Quer ter acesso aos nossos resumos completos?

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com conteúdos exclusivos!

Resumo de Propriedades dos Determinantes - Matemática

Quer estudar Propriedades dos Determinantes? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Matemática que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Matriz transposta e fila nula

Assistir aula

Matriz transposta

O determinante de uma matrizM é igual o determinante da sua transpostaM^t, ou seja:

det \; M = det\; M^t,

sendoM uma matriz quadrada.

Exemplo:

Seja a matrizM=\begin{bmatrix} 1 & 2 &3 \\ 0 & -1 &0 \\ 1& 5 &4 \end{bmatrix}, então: \begin{vmatrix} 1 &2 &3 \\ 0&-1 &0 \\ 1& 5 &4 \end{vmatrix}= \begin{vmatrix} 1 &0 &1 \\ 2& -1 &5 \\ 3&0 &4 \end{vmatrix}

 

Fila nula

Se uma fila (linha ou coluna) qualquer da matriz daM tiver todos os elementos nulos, o seu determinante é nulo.

Exemplo:

\begin{vmatrix} 1 &0 &-2 &3 \\ 4 & -3 &1 &0 \\ 0 & 0 & 0 &0 \\ 5&1 &6 &32 \end{vmatrix}=0, pois uma das filas é nula, neste caso, a terceira linha.

\begin{vmatrix} 4 & -8 &0 \\ 1 &\sqrt{3} &0 \\ \pi &5 &0 \end{vmatrix}=0, pois a terceira coluna tem todos os elementos nulos.

AULA 2

Multiplicação de uma fila por uma constante

Assistir aula

Se multiplicarmos uma fila de uma matriz por uma constante, o determinante da nova matriz é o determinante da matriz inicial multiplicada por essa constante.

Exemplo 1:

SejaM=\begin{bmatrix} 1 &0 &2 \\ 3& 1 &4 \\ -1& 5 &0 \end{bmatrix} e{M}'=\begin{bmatrix} 1 &0 &2 \\ 2.3& 2.1 &2.4 \\ -1& 5 &0 \end{bmatrix}

det \; M=\begin{vmatrix} 1 & 0 & 2\\ 3 & 1 &4 \\ -1 & 5 &0 \end{vmatrix}=12, então:

det \; {M}'=2\cdot det\; M=2\cdot \begin{vmatrix} 1 & 0 & 2\\ 3 & 1 &4 \\ -1 & 5 &0 \end{vmatrix}=2\cdot 12=24

Exemplo 2:

\begin{vmatrix} 1 & 1 & 2\\ 2& 4 &8 \\ 3 &1 &16 \end{vmatrix}=\begin{vmatrix} 1 & 1 & 2.1\\ 2& 4 &2.4 \\ 3 &1 &2.8 \end{vmatrix}=2\cdot \begin{vmatrix} 1 & 1 & 1\\ 2& 4 &4 \\ 3 &1 &8 \end{vmatrix}

AULA 3

Troca de filas paralelas

Assistir aula

Se trocarmos a posição de duas filas paralelas (duas linhas ou duas colunas) o determinante muda o sinal.

Exemplo:

\begin{vmatrix} 1 &-3 &0 \\ 2& 1 &-1 \\ 4&5 &10 \end{vmatrix}=-\begin{vmatrix} 4 & 5 & 10\\ 2 &1 &-1 \\ 1 &-3 &0 \end{vmatrix}, pois a primeira e a terceira linhas trocaram de posição.

AULA 4

Filas paralelas iguais

Assistir aula

Se duas filas paralelas (linhas ou colunas) são formadas por elementos respectivamente iguais, o determinante é nulo.

Exemplo:

\begin{vmatrix} -1 &0 &-6 &4 \\ 5 & 1 & 2 &-1 \\ -1 &0 &-6 &4 \\ 10 &3 &7 & 8 \end{vmatrix}=0, pois a primeira e a terceira linhas são iguais.

AULA 5

Filas paralelas proporcionais

Assistir aula

Se duas filas paralelas (linha ou coluna) são proporcionais, o determinante é nulo. Ou seja, se uma fila é igual a outra paralela a ela, multiplicada por uma constante, o determinante é nulo.

Exemplo:

\begin{vmatrix} 1 & -2 &5 &-4 \\ -2& 4 &-10 &8 \\ 0 & 7 &8 & 12\\ 11 &25 &-1 &0 \end{vmatrix}=0, pois a segunda linha é igual a primeira multiplicada por-2. Logo, as duas primeiras linhas são proporcionais. Sendo assim, o determinante é nulo.

