Resumo de A Crise da República das Oligarquias - História

Quer estudar A Crise da República das Oligarquias? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de História que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Tenentismo

Assistir aula

Governo Epitácio Pessoa (1919-1922)


Tenentismo

Definição
Movimento político-militar dos jovens oficiais (tenentes e capitães) do Exército contra a República Oligárquica.

Características

  • Ideal de salvação nacional;
  • Elitismo;
  • Nacionalismo econômico.

Objetivos

  • Voto secreto;
  • Justiça Eleitoral;
  • Centralização dos poderes do Estado.

Líderes

  • Luís Carlos Prestes;
  • Juarez Távora;
  • Joaquim Távora;
  • Isidoro Dias Lopes;
  • Eduardo Gomes;
  • Siqueira Campos;
  • Miguel Costa.

Os 18 do Forte de Copacabana (RJ-1922)

  • Primeiro movimento tenentista;
  • Objetivo: derrubar a República das Oligarquias;
  • Vitória das forças leais ao governo.


Governo Artur Bernardes (1922-1926)

  • ↑ Movimento Tenentista = ↑ Estado de Sítio;
  • Revolução de 1923 (RS):
    • Fator: reação à reeleição de Borges de Medeiros (PRR) para governador pela 5ª vez;
    • Líder: Assis Brasil (Partido Libertador);
    • Pacto de Pedras Altas:
      • Proibição da reeleição do governador;
      • Maior participação política para o Partido Libertador.
  • Revolução de 1924 (SP);
  • Líder: general Isidoro Dias Lopes;
  • Vitória das tropas governistas;
  • Os sobreviventes se retiram para o Paraná para se fundir a Coluna Prestes;
  • Coluna Prestes (1924-1927):
    • Líder: Luis Carlos Prestes;
    • 24000 Km percorridos;
    • Objetivo: conscientizar a população contra a estrutura política vigente;
    • Derrota política: apatia do povo.

AULA 2

Revolução de 1930

Assistir aula

Fatores da crise

  • Domínio da oligarquia cafeeira;
  • Corrupção eleitoral (clientelismo e “voto de cabresto”);
  • Exclusão dos grupos urbanos (proletariado e classe média) da representação política.


Governo Washington Luís (1926-1930)

  • Último presidente da República das Oligarquias;
  • Lema: “Governar é abrir estradas”;
  • Suspensão do Estado de sítio;
  • Perseguição aos comunistas;
  • Economia:
    • Caixa de estabilização: equilíbrio monetário e cambial até a Crise de 1929.


Revolução de 1930

Fatores

  • Rompimento da Política do “Café com Leite”:
    • Indicação de Júlio Prestes, governador de São Paulo, pelo presidente Washington Luís, como candidato à presidência nas eleições de 1930;
    • Insatisfação de Minas Gerais.
  • Formação da Aliança Liberal para concorrer como oposição ao candidato governista Júlio Prestes:
    • Aliança: RS + PB + MG;
    • Propostas: diversificação da produção agrícola, voto secreto e leis trabalhistas;
    • Candidatos: Getúlio Vargas (presidente) e João Pessoa (vice).
  • Crise de 1929:
    • Queda nas exportações de café;
    • ↓ Poder da oligarquia cafeeira.

Processo revolucionário

  • Vitória de Júlio Prestes (apoiado por Washington Luís) nas eleições presidenciais de 1930;
  • Assassinato de João Pessoa;
  • Deputados federais eleitos por MG e PB são impedidos de tomar posse (“degola”);
  • Aliança Liberal + Tenentes;
  • 24 de outubro de 1930 = ↑ Getúlio Vargas.
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login