Reino Monera: As Bactérias - Biologia - Resumos em pdf para download

Visão Geral

O Reino Monera

  • Formado por seres procarionte e unicelulares:

    • Bactérias;

    • Cianobactérias;

    • Arqueobactérias.

 

As bactérias

  • Grande diversidade de habitats;

  • Importância ecológica:

    • Atuam como decompositores;

    • Participam do ciclo do nitrogênio;

    • Participam de várias relações ecológicas.

  • Importância na biotecnologia:

    • Indústria alimentícia;

    • Engenharia genética.

  • Importância na saúde:

    • Causadoras de doenças (bacterioses).

 

As cianobactérias

São fotossintetizantes aquáticas;

  • Eram conhecidas como algas azuis:

  • Podem viver isoladas ou em colônias;

  • No ambiente aquático formam o fitoplâncton (principais responsáveis pela liberação de gás oxigênio na atmosfera).

 

As arqueobactérias

  • Apresentam metabolismo peculiar:

    • Halófilas: vivem em locais com alto teor de sal;

    • Termófilas: vivem em locais com altas temperaturas;

    • Metanogênicas: vivem em locais com alto teor de metano (pântanos, lixos).

Conhecendo as Bactérias

Estrutura das bactérias

  • Unicelulares;

  • Procariontes;

  • A célula bacteriana:

    • Parede celular;

    • Membrana plasmática;

    • Citoplasma;

    • Nucleoide;

    • Ribossomos.

  • Plasmídeos;

  • Capsula bacteriana.

 

Estrutura das bactérias

  • Bactérias Gram Positivas;

  • Bactérias Gram Negativas.

C:\Users\Daniel\Desktop\imagensreinomonera\aula02_gram.jpg

Morfologia das Bactérias

Visão geral

  • As bactérias são seres unicelulares que vivem isoladas ou em colônias.

 

Morfologia da célula bacteriana

  • Coco;

  • Bacilo;

  • Espirilo;

  • Vibrião.

 

Morfologia das colônias bacterianas

  • Diplococo;

  • Estreptococo;

  • Estafilococo;

  • Sarcina.

Metabolismo Bacteriano

Visão geral

Grupo de seres vivos com maior diversidade metabólica:

  • Autotróficas;

  • Heterotróficas parasitas;

  • Heterotróficas decompositoras.

 

Bactérias autotróficas

  • Fotossintetizantes:

    • Possuem bacterioclorofila;

    • Normalmente sem liberação de gás oxigênio.

  • Quimiossintetizantes:

    • Alguns casos.

 

As bactérias heterotróficas

  • Quanto à obtenção de alimento:

    • Bactérias parasitas: agridem outros seres vivos;

    • Bactérias decompositoras: decomposição da matéria orgânica de seres mortos;

    • Bactérias simbiontes: estabelecem relações mutualísticas.

  • Quanto à obtenção de energia:

    • Anaeróbicas obrigatórias: morrem na presença de gás oxigênio;

    • Anaeróbicas facultativas: vivem em ambientes sem e com gás oxigênio;

    • Aeróbicas obrigatórias: vivem apenas em ambientes com gás oxigênio disponível.

Reprodução e Recombinação Gênica nas Bactérias

Reprodução assexuada

  • Divisão binária:

    • Amitose;

    • Demora em média 20 minutos.

 

Processos de recombinação gênica

  • Podem ser considerados casos de reprodução sexuada por gerar variabilidade genética entre os descendentes;

  • Processos (imagens abaixo):

    • Conjugação;

    • Transdução;

    • Transformação.

C:\Users\Daniel\Desktop\imagensreinomonera\Aula04_conjugac_a_o.JPG

C:\Users\Daniel\Desktop\imagensreinomonera\Aula04_tranduc_a_o.JPG

C:\Users\Daniel\Desktop\imagensreinomonera\Aula04_transformac_a_o.JPG

A Esporulação Bacteriana

Visão geral:

  • Processo de formação de endósporos;

  • Também é chamado de esporogênese.

Ocorre em algumas espécies de bactérias quando estão em condições desfavoráveis:

  • Bactéria Clostridium tetani(causadora do tétano);

  • Bactéria Clostridium botulinum(causadora do botulismo).

 

Importância para o homem:

Medicina: esterilização de objetos cirúrgicos.

Indústria alimentícia: evitar a contaminação de alimentos enlatados.

Bacterioses: Tuberculose, Hanseníase e Cólera

Tuberculose

  • Agente causador: Mycobacterium tuberculosis;

  • Sintomas: afeta os pulmões (tosse);

  • Tratamento: cura total com uso de antibióticos;

  • Transmissão: tosse e saliva;

  • Prevenção: vacina BCG.

 

Hanseníase

  • Agente causador: Mycobacterium leprae;

  • Sintomas: afeta a pele;

  • Tratamento: cura total com uso de antibióticos;

  • Transmissão: direta;

  • Prevenção: educação sanitária.

 

Cólera

  • Agente causador:Vibrio cholerae;

  • Sintomas: infecção intestinal;

  • Tratamento: antibióticos;

  • Transmissão: água contaminada;

  • Prevenção: saneamento básico.

Bacterioses: Meningite, Leptospirose e Gonorreia

Meningite

  • Agente causador: Neisseria meningitidis;

  • Sintomas: septicemia;

  • Tratamento: uso de antibióticos;

  • Transmissão: direta;

  • Prevenção: vacinação.

 

Leptospirose

  • Agente causador: Leptospira interrogans;

  • Sintomas: afeta fígado;

  • Tratamento: uso de antibióticos;

  • Transmissão: contato com urina de ratos;

  • Prevenção: educação sanitária.

 

Gonorreia

  • Agente causador: Neisseria gonorrhoaea;

  • ,Sintomas: pus na uretra;

  • Tratamento: antibióticos;

  • Transmissão: contato sexual (DST);

  • Prevenção: uso de camisnha.

Bacterioses: Sífilis, Botulismo e Tétano

Sífilis

  • Agente causador: Treponema pallidum;

  • Sintomas: cancro duro;

  • Tratamento: uso de antibióticos;

  • Transmissão: contato sexual e via placentária;

  • Prevenção: uso de camisinha.

 

Botulismo

  • Agente causador: Clostridium botulinum;

  • Sintomas: toxina afeta os sistemas nervoso e muscular;

  • Tratamento: soro antibotulínico;

  • Transmissão: alimentos enlatados;

  • Prevenção: evitar alimentos suspeitos.

 

Tétano

  • Agente causador: Clostridium tetani;

  • Sintomas: toxina afeta a musculatura;

  • Tratamento: soro antitetânico;

  • Transmissão: contaminação de ferimentos profundos;

  • Prevenção: vacina antitetânica.

Bacterioses: Febre Maculosa, Salmonelose e Peste Bubônica

Febre maculosa

  • Agente causador: Rickettisia ricketsii;

  • Sintomas: hemorragias com manchas na pele;

  • Tratamento: uso de antibióticos;

  • Transmissão: picada do carrapato-estrela contaminado;

  • Prevenção: evitar contato com carrapato.

 

Salmonelose

  • Agente causador: Salmonella typhimurium;

  • Sintomas: náuseas, vômitos e diarreia;

  • Tratamento: uso de antibióticos;

  • Transmissão: alimento e água contaminados;

  • Prevenção: cuidado com a água e com alimentos crus.

 

Peste bulbônica

  • Agente causador: Yersinia pestis;

  • Sintomas: febre, calafrios e bubão;

  • Tratamento: antibióticos;

  • Transmissão: picada de pulgas de ratos;

  • Prevenção: controle dos roedores.

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.