo que sobrou é um problema nosso, de nós vivos. O que nós vamos fazer com aquele corpo? Largar ele e deixar apodrecendo? Não, vamos por exemplo, enterrar e aí vai surgir um ritual de enterrar os mortos. Preste atenção que isso é um ritual. Por que um ritual? Porque envolve um simbolismo. É atribuir significado a algo, é um símbolo que os seres humanos desenvolveram para representar alguma coisa. É uma modificação. O ser humano modifica o meio, não está largado à mera natureza. O ser humano vai transformando a natureza ao seu favor. É uma maneira dos seres humanos se relacionarem. Se relacionar com o morto? Sim, se relacionar com o morto, mas não apenas, se relacionar com outros seres humanos. Há uma preocupação consigo próprio e com os seus entes próximos. O que fazer quando chega àquele momento? Isso gera uma relação, ou seja, tem uma linguagem, tem trabalho, tem uma política, tem uma explicação. Um mero ritual de enterrar os mortos envolve uma explicação ou uma tentativa de explicar, o que é a vida, o que é a morte, o que fazer com isso, etc. Por fim, isso é transmitido. Uma geração transmite esses ideais, esses princípios, esses valores, o próprio ritual é transmitido de uma geração a outra de modo que conforme as gerações vão passando, vão agregando esses valores, vão agregando conhecimento humano e isso faz com que a humanidade vai se desenvolvendo. Esses conhecimentos vão sendo adquiridos, modificados e acrescidos geração após geração até chegar no mundo que a gente está hoje. A sociologia vai procurar entender justamente esses valores, essas modificações e essas relações que os seres humanos vão constituindo uns com os outros até que vai surgir a sociologia como uma ciência. E é justamente a sociologia como ciência que será o tema da nossa próxima aula. Obrigado e até lá!

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.