Quer ter acesso aos nossos resumos completos?

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com conteúdos exclusivos!

Resumo de Orações Subordinadas Substantivas - Gramática

Quer estudar Orações Subordinadas Substantivas? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Gramática que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

O. S. S. Subjetiva

Assistir aula

A Oração Subordinada Substantiva Subjetiva se liga ao verbo da oração principal. Exerce função de sujeito em relação à oração principal. Assim, a oração principal não terá sujeito!

Ex: É importante / que você aprenda português.
       O.Principal            O.S.S. Subjetiva

Assim:

  • Oração principal: sem sujeito
  • Oração subordinada: tem a função de sujeito
  • Verbo da oração principal: sempre na 3ª pessoa do singular

Para descobrir se a subordinada tem função de sujeito, pergunta-se O QUE ou QUEM para o período. Em relação ao exemplo acima:
O que é importante? Que você aprenda português.
Logo, se trata de uma oração com função se sujeito, ou seja, uma Oração Subordinada Substantiva Subjetiva.

AULA 2

O. S. S. Objetiva Direta e Indireta

Assistir aula

Tanto a Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta quanto a Objetiva Indireta se ligam ao verbo da oração principal. A Objetiva Direta exerce função de objeto direto da oração principal.

Ex: Eu espero / que você aprenda português.
       O. principal        O.S.S. Objetiva Direta

Assim:

  • Oração principal: sempre com sujeito
  • Oração subordinada: exerce função de objeto direto, ligando-se ao verbo da O. Principal SEM auxilio de preposição

Em relação ao exemplo acima: A oração principal já possui um sujeito (EU). Quem ESPERA, espera algo. Não há preposição ligando o verbo à oração subordinada. 
Logo, se trata de uma oração com função de objeto direto, ou seja, uma Oração Subordinada Substantiva Objetiva Direta.

  • Já a Objetiva Indireta exerce função de objeto indireto da oração principal.

Ex: Eu aconselho-o / a que aprenda português.
      O. Principal          O.S.S. Objetiva Indireta

Assim:

  • Oração principal: sempre com sujeito
  • Oração subordinada: exerce função de objeto indireto, ligando-se ao verbo da O. Principal COM auxilio de preposição

Em relação ao exemplo acima: A oração principal já possui um sujeito (EU). Quem aconselha, aconselha algo A alguém. Há a preposição A ligando o verbo à oração subordinada.
Logo, se trata de uma oração com função de objeto indireto, ou seja, uma Oração Subordinada Substantiva Objetiva Indireta.

AULA 3

O. S. S. Predicativa

Assistir aula

A Oração Subordinada Substantiva Predicativa se liga ao nome da oração principal. Exerce função de predicativo do sujeito em relação à oração principal.

Predicativo do sujeito, num período simples, é quando o núcleo do predicado é ligado ao sujeito. Como estamos estudando os períodos compostos, ele recebe o nome de Oração Subordinada Substantiva Predicativa.

Ex:         O fato é      /      que os preços aumentaram.

            O. Principal                  O. S.S. Predicativa

Assim:

  • Oração principal: sempre haverá verbo de ligação!
  • Oração subordinada: ligada ao sujeito da oração principal

Em relação ao exemplo acima:

Núcleo da oração principal: FATO (substantivo)

Oração principal possui o verbo de ligação SER.

Qual é o fato? Que os preços aumentaram. Ou seja, a O. S.S. Predicativa está ligada diretamente ao nome (sujeito) da oração principal, complementando-o.

AULA 4

O. S. S. Completiva Nominal

Assistir aula

A Oração Subordinada Substantiva Completiva Nominal se liga ao nome da oração principal. Exerce função de complemento nominal em relação à oração principal.

Ex: Tenho certeza / de que ela voltará.
       O. Principal      O.S.S.Compl.Nominal

O termo da oração principal que precisa de um complemento é o substantivo certeza. A oração subordinada completa esse sentido.

Atenção:

  • Oração Subordinada Substantiva Completiva Nominal: sempre se inicia com preposição.
  • CUIDADO PARA NÃO CONFUNDIR COM A OBJETIVA INDIRETA.
    • A objetiva indireta se liga ao VERBO da oração principal.
    • A completiva nominal se liga ao NOME da oração principal.

AULA 5

O. S. S. Apositiva

Assistir aula

A Oração Subordinada Substantiva Apositiva se liga ao nome da oração principal. Exerce função de aposto em relação à oração principal.

Aposto: tem função de explicar ou resumir um termo.

Ex: A Mata Atlântica, já tão devastada, pode estar condenada.
           O. Principal      O.S.S.Apositiva       O. Principal

Ex: Quero somente isto: que você aprenda português.
       O. Principal                      O.S.S. Apositiva

Assim:

  • A oração subordinada sempre estará isolada da principal por meio de pontuação.
  • Explica ou resume a oração principal SEM auxílio de preposição.

Em relação ao Exemplo 1, acima: A O.S.S.Apositiva está separada da principal através de isolamento entre vírgulas.

Em relação ao Exemplo 2, acima: A O.S.S.Apositiva está separada da principal através de dois pontos.

AULA 6

O. S. S. Iniciadas por Pronomes ou Advérbios

Assistir aula

As Orações Subordinadas Substantivas também podem ser iniciadas por:

  • Pronome interrogativo
    Ex: Não foi indicado / qual o caminho a seguir.
     
  • Advérbio interrogativo
    Ex: Não lembro / onde coloquei as luvas.