Visão Geral, Raiz, Caule e Folha - Biologia - Resumos em pdf para download

Visão Geral da Morfofisiologia Vegetal

Plantas cormófitas:

Plantas que apresentam raiz, caule e folhas. Exemplos: pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.


A raiz:

  • Fixação da planta ao solo;

  • Absorção de água e sais minerais do solo.


O caule:

  • Sustentação da planta;

  • Via de passagem de seivas.


As folhas:

  • Realizam a fotossíntese;

  • Fazem as rocas gasosas;

  • Responsáveis pela transpiração.

A Raiz: Características Gerais

Visão geral:

Órgão aclorofilado. Originado da radícula do embrião.

Funções gerais:

  • Fixação do vegetal ao solo;

  • Absorção de água e sais minerais.

 

Tipos básicos de sistemas radiculares:

  • Raiz axial ou pivotante: presente em gimnospermas e angiospermas dicotiledôneas;

  • Raiz fasciculada ou em cabeleira: presente em angiospermas monocotiledôneas.

 

Tipos de raízes

http://www.coladaweb.com/biologia/botanica/estudo-das-raizes


Morfologia externa de uma raiz axial:

http://www.coladaweb.com/wp-content/uploads/raiz.jpg

http://www.coladaweb.com/biologia/botanica/estudo-das-raizes

    A Raiz: Tipos de Raízes

    Tipos especiais de raízes:

    Raízes subterrâneas:

    • Raiz tuberosa: Armazena nutrientes de reserva, como o amido. Exemplos: batata-doce, mandioca e cenoura.

    Raízes aéreas:

    • Raiz-escora ou suporte: Aumenta a fixação em solos instáveis. Exemplos: milho e Rizophora mangle (planta de mangue);

    • Raiz sugadora ou haustório: Presente em plantas parasitas. Exemplos: cipó-chumbo e erva-de-passarinho;

    • Raiz estrangulante: Enrola-se no caule de uma planta suporte e depois acaba estrangulando-a. Exemplos: mata-pau;

    • Raiz respiratória ou pneumatóforo: Contém poros que permitem as trocas gasosas fora do solo. Exemplos:  Avicennia sp. (planta de mangue);

    • Raiz tabular: Projeta-se da base do caule aumentando sua fixação no solo, lembrando madeiras ou tábuas. Exemplos: figueira;

    • Raiz grampiforme: Fixa-se em superfícies por meio de expansões que lembram grampos. Exemplos: imbé;

    • Raiz velame: Retiram água e minerais da umidade do ar. Exemplos: epífitas.

    Raízes aquáticas:

    • Realizam a fixação da planta no substrato ou possui parênquima aerífero desenvolvido que permite sua flutuação. Exemplos: aguapé e cabomba (planta de aquário).

    O Caule

    Visão geral:

    Órgão normalmente clorofilado. Originado do caulículo do embrião.

    Funções gerais:

    • Suporte da parte aérea;

    • Estabelece ligação entre raízes e folhas.

     

    Tipos de caules:

    Caules aéreos:

    • Caules eretos:

      • Haste: Caule fino, flexível e clorofilado. Exemplo: pé-de-feijão;

      • Tronco: Caule com crescimento secundário e ramificações na parte superior. Exemplo: ipê;

      • Colmo: Caule com divisão nítida de nós e entrenós. Exemplo: bambu e cana-de-açúcar;

      • Estipe: Caule com presença de nós e entrenós apenas externo e com um tufo de folhas a partir do topo. Exemplo: palmeira;

      • Cladódio: Caule suculento e clorofilado. Exemplo: cacto.

    • Caules rastejantes:

      • Sarmento: Apresenta apenas um ponto de fixação no solo.Exemplo: aboboreira;

      • Estolho: Apresenta vários pontos de fixação no solo. Exemplo: morangueiro.

    • Caules trepadores ou volúveis:

      • Crescem sobre superfícies eretas. Exemplo: chuchu.

    Caules subterrâneos:

    • Rizoma: Crescem rente ao solo de maneira subterrânea. Exemplos: samambaia e bananeira;

    • Tubérculo: Armazenam substâncias de reserva como o amido. Exemplos: batata inglesa e inhame;

    • Bulbo: Contém folhas subterrâneas aclorofiladas chamadas catáfilos. Exemplos: alho e cebola.

    Caules aquáticos:

    • Desenvolvem-se sob a água sendo ricos em parênquima aerífero.Exemplos: vitória-régia e aguapé.

    A Folha

    Visão geral:

    Órgão clorofilado.

    Funções gerais:

    • Fotossíntese (assimilação);

    • Realiza as trocas gasosas;

    • Responsável pela transpiração.


    Morfologia externa de uma folha completa:

    http://3.bp.blogspot.com/-2uGfB2KH2m8/T1N8ajQb45I/AAAAAAAAAc8/2Vx5Ad582cs/s1600/010.gif

    http://matoecia.blogspot.com.br/2012/03/morfologia-externa-de-folhas.html


    Folhas incompletas:

    • Invaginante: Quando a bainha envolve o caule em grande extensão, geralmente de um nó ao outro. Exemplo: milho;

    • Séssil: Quando o pecíolo está ausente e a lâmina foliar prende-se diretamente ao caule. Exemplo: tabaco;

    • Peciolada: Quando a folha apresenta apenas o limbo e o pecíolo. Exemplo: abóbora;

    • Filódio: Quando a folha é muito reduzida, o pecíolo adquire a forma e a função do limbo, realizando até mesmo fotossíntese e, durante o desenvolvimento da plântula. Exemplo: acácia.

     

    Classificação das folhas quanto às nervuras:

    As nervuras foliares são feixes líbero-lenhosos, ou seja, feixes de floema e xilema.

    • Paralelinérveas: nervuras em disposição paralela. Exemplo: angiospermas monocotiledôneas;

    • Reticulinérveas ou Peninérveas: nervuras em disposição reticular. Exemplo: angiospermas dicotiledôneas.

     

    Classificação das folhas quanto ao limbo:

    • Simples: limbo único, sem divisões. Exemplo: folha de mangueira;

    • Composta: limbo múltiplo, com divisões. Exemplo: coqueiro.

     

    Folhas modificadas:

    • Espinho: Folhas pontiagudas e recobertas por uma grossa camada de cera. Exemplo: cacto;

    • Brácteas: Folhas com aspecto coriáceo.Exemplo: antúrio;

    • Cotilédones: Folhas embrionárias que armazenam e/ou transferem nutrientes ao embrião no interior da semente.Exemplo: sementes de angiospermas;

    • Sépalas: Folhas modificadas que protegem a base das flores;

    • Pétalas: Folhas normalmente coloridas que atraem os agentes polinizadores;

    • Gavinhas: Folhas com função de fixação de caules trepadores a superfícies eretas. Exemplo: maracujá;

    • Catáfilos: Folhas subterrâneas e aclorofiladas.Exemplos: cebola e alho.

    Conta de email não verificada

    Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

    Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

    Entendi
    Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.