Quer ter acesso aos nossos resumos completos?

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com conteúdos exclusivos!

Resumo de Órgãos Internacionais - Geografia

Quer estudar Órgãos Internacionais? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Geografia que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

ONU

Assistir aula

Diálogo e cooperação

A criação da Organização das Nações Unidas foi o resultado de tentativas para estabelecer a cooperação entre as nações e abrir canais internacionais de diálogo desde o século XIX, especialmente em situações de conflito.

  • Liga das nações: iniciada com a assinatura do Tratado de Versalhes (1919) no pós-Primeira Guerra Mundial, até 1946.

 

Criação da ONU (1945)

As perdas humanas e materiais da Segunda Guerra Mundial aliadas às ameaças de novos conflitos que pusessem em risco a humanidade estimularam o surgimento da ONU, com alguns objetivos:

  • Direito:fomentar o direito internacional e julgar crimes contra a humanidade;

  • Segurança:formar forças de paz e intervir em situações de conflito;

  • Desenvolvimento social:promover a melhoria das condições socioeconômicas e do IDH;

  • Desenvolvimento econômico:desenvolver mecanismos de auxílio, cooperação e financiamento, especialmente para os países em desenvolvimento;

  • Direitos Humanos:incentivar e garantir o respeito às premissas da Declaração Universal;

  • Paz: promover relações pacíficas e solucionar conflitos sem a necessidade de uso da força quando possível.

 

Características

A ONU reúne quase todos os Estados nacionais, em uma estrutura composta por órgãos principais e outras instituições especializadas.

  • Assembleia Geral:uma espécie de parlamento, formada por representantes de todos os países-membros;

  • Conselho de Segurança:manutenção da segurança e da paz mundial. Cinco nações têm poder de veto atualmente (EUA, China, Rússia, França e Reino Unido);

  • Conselho Econômico e Social:coordena as políticas socioeconômicas, incluindo órgãos especializados (UNESCO, FAO, OIT, etc.);

  • Direitos Humanos: acompanhar e aconselhar recomendações em casos de violação desses direitos;

  • Secretariado:auxiliar o funcionamento da estrutura do sistema das Nações Unidas;

  • Tribunal Internacional de Justiça: localizado em Haia, onde também funciona o Tribunal Penal Internacional, que julga pessoas acusadas de crimes contra a humanidade;

  • Sistema ONU: formado pelos órgãos principais e outras instituições especializadas.

 

Brasil e ONU

O país é um dos membros fundadores das Nações Unidas, em 1945. Desde então, vem contribuindo em várias entidades da organização, inclusive em missões de paz (Haiti, Timor Leste, Moçambique, Angola, etc.).

AULA 2

OTAN / Pacto de Varsóvia

Assistir aula

Aliança militar

No contexto do fim da Segunda Guerra Mundial e das tensões que marcaram a Guerra Fria, vários países do hemisfério norte aderiram a acordos militares.

  • Europa Ocidental, EUA e Canadá:países-membros da OTAN, a partir de 1949;

  • Guerra Fria:OTAN e Pacto de Varsóvia têm seus objetivos ligados aos pesos geopolíticos de, respectivamente, Estados Unidos e União Soviética;

  • Estrutura militar:conjunta, formada pelos países-membros;

  • Contraponto: o Pacto de Varsóvia, entre 1955 e 1991, tornou-se a aliança militar dos países sob a influência da União Soviética, até a sua desintegração em 1991.

AULA 3

BID

Assistir aula

Cooperação regional

A existência da Organização dos Estados Americanos (OEA) desde 1948 deu impulso para a formação de um organismo de financiamento voltado para a América Latina.

  • Influência dos EUA: em 1959, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) é criado, com sede em Washington;

  • Guerra Fria: a necessidade de afastar a influência socialista sobre a região estimulou o incentivo dos EUA para a criação do banco.

 

Características

  • Principal fonte de financiamento:os países latino-americanos passaram a recorrer ao BID;

  • 48 membros: apenas Cuba ainda não está entre os Estados-membros.

    • Mutuários: países que contraem empréstimos. De maneira geral, os países latino-americanos estão nesse grupo;

    • Não-mutuários:países doadores. Israel e a União Europeia não estão no continente, mas contribuem financeiramente;

  • Diferenças no poder de voto e financiamento:cada país, em função do seu peso econômico, tem direito a percentual de participação.

    • Ex: EUA (30%), Brasil (10%);

    • Cotas diferentes: 60%, 70%, 80%, 90%;

  • Novos agentes: instituições como o BNDES (Brasil) e investimentos de outros países têm sido cada vez mais importantes para a América Latina do que o BID.

AULA 4

Banco Mundial

Assistir aula

Reconstrução e desenvolvimento

A retração derivada do pós-Segunda Guerra Mundial necessitava de uma estratégia para a reestruturação econômica, especialmente por parte dos países mais ricos (como os Estados Unidos, por exemplo).

  • Acordos de Bretton-Woods (1944): criaram o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), que deu origem ao FMI e ao BM;

  • FInanciamento/cooperação econômica:destinado, em grande parte, para países em desenvolvimento;

  • Diferentes graus de poder decisório:ex. EUA, 15%; Índia: 3%; Brasil: 2%;

  • Vários órgãos:BIRD, AID, IFC.

AULA 5

FMI

Assistir aula

Efeitos de Bretton-Woods

A formação do Fundo Monetário Internacional (FMI), em 1945, teve como preocupação contribuir para a melhoria do sistema financeiro internacional através de um mecanismo de diálogo econômico entre os países e da regulamentação internacional das atividades do sistema financeiro.

 

Elementos

  • Taxas de câmbio:padrão dólar;

  • Reservas e empréstimos:as reservas, resultado da contribuição de cada país para o montante, podem ser usadas através de empréstimos;

  • Contribuições de países-membros;

  • Políticas econômicas:o organismo pode aconselhar e orientar políticas econômicas voltadas para a saúde financeira e orçamentária de vários países.