Stoodi

O sentimento de pertença é algo raro em São Paulo, a cidade da megalomania. A facilidade de locomoção e de comunicação da nossa época é a janela aberta para que fiquemos parados e calados sem culpa – viveríamos em coletividade, se quiséssemos. Mas não queremos. A miríade de gente que circula na Praça da Sé contrasta com os homens, mulheres e crianças que conversam sós. Sujeitos que falam ao nada, pensam alto, gesticulam, esbravejam, xingam. Dialogam sabe-se lá com quem. Quiçá consigo mesmos, fazendo as vezes de ambos os interlocutores, já que ninguém lhes dirige a palavra.
VIANA, Rodolfo. Free hugs (ou “por que abraçar gente desconhecida, exceto mendigos”) Adaptado. Disponível em: . Acesso em 27 ago. 2012.

O texto faz uma análise sociológica do cotidiano paulistano. Essa análise denuncia o/a

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login