Eric teve que conciliar a escola integral com o estudo noturno

Sabe quando você chega naquele ponto em que as pessoas começam a duvidar que irá conseguir a aprovação no vestibular e começam a te pressionar para desistir? O Eric viveu isso durante a sua caminhada rumo ao curso de Direito, na Universidade Estadual da Bahia. Teve que seguir acreditando nele e em seu sonho, mesmo com amigos e parentes descrentes.

“Eu fiz mais de 7 vestibulares até conseguir ser aprovado. Então, depois de falhar inúmeras vezes, diversos parentes me desencorajaram a tentar, com alguns discursos bem conhecidos como ‘fulano conseguiu ser aprovado em tal universidade em 1º lugar e você não’”, comenta Eric.

Eric Santana tem 18 anos e mostrou possuir muita persistência e confiança em si mesmo. Ele ainda estava no início do 2º ano do Ensino Médio quando decidiu que faria Direito na faculdade. A partir daí, começou a sua caminhada de estudos e provações até chegar ao dia da tão sonhada aprovação.

O Ensino Médio foi cursado em uma instituição pública bastante respeitada na Bahia, na cidade de Pojuca. Na maior parte da semana, Eric estudava lá em tempo integral e, quando chegava em casa, ia das 18h às 23h estudando pela plataforma do Stoodi para aprofundar os conhecimentos necessários.

Ele bateu um papo com a gente e contou em detalhes como foi seu período de preparação, as dificuldades, desafios e aprendizados que tirou e levará para a vida. Veja como foi a conversa com o mais novo estudante de Direito da Bahia.

Stoodi: Direito sempre foi a sua 1ª opção de curso?

Eric: Sim, desde o início do segundo ano do ensino médio, em 2015, Direito sempre foi a minha 1º e única opção de curso.

Stoodi: Você fez o Ensino Médio em escola pública ou particular?

Eric: Cursei o Ensino Médio em uma instituição filantrópica bastante conhecida e referenciada no meu estado, a Bahia. O Colégio Técnico Fundação José Carvalho, que fica na cidade de Pojuca.

Stoodi: Conciliou o Ensino Médio com cursinho?

Eric: Quase metade dos 5 (ou às vezes 6) dias do Ensino Médio eram compostos por turnos integrais, então eu não tinha como fazer nenhum cursinho.

Stoodi: Como era sua rotina de estudos durante a preparação para o vestibular?

Eric: A minha rotina de estudo durava 5 horas diárias, das 18h às 23h, já que eu trabalhava durante toda a manhã e a tarde.

Stoodi: Durante quanto tempo você usou a plataforma do Stoodi para estudar?

Eric: Utilizei a plataforma do Stoodi por 7 meses (de maio até dezembro).

Stoodi: Quais as principais vantagens você enxerga em uma plataforma de educação online, como o Stoodi?

Eric: Além de poder focar e ter uma atenção exclusiva para o indivíduo (eliminando as possíveis distrações de uma sala de aula física), eu poderia estudar em qualquer horário, estudava os assuntos que tinha mais dificuldade e necessidade, e eliminava os que já sabia. Resumindo: a flexibilidade no horário.

Stoodi: Quais as maiores dificuldades durante a preparação para o vestibular?

Eric: Com certeza, a maior dificuldade para conseguir alcançar o meu sonho foi ter persistência. Eu fiz mais de 7 vestibulares até conseguir ser aprovado. Então, depois de falhar inúmeras vezes, diversos parentes me desencorajaram a tentar, com alguns discursos bem conhecidos como ” fulano conseguiu ser aprovado em tal universidade em 1º lugar e você não”.

Stoodi: Que dicas você daria para quem está se preparando para a tão sonhada vaga?

Eric: Persistência e foco. Somente isso. Enquanto muitos amigos meus estavam indo jogar e se divertir, eu optei por estudar, mesmo cansado, com sono e sem a mínima vontade, mas tentei levar a minha rotina de estudo a sério. A única diferença entre o Fracassado e o Vencedor é a persistência!

Stoodi: Quais suas expectativas para a vida universitária?

Eric: Após anos estudando vários assuntos do Ensino Médio que não tenho afinidade, finalmente irei focar no meu futuro como um profissional, aprendendo e me dedicando a disciplinas que tenho afinidade (na maior parte dos casos, claro).

Stoodi: Já sabe que área pretende seguir depois de formado?

Pretendo fazer uma pós-graduação e atuar como professor de alguma disciplina de Direito em universidades, e também tentar o concurso da Polícia Civil para trabalhar como perito.

Conheça a história do aluno de escola pública aprovado em Sistema de Informação na UEMG.

Luiz Serpa

Jornalista, corredor, amante de futebol americano e integrante do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi. Prefere ser chamado de “Serpa” e é apaixonado por cachorros.

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!