Quer ter acesso aos nossos resumos completos?

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com conteúdos exclusivos!

Resumo de As Desigualdades (Parte 2) - Sociologia

Quer estudar As Desigualdades (Parte 2)? Aqui no Stoodi você encontra resumos grátis de Sociologia que podem ser salvos em PDF para ajudar na sua preparação para o Enem e principais vestibulares.

AULA 1

Discriminação racial

Assistir aula

Etnia

  • Os preconceitos com cor da pele é um dos maiores problemas sociais do Brasil.


Problemas Sociais

  • Mais da metade da população brasileira é negra ou parda. Eles têm salários, escolaridade e condições de vida menores que os brancos.


Gilberto Freyre

  • Estudou os problemas étnicos do Brasil;
  • Constatou que a mestiçagem é riqueza nacional. Ele valoriza a história, a antropologia e a cultura brasileiras (em contraposição ao positivismo).

AULA 2

Debate sociológico

Assistir aula

Gilberto Freyre

  • Adota uma ótica cultural.
  • As diversas etnias se misturam no Brasil. Isso deveria, no futuro, pôr fim ao racismo.


Florestan Fernandes

  • Adota uma ótica econômica;
  • Observa o modo de produção e repara que a discriminação racial é inerente a esse modo produtivo.


Carlos Hasenbalg

  • Adota uma ótica sociológica;
  • Os “não brancos” são desfavorecidos em todos os âmbitos de nossa sociedade.

AULA 3

Comparação

Assistir aula

EUA

  • Segregação é legal:
    • Negros são proibidos de frequentar os mesmos lugares que brancos;
    • Em transporte público, negros não podem sentar nos assentos reservados para brancos;
    • O mesmo vale para banheiros públicos.


Brasil

  • Segregação disfarçada:
    • Há igualdade na teoria, mas na prática, a desigualdade prepondera;
    • O Brasil não assume as diferenças e preconceitos.


Orancy Nogueira

  • Há dois tipos básicos de preconceitos: de origem e de marca.


Preconceito de origem

  • É carregado no sangue. É herdado, mesmo que não apareça.


Preconceito de marca

  • É visível, aparece na “pele”.

AULA 4

Lei e desigualdade

Assistir aula

1950

  • Na primeira metade do séc. XX, as desigualdades estavam visíveis. Artistas e teóricos denunciam essas desigualdades;
  • Após a Segunda Guerra, a luta contra o nazifacismo se amplia. A discussão da questão racial aumenta.


Mestiçagem

  • As etnias se mesclam . O racismo não aparece: fica disfarçado. Ex: a UNESCO considera o Brasil como exemplo de combate ao racismo, pois o racismo aqui não é visível.


Movimento Negro

  • Os movimentos contra o racismo se fortalecem. Denunciam as desigualdades, até a mudança da Constituição.


Constituição de 1988

  • Finalmente, todos somos iguais perante a lei;
  • No entanto, falta aplicar a lei.