Quer ter acesso aos nossos resumos completos?

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com conteúdos exclusivos!

Resumo de Cordados I - Biologia

Quer estudar Cordados I? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Biologia que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Visão Geral

Assistir aula

Filo Chordata
- Organismos bastante complexos
- Apresentam notocorda, estrutura de sustentação corporal
- Apresentam tubo (cordão) nervoso dorsal, associado a maior cefalização
- Apresentam fendas faringeanas no desenvolvimento embrionário
- Apresentam cauda pós-anal

Principais táxons (suposta ordem evolutiva)
Hemichordata, Cephalochordata e Urochordata (Protocordados); Myxiniformes e Petromizontiformes (Ciclostomados); Peixes, Anfíbios, Répteis, Mamíferos e Aves (Gnathostomata).

 
 

AULA 2

Protocordados

Assistir aula

Organismos que não passam pelo processo de substituição da notocorda. Esta, ou continua mantida ou reduz-se podendo até ser perdida. Esta divisão ainda é dividida em três principais táxons: Urochordata, Cephalochordata e Hemichordata.

 

Urochordata

Animais que detém a característica de um cordado apensa em sua fase larval. Esta possui organismos livre-natantes com cauda, notocorda e tubo nervoso dorsal aparente. Já a fase adulta é séssil, filtradora e há perda da notocorda, do tubo nervoso dorsal e da cauda, com a presença de dois principais sifões.

 

Cephalochordata

Tem o anfioxo como principal organismo, sendo este o modelo anatômico padrão para todos os cordados. Não possui cabeça diferenciada e a notocorda é mantida durante toda a fase de vida dos animais.

 

Hemichordata

Animais vermiformes com fendas faringeanas bastante evidentes, porém com notocorda por vezes discutida como inexistente. A classificação ainda é discutida.

AULA 3

Ágnatos ou Ciclostomados

Assistir aula

- Apresentam crânio (clado Craniata)
- Apresentam boca circular (Ciclóstomos) e sem mandíbula (Agnatos)
- Todos aquáticos
- Cefalização é evidente
- Somente nadadeiras ímpares
- Exs: lampreias e peixes-bruxa
 

AULA 4

Peixes Cartilaginosos

Assistir aula

Como o próprio nome do táxon já remete, os organismos pertencentes à classe Chondrichthyes possuem um revestimento corporal de cartilagem. Tubarões, arraias e quimeras são exemplos comuns do grupo, ambos agora com presença de mandíbula móvel e denteada. Há presença delinha lateral,importante sensor de movimento.

Apresentam diferentemente dos ciclostomados, nadadeiras pares além das ímpares encontradas no grupo referido. Os condrictes possuem fecundação interna e podem ser ovíparos, ovovíparos ou vivíparos.

 

Anatomia geral (tubarão)


AULA 5

Peixes Ósseos

Assistir aula

A classe dos Osteichthyes compreende os peixes denominados ósseos, por possuíres escamas flexíveis sob uma cutícula óssea. O corpo é mais hidrodinâmico e não precisam manter fluxo de água nas brânquias através da natação, pois possuem opérculo que cria fluxo constante.

Possuem também a bexiga natatória, importante para natação na coluna d’água, além da já descritalinha lateral. Assim como nos condrictes, excretam amônia.

 

Anatomia geral