AULA 6

Combinação linear de filas paralelas

Assistir aula

Se uma fila é a combinação linear de duas filas paralelas a ela, o determinante é nulo.

\begin{vmatrix} 1 & 3 & 9\\ 2 & 5 & 16\\ -4 &1 & -10 \end{vmatrix}=0, pois a terceira coluna é a soma da primeira multiplicada por3 e a segunda por2.

AULA 7

Teorema de Jacobi

Assistir aula

Adicionando-se a uma fila uma outra, paralela a ela, previamente multiplicada por uma constante, o determinante não se altera.

Exemplo:

\begin{vmatrix} 1 &2 &3 \\ 2 & 4 &12 \\ -1 &8 &-6 \end{vmatrix}=\begin{vmatrix} 1 & 2 & 3\\ 0 & 0 &6 \\ -1& 8 &-6 \end{vmatrix}.

Repare que a primeira linha foi multiplicada por-2 e somada a segunda, substituindo esta pelo resultado obtido. Os dois determinantes são iguais.

AULA 8

Matriz triangular

Assistir aula

O determinante de uma matriz triangular, seja ela superior ou inferior, é o produto dos elementos da diagonal principal.

Exemplo:

SejaM=\begin{bmatrix} 1 & 5 & 7\\ 0 & 2 &-8 \\ 0 & 0 & 3 \end{bmatrix} uma matriz triangular superior, o seu determinante é o produto da diagonal principal. Isto é,det\; M=1\cdot 2\cdot 3=6.

AULA 9

Regra de Chió

Assistir aula

Se o elementoa_{11}for igual a1, podemos suprimir a primeira linha e a primeira coluna. Dos elementos restantes, subtraímos o produto dos elementos da respectiva linha e coluna.

Exemplo:

\begin{vmatrix} 1 & 1 & 2 &1 \\ 2 & 2 & 4 & 3\\ 3 & 3 & 6 &5 \\ -1&1 &0 &1 \end{vmatrix}=\begin{vmatrix} 2-(2\cdot 1) &4-(2\cdot 2) &3-(2\cdot 1) \\ 3-(3\cdot 1)&6-(3\cdot 2) &5-(3\cdot 1) \\ 1-[(-1)\cdot 1] & 0-[(-1)\cdot 2] & 1-[(-1)\cdot 1] \end{vmatrix}=\begin{vmatrix} 0 & 0 & 1\\ 0 & 0 &2 \\ 2 &2 &2 \end{vmatrix}

Observação:

Ao utilizar a regra de Chió, o determinante será calculado a partir de uma matriz de ordem inferior. Por exemplo, se a matriz original for de ordem 4, ao aplicar Chió, o determinante resultante será calculado a partir de uma matriz de ordem 3. Dessa forma, Chió é utilizado para reduzir a ordem da matriz.

AULA 10

Matriz de Vandermonde

Assistir aula

Uma matriz é chamada de Vandermonde quando ela é do tipo:

M=\begin{pmatrix} 1 & 1& 1 & 1 & 1\\ a_1 &a_2 &a_3 &a_4 & a_5\\ a_1^2 & a_2^2& a_3^2 & a_4^2 &a_5^2 \\ a_1^3 & a_2^3 & a_3^3 & a_4^3 &a_5^3 \\ a_1^4 & a_2^4 &a_3^4 & a_4^4 & a_5^4 \end{pmatrix}

Os elementosa_1, a_2, a_3, a_4 ea_5 são chamados de característicos.

O determinante de uma matriz de Vandermonde é dado pelo produto entre todas as diferenças possíveis entre a colunai e a colunaj<i. Para o caso da matrizM, temos

det\; M=(a_5-a_4)\cdot (a_5-a_3)\cdot (a_5-a_2)\cdot (a_5-a_1)\cdot (a_4-a_3)\cdot (a_4-a_2)\cdot (a_4-a_1)\cdot (a_3-a_2)\cdot (a_3-a_1)\cdot (a_2-a_1)

Exemplo:

Seja  B=\begin{pmatrix} 1 & 1 & 1\\ 1 & 2 &3 \\ 1 &4 &9 \end{pmatrix}uma matriz de Vandermonde.

det\; B=(3-2)\cdot (3-1)\cdot (2-1)=1\cdot 2\cdot 1=2

AULA 11

Teorema de Binet

Assistir aula

O determinante do produto entre duas matrizes é igual o produto dos determinantes.

det(A\cdot B)=(det\; A)\cdot (det\; B), sendoA eB matrizes quadradas.

Consequência:

det\; A^{-1}=\frac{1}{det\; A}, sendo A uma matriz que possua inversa, ou seja, sedet\; A\neq 0.

AULA 12

Exercícios

Assistir aula

.

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login