Resumo de Simbolismo - Literatura

Quer estudar Simbolismo? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Literatura que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Contexto Histórico

Assistir aula

O Simbolismo surgiu paralelamente ao Realismo, Naturalismo e Parnasianismo.

Teve inicio na França, no final do século XIX, com a obra As Flores do Mal, de Charles Baudelaire, em 1857.

Essa escola surgiu em um momento em que a Europa passava por um período de grande tensão, juntamente com as evoluções que o mundo vivenciava. E essas evoluções e revoluções foram refletidas também na literatura, gerando essas ramificações de escolas literárias contemporâneas.

Assim, em meio aos Realistas e Naturalistas, surgem os Simbolistas, totalmente avessos a essas duas escolas e também ao Parnasianismo. Em suma, eles buscavam resgatar os valores românticos já esquecidos, trabalhando bastante a questão da individualidade, em oposição ao Realismo e Naturalismo, que trabalhavam a coletividade.

AULA 2

Características Gerais

Assistir aula

  • Visão intuitiva da realidade / exposição do sensorial;
  • Busca do interior, do inconsciente, da individualidade;
  • Subjetividade, egocentrismo;
  • Temas envolvendo a espiritualidade e o misticismo;
  • Presença de sonhos e sexualidade;
  • Fascínio pela cor branca;
  • Letras maiúsculas enfatizando alguns termos;
  • Musicalidade, demarcada pela presença de rimas, assonâncias e aliterações.

AULA 3

Simbolismo no Brasil

Assistir aula

Tanto em Portugal quanto no Brasil, o Simbolismo não teve tanta relevância quanto na França.

Em Portugal essa escola teve inicio com a obra Oaristos, de Eugênio de Castro, em 1890. Outros importantes simbolistas portugueses foram Camilo Pessanha, Antônio Nobre e Augusto Gil.

Já no Brasil, o marco inicial é a publicação das obras Missal (prosa) e Broquéis (poesia), ambas de Cruz e Sousa, o maior representante desse movimento em nosso país, em 1893. Outros nomes do Simbolismo brasileiro são Alphonsus de Guimarães e Augusto dos Anjos, estando este último já numa transição para o Modernismo.

AULA 4

Autores

Assistir aula

Cruz e Souza

Características:

  • Representante mundial do Simbolismo;
  • Fascínio pela cor branca, talvez pelo fato de ser negro, filho de escravos e ter sofrido preconceito racial;
  • Temas espirituais;
  • Retratação da dor e do sofrimento;
  • Exposição da condição do negro na época;
  • Erotismo.


Alphonsus de Guimarães

Características:

  • Temas melancólicos, envolvendo a dor da perda, devido à morte de sua noiva;
  • Presença de traços de paisagens;
  • Religiosidade;
  • Idealização do amor.

 

Camilo Pessanha

Características:

  • Principal representando do Simbolismo português;
  • Participou também da Geração Orpheu, que deu início ao Modernismo em Portugal em 1915;
  • Autor de somente um livro: Clepsidra;
  • Principais temas: dor de existir, renúncia, desistência;
  • Musicalidade.
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.