Resumo de Citoplasma - Biologia

Quer estudar Citoplasma? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Biologia que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Visão Geral

Assistir aula

Características gerais do citoplasma

  • Porção gelatinosa que preenche o interior da célula;

  • Localização:

    • Células procarióticas: representa todo o material que preenche o interior da célula;

    • Células eucarióticas: representa a porção localizada entre a membrana plasmática o núcleo.

 

Componentes do citoplasma em células eucarióticas

  • Hialoplasma ou citosol: água, íons e moléculas orgânicas;

  • Citoesqueleto: proteínas estruturais;

  • Orgânulos ou organelas: estruturas com forma e função específicas;

  • Inclusões citoplasmáticas: gotículas e grãos de substâncias.

AULA 2

Ribossomos, Citoesqueleto e Centríolos

Assistir aula

Ribossomos

  • Presente no citoplasma de todas as células;

  • Apresenta forma de pequenos grãos;

  • Formados por RNAr + proteínas associadas, possuindo duas subunidades;

  • Origem nos eucariontes: no nucléolo (interior do núcleo);

  • Podem ser encontrados:

    • Dispersos no citoplasma;

    • Aderidos ao Retículo Endoplasmático Rugoso ou Granuloso (apenas em eucariontes);

    • Presos na face interna da carioteca (apenas em eucariontes).

  • Função dos ribossomos: síntese proteica (produção de proteínas).

 

Citoesqueleto

  • Rede de filamentos proteicos;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Componentes formadores do citoesqueleto:

    • Microfilamentos; feitos de proteína actina. Confere consistência ao hialoplasma. É responsável pela formação dos pseudópodes;

    • Microtúbulos: feitos de proteína tubulina. Origina os centríolos;

    • Filamentos intermediários: feitos de proteína queratina. Forma os desmossomos (reforços entre células epiteliais).

 

Centríolos

  • Estrutura citoplasmática organizada a partir das proteínas dos microtúbulos;

  • Originados no centrossomo;

  • São duplicados na interfase celular (período G2);

  • Presentes apenas em eucariontes;

  • Originam os cílios e os flagelos:

    • Cílios: são curtos e numerosos. Exemplo:cílios dos paramécios;

    • Flagelos: são longos e pouco numerosos. Exemplo: flagelo dos espermatozoides.

AULA 3

Retículo Endoplasmático e Complexo Golgiense

Assistir aula

Retículo endoplasmático

  • Organela membranosa. Apresenta-se como um conjunto de canais interligados;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Encontra-se ligado à carioteca;

  • Função geral: transporte de substâncias;

  • Tipos de Retículo endoplasmático:

    • R. E. Liso ou Agranular: não apresenta ribossomos aderidos. Funções: metabolismo de lipídios e armazenamento de íons cálcio;

    • R. E. Rugoso ou Granular: possui ribossomos aderidos. Funções: síntese proteica e metabolismo de carboidratos.

 

Complexo golgiense

  • Organela membranosa;

  • Apresenta-se como um conjunto de sacos interligados e empilhados;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Localiza-se próximo ao retículo endoplasmático;

  • Funções:

    • Armazenamento e maturação de produtos originados no retículo endoplasmático;

    • Formação de vesículas: secreção celular, lisossomos, peroxissomos, acrossomo dos espermatozoides e fragmoplastos.

AULA 4

Lisossomos, Peroxissomos, Glioxissomos e Vacúolo

Assistir aula

Lisossomos

  • Organelas membranosas;

  • Apresentam-se como pequenas vesículas ricas em enzimas digestivas;

  • Presentes apenas em células eucarióticas;

  • Função: digestão celular.

    • Autofágica: digestão de estruturas internas da célula com objetivo de promover a renovação da célula;

    • Heterofágica: digestão de substâncias obtidas após uma endocitose.

 

Peroxissomos

  • Organelas membranosas;

  • Apresentam-se como pequenas vesículas ricas em enzimas oxidativas;

  • Presentes apenas em células eucarióticas;

  • Função: oxidação de substâncias nocivas como álcool e água oxigenada.

       2\, H_2O_2\; \; \; \; \; \rightarrow\; \; \; \; \; 2\, H_2O +1/2\, O_2

Água oxigenada                    água         oxigênio

         (tóxica)                       (produtos atóxicos)

 

Glioxissomos

  • Organelas membranosas;

  • Apresentam-se como pequenas vesículas ricas em enzimas que oxidam lipídios no interior das sementes, convertendo-os em carboidratos;

  • Presentes apenas em células vegetais.

 

Vacúolos

  • Organelas membranosas;

  • Apresentam-se como grandes bolsas;

  • Presentes apenas em células eucarióticas;

  • Função:

    • Em vegetais: armazenamento de água e minerais (eletrólitos);

    • Em protozoários de água doce (exemplo: paramécio): vacúolo pulsátil (osmorregulação).

AULA 5

Mitocôndrias e Cloroplastos

Assistir aula

Mitocôndrias

  • Organelas membranosas. São dotadas de dupla membrana envolvente;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Apresenta DNA e ribossomos próprios;

  • Função: respiração celular aeróbica;

  • Morfologia de uma mitocôndria (ver esquema abaixo):

Imagem: Mariana Ruiz/Felipe Fontoura

  • A respiração celular:

    • Oxidação completa da glicose com produção de ATP;

    • Consumo de gás oxigênio (O2);

    • Liberação de água (H2O) e gás carbônico (CO2).

 

Cloroplastos

  • Organelas membranosas;

  • São dotadas de dupla membrana envolvente;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Apresenta DNA e ribossomos próprios;

  • Função: fotossíntese;

  • Morfologia de um cloroplasto (ver esquema abaixo):

Imagem:Kelvin Ma/CC BY-SA 3.0

  • A fotossíntese:

    • Produção de matéria orgânica a partir de matéria inorgânica na presença de luz;

    • Depende de pigmentos fotossintéticos como a clorofila.

 

Hipótese simbiótica para a origem de mitocôndrias e cloroplastos