Resumo de Gêneros e Eras Literárias - Literatura

Quer estudar Gêneros e Eras Literárias? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Literatura que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Divisão em Gêneros Poéticos

Assistir aula

MITO
História sagrada de origem arcaica, que a tradição de um povo ou de uma civilização preserva e transmite de geração em geração.


EPOPÉIA
Poema narrativo de assunto heroico e mítico, composto em linguagem elevada.


POESIA LÍRICA
Composta em 1ª pessoa, acompanhada pela lira (instrumento), apresenta temas de culto aos deuses, vida, natureza, trabalho, amor e sonhos.


POESIA DRAMÁTICA
Teatro representado em forma de versos, que pouco a pouco foi cedendo espaço para a prosa. Subdividida em Tragédia - peça com carga trágica, para gerar piedade por parte do público - e Comédia – peça com crítica moral, mas que visa distrair o público e fazê-lo rir.


POESIA SATÍRICA
Peça repleta de críticas sociais, porém com carga de humor e ironia.

AULA 2

Narrativas em Prosa

Assistir aula

CONTO

  • 1 ação – 1 só conflito;
  • Personagens pouco descritas;
  • 1 espaço;
  • 1 tempo;
  • 1 a 5 páginas

 

NOVELA

  • 1 ação;
  • Personagens um pouco mais detalhadas;
  • Enredo mais lento;
  • Tempo / espaço variantes.

 

ROMANCE

  • Diversas ações;
  • Narrativa longa;
  • Personagens bem detalhadas;
  • Tempo / espaço diversos.

AULA 3

Estrutura da Narrativa - Enredo

Assistir aula

Enredo é a história propriamente dita, uma sucessão de acontecimentos.

É formado pelas personagens + ação + espaço + tempo.

Dividido em começo, meio e fim:

  • Começo: apresentação.
  • Meio: mudanças, conflitos.
  • Fim: consequência.

AULA 4

Estrutura da Narrativa - Narrador

Assistir aula

A função do narrador é expor o enredo. Ele pode estar:

  • Em 1ª pessoa, fazendo parte da história. E nesse caso ainda pode se subdividir em narrador protagonista ou observador.
     
  • Em 3ª pessoa, quando não participa da história, tendo apenas uma visão da trama. Ele pode, ainda assumir a visão de alguma personagem da trama, o que denominamos de foco narrativo multisseletivo.

AULA 5

Estrutura da Narrativa - Personagens

Assistir aula

Planas

  • são fixas
  • são claras
  • possuem foco externo

Esféricas

  • são mutáveis
  • são misteriosas
  • possuem foco interno

AULA 6

Estrutura da Narrativa - Espaço e Tempo

Assistir aula

Espaço

É o ambiente em que ocorre a narrativa, servindo para situar o leitor.

 

Tempo

Está interligado ao espaço, podendo ter uma linearidade cronológica– quando os acontecimentos obedecem a ordem cronológica – ou umainversão cronológica – quando os acontecimentos são exibidos de frente para trás, como se fossem lembranças, recordações.

O tempo pode, ainda, ser:

  • Cronológico: quando trata do curso das horas;
  • Psicológico: quando adentra o pensamento das personagens.

AULA 7

Estrutura da Narrativa - Discurso Indireto Livre

Assistir aula

A representação da intimidade das personagens numa narrativa pode ocorrer por:

  • Discurso indireto livre: quando há uma fusão na voz do narrador e da personagem, sem aviso prévio.
  • Fluxo de consciência: quando há um monólogo interior de uma personagem, havendo uma fusão entre a voz do narrador e o pensamento de uma personagem.

AULA 8

Estrutura da Narrativa - Assunto e Tema

Assistir aula

Assunto

É a matéria que será exposta. É algo bem objetivo.

 

Tema

É uma interpretação do assunto, uma exploração dele. É algo subjetivo.

AULA 9

Tipos de Romance

Assistir aula

AÇÃO

  • Focado na sucessão de fatos;
  • Possui personagens planas.

 

DRAMÁTICO

  • Focado na análise psicológica das personagens;
  • Personagens esféricas.

 

PICARESCO

  • Cada capítulo do romance conta uma historia curta. São independentes um do outro.
  • O que eles têm em comum é o protagonista da história, que é o mesmo em todos.

 

FORMAÇÃO

  • Focado no caráter da personagem principal, exibindo as transformações que ele sofre durante a trama e seu amadurecimento.
  • Possui personagens esféricas.

 

POÉTICO

  • Possui amplo uso de figuras de linguagem e linguagem conotativa.
  • Subjetividade.

 

AUTORREFLEXIVO

  • Possui em si uma referência ao ato de escrever;
  • Metalinguagem.

AULA 10

Eras Literárias

Assistir aula

MEDIEVAL

  • Trovadorismo
  • Humanismo

 

ERA CLÁSSICA

  • Classicismo
  • Barroco
  • Neoclassicismo / Arcadismo

 

ERA ROMÂNTICA

  • Romantismo
  • Realismo / Naturalismo / Parnasianismo
  • Simbolismo
  • Modernismo

 

ESCOLAS LITERÁRIAS

ERA MEDIEVAL

  • Trovadorismo (XII a XV)
    • 1ª escola de Portugal
    • Início com a publicação de A Ribeirinha, de Paio Soares de Taveirós
       
  • Humanismo (XV a XVI)
    • Início quando Fernão Lopes foi nomeado guardador da Torre do Tombo.
    • Marca o final da Era Medieval.

 

ERA CLÁSSICA

  • Classicismo (XVI) – No Brasil, mais conhecido como Quinhentismo
    • Início em Portugal através de Sá de Miranda. Barroco (XVII)
    • 1ª escola literária do Brasil.
    • Início com a publicação de Prosopopeia, de Bento Teixeira, em 1601.
       
  • Arcadismo (XVIII)
    • Início em Portugal em 1756, quando foi construída no país a Arcádia Lusitana.
    • No Brasil, iniciou em 1768, com a publicação de Obras Poéticas, de Claudio Manuel da Costa.

 

ERA ROMÂNTICA

  • Romantismo
    • Início em Portugal com a publicação da obra Camões, de Almeida Garret.
    • Início no Brasil com a publicação de Suspiros Poéticos e Saudades, de Gonçalves de Magalhães.
  • Realismo / Naturalismo
    • Início em Portugal com a publicação da obra Crime do Padre Amaro, de Eça de Queirós.
    • Início no Brasil com a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis.
       
  • Parnasianismo
    • Escola ligada ao Realismo.
    • Início com a obra Fanfarras, de Teófilo Dias, em 1882.
       
  • Simbolismo
    • Início em Portugal com a obra Oaristos, de Eugênio de Castro, em 1890.
    • Início no Brasil com a publicação de Missal e Broquéis, de Cruz e Sousa, em 1893.
       
  • Modernismo
    • Início em Portugal com a publicação da Revista Orpheu, em 1915.
    • Início no Brasil com a Semana de Arte Moderna, em 1922.

 

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

TRADIÇÃO CLÁSSICA (Classicismo, Arcadismo, Realismo)

  • Equilíbrio, harmonia;
  • Regularidade, senso de proporção;
  • Simplicidade, clareza;
  • Objetividade, racionalismo.


TRADIÇÃO ROMÂNTICA (Trovadorismo, Barroco, Romantismo, Simbolismo)

  • Desequilíbrio;
  • Contorção das formas;
  • Complexidade, obscuridade;
  • Subjetividade, sentimentalismo.
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.