Conheça a estrutura da prova e confira os temas dos últimos 5 anos

Falta menos de uma semana para segunda fase da Unesp. Nessa etapa, apenas 42 mil candidatos concorrerão às 7 mil vagas da universidade. Para fazer parte desse seleto grupo, a professora Marina realizará na próxima quinta-feira, dia 10, uma monitoria de redação ao vivo com as dicas finais para o vestibular. Assista e veja como fazer uma boa redação.

Ela explica desde já que a redação da Unesp é um texto dissertativo e tem como objetivo avaliar a capacidade de argumentação e articulação das partes desse texto. Sendo assim, vale estudar as atualidades para chegar no dia da prova e ter bagagem suficiente para expor seu ponto de vista de forma consistente.

Valendo entre 0 e 28 pontos, será apresentado ao aluno uma coletânea de textos base indicando a proposta de redação. Na construção do aluno, será avaliado se ele cumpriu ao gênero e tema solicitado. Avalia-se também o uso de recursos formais, clareza na linguagem, uso da norma culta e entre outros.

De acordo com a Unesp, “em hipótese alguma o título da redação será considerado na avaliação do texto”. Também é comunicado que o rascunho não será considerado na correção.

Existem algumas formas de receber zero na prova de redação. Atente-se e tome cuidado para não praticar esses erros:

  • Fuga do tema ou do gênero.
  • Texto que apresentar nome, rubrica, assinatura, sinal, marca ou informação não pertinente.
  • Redação em branco.
  • Redação que apresente texto sob forma não articulada verbalmente: desenhos, números, palavras soltas ou versos.
  • Em outra língua que não a portuguesa.
  • Letra ilegível ou incompreensível.
  • Texto fora do espaço destinado para tal.
  • Texto com menos de sete linhas.
  • Redação composta integralmente por cópia de trechos da coletânea ou de qualquer outra parte da proposta.

Confira os temas dos vestibulares dos últimos cinco anos e treine nessa reta final:

2011 – “Grafites: entre o vandalismo e a arte”

Meio do ano – “O futuro do livro”

2012 – “A bajulação: virtude ou defeito?”

Meio do ano – “A questão das queimadas no Brasil”

2013 – “Escrever: o trabalho e a inspiração”

Meio do ano – “Curso universitário em outra cidade: motivações e desafios”

2014 – “Corrupção no Congresso Nacional: reflexo da sociedade brasileira?”

Meio do ano – “A tolerância da sociedade brasileira à violência sexual contra mulheres”

2015 – “O legado da escravidão e o preconceito contra negros no Brasil”

Meio do ano – “A redução da maioridade penal contribuirá para a diminuição da criminalidade no Brasil?”

Beatriz Abrantes

Cursando jornalismo, é apaixonada pela profissão e por inventar receitas em sua cozinha. Faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi, focada em SEO. A Bia adora dançar, participa de ONG’S de proteção aos animais e ama passar tempo vendo filmes. Conheça mais os seus textos!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!