Ciência Moderna - Filosofia - Resumos em pdf para download

Surgimento da Ciência Moderna

As Ciências

  • Período:
    • Renascimento Cultural
  • Valores:
    • Inversão de Valores
    • Teocentrismo ð Antropocentrismo
    • Racionalismo
    • Autor: artista e cientista
  • Nasce uma nova concepção do mundo
    • As Ciências
      • Particular: um objeto específico
      • Geral: fenômenos se repetem na natureza

Galileu Galilei (1564 – 1642)

  • Influência:
    • Nicolau Copérnico (1473 – 1543)
  • Heliocentrismo
  • Invenção do Telescópio
  • Aprofundamento dos estudos de Copérnico
  • Julgado pela Inquisição (1533)
  • Pena: Desmentir sua teoria

Método Científico (3 princípios)

  • 1º Observação
  • 2º Experimentação
  • 3º Regularidade Matemática
  • Hipótese
    • Explicação dos fenômenos concebida com base na reflexão e a partir da qual se fará a observação, visando à sua verificação

“Ao investigar um fenômeno da natureza, primeiro concebo com a mente” (Galileu Galilei)

Isaac Newton (1642 – 1747)

  • Lei da Gravidade Universal e os Fundamentos da Mecânica Clássica
  • Explicação da movimentação do universo
  • Problemas com a Igreja Inglesa
  • Leis perfeitas\Rightarrow Somente poderiam ser estabelecidas por Deus
  • Complexidade das Leis Universais
  • Deus não interfere na vida dos homens

Desenvolvimento Científico e a Realidade

  • Ciência e Progresso
  • Tecnologia
  • Novas técnicas
  • Mudança no cotidiano
  • Neutralidade da Ciência?
  • Sentido econômico e político x neutralidade
  • Poder = detenção de conhecimento científico
  • Atuação científico-político-econômico
  • Reflexão sobre finalidades

As Ciências Humanas

  • Adam Smith (1723 – 1790)
    • “A Riqueza das Nações”
  • Nasce a 1º Ciência Humana: ECONOMIA
  • Século XIX e XX: Desenvolvimento das outras Ciências Humanas
    • Sociologia, História, Geografia Política, etc.
  • Utilização das Ciências Naturais e Formais para iniciação dos estudos Sociais
  • Problema das Ciências Humanas
    • Objeto de estudo coexiste com o Sujeito (pesquisador)
    • Impossibilidade da objetividade e do distanciamento
    • Complexidade dos fenômenos humanos (impossibilidade   de formular modelos fixos)
    • Problemas na experimentação

Francis Bacon e o Método Científico

Francis Bacon (1561-1626)

Método Científico

  • Grupos científicos
    • Poesia\Rightarrow Ciência da imaginação
    • História\Rightarrow Ciência da memória
    • Filosofia\Rightarrow Ciência da razão
  • Os Ídolos
    • Da tribo
    • Da caverna
    • Do foro
    • Do teatro
  • As tábuas do conhecimento
    • Da presença
    • Da ausência
    • Da comparação
      • RACIOCÍNIO INDUTIVO
  • Falhas do Método de Bacon
    • Pouca relevância para a formação de hipóteses
    • Pouca importância para dedução matemática

Racionalismo Cartesiano

René Descartes (1596 – 1650)

  • Influência: Renascimento Cultural
  • Sistema filosófico
    • Conjunto coerente de conhecimento
    • Responder todas as questões filosóficas
    • Busca de respostas nas ciências humanas igual as respostas das ciências naturais

O Princípio da Dúvida

  • Desconfiança dos saberes passados e dos sentidos
  • Realidade ð enganosa
  • Flexibilização entre sonho e realidade
  • “Faculdade de Entender”
  • Verdade absoluta
    • Capacidade de contestar
  • Fruto da Razão
    • Capacidade de pensar (o que nos define homens)
    • Pensamento sem separação ao homem

PENSO, LOGO EXISTO” (R. Descartes)

  • O “eu” pensante (conhecimento verdadeiro)
  • Mais real do que o mundo físico (mutável)

Metafísica

  • Descoberta da alma por si mesma
  • Concepção de Deus
  • Crio (pensamento) o ser perfeito, logo, ele existe
  • Propriedades quantitativas
  • Possibilidade de entendermos os objetos
  • Racionalismo x sentidos

O Método Racional

  • Relação com a Matemática
  • Decomposição de problemas complexos em partes menores
  • Facilidade de compreensão
  • Assim como os problemas matemáticos, os objetos materiais poderiam ser decompostos também (exceção: a Alma – consciência pura, não ocupa espaço)
  • Homem\Rightarrow corpo duplo
  • Corpo (extensão) e Alma (consciência)
  • Separação entre matéria e pensamento

Conhecimento

  • Originário de uma elaboração individual.
  • O Ser se origina na Razão
  • Razão antecede e explica todo o Real

O Discurso sobre o Método

  • Publicação em 1637 – Matemática e Filosofia
  • Modelo QUASE matemático para conduzir o pensamento humano
  • Ideia de um método universal para encontrar a verdade
  • Argumentos para a existência de Deus
  • Os quatro passos
    • Recepção cética das informações
    • Análise e divisão
    • Síntese do mais simples ao mais complexo
    • Enumerar e revisar
  • A prova ontológica
    • A si mesmo
    • A existência de Deus

Empirismo

  • Século XVII
  • Origem: Inglaterra
  • Temas
    • Busca do conhecimento na Natureza
    • Questionamento sobre o pensamento de René Descartes
  • Refuta-se o racionalismo matemático
  • Teoria do Conhecimento de Aristóteles
  • Conhecimento sensível x contato com o mundo das ideias

“Nada está no intelecto sem antes ter passado pelos sentidos” (Aristóteles)

Empirismo: John Locke

Experiência como Construção da Razão e do conhecimento

  • Refuta a Razão Inata
  • Sentimento/Sentidos\Rightarrow obtenção de conhecimento
  • Ideia da Tabua Rasa do conhecimento
  • Conhecimento\Rightarrow Reflexão dos Sentidos obtidos pela Experiência

Ideias

  • Simples
    • Surgem dos sentidos e da Reflexão – Qualidade dos objetos
    • Primárias: características físicas concretas do objeto
    • Secundárias: características abstratas do objeto
  • Complexas
    • Combinação de ideias simples
      • Ex:. Ideia de infinito (espaço + duração + quantidade)
  • Sentido Moral
    • Aperfeiçoar a vida dos homens
    • Preocupação com o caráter social da existência humana

Empirismo: David Hume

Conhecimento

  • Fruto das impressões e da articulação de ideias
  • Fatos concretos percebidos pelo sentido\Rightarrowdevem ser aceitos sem necessitarem demonstrações matemáticas
    • Ex:. Movimento: traz a intuição do conceito de espaço e tempo
  • Conhecimento\Rightarrow bases concretas
  • Além do concreto\Rightarrow sem significado
    • Ex:. Palavra sem sentido para uma pessoa
  • Limitação do conhecimento
  • Tendência a estabelecer relações de causalidade

Relação de Causa e Efeito

  • Estão ligadas a Crença
  • Hábito da natureza\Rightarrow causalidade
  • Repetição de fenômenos\Rightarrow leva a acreditar que sempre se repetirão

Crítica ao Princípio da Causalidade

  • Questionamento da tradição metafísica
  • Discute a questão dos “milagres”

O milagre é impossível porque contraria a experiência, as leis da natureza. Em compensação, a crença popular nos milagres - perfeitamente explicável pelas leis que governam a imaginação crédula dos homens” (David Hume)

Sentido Moral

  • Única certeza que a filosofia nos proporciona
  • Moral\Rightarrow Conjunto de Virtudes Aprovadas pela Sociedade conforme sua Utilidade
  • Visão utilitarista da moral

 

Criticismo

  • Teoria do Conhecimento
  • Entendimento sobre a razão
  • 1º Regra do conhecimento: causalidade
  • Causa = espaço e tempo determinado
  • Ideia de Deus, Liberdade e alma = desconhecida = não possui nem espaço nem tempo = coisa em si
  • Conhecimento = mundo dos fenômenos perceptíveis
  • Oposição à metafísica (não há experiência)
  • RACIONALISMO e EMPIRISMO
    • Síntese
    • Conhecimento
      • RAZÃO
      • FENÔMENO
  • Necessidade mútua para o conhecimento
  • Composição, matéria e forma
  • Questionamento racional prévio

 

Immanuel Kant

Quem foi Kant:

  • Origem: Alemanha
  • Hábitos Metódicos
  • Professor Universitário de sua cidade Natal
  • Nunca saiu de sua cidade
  • Descrição metódica dos seus conceitos
  • Questiona a validade do nosso conhecimento e de nossos valores
  • Crítica do Conhecimento = pré-requisito da Filosofia
  • Teoria do conhecimento (o que posso saber? O que posso fazer?)

Desvendamento do Mundo = Intuição

  • Intuição Pura (à priori):
    • Perceber antes da experiência
    • Formado pelo espaço (sentido externo) e pelo tempo (perceber a nós mesmo)
  • Intuição Empírica (à posteriori):
    • Associação da razão com a experiência
    • Questionamento – pensamento sobre ele
    • Depois da experiência
  • Ciência = Atividade que busca estabelecer uma relação entre as formas gerais da razão e o mundo dos fenômenos
  • Intuição = Forma passiva de obter o conhecimento
  • Entendimento = forma ativa de obter o conhecimento
  • Entendimento leva a Juízos
    • Juízo Analítico: Constatação simples (Ex: Todo homem é animal)
    • Juízo Sintético: Agregador de conhecimento (Ex: lei da física expressa por uma equação)
  • Ciência: elaborar juízos sintéticos a partir da experiência e do conhecimento teórico
  • Filosofia: indagar as razões que tornam possível o conhecimento

Immanuel Kant: Síntese entre Racionalismo e Empirismo

  • Conhecimento: razão e fenômeno
    • Necessidade mútua para o conhecimento
    • Composição: matéria (conforme se apresentam) e forma (nossa racionalidade)
    • Questionamento racional prévio (“quem não sabe o que busca não identifica o que acha”)
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.