Resumo de Movimentos Sociais na República das Oligarquias - História

Quer estudar Movimentos Sociais na República das Oligarquias? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de História que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Canudos

Assistir aula

Líder

Antônio Conselheiro.


Fatores

  • ↑ Miséria dos sertanejos;
  • Exclusão social e opressão dos sertanejos pelo governo e pelos latifundiários;
  • Omissão das autoridades.


Características

  • Período: 1893-1897;
  • Durante o governo Prudente de Morais;
  • Belo Monte: comunidade religiosa criada por Conselheiro, às margens do rio Vaza-barris, no arraial de Canudos, sertão da Bahia;
  • Economia comunitária;
  • Os moradores dividiam-se para realizar tarefas da coletividade como construção de casas e plantio de roças;
  • Messianismo;
  • Oposição: Igreja + latifundiários (“coronéis”) + governo;
  • ↑ Repressão do governo federal:
    • 4 Expedições militares;
    • 25.000 mortos.

AULA 2

Contestado

Assistir aula

Líder

José Maria (monge).


Fatores

  • Expulsão dos camponeses da terra pelo governo federal;
  • Construção da ferrovia SP-RS;
  • Latifundiários + empresas estrangeiras + governo federal  x  camponeses.


Características

  • Período: 1912-1916;
  • Durante os governos de Hermes da Fonseca e Venceslau Brás;
  • Localização: Santa Catarina e Paraná;
  • Messianismo;
  • ↑ Repressão do governo federal.

AULA 3

Cangaço

Assistir aula

Fatores

  • ↑ Miséria no sertão nordestino;
  • Opressão dos sertanejos pelos “coronéis”.


Características

  • Período: final do século XIX até 1940;
  • Localização: sertão nordestino;
  • Banditismo social: bandos armados e nômades atacando cidades e fazendas pelo sertão;
  • “Reis do Cangaço”:
    • Antônio Silvino;
    • Virgulino Ferreira da Silva (“Lampião”);
    • Corisco.

AULA 4

Revolta da Vacina

Assistir aula

Fatores

  • Reação à obrigatoriedade de vacinação contra a varíola;
  • Sem campanha de esclarecimento da população por parte do governo;
  • Reurbanização (“bota abaixo”) do Rio de Janeiro:
    • Demolição de cortiços com o desalojamento das pessoas pobres, obrigadas a viver nos morros e na periferia.
  • Oposição ao governo: florianistas e imprensa;
  • ↑ Custo de vida;
  • ↑ Desemprego.


Características

  • Período: 1904;
  • Localização: Rio de Janeiro, capital da República;
  • Governos do presidente Rodrigues Alves e do prefeito Pereira Passos;
  • Saneamento do Rio de Janeiro: Oswaldo Cruz (médico sanitarista);
  • Vacinação forçada da população pelas brigadas sanitárias.


Consequências

  • Vitória do governo;
  • 30 mortos, 110 feridos e 461 deportados para o Acre;
  • Extinção da varíola no Rio de Janeiro.

AULA 5

Revolta da Chibata

Assistir aula

Definição

Rebelião (motim) dos marinheiros dos encouraçados SP e MG.


Fatores

  • Baixa remuneração;
  • Má alimentação;
  • Excesso de trabalho;
  • Castigos físicos (uso da chibata).


Características

  • Período: 1910;
  • Governo do presidente Hermes da Fonseca;
  • Localização: Rio de Janeiro;
  • Líder: João Cândido (“almirante negro”).


Consequências

  • O governo anuncia o fim dos castigos físicos na Marinha;
  • Inicialmente, o governo anuncia anistia aos revoltosos, mas depois desrespeita a anistia prendendo ou deportando os envolvidos na Revolta da Chibata;
  • João Cândido é internado em um manicômio.

AULA 6

Greve Geral de 1917

Assistir aula

Fatores

  • Péssimas condições de trabalho dos operários:
    • ↓ Salários;
    • ↑ Jornadas.
  • Influências ideológicas:
    • Socialismo;
    • Anarquismo;
    • Anarcossindicalismo.


Características

  • Localização: São Paulo (origem), Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul;
  • Governo do presidente Venceslau Brás;
  • ↑ Participação de imigrantes.


Consequências

  • ↑ Repressão do governo:
    • Prisão dos líderes operários;
    • Deportação dos imigrantes envolvidos;
    • Perseguição à imprensa ligada ao movimento operário.
  • Pequeno aumento de salário aos operários.

AULA 7

Movimento Modernista

Assistir aula

Características

  • Semana de Arte Moderna de 1922 – São Paulo;
  • Críticas ao academicismo e ao elitismo;
  • Valorização da cultura nacional:
    • Cultura indígena;
    • Cultura caipira;
    • Folclore;
    • Vida da classe operária.
  • Destaques:
    • Oswald de Andrade;
    • Mario de Andrade;
    • Manuel Bandeira;
    • Anita Malfatti;
    • Di Cavalcanti;
    • Villa Lobos;
    • Tarsila do Amaral;
    • Victor Brecheret.
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.