Resumo de Leis de Newton - Física

Quer estudar Leis de Newton? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Física que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

1ª Lei de Newton

Assistir aula

Dinâmica é a parte da Física que estuda a origem (causa) dos movimentos. É o embasamento científico e matemático das construções de prédios, pontes, ruas e do funcionamento de carros, aviões, trens, etc.

 

Inércia

É a tendência de o corpo manter sua velocidade vetorial constante(seu movimento).

 

Princípio da Inércia (1ª Lei de Newton)

“Todo corpo que esteja em repouso ou em movimento retilíneo uniforme (movendo-se em trajetória retilínea com velocidade vetorial constante), tende a continuar nestes estados se a força resultante,\overrightarrow{Fr}, que age sobre ele for nula”.

Em outras palavras, se a soma das forças atuantes sobre um corpo for nula, \overrightarrow{Fr}=0, o corpo se manterá, por inércia, em:

  • Equilíbrio Estático\rightarrow Repouso (parado)\rightarrow v=0
  • Equilíbrio Dinâmico\rightarrow  MRU\rightarrow v\neq 0

Exemplo de aplicação:

Ônibus parado em relação a Terra

Ônibus parte bruscamente para direita

 

De acordo com a 1ª lei de Newton para alterar a velocidade do corpo é necessário que exista Fr. Nessa figura, os dois passageiros estão inicialmente em repouso em relação a Terra, mas:

O passageiro da frente segura no batente, logo quando o ônibus parte o seu corpo é puxado, ou seja, sofre uma força resultante que altera sua velocidade (altera sua inércia).

Já o passageiro de trás, não está segurando no batente, não sofre força, portanto Fr = 0, logo sua velocidade não altera, portanto, devido a inércia, permanece em seu estado de repouso em relação a Terra.

AULA 2

2ª Lei de Newton

Assistir aula

Força

  • É uma grandeza vetorial, logo possui direção, sentido e intensidade;
  • Unidade no SI, Newton N;
  • Surge devido a interação entre dois corpos;
  • Pode causar: deformação, equilíbrio e alteração da velocidade (aceleração).

 

Princípio Fundamental da Dinâmica (2ª Lei de Newton)

Caso a soma das forças atuantes sobre o corpo de massa m não seja nula, \overrightarrow{Fr} \neq 0, o corpo sofrerá uma aceleração\overrightarrow{a} que vai alterar sua velocidade. De acordo com a 2ª lei de Newton, a força resultante é igual o produto da massa pela aceleração:

\overrightarrow{Fr} = m\cdot \overrightarrow{a}

No sistema internacional SI:

  • A massa m é medida em kg.
  • A aceleração\overrightarrow{a} é medida em m/s².

Quando corpos de massas diferentes se encontram em repouso ou MRU, ambos, por inércia tendem a continuar nesse estado. Quando aplicamos uma força resultante de mesma intensidade em ambos os corpos, alteramos o movimento, mas não da mesma forma, por que?

Corpos que possuem maior massa, apresentam menor aceleração, ou seja, a massa do corpo confere uma resistência à variação da velocidade, sendo, por isso, a medida indireta da inércia de um corpo.

Note que a aceleração de um corpo submetido a uma força resultante é inversamente proporcional à sua massa e diretamente proporcional à intensidade da força.

Importante, como a massa do corpo é uma grandeza positiva, então\overrightarrow{Fr} e\overrightarrow{a} apresentam a mesma direção e mesmo sentido.

AULA 3

3ª Lei de Newton + Recapitulação

Assistir aula

Ação e Reação (3ª Lei de Newton)

“Quando um corpo exerce uma força sobre outro, simultaneamente este outro reage sobre o primeiro aplicando-lhe uma força de mesma intensidade, mesma direção, mas sentido contrário.”

\overrightarrow{F}_{AB}=\overrightarrow{F}_{BA}

Importante: par Ação-Reação sempre atuam em corpos distintos.

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.