Quer ter acesso aos nossos resumos completos?

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com conteúdos exclusivos!

Resumo de Movimentos Sociais e Culturais - Década de 60 - História

Quer estudar Movimentos Sociais e Culturais - Década de 60? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de História que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Maio de 1968 e a contracultura (Parte 1)

Assistir aula

Definição
Onda de protestos que teve início com manifestações estudantis em Paris (1968).

Características

  • Contra o sistema de ensino francês considerado autoritário e repressivo.

Líder: Daniel Cohn-Bendit
Apoio dos trabalhadores c/ uma greve geral

  • Influência intelectual: marxismo
  • Contestação dos valores tradicionais
  • Crítica ao convencionalismo
  • Rebeldia (“É proibido proibir”)

AULA 2

Maio de 1968 e a contracultura (Parte 2)

Assistir aula

  • Liberdade sexual
  • Igualdade entre homens e mulheres
  • Direitos das minorias
  • Contestação à Guerra do Vietnã

  • Movimento Hippie

Sociedade alternativa”
Convívio em comunidade
Amor livre
Não violência
Crítica à sociedade de consumo (“Sociedade do espetáculo”, Guy Debord)
Festival de rock de Woodstock (1969): símbolo da contracultura

 

 

AULA 3

Os direitos civis nos EUA (1955-1968) - Antecedentes

Assistir aula

Situação dos negros nos EUA nas décadas de 1950 e 1960

Bebedouro para negros, um exemplo da segregação promovida pelas Leis Jim Crow
 

  • Segregação formal e informal
  • Violência policial
  • Discriminação no emprego, na educação e nos serviços públicos (Leis Jim Crow)
  • Falta de direitos políticos
  • Pobreza extrema

Antecedentes

  • Associação Nacional Para o Progresso das Pessoas de Cor (em inglês: National Association for the Advancement of Colored People; NAACP)

Primeira organização antirracista norte-americana fundada em 1909.
A NAACP combatia em duas frentes: na educação e em questões judiciais.

  • Boicote ao ônibus de Montgomery (1955)

Rosa Parks

Líder: Rosa Parks
No dia 1º de dezembro de 1955, Rosa Parks se negou a ceder a um branco o seu assento em um ônibus. O ato foi um marco no movimento antirracista nos Estados Unidos.
 

AULA 4

Os direitos civis nos EUA (1955-1968) - Lideranças e Correntes

Assistir aula

  • Martim Luther King

Martin Luther King

> Pastor batista
> Desobediência civil
> Resistência pacifista
> Marcha de Washington (1963): discurso “I have a dream...”

  • Malcolm X

> Nacionalismo negro
> Líder da Nação do Islã, grupo que defendia a supremacia e o separatismo dos negros
> Autodefesa contra a violência racista (aceitava a violência para autoproteção)
> Valorização das tradições afro-americanas

Partido dos Panteras Negras

Panteras Negras

> Fundado por universitários negros na Califórnia em 1968, foi um dos grupos mais radicais na luta contra o preconceito racial nos EUA
> Líderes: Huey Newton, Bobby Seale e Stokely Carmichael
> Defendia o fornecimento de armas a todos os negros contra os constantes atos de violência e brutalidade policial a que estavam submetidos cotidianamente
> Pedia o pagamento de indenizações às famílias negras pelo período da escravidão

Black Power

Tommie Smith e John Carlos foram expulsos dos Jogos Olímpicos de 1968 por este gesto de apoio ao movimento Black Power


> O movimento enfatizou o orgulho racial, a criação de instituições culturais e de políticas para cultivar e promover interesses coletivos e assegurar autonomia para os negros
> Valorização das tradições afro-americanas
> Canções populares e religiosas inspiraram um grande número de artistas que trataram dos temas “poder negro” e “orgulho da raça”
> Música: soul, rhythm and blues e funk

 

 

 

AULA 5

Os direitos civis nos EUA (1955-1968) - Consequências

Assistir aula

  • Lei dos Direitos Civis (1964)

> Promulgada pelo presidente democrata Lyndon Johnson sob forte pressão do movimento negro, proibia a segregação em escolas, universidades, espaços públicos e no trabalho.

> Determinou que as instituições que recebem fundos públicos, como universidades privadas, eliminassem toda forma de discriminação racial

  • “Ações afirmativas”

> São atos ou medidas especiais e temporárias, tomadas ou determinadas pelo estado, espontânea ou compulsoriamente, com os objetivos de eliminar desigualdades historicamente acumuladas, garantir a igualdade de oportunidades e tratamento, compensar perdas provocadas pela discriminação e marginalização decorrentes de motivos raciais, étnicos, religiosos, de gênero e outros.

> As políticas de ação afirmativa foram implementadas no âmbito do mercado de trabalho, na educação superior e nos contratos governamentais

> Exemplo: “cotas raciais”

> Em reação ao movimento de direitos civis dos afro-americanos, voltou a se formar na década de 1960 a Ku Klux Klan (KKK), organização racista que aparecera pela primeira vez em 1865.

Dois jovens homens negros passam pelos manifestantes da KKK no centro de Salisbury, N.C., agosto de 1964.
 

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login