Período Regencial - História - Resumos em pdf para download

Regência Trina Provisória

Senador Vergueiro + Carneiro de Campos + Francisco Lima e Silva

  • Manutenção da Constituição de 1824;
  • Anistia aos presos políticos;
  • Lei Regencial = limitação dos poderes dos regentes;
  • Correntes políticas:
    • Restauradores: favoráveis ao retorno de D. Pedro I;
    • (comerciantes e militares portugueses);
    • Liberais moderados: favoráveis a um governo centralizado com uma monarquia Constitucional (latifundiários de SP, MG e RJ);
    • Liberais exaltados: republicanos favoráveis a uma maior autonomia para as províncias (profissionais liberais).

Regência Trina Permanente

Bráulio Muniz + Costa Carvalho + Francisco Lima e Silva

  • Criação da Guarda nacional (1832);
  • Código do Processo Criminal (1832):
    • Ato Adicional de 1834 (“O Avanço Liberal”);
    • Criação das Assembleias Legislativas Provinciais;
    • Suspensão do Conselho de Estado;
    • Criação do Município Neutro do Rio de Janeiro;
    • Regência Una (“Experiência Republicana”).

Regência Una

Padre Feijó (1834-1837)

  • Representante do Partido Liberal;
  • Oposição do Partido Conservador;
  • Início das Revoltas Regenciais (Farroupilha e Cabanagem);
  • Renúncia de Feijó (1837).


Pedro de Araújo Lima (1837-1840)

  • Representante dos Conservadores;
  • Lei de Interpretação do Ato Adicional (1840);
  • ↓ Autonomia das Províncias = centralização do poder;
  • Volta do Conselho de Estado;
  • ↑ Revoltas Regenciais;
  • ↑ Oposição do Partido Liberal;
  • 1840 = Golpe da Maioridade.

Revoltas Regenciais (Parte 1): Cabanagem e Sabinada

Cabanagem (1835-1840)

Local

Grão-Pará

Fatores
  • Centralismo do governo
  • Miséria social
  • Opressão dos latifundiários
Características
  • Separatismo
  • Republicanismo
  • Popular
Líderes
  • Félix Malcher
  • Irmãos Vinagre


Sabinada (1837-1838)

LocalBahia
Fator
  • Centralismo do governo
Características
  • Separatismo (provisório)
  • Republicanismo
    • Elitista

Líder

  • Francisco Sabino

 

Revoltas Regenciais (Parte 2): Balaiada

Balaiada (1838-1841)

LocalMaranhão e Piauí
Fatores
  • Centralismo do governo
  • Miséria social
Características
  • Sem projeto político definido
  • Popular
Líderes
  • Francisco "Balaio" (artesão)
  • "Cara Preta" (vaqueiro)
  • Nego Cosme (escravo)

 

Revoltas Regenciais (Parte 3): Farroupilha e Levante dos Malês

Farroupilha (1835-1845)

LocalRio Grande do Sul e Santa Catarina
Fatores
  • Centralismo do governo
  • ↓ Impostos sobre o charque importado
Características
  • Separatismo
  • Republicanismo
  • Elitista (elite fundiária)
Líderes
  • Bento Gonçalves
  • Davi Canabarro
  • G. Garibaldi

 

Revolta dos Malês (1835)

LocalBahia
Fator
  • Escravidão
Características
  • Popular
  • Escravos muçulmanos
Líder
  • Pacífico Licutan

 

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.