Polinômios - Matemática - Resumos em pdf para download

Para gerar a lista do PDF
Libere o acesso completo
lock Gerar PDF do Resumo

Introdução

Denominamos polinômio na variávelx e indicamos porP(x)as expressões do tipo:

a_0x^n+a_1x^{n-1}+a_2x^{n-2}+...+a_{n-1}x+a_n

Obs:

  • Chamamosa_0, a_1, a_2, ..., a_{n-1}ea_nde coeficientes do polinômio;

  • Chamamosa_0x^n, a_1x^{n-1}, ..., a_{n-1}xea_nde termos do polinômio;

  • Em especial, chamamos an de termo independente, pois ele é independente dex;

  • A variávelx é um número complexo, ou seja, x\in C.

 

Grau de um polinômio

O grau de um polinômio é indicado porgr(P) e é igual ao maior expoente da variávelxcom coeficiente não-nulo.

 

Valor numérico de um polinômio

Obter o valor numérico de um polinômioP(x)parax=ksignifica calcular o valor do polinômio quando substituímosx pork. Isto é indicado por P(k).

 

Raiz de um polinômio

Dizemos que um valork é raiz do polinômio quandoP(k)=0, ou seja, é o valor que quando substituído no lugar doxtorna o polinômio igual a 0.

Identidade de Polinômios

Dois polinômios são idênticos se, e somente se, os coeficientes dos termos correspondentes forem iguais.

 

Polinômio identicamente nulo

Um polinômio é identicamente nulo se, se somente se, todos os seus coeficientes forem nulos. Para polinômio nulo não se define grau.

Adição e Subtração de Polinômios

Soma de polinômios

A soma de polinômios é realizada somando-se os coeficientes dos termos que apresentam o mesmo grau.

 

Subtração de polinômios

A subtração de polinômios é realizada subtraindo-se os coeficientes dos termos que apresentam o mesmo grau.

Obs:

  • O polinômio resultante da soma ou da diferença entre dois polinômios não tem, necessariamente, grau igual à soma ou diferença dos graus dos polinômios originais.

Multiplicação de Polinômios

A multiplicação de polinômios é feita termo a termo, com a utilização da propriedade distributiva, ou seja, realiza-se a multiplicação convencional de expressões algébricas. Após a realização de todas as multiplicações, agrupam-se os termos de mesmo grau.

Obs:

  • O grau do produto de dois polinômios não-nulos é a soma dos graus desses polinômios.

Divisão de Polinômios - Método da Chave

A divisão de um polinômioA(x)por um polinômioB(x)pode ser indicada na chave por:

Os polinômios Q(x)eR(x)são chamados respectivamente de quociente e resto da divisão. O polinômioA(x)é chamado de dividendo e o polinômioB(x)é chamado de divisor. Os quatro polinômios são tais que:

A(x)=Q(x)\cdot B(x)+R(x)

Analogamente à divisão entre números reais, se o restoR(x)for nulo, dizemos que a divisão é exata e queA(x)é divisível porB(x).

Obs:

  • o grau deQ(x)é igual à diferença dos graus deA(x)eB(x):

gr(Q)=gr(A)-gr(B)

  • o grau deR(x)(paraR(x)não-nulo) será sempre menor que o grau do divisorB(x):

gr(R)<gr(B)

 

Método da Chave

A divisão entre os polinômios pode ser realizada pelo método da chave que consiste nos seguintes passos:

  1. Escrever os polinômios na ordem decrescente de seus expoentes dex;

  2. Caso falte algum termo, completar com zero;

  3. Dividir o primeiro termo do dividendo pelo primeiro termo do divisor e colocar o resultado no quociente;

  4. Multiplicar este resultado por cada termo do divisor, inverter o sinal e colocar abaixo do termo correspondente no dividendo;

  5. Realizar a soma do dividendo com este polinômio resultante e escrever o resultado abaixo. Este polinômio será um novo dividendo;

  6. Se o grau deste polinômio for maior ou igual ao grau do divisor, prosseguir com a divisão, repetindo o procedimento a partir do passo 3. Se o grau deste polinômio for menor do que o grau do divisor, parar o procedimento.

Divisão de Polinômios - Teorema do Resto

O teorema do resto diz que o resto da divisão de um polinômioP(x)por um binômio(x-a) é igual aP(a).

Divisão de Polinômios - Teorema de D'Alembert

Teorema de D’Alembert

Este teorema pode ser entendido como consequência do teorema do resto: a divisão de um polinômioP(x) por um binômio(x-a)é exata se, e somente se,P(a)=0.

 

Teorema

Sendo um polinômio P(x)divisível por x-ae por x-b, coma\neq b, entãoP(x) é divisível pelo produto(x-a)\cdot (x-b).

