Quer ter acesso aos nossos resumos completos?

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com conteúdos exclusivos!

Resumo de Segundo Reinado - História

Quer estudar Segundo Reinado? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de História que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Política Interna

Assistir aula

Golpe da maioridade (1840)

Definição

Antecipação da maioridade de D. Pedro II com o apoio do Partido Liberal.

Objetivos

  • Conter agitações sociais e políticas;
  • Evitar fragmentação territorial (com as Revoltas Regenciais).

Partidos políticos

  • Representavam os interesses da elite agrária;
  • Sem diferenças ideológicas;
  • Objetivo comum: poder/prestígio.

Parlamentarismo “Às avessas” (1847)

  • Forma de governo em que o Imperador (Poder Moderador) nomeava o Presidente do Conselho de Ministros (Primeiro-Ministro);
  • “Eleições do cacete”:
    • Espancamentos;
    • Assassinatos;
    • Falsificação de votos e roubo de urnas.

AULA 2

Revolução Praieira

Assistir aula

Fatores

  • Miséria das camadas populares;
  • Centralismo do governo imperial (Poder Moderador);
  • Controle do comércio atacadista por comerciantes portugueses;
  • Domínio da família Cavalcanti em Pernambuco:
    • ↑ Concentração fundiária (1/3 das terras nas mãos dos Cavalcanti).


Características

  • Liberalismo;
  • Republicanismo;
  • Federalismo;
  • Antilusitanismo;
  • Nacionalismo;
  • Influência do socialismo utópico (“Primavera dos Povos”).


Líderes

  • Deputado Nunes Machado;
  • Capitão Pedro Ivo;
  • Borges da Fonseca (jornalista).

AULA 3

Política Externa: Questão Christie

Assistir aula

Definição

Crise diplomática envolvendo o Brasil e a Inglaterra que resultou no rompimento de relações entre esses dois países entre 1863 e 1865.

Antecedentes

  • Insatisfação da Inglaterra com a Tarifa Alves Branco (1844) criada pelo governo brasileiro (fim das tarifas alfandegárias reduzidas p/ produtos ingleses)
  • ⇧ Pressão da Inglaterra p/ que o Brasil abolisse o tráfico negreiro (Bill Aberdeen)

Incidentes

  • 1861: naufrágio do navio mercante britânico Prince of Wales no litoral do RS e que, supostamente, teria sua carga saqueada

> Embaixador inglês no Brasil, Willian Dougal Christie, exige o pagamento de uma indenização pelo governo brasileiro.

  • 1862: prisão de três oficiais da marinha inglesa que andavam bêbados pelas ruas do Rio de Janeiro, acusados de desacato à polícia da Corte

> Christie protestou e exige a punição dos responsáveis pela prisão dos oficiais e um pedido de desculpas
> Como represália, Christie ordena a apreensão de cinco navios mercantes brasileiros pela marinha britânica no litoral do RJ.
> D. Pedro II decide romper relações com a Inglaterra.

Consequências

  • Leopoldo I, rei da Bélgica, é convidado para arbitrar a questão, dando ganho ao Brasil.
  • a Inglaterra apresenta um pedido de desculpas formais ao Brasil e as relações entre os dois países são retomadas.

AULA 4

Crise do Escravismo

Assistir aula

Fatores

  • Pressão da Inglaterra;
  • Movimento abolicionista.


Características

  • Bill Aberdeen (1845) = legislação inglesa proibindo o comércio de escravos entre a África e a América;
  • Lei Eusébio de Queirós (1850) = proibição do tráfico negreiro no Brasil.


Consequências

  • Liberação de capitais para investimentos em outras áreas;
  • Tráfico ilegal;
  • ↑ Tráfico interno de escravos;
  • ↑ Preço do escravo;
  • Imigração europeia para o Brasil.

AULA 5

Lei de Terras

Assistir aula

Definição

 A partir da criação dessa lei, em 1850, a terra só poderia ser adquirida por meio da compra, não sendo permitidas novas concessões de sesmaria

Objetivo

Dificultar a aquisição da terra por imigrantes pobres e escravos libertos.

Consequência

Reafirmação da estrutura fundiária concentradora (terras sob controle dos latifundiários)

AULA 6

Surto Industrial

Assistir aula

Fatores

  • Disponibilidade de capitais:
    • Capitais excedentes das exportações de café;
    • Extinção do tráfico negreiro (Lei Eusébio de Queirós-1850);
    • Facilidade de crédito internacional.
  • Protecionismo alfandegário (Tarifa Alves Branco-1844).


Características

  • Ferrovias;
  • Navegação a vapor;
  • Telégrafo;
  • ↑ Finanças (bancos);
  • Melhoramentos urbanos (iluminação a gás e abastecimento de água);
  • Destaque: Barão de Mauá.


Fracasso: Fatores

  • Especulação financeira;
  • Associação com o capital estrangeiro;
  • Pressão da Inglaterra = fim da Tarifa Alves Branco;
  • Falta de apoio do governo;
  • Ausência de mercado consumidor forte (permanência da escravidão).

AULA 7

Guerra do Paraguai I

Assistir aula

Guerra do Paraguai (1864-1870)

Fatores

  • Intervenções do Brasil na política interna do Uruguai:
    • Apoio a Venâncio Flores (Partido Colorado) contra o presidente Aguirre (Partido Blanco).
  • Projeto expansionista do ditador paraguaio Solano Lopez:
    • Busca de uma saída para o Oceano Atlântico.

Características

  • 1864:
    • Apresamento do navio brasileiro Marquês de Olinda pela Paraguai;
    • Paraguai invade o Mato Grosso.
  • 1865:
    • Paraguai invade a Argentina, o Rio Grande do Sul e o Uruguai;
    • Formação da Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguai) contra o Paraguai;
    • Exército brasileiro: guarda nacional, “voluntários” e negros alforriados.

AULA 8

Guerra do Paraguai II

Assistir aula

Consequências

  • Brasil:
    • Fortalecimento e modernização do Exército que busca participação política;
    • ↑ Dívida externa;
    • ↑ Ideal abolicionista;
    • ↑ Republicanismo.
  • Paraguai:
    • Destruição da economia;
    • ↑ Número de mortos;
    • Perda de territórios;
    • ↑ Dívida externa.

AULA 9

Crise do Império: As Questões

Assistir aula

Questão religiosa

  • Igreja Católica = insatisfação com o regalismo (padroado e beneplácito);
  • Encíclica Quanta Cura (Syllabus) = proibição de católicos na Maçonaria:
    • Sem aprovação do imperador D. Pedro II devido à grande participação de maçons católicos que participavam da vida pública.
  • Bispos de Olinda e Belém presos por desobedecerem o imperador;
  • Igreja Católica  x  Império;


Questão militar

  • Vitória do Exército Brasileiro na Guerra do Paraguai;
  • Ausência do Exército na política;
  • Abolicionismo;
  • Republicanismo;
  • Ideal de “salvação nacioanal”;
  • Positivismo (Auguste Comte);
  • O governo imperial proíbe os militares de se manifestarem pela imprensa.


Questão abolicionista

  • Lei do Ventre Livre (1871);
  • Lei dos sexagenários (1885);
  • Lei Áurea (1888) = libertação dos escravos sem indenização para os ex proprietários;
  • Marginalização socioeconômica do negro liberto.

AULA 10

Movimento Republicano e Queda do Império

Assistir aula

Movimento republicano (1870-1889)

  • Manifesto Republicano (1870);
  • Criação do jornal A República;
  • Fundação do Partido Republicano Paulista (PRP), em 1873:
    • Evolucionistas: defendiam a instauração da república pela via pacífica (Quintino Bocaiúva);
    • Revolucionários: defendiam uma revolução popular para derrubar o Império e proclamar a república (Silva Jardim).


Golpe do 15 de novembro de 1889

  • Exército (positivistas) + PRP (cafeicultores do Oeste Paulista);
  • Articulação: Benjamin Constant;
  • Líder: Marechal Deodoro da Fonseca;
  • Sem participação popular;
  • Manutenção da estrutura socioeconômica.
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login