Quer ter acesso aos nossos resumos completos?

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com conteúdos exclusivos!

Resumo teórico

Citoplasma

Quer estudar Citoplasma?

Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Biologia que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

Gerar PDF do Resumo

Conteúdo exclusivo

Gerar PDF do resumo disponível para alunos dos planos Essencial, Avançado e StoodiMed. Assine agora e garanta seu acesso.

Ver planos

AULA 1

Visão Geral: Citoplasma

Assistir aula

Características gerais do citoplasma

  • Porção gelatinosa que preenche o interior da célula;

  • Localização:

    • Células procarióticas: representa todo o material que preenche o interior da célula;

    • Células eucarióticas: representa a porção localizada entre a membrana plasmática o núcleo.

 

Componentes do citoplasma em células eucarióticas

  • Hialoplasma ou citosol: água, íons e moléculas orgânicas;

  • Citoesqueleto: proteínas estruturais;

  • Orgânulos ou organelas: estruturas com forma e função específicas;

  • Inclusões citoplasmáticas: gotículas e grãos de substâncias.

AULA 2

Ribossomos, Citoesqueleto e Centríolos

Assistir aula

Ribossomos

  • Presente no citoplasma de todas as células;

  • Apresenta forma de pequenos grãos;

  • Formados por RNAr + proteínas associadas, possuindo duas subunidades;

  • Origem nos eucariontes: no nucléolo (interior do núcleo);

  • Podem ser encontrados:

    • Dispersos no citoplasma;

    • Aderidos ao Retículo Endoplasmático Rugoso ou Granuloso (apenas em eucariontes);

    • Presos na face interna da carioteca (apenas em eucariontes).

  • Função dos ribossomos: síntese proteica (produção de proteínas).

 

Citoesqueleto

  • Rede de filamentos proteicos;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Componentes formadores do citoesqueleto:

    • Microfilamentos; feitos de proteína actina. Confere consistência ao hialoplasma. É responsável pela formação dos pseudópodes;

    • Microtúbulos: feitos de proteína tubulina. Origina os centríolos;

    • Filamentos intermediários: feitos de proteína queratina. Forma os desmossomos (reforços entre células epiteliais).

 

Centríolos

  • Estrutura citoplasmática organizada a partir das proteínas dos microtúbulos;

  • Originados no centrossomo;

  • São duplicados na interfase celular (período G2);

  • Presentes apenas em eucariontes;

  • Originam os cílios e os flagelos:

    • Cílios: são curtos e numerosos. Exemplo:cílios dos paramécios;

    • Flagelos: são longos e pouco numerosos. Exemplo: flagelo dos espermatozoides.

AULA 3

Retículo Endoplasmático e Complexo Golgiense

Assistir aula

Retículo endoplasmático

  • Organela membranosa. Apresenta-se como um conjunto de canais interligados;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Encontra-se ligado à carioteca;

  • Função geral: transporte de substâncias;

  • Tipos de Retículo endoplasmático:

    • R. E. Liso ou Agranular: não apresenta ribossomos aderidos. Funções: metabolismo de lipídios e armazenamento de íons cálcio;

    • R. E. Rugoso ou Granular: possui ribossomos aderidos. Funções: síntese proteica e metabolismo de carboidratos.

 

Complexo golgiense

  • Organela membranosa;

  • Apresenta-se como um conjunto de sacos interligados e empilhados;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Localiza-se próximo ao retículo endoplasmático;

  • Funções:

    • Armazenamento e maturação de produtos originados no retículo endoplasmático;

    • Formação de vesículas: secreção celular, lisossomos, peroxissomos, acrossomo dos espermatozoides e fragmoplastos.

AULA 4

Lisossomos, Peroxissomos, Glioxissomos e Vacúolo

Assistir aula

Lisossomos

  • Organelas membranosas;

  • Apresentam-se como pequenas vesículas ricas em enzimas digestivas;

  • Presentes apenas em células eucarióticas;

  • Função: digestão celular.

    • Autofágica: digestão de estruturas internas da célula com objetivo de promover a renovação da célula;

    • Heterofágica: digestão de substâncias obtidas após uma endocitose.

 

Peroxissomos

  • Organelas membranosas;

  • Apresentam-se como pequenas vesículas ricas em enzimas oxidativas;

  • Presentes apenas em células eucarióticas;

  • Função: oxidação de substâncias nocivas como álcool e água oxigenada.

            2H2O2            →         2H2O + 1/2O2

      

Água oxigenada                    água         oxigênio

         (tóxica)                       (produtos atóxicos)

 

Glioxissomos

  • Organelas membranosas;

  • Apresentam-se como pequenas vesículas ricas em enzimas que oxidam lipídios no interior das sementes, convertendo-os em carboidratos;

  • Presentes apenas em células vegetais.

 

Vacúolos

  • Organelas membranosas;

  • Apresentam-se como grandes bolsas;

  • Presentes apenas em células eucarióticas;

  • Função:

    • Em vegetais: armazenamento de água e minerais (eletrólitos);

    • Em protozoários de água doce (exemplo: paramécio): vacúolo pulsátil (osmorregulação).

AULA 5

Mitocôndrias e Cloroplastos

Assistir aula

Mitocôndrias

  • Organelas membranosas. São dotadas de dupla membrana envolvente;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Apresenta DNA e ribossomos próprios;

  • Função: respiração celular aeróbica;

  • Morfologia de uma mitocôndria (ver esquema abaixo):

Imagem: Mariana Ruiz/Felipe Fontoura

  • A respiração celular:

    • Oxidação completa da glicose com produção de ATP;

    • Consumo de gás oxigênio (O2);

    • Liberação de água (H2O) e gás carbônico (CO2).

 

Cloroplastos

  • Organelas membranosas;

  • São dotadas de dupla membrana envolvente;

  • Presente apenas em células eucarióticas;

  • Apresenta DNA e ribossomos próprios;

  • Função: fotossíntese;

  • Morfologia de um cloroplasto (ver esquema abaixo):

Imagem:Kelvin Ma/CC BY-SA 3.0

  • A fotossíntese:

    • Produção de matéria orgânica a partir de matéria inorgânica na presença de luz;

    • Depende de pigmentos fotossintéticos como a clorofila.

 

Hipótese simbiótica para a origem de mitocôndrias e cloroplastos