Divisão de Polinômios - Dispositivo Prático de Briot-Ruffini

O dispositivo de Briot-Ruffini é uma forma prática de encontrar o quociente e o resto da divisão de um polinômioP(x), por um binômio(x-a). O dispositivo consiste nos seguintes passos:

  1. Escrever o polinômioP(x)na ordem decrescente de seus expoentes dex;

  2. Caso falte algum termo, completar com zero;

  3. Colocar o valor de a do lado esquerdo da grade e os coeficientes do polinômioP(x)ao lado direito da grade, na ordem decrescente dos expoentes dex;

  4. “Descer” o primeiro coeficiente:

  1. Multiplicar o número de baixo por a, somar o resultado com o próximo coeficiente deP(x)e escrever o resultado diretamente abaixo deste coeficiente:

  1. Tomar este resultado obtido e repetir o passo 5 coeficiente a coeficiente, até que se esgotem os coeficientes deP(x);

O último número obtido na linha de baixo será o resto da divisão e os números anteriores serão os coeficientes do quociente da divisão, em ordem decrescente:

Note que, quando dividimosP(x) por um binômio(x-a), o grau do quociente será uma unidade inferior ao grau deP(x).

Divisão de Polinômios - Briot-Ruffini para Divisão de P(x) por (ax-b)

Agora, caso estejamos realizando a divisão de um polinômioP(x) por um binômio do tipo (ax-b), faremos pequenas alterações ao Briot-Ruffini convencional:

  • No campo da esquerda da grade colocaremos o valor de\frac{b}{a}para a execução do dispositivo;

  • Ao finalizarmos o procedimento, dividiremos os coeficientes do quociente pora;

  • O resto permanece inalterado!

Equações Polinomiais - Introdução

Quando igualamos um polinômio a zero, chegamos a uma equação polinomial (ou equação algébrica):

a_nx^n+a_{n-1}x^{n-1}+...+a_1x+a_0=0

Dizemos que a equação tem graun.

 

Raiz ou zero de uma equação polinomial

Os valores que, quando substituídos no lugar dex, tornam a igualdade uma verdade são chamados de raízes ou zeros da equação. Solucionar a equação é encontrar todas as suas raízes, isto é, encontrar os valores que compõem o conjunto solução ou conjunto verdade da equação.

Equações Polinomiais - Teorema Fundamental da Álgebra

Teorema fundamental da álgebra

Toda equação algébricaP(x)=0de graun\geq 1admite, pelo menos, uma raiz complexa.

Obs:

  • A raiz complexa não necessariamente tem parte imaginária (mas pode ter!). Um número real também é considerado um número complexo.

 

Decomposição em fatores do 1º grau

SejaP(x)um polinômio de graun\geq 1:

P(x)=a_nx^n+a_{n-1}x^{n-1}+...+a_1x+a_0

O polinômioP(x)pode ser decomposto em um produto de fatores do 1º grau no formato(x-x_i)onde  x_i  são suas raízes:

P(x)=a_n\cdot (x-x_1)\cdot (x-x_2)\cdot (x-x_3)...\cdot (x-x_n)

Equações Algébricas - Multiplicidade de uma Raiz

Um polinômio na forma fatorada pode apresentar fatores repetidos. Isto indica multiplicidade de raízes.

Sex_ké raiz de multiplicidade m do polinômioP(x), então o fator(x-x_k)aparecerá elevado ao expoente m na forma fatorada deP(x):

P(x)=a_n\cdot (x-x_1)\cdot (x-x_2)\cdot ...\cdot (x-x_k)^m

Equações Algébricas - Redução de Grau

Dada uma equação polinomialP(x)=0de graun, se conhecermos uma de suas raízes, podemos utilizar o dispositivo de Briot-Ruffini para “reduzir o grau” da equação.

As raízes do quociente obtido também serão raízes do polinômioP(x). Logo, sendoQ(x)o quociente obtido no Briot-Ruffini, para encontrarmos as outras raízes deP(x)basta encontrarmos as raízes deQ(x).

Equações Algébricas - Raízes Complexas

Sendoz=a+bi raiz da equaçãoP(x)=0, então\overline{z}=a-bi também será raiz dessa equação. Sezfor raiz de multiplicidadem, então\overline{z}também será.

Obs:

  • As raízes complexas sempre virão aos pares;

  • Se uma equação algébrica tem grau ímpar, então ela terá necessariamente pelo menos uma raiz real.

Equações Algébricas - Raízes Racionais

Seja a equação algébricaP(x)=a_nx^n+a_{n-1}x^{n-1}+...+a_1x+a_0=0de coeficientes inteiros. Se o número racional\frac{p}{q}(p\in Z e q\in Z*, compeqprimos entre si), é raiz dessa equação, entãopé divisor dea_0eqé divisor dea_n. Podemos escrever então um procedimento para encontrar possíveis raízes racionais deP(x):

  1. Listar os divisores dea_0(valores dep);

  2. Listar os divisores dea_n(valores deq);

  3. Listar todos os possíveis valores de\frac{p}{q};

  4. Testar os valores e verificar se são raízes.

Equações Polinomiais - Relações de Girard

Equação do 2º grau

Seja a equaçãoax^2+bx+c=0, ondea\neq 0, cujas raízes sãox_1ex_2. Então: 

x_1+x_2=-\frac{b}{a}

x_1\cdot x_2=\frac{c}{a}

 

Equação do 3º grau

Seja a equaçãoax^3+bx^2+cx+d=0, ondea\neq 0, cujas raízes sãox_1, x_2ex_3. Então:

x_1+x_2+x_3=-\frac{b}{a}

x_1\cdot x_2+x_1\cdot x_3+x_2\cdot x_3=\frac{c}{a}

x_1\cdot x_2\cdot x_3=-\frac{d}{a}

